Planet Geek

25 de Março, 2019

Oculus revela os Rift S melhorados

23-03-2019 | 16:30 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Embora não tivesse indicado grande interesse num sucessor dos Rift, a Oculus (Facebook) revela que há de facto um modelo melhorado: os Oculus Rift S.

Será fácil perceber porque motivo a Oculus não quis criar grandes expectativas para estes Rift S, uma vez que se trata de um modelo que não tem nada de "revolucionário" para apresentar, sendo apenas uma evolução do modelo anterior. A resolução sobe dos 1080x1200 para os 1280x1440 pixeis, desta vez optando por painéis LCD em vez de OLED, e com o frame rate a descer dos 90Hz para os 80Hz - perdendo também o ajuste de distância entre olhos. O sistema de suporte na cabeça passa a ser rígido, idêntico ao utilizado na PSVR.


A maior novidade, para além de vir com os controladores Oculus Touch mais recentes, é a de que o tracking passa a ser feito "inside-out" com recurso às 5 câmaras integradas nos óculos, dispensando a câmara (ou câmaras) externas.

Com tudo isto o preço aumenta dos $349 para os $399 e não evita algumas críticas - como por exemplo, a remoção do ajuste interpupilar, não usar ecrãs de maior resolução, ou não contar ainda com eye-tracking integrado, o que permitiria poupar recursos em máquinas com CPUs / GPUs mais limitados. Parece que teremos que esperar ainda por mais uma, ou duas, gerações para ver modelos mais apetecíveis.

topo

Como ver smartphones associados à nossa conta Google

23-03-2019 | 16:21 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



De vez em quando é aconselhável fazer uma limpeza em smartphone que já não temos ou utilizamos, e para isso nada como espreitar a lista de dispositivos recentes com acesso à nossa conta Google.


Ao longo dos anos, é inevitável irem-se acumulando smartphones na conta da Google, quer seja pelo natural processo de upgrades, quer devido a roubos ou avarias. O importante é que, qualquer que seja o motivo, se confirme que não há nenhum dispositivo antigo que permaneça associado à nossa conta, e para isso bastará visitar a página da actividade recente.

Aí podemos ver que dispositivos associados à nossa conta estiveram em actividade nos últimos 28 dias, ou que estejam actualmente com login feito na conta. Idealmente, só por lá deveremos encontrar os dispositivos que utilizamos actualmente, como smartphones, tablets, computadores, ou até smartwatches. Mas, poderá dar-se o caso de por lá permanecerem equipamentos que ofereceram a outros membros da família, ou que avariaram sem que pudessem fazer o "reset de fábrica" para limpar a associação à conta.


Se tal acontecer, basta clicar no dispositivo respectivo e de seguida clicar no botão de remover o acesso à nossa conta.


Embora o recomendável seja efectuar o "reset de fábrica" sempre que deixemos de utilizar um smartphone ou tablet, isso nem sempre é feito (por esquecimento, ou por avaria que impossibilite essa operação). Quando tal acontecer, há que fazê-lo por este método de o remover da nossa lista de dispositivos associados.


Por: Carlos Martins

topo

Unity e Unreal mostram demos impressionantes no GDC 2019

23-03-2019 | 14:30 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Tanto a Unity como a Epic aproveitaram o GDC 2019 para mostrar aquilo que os seus motores gráficos são capazes de fazer... e não há como não ficar impressionado.

A Unity mostrou o The Heretic, que mostra as evoluções que este motor (tradicionalmente considerado o "parente pobre" do Unreal) tem tido ao longo dos últimos ano.




Já a Epic, também tinha boas coisas para mostrar, a começar por uma demo que nos deixa cheios de vontade de ver mais e mais de um mundo fotorealista; logo seguido de Troll, que serve apenas de aperitivo a uma longa metragem que está a ser criada usando o Unreal em tempo real - e onde a personagem principal é interpretada por Alicia Vikander (que ao menos, aqui, não teve que se preocupar com treinos intensivos para manter a forma, como teve que fazer quando vestiu a pele de Lara Croft no cinema).



topo

Ford cria cama inteligente para manter casais no seu lado da cama

23-03-2019 | 13:12 | A Minha Alegre Casinha | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A Ford criou uma cama que será a solução para todos os que ficam irritados com o seu parceiro(a) lhes deixar apenas uma pequena parte da cama enquanto dormem: uma cama inteligente capaz de manter cada um na sua posição.

Em vez de optar por uma solução básica de prender cada um ao seu lado da cama, a Ford adoptou um sistema mais complexo que conta com a ajuda de tapetes rolantes motorizados. De forma idêntica ao seu sistema de seguimento das estradas nos automóveis, esta cama consegue detectar a pressão sobre o colchão e saber quando um dos parceiros está a "invadir" o lado oposto.

Quando isso acontece, os tapetes entram em acção, fazendo deslizar o parceiro de novo para o seu lado, e mantendo o espaço livre de conforto para que ambos durmam descansados.

... Só se esquecem de referir o que acontecerá aos lençóis e cobertores ao fim de três ou quatro "deslizamentos"... pois a pessoa até pode ir rolando e ficando no mesmo sítio, mas as roupas da cama não. E isto para não falar na possibilidade de hackers poderem eventualmente ganhar controlo remoto da cama, e atirar ambos para o chão a meio da noite. :)


topo

Codec Avatars do Facebook são indistinguíveis das pessoas reais

23-03-2019 | 12:00 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


É bem conhecido o interesse do Facebook na realidade virtual (por algum motivo compraram a Oculus), e nos seus laboratórios explora-se a possibilidade podermos surgir nos mundos virtuais tal e qual como somos na realidade.

Actualmente, temos diversos smartphones e apps que nos deixam brincar com rostos animados em tempo real, replicando (ou tentando) as nossas expressões faciais. O Facebook quer levar isso muito mais longe, substituindo os "bonecos" pelos Codec Avatars com um rosto que seja realmente o nosso... ao ponto de se tornar indistinguível da realidade.

Embora por agora não seja tecnologia acessível a todos (o sistema de captura do rosto conta com centenas de câmaras 4K), é seguramente um indicador do que se tornará comum no futuro. E com isso, sistemas de videochamadas poderão, em vez de transmitir vídeo, limitar-se a enviar os movimentos e expressões que fazemos, que serão recriados no destino - quer seja um ecrã ou um cenário VR - pelo nosso avatar.


O sistema, tal como já existe, é assustadoramente realista, tornando ainda mais evidente as tentativas básicas que temos actualmente nos smartphones. É também assustador só de pensar que, com um sistema deste tipo, será bastante simples que uma pessoa possa "vestir a pele" de qualquer outra.

Pelo lado positivo, os investigadores exploram também a possibilidade deste tipo de sistemas poderem captar todas as micro-expressões e maneirismos que fazem parte da individualidade de cada um, e usar isso como chave de autenticação, para detectar que outras pessoas, por muito parecidas que se façam parecer, não são quem dizem ser.

... Já estou a imaginar a oportunidade de negócio de apps que apliquem um "ar doente" para quando se fizer uma videochamada para o trabalho a justificar porque se faltou naquele dia...

topo

Tesla melhora Summon para carros irem ter com donos

23-03-2019 | 11:00 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A Tesla implementou um modo "Summon" mais avançado nos seus automóveis, que já permite navegar em situações mais complicadas de estacionamento.

Há algum tempo que os Tesla contam com a funcionalidade "summon" que permite controlar remotamente o carro, de forma bastante limitada, para colocar ou retirar o carro de espaços de estacionamento apertados. Agora, essa funcionalidade foi melhorada, permitindo que o carro não se limite apenas a avançar ou retroceder a direito, mas virar sozinho e conduzir automaticamente para ir ter com o seu dono.

Em vez do condutor controlar apenas a função de avançar / retroceder, com este novo modo pode dizer o local onde quer que o seu carro venha ter consigo, ou usar as coordenadas GPS, com o carro a seguir até esse ponto de forma autónoma.

Para garantir que não há abusos, o condutor terá que estar num raio de 45 m do veículo, e de manter um olhar atento sobre os seus movimentos, mantendo um botão pressionado para manter o veículo em movimento - caso contrário o carro imobilizar-se-á.




topo

Boeing adia teste da cápsula espacial Starliner

23-03-2019 | 10:00 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Contrariamente ao que tem acontecido com a SpaceX, a Boeing parece estar a enfrentar dificuldades no desenvolvimento da sua cápsula espacial Starliner, indicando que irá adiar o teste de voo do próximo mês para Agosto, na melhor das hipóteses.

A nova corrida espacial pelo desenvolvimento de uma cápsula capaz de transportar astronautas até ao espaço - e não só até à ISS como também até à Lua e mais além - está repleta de dificuldades. Por agora, a SpaceX leva vantagem, ao já ter realizado o primeiro voo não-tripulado até à ISS e regressando com sucesso, e com isso aproximando-se do primeiro voo de teste com tripulação.

Já no caso da Boeing, cujo teste de voo até à ISS, também sem tripulação, deveria acontecer já no próximo mês - vê-se agora relegada para uma posição mais tardia, devido a alguns problemas técnicos e também de agendamento na sua plataforma de lançamento, adiando as aspirações da Boeing para Agosto, ou até mais tarde.

Isto deixa a Boeing em risco de apenas fazer o seu primeiro teste espacial numa altura em que a SpaceX já terá efectuado o primeiro voo tripulado, que poderá acontecer já em Julho, caso o próximo lançamento de teste para validar o sistema de escape de emergência decorra como previsto.

topo

Huawei P smart + 2019 aposta numa câmara tripla para convencer os mais jovens

23-03-2019 | 09:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



A fotografia no smartphone, é algo que hoje em dia é visto como uma formalidade, mas para obter bons resultados, há que apostar num equipamento com hardware e software de qualidade. Com um novo Huawei P smart + 2019, a marca chinesa reforça a sua presença no sector intermédio, apostando uma tripla câmara traseira.



A Huawei lança o Huawei P smart + 2019 no mercado português, uma versão atualizada do muito recente P Smart 2019, com uma terceira câmara traseira IA e um impressionante ecrã FullView com um notch Dewdrop.


A série P da Huawei foi lançada em 2017 para oferecer aos jovens consumidores smartphones de alta qualidade mas com um preço competitivo. O mais recente Huawei P smart + 2019 mantém a génese dos seus antecessores, oferecendo uma câmara atualizada e uma experiência de utilizador premium com um design elegante.


"Os jovens consumidores procuram duas coisas quando adquirem um smartphone: uma ótima câmara e um grande valor", disse Walter Ji, Presidente do Consumer Business Group da Huawei, acrescentando que "é por esta razão que juntámos a nossa famosa câmara de lente tripla IA aprimorada ao P smart + 2019, para oferecer aos jovens consumidores a oportunidade de tirar fotografias e vídeos de qualidade, num equipamento com um preço acessível. Este lançamento é o próximo passo na concretização da nossa estratégia que idealizámos com o intuito de proporcionar produtos inovadores para todos os consumidores".


Câmara Tripla IA melhorada

Como líder na área da fotografia dos smartphones, a Huawei garante que a sua poderosa tecnologia de câmara fotográfica está presente em todo o seu portfólio de smartphones. Equipado com uma nova câmara tripla traseira de 24MP, o Huawei P smart + 2019 permite um incrível ângulo fotográfico e fantásticos efeitos bokeh ao tirar retratos. As lentes têm distâncias focais de 27 mm para fotos padrão e 17 mm para grandes ângulos, enquanto a terceira lente é usada exclusivamente para bokeh.


A câmara frontal de 8 MP (F2.0) possui tecnologia de imagem de retroiluminação IA que reconhece até oito cenários, como o céu azul e condições de neve, otimizando a captura em tempo real para oferecer uma fotografia profissional única. A IA da Huawei na câmara traseira pode reconhecer até 22 cenas, bem como melhorar a qualidade de imagem fotográficas de longa exposição e fotos tiradas em locais com uma iluminação reduzida, incluindo durante a noite.


Design sofisticado num ecrã maior e mais inteligente

O Huawei P smart + 2019 apresenta o Huawei Dewdrop Display, um notch mínimo e discreto que abriga a câmara frontal. Combinado com um ecrã FullView de 6,21 polegadas, os utilizadores podem esperar uma experiência de imagem vibrante e cristalina com uma resolução de 2340x1080 (FHD +).


Uma vez que o tempo que o utilizador passa com os seus smartphones tem vindo a aumentar, o novo Huawei P smart + 2019 inclui o modo de ecrã dividido para multitarefas entre vários aplicativos. O equipamento também é projetado com uma nova navegação por gestos, permitindo aos utilizadores terem comandos simples e fáceis de usar na ponta dos dedos.


Uma experiência suave para o utilizador

O Huawei P smart + 2019 funciona com o mais recente sistema operacional EMUI 9.0, que oferece grande rapidez e eficiência de energia ao hardware deste smartphone. O modo inteligente do equipamento também é usado para estudar de forma inteligente os hábitos de uso do smartphone e prever o comportamento do utilizador, o que ajuda a melhorar a eficiência operacional geral e prolonga a vida útil da bateria.


Um parceiro inteligente e poderoso

Pela primeira vez, o Huawei P smart + 2019 suporta o HiVision, um dos novos recursos do EMUI 9.0. O HiVision aproveita a capacidade de IA do dispositivo para fornecer várias funcionalidades, incluindo capacidades de IA em tempo real, pesquisa de informações de objetos, verificação de QR Code e compras de identificação de objetos recorrendo à IA.


No “coração” o P smart + 2019 conta com o Kirin 710, que garante uma resposta suave e natural do sistema, um desempenho de jogo imersivo e excelente eficiência na bateria. Fabricado com a tecnologia de processo de 12nm, o comprovado chipset Octa-core A73 apresenta uma velocidade de clock da CPU de até 2,2GHz. Além disso, a autonomia da bateria de 3400mAh permite uma utilização frequente ao longo do dia.


Huawei P smart + 2019

·       PVP: 279€


topo

Adware em Android reproduzia videos publicitários escondidos

22-03-2019 | 21:13 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Utilizadores com smartphones Android que notarem um consumo anormal de dados móveis e redução na autonomia, podem estar a sofrer as consequências de uma rede fraudulenta de apresentação de vídeos publicitários.

Ninguém gosta de levar com vídeos publicitários, especialmente se estiver a utilizar dados móveis (quase sempre associados a tarifários com limites insuficientes). Por outro lado, estes são dos formatos publicitários que mais rendem a quem os apresenta, e há quem não olhe a meios para os "impingir" às vítimas, dê por onde der.

Foi descoberto um sistema de apresentação de vídeos fraudulentos, em que os atacantes conseguem esconder múltiplos vídeos publicitários que são reproduzidos de forma dissimulada atrás de um banner publicitário estático comum.


Se visualmente o utilizador pensa estar perante um anúncio que descarregou uma única imagem, na realidade poderá ter o seu smartphone a gastar dezenas de megabytes, e consequente uso extra do CPU a reproduzir múltiplos vídeos não visíveis.

Com isto, os atacantes pagam apenas pelo espaço de apresentação de um anúncio estático... mas recebem o lucro referente a múltiplos vídeos exibidos - já que estes são contabilizados como tendo sido vistos, mesmo tendo ficado escondidos por trás da imagem publicitária inicial.

... E depois admiram-se que haja cada vez mais pessoas que consideram indispensável a utilização de ad-blockers a nível completo no sistema...

topo

Nokia 7 Plus da HMD esteve a enviar dados para a China durante vários meses

22-03-2019 | 18:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A HMD que tantas vezes aqui tem sido alvo de elogios, acaba agora por dar uma de OnePlus, ao ter sido detectado que o smartphone Nokia 7 Plus, estava a enviar dados pessoais do utilizador, para um servidor localizado na China.


A HMD já prestou esclarecimentos sobre esta situação, confirmando a mesma, ressalvando no entanto que o problema se deveu à incorrecta utilização do software de activação, facto que segundo a marca Finlandêsa, apenas afectou um lote de equipamentos.

A investigação levada a cabo pelo site Norueguês NRKbeta, revelou que o Nokia 7 Plus estava enviar o IMEI, MAC ID e o SIM ICCID, dados que permitiam seguir um indivíduo. Além desta informação, também era fornecida a localização aproximada do equipamento, com estes dados a serem obtidos através das antenas da rede móvel.

A informação era enviada sempre que o smartphone era ligado, situação que se prolongou por vários meses. A HMD admitiu que os dados de activação foram enviados para um servidor que não era seu, mas segundo a firma Finlandêsa, a informação recolhida, nunca foi processada.

Segundo NRKbeta. o servidor Chinês em questão estava no endereço http://zzhc.vnet.cn, que aparentemente, pertence à empresa estatal China Telecom. Esta questão foi identificada e corrigida em Fevereiro de 2019, pelo que todos os Nokia 7 Plus com um  Android security patche de AMrço de 2019, já terão recebido o update com a correcção para este problema.

topo

SSDs e discos não deverão passar os 16TB

22-03-2019 | 18:30 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


O regular aumento da capacidade de discos e SSD está a atingir um curioso limite, parecendo que os 16TB se irão tornar no patamar máximo auto-imposto para estes dispositivos.

Embora não haja impeditivos técnicos para que discos e SSDs continuem a aumentar as suas capacidades para lá dos 16TB (na verdade já existem, em protótipos e modelos bastante exclusivos), a maioria dos especialistas parece ter chegado ao consenso de que será o patamar ideal para dispositivos individuais de armazenamento. Isto porque há que considerar os riscos de que uma simples avaria leve consigo uma enormidade de dados, fazendo com que deixe de ser aconselhável colocar tantos dados num único disco.

Adicionalmente, há também que considerar a velocidade de acesso dos interfaces aos dados, que pode fazer com que ler ou escrever um disco com 20TB ou 30TB (por exemplo, no processo de recuperação quando integrado num RAID) se torne demasiado moroso para ser aconselhável.

Obviamente que continuarão a existir casos especiais onde se poderá justificar a utilização de discos de maior capacidade, onde o risco de perder dados seja desvalorizado face à conveniência da capacidade disponível. Mas, para a maioria das aplicações, será mais recomendado simplesmente ir adicionando discos de 16TB até perfazer a quantidade total desejada.

topo

Borlas para o fim de semana: jogos, apps e wallpapers grátis!

22-03-2019 | 17:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Fim de semana à porta, altura para descansar e recarregar as baterias (para quem pode). Aproveitem para dar uma olhadela nesta lista de promoções, onde vão encontrar jogos, apps, ícones e wallpapers grátis.


Aplicações

Bluetooth Mono Media $0.99
Mille — learn 1000 Spanish words + pronunciation $1.99
Reminder Pro $0.99
Screen Draw Screenshot Pro $1.99
English for all! Pro $0.99
Crypto Helper $0.99
Joystick Bluetooth Pro $1.49
Numberwiz $0.99
Debt Manager and Tracker Pro $1.99
Integral Calculator $0.99
Steno - minimalistic note keeping and writing $2.49
Screenshot Pro 2 $1.99
NT Calculator - Extensive Calculator Pro $2.49

Jogos

The Enchanted Worlds $3.99
Dark Tower $2.49
Hook $0.99
Castle of Darkness $5.99
Dino Tim Full Version: Basic Math for kids $1.99
League of Stickman 2019- Ninja Arena PVP(Dreamsky) $0.99
Tap Tap Fist VIP $2.49
Connect - colorful casual game $0.99
Sokoban Land DX $2.99
WILOO $2.99

topo

Windows 7 começa a apresentar avisos do fim-de-vida

22-03-2019 | 17:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Tal como tinha avisado, a Microsoft já começou a apresentar nos Windows 7 uma janela popup a alertar para o fim de vida deste sistema operativo.

Após uma década em serviço, o Windows 7 - que se tornou num dos mais confiáveis e apreciados pelos utilizadores - vai lentamente aproximando-se do fim do seu suporte oficial para o público. A data do "fim" do Windows 7 está marcada para 14 de Janeiro de 2020, após a qual o suporte apenas estará disponível para clientes empresariais dispostos a pagar pelo suporte continuado por mais alguns anos.

Para os utilizadores domésticos, não há grandes motivos para que não se mudem para o Windows 10 (mesmo que isso esteja associado à utilização do WPD para limitar o tipo de informação enviada para a MS), mas até que o façam, arriscam-se a ir vendo uma janela de popup a relembrar que o Windows 7 tem os dias contados.

Felizmente, e assumindo que funciona da forma correcta, esta janela mostra também uma opção para que não volte a ser exibida - pelo que, é de imaginar que este popup seja uma coisa que os utilizadores do Windows 7 tenham que ver apenas por uma única vez.

topo

Notícias do dia

22-03-2019 | 16:30 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

Facebook guardou centenas de milhões de passwords em "plain text" ao longo de anos; Google restringe acesso do IFTTT e Shortcuts da Apple ao Gmail; Chrome ganha modo Lite para acelerar carregamento de páginas; temos em promoção o Xiaomi Mi 8 Lite a €182; e ainda um vídeo onde o
Galaxy Fold mostra "vinco" no ecrã dobrável.

Antes de passarmos às notícias do dia, relembro que já arrancou o passatempo FCA da semana, que esta semana tem exemplares do livro Gestão de Sistemas de Informação para oferecer.

Apple exige que apps suportem ecrãs dos mais recentes iPhones e iPads



A Apple quer por um fim à (enorme) quantidade de apps que continua sem suportar os mais recentes formatos de ecrãs, como o iPhone XS Max e iPad Pro, e vai passar a exigir todas as apps submetidas para a App Store a partir de 27 de Março o façam.

É pena que tal coisa tenha que ser feito sob a forma de obrigação, mas a verdade é que, se assim não for, há muitos developers que parecem ignorar por completo a situação. Veja-se o caso da popular app MB Way, que ainda agora continua sem suportar o ecrã do iPhone X (já com cerca de ano e meio no mercado).


Ecrãs OLED 4K da Samsung para portáteis custam apenas mais $50 que LCDs


A Samsung Display está a incentivar os seus parceiros e clientes a adoptarem ecrãs 4K OLED de 15.6" nos seus portáteis, fornecendo-os a um preço de apenas $50 a $60 superior ao de um ecrã LCD.

Se em termos de preço seria uma vantagem óbvia, facilitando a criação de portáteis mais finos e leves, e com qualidade de imagem impressionante (e suportando HDR devidamente), a grande questão continuará a ser saber como é que estes ecrãs OLED irão lidar com conteúdos estáticos, meses após meses. É que a utilização típica de um portátil é bastante diferente da de um smartphone ou tablet... e não sei até que ponto é que a tecnologia dos OLED já estará preparada para lidar com isso.


Serviço de streaming de TV da Apple quer ser "app store" para o streaming



O serviço de streaming da Apple poderá não ser um serviço apenas ao estilo da Netflix, mas sim uma tentativa de replicar o formato da App Store para os serviços de streaming de vídeo.

Ou seja, em vez de enfrentar desde já os serviços da Netflix, Hulu, HBO (e em breve a Disney), a Apple tentará aliciar parceiros para que disponibilizem esse serviços na sua plataforma, em troca de uma comissão no caso de angariarem novos clientes, e usando as suas produções exclusivas como chamariz... Veremos na próxima semana que serviços irão aceitar essas condições...


Pixels Camp ilumina Pavilhão Carlos Lopes


Continua a decorrer a 3ª edição do Pixels Camp em Lisboa (até amanhã) e, mesmo para quem não for participante, justifica-se uma passagem pelo Pavilhão Carlos Lopes, para poderem apreciar o trabalho de Projection Mapping que foi feito, e que dá vida à fachada do edifício assim que o sol se põe.




Curtas do dia


Resumo da madrugada

topo

Android vai perguntar que browser e motor de pesquisa se quer utilizar

22-03-2019 | 16:21 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Em jeito de déjà-vu, também a Google anunciou que irá passar a perguntar aos utilizadores Android qual o browser e motor de pesquisa que querem utilizar, em resposta aos processos e multas milionárias aplicadas pela Comissão Europeia.


Embora a medida possa parecer novidade para as gerações mais recentes, muitos outros recordar-se-ão do tempo em que vimos isto ser aplicado ao Windows, com a Microsoft a ser obrigada a apresentar uma janela a perguntar que browser se queria utilizar no seu sistema operativo, em vez de se limitar a usar o Internet Explorer. Agora, podemos dizer que se dá um volta completa, com a Google a passar pelo mesmo, a propósito do seu Chrome e do seu motor de busca.

Embora sempre tenha sido possível utilizar outros motores de busca e browsers em Android, a Google anuncia esta medida como indo "mais além" do que lhe foi pedido pela UE, e sendo um passo fundamental a favor da liberdade de escolha e para fomentar a concorrência.

Embora não tenha revelado de que forma é que esta escolha será apresentada aos utilizadores, arriscaria a dizer que assumirá o papel de mais um par de ecrãs no processo de configuração inicial do Android, onde os utilizadores tenham a opção de seleccionarem entre diferentes motores de busca e browsers a utilizar. Poderá ser coisa que se venha a estrear com o lançamento do Android Q... e se assim for, não serão muitos a vê-la durante os próximos anos (até ao momento, nas estatísticas oficiais do Android, o actual Android P não representa ainda 0.1% da plataforma, mais de um ano após o seu lançamento como preview, e mais de meio ano após o seu lançamento como versão final).

topo

Chrome ganha modo Lite para acelerar carregamento de páginas

22-03-2019 | 15:30 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

Navegar na web pode tornar-se desesperante quando se utiliza uma ligação de baixa velocidade, e o Chrome passa agora a contar com um modo "lite" para acelerar o carregamento de páginas web.

Há muito que o Chrome conta com um modo de poupança de dados "Data Saver" que permite poupar valiosos megabytes de tráfego e acelerar as páginas. Mas agora essa opção passa a dar acesso a um novo modo que permite acelerar até páginas HTTPS, e que será exibido na barra de endereços com a indicação "Lite".

Este modo Lite entra em acção quando se estiver a utilizar ligações com velocidades baixas (2G) ou quando o Chrome estimar que demorará mais de 5 segundos a apresentar alguma informação visível no ecrã. Nesse caso, o sistema tentará acelerar o carregamento das páginas usando todas as técnicas e "truques" que a Google tem ao seu dispor, com o utilizador a poder requisitar a página original inalterada sempre que assim o desejar (e estiver disposto a aguardar o tempo que for preciso). O Chrome aprenderá quais os sites que os utilizadores continuam a preferir ver a página "não-acelerada".

A maioria dos utilizadores não estará em risco de ver este sistema em acção, assumindo que contarão com velocidades 3G ou 4G. Mas de qualquer forma, não custará passarem pelas definições e confirmarem se têm a opção Data Saver activada. Neste novo modo, a Google esclarece ainda que mesmo quando aceleram páginas HTTPS, não tem acesso a cookies, dados de login, ou quaisquer outros dados do utilizador, apenas ao URL da página visitada.

topo

Today I learned: root’s cron (including stuff like logrotate) doesn’t run if root’s password is expired

22-03-2019 | 15:13 | Pedro Timóteo | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

… which can be hard to spot, since in most places you never use root’s password anywhere (you “sudo su” to root using your user‘s password).

Today’s story:

  1. server has a logfile of several GB;
  2. head logfile shows it hasn’t been rotated in more than a year;
  3. running logrotate /etc/logrotate.conf manually works;
  4. /var/log/cron includes entries like:

Mar 22 14:10:01 xxxxxxxx crond[26561]: (root) PAM ERROR (Authentication token is no longer valid; new one required)
Mar 22 14:10:01 xxxxxxxx crond[26561]: (root) FAILED to authorize user with PAM (Authentication token is no longer valid; new one required)

  1. chage -l root shows that its password has expired…

Now, why did root have password expiration enabled? It’s a mystery 🙂 — probably someone ran a script configuring password expiration for all users and forgot to add some exceptions to it, root among them. Anyway,

chage -E -1 -M -1 root ; passwd root

solved the problem. Hope this is useful. 🙂

The post Today I learned: root’s cron (including stuff like logrotate) doesn’t run if root’s password is expired appeared first on Zurgl.

topo

Google restringe acesso do IFTTT e Shortcuts da Apple ao Gmail

22-03-2019 | 14:13 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

A Google acaba de dar um "banho de água fria" a quem estava habituado a utilizar o Gmail com serviços de automação como o IFTTT ou o Shortcuts da Apple, dizendo que, por motivos de segurança, deixará de permitir esse acesso a serviços externos.

Utilizadores que tenham dado acesso ao Gmail na app Shortcuts da Apple estão a receber emails da Google a dizer que essa app deixará de conseguir aceder aos conteúdos do Gmail (e outros dados da conta Google) a partir do dia 31 de Março.


Mais curioso será o facto da justificação que é dada referir que esta restrição tem como objectivo manter os dados dos utilizadores mais seguros e privados.

Estas restrições estão relacionadas com as alterações que já tinham sido indicadas pela Google há alguns meses, e que aplicam uma série de regras mais apertadas para apps ou serviços que queiram aceder a dados dos serviços da Google.

Fica agora por saber se o Shortcuts da Apple e outros serviços visados por restrições idênticas poderão ser actualizados de forma a cumprir os requisitos pedidos pela Google, ou se os utilizadores se arriscam a não poder tirar partido dos seus próprios dados em serviços externos.

topo

Facebook guardou centenas de milhões de passwords em "plain text"

22-03-2019 | 12:00 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


O Facebook revelou que manteve centenas de milhões de passwords de utilizadores guardadas em registos em "plain text", sendo isso feito desde pelo menos 2012.

O caso quase poderia ser considerado cómico, não fosse ter colocado em risco entre 200 a 600 milhões de utilizadores, cujas passwords não estiveram - felizmente - expostas publicamente na internet, mas que estavam acessíveis a milhares de funcionários do Facebook.

O Facebook já publicou o seu relato do assunto, preferindo focar-se no pontos de detecção de actividade "indevida", e que até ao momento não terá detectado nenhuma actividade anormal que indique os os utilizadores tenham sido postos em risco, e que irá alertar os utilizadores afectados. Diz também que a maioria deles nem sequer terá que alterar a sua password, a não ser em casos em que detecte haver motivos que o justifiquem.

Coincidência ou não, o que é certo é que há um par de meses o Facebook me obrigou a mudar de password sem ter dado qualquer explicação na altura. Algo que não posso deixar de suspeitar que estará relacionado com esta situação.

Mais uma vez, fica patente a necessidade imperativa de se utilizarem passwords diferenciadas para cada serviço, de modo a que casos como este não ponham em causa uma série de serviços com a mesma password que se tornou vulnerável (ou passwords com formatos idênticos).

topo

Organiza os serviços Google na barra de acesso rápido na web

22-03-2019 | 11:00 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Muitos serviços da Google, como o Gmail, contam com um botão de acesso rápido às Google apps - mas muitas pessoas não sabem que os podem reorganizar conforme desejarem.

Embora a maioria das pessoas possa ter o hábito de manter as páginas mais frequentemente utilizadas permanentemente abertas no seu browser, há casos onde isso não se justifica. Quando é necessário reabrir uma página de um serviço da Google, acaba por ser prático fazê-lo através do atalho para as Google Apps que está no topo do Gmail (e outros serviços), com apenas dois cliques.

Localizado ao lado da foto associada à nossa conta Google, o botão de atalho às Google Apps abre uma janela onde encontramos icons de acesso aos variados serviços, e com possibilidade de expandir a janela para mostrar ainda mais serviços, incluindo alguns que poderíamos nem conhecer (ou lembrar). Mas a parte mais interessante é que podemos facilmente arrastar os icons de uma secção para a outra e reorganizá-los de forma a deixar aqueles que nos são mais úteis em primeiro lugar.

Se usas o Google Translate frequentemente podes puxá-lo mais para cima; se não usas o Google Groups ou outros, podes atirá-los para a secção inferior. Só não te esqueças que já não fará sentido manter o Google+ ali no topo, considerando que vai ser encerrado em breve.

topo

Xiaomi Mi 8 Lite a €182

22-03-2019 | 10:00 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Embora a Xiaomi já tenha lançado o Mi 9, quem procurar um smartphone mais em conta poderá querer considerar o Xiaomi Mi 8 Lite, que continua a ser uma excelente opção.

O Mi 8 Lite tem um ecrã full-scree Full HD+ de 6.26", CPU Snapdragon 660 octa-core, 4GB de RAM, 64GB, câmara dupla de 12MP + 5MP e câmara frontal de 24MP, dual SIM, BT 5.9, e bateria de 3350mAh. Nesta gama de preço, não se poderá criticar o recurso a um sensor de impressões digitais convencional, na traseira do smartphone.


O Xiaomi Mi 8 Lite está disponível por 182 euros na Amazon Espanha.

Embora por este valor também se possa considerar o Mi A2, quem preferir o MIUI da Xiaomi e o design full-screen (mesmo tendo um notch), ficará certamente melhor servido com este modelo Xiaomi com todas as alterações que a marca faz ao Android.

topo

Devolo atinge os 40 milhões de adaptadores powerline

22-03-2019 | 09:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



A Devolo é um dos nomes fortes do mercado powerline. Os 40 milhões de unidades vendidas, são comprovativo disso mesmo, com o fabricante alemão a demonstrar a força da posição que detém, no segmento dos PLC.


 Um novo marco histórico para a devolo: a especialista alemã em redes domésticas vendeu o seu adaptador powerline número 40.000.000, estabelecendo um novo recorde. Os produtos transmitem o sinal de Internet através da rede elétrica existente, transformando qualquer tomada de uma vivenda ou apartamento num ponto de acesso à rede de dados global.
“Seja na cave, na cozinha ou no quarto dos mais novos, as pessoas querem fazer-se valer de WiFi poderoso e ligações à Internet de alta velocidade,” comentou Heiko Harbers, CEO da devolo AG. “Com as nossas soluções ‘Internet a partir da tomada’, beneficiamos desta tendência em direção à rede doméstica na sua plenitude.”
Enquanto um dos primeiros fornecedores mundiais, a devolo baseia-se nos mais recentes chips de alto desempenho que suportam o standard G.hn. Este chip é considerado o futuro das redes domésticas através da cablagem existente, como a rede elétrica. A devolo está, portanto, a caminhar em direção a novas dimensões de velocidade e alcance: uma das maiores revistas de informática alemãs caracterizou os produtos da série devolo Magic como “os adaptadores powerline mais rápidos que já testámos” e, em Portugal, as principais publicações do setor foram igualmente unânimes relativamente à qualidade e velocidade oferecidas por esta nova geração da devolo.
devolo foi fundada em Aachen, na Alemanha, em 2002, e atua nos segmentos da casa inteligente e rede inteligente, além da rede doméstica. As soluções de rede inteligente destinam-se aos fornecedores de energia e operadores de ponto de medição. A devolo oferece-lhes um portfolio completo de medidores de eletricidade inteligentes, bem como produtos de transmissão de dados e encriptação.
devolo Magic: disponibilidade e preços
Os adaptadores devolo Magic, para utilizadores domésticos, estão já disponíveis em variantes Magic 1 e Magic 2 em lojas físicas e online. Para configurar uma nova rede doméstica Magic, o StarterKit com dois adaptadores é uma ótima opção – o preço é de 199 € para o devolo Magic 2 WiFi e 149 € para o devolo Magic 1 WiFi. Os adaptadores podem também ser adquiridos individualmente para expandir a sua rede doméstica. Além disso, existem séries Magic 1 e Magic 2 como variantes LAN puras.

topo

Produtos da Semana

22-03-2019 | 09:15 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

A nossa rubrica de Produtos da Semana agrupa uma lista de produtos e notícias que vamos compilando ao longo da semana e que achamos que será do interesse geral.

ASUS anuncia monitor curvo profissional ProArt PA34VC




A ASUS anunciou o lançamento em Portugal do monitor ProArt PA34VC.

O ecrã QHD (3440 x 1440) de grande dimensão do ProArt PA34VC apresenta uma resolução 2,4 vezes maior do que um monitor FHD, proporcionando 35% de espaço a mais no ecrã do que outros monitores FHD de tamanho similar, tornando o multitasking mais agradável e eficiente. Com um ecrã de 34,1 polegadas de formato 21: 9 e curvatura 1900R, o ProArt PA34VC oferece um campo de visão expandido, reduzindo o movimento dos olhos no ecrã, para que os utilizadores possam trabalhar confortavelmente durante períodos longos. O ProArt PA34VC também possui um ecrã IPS com um amplo ângulo de visão de 178° nos planos horizontal e vertical para obter visuais incríveis de qualquer ponto de vista. O ProArt PA34VC é compatível com a tecnologia de alta amplitude dinâmica HDR-10 assegurando brancos mais claros e pretos mais escuros, resultando numa experiência de visualização rica e realista que ajuda os utilizadores a concretizar plenamente a sua visão criativa. Com o alcance de 100% de cobertura da gama de cores sRGB, o ProArt PA34VC reproduz cores mais vivas, mais brilhantes e mais realistas. É uma óptima solução para fotógrafos, designers gráficos ou para quem procura cores altamente precisas. Para expansibilidade inigualável e conexões ultra rápidas e versáteis, o ProArt PA34VC inclui duas portas USB-C que suportam Thunderbolt 3 para velocidades de transferência de dados de até 40Gbps, DisplayPort e USB 3.1 com Power Delivery para fornecer até 60W de energia para dispositivos externos. Além disso, os utilizadores podem interligar vários monitores por meio de uma única porta sem a necessidade de um hub ou switch.

O ASUS ProArt PA34VC está disponível em Portugal pelo preço recomendado de 1269 euros.


Toshiba actualiza Satellite Pro R50-EC, Satellite Pro A50-EC e Tecra A50-EC



A Toshiba anunciou a actualização de três dispositivos das gamas de computadores de 15" Satellite Pro e Tecra, focada na capacidade de conexão imediata, maior segurança e trabalho móvel mais eficiente.

Construído com uma variedade impressionante de opções de conectividade, incluindo entradas HDMI e RGB, agora conta com portas USB-C. Isto não só permite a conectividade USB 3.1 como também aumenta a velocidade de transferência de dados até 5GB/s, beneficiando ter uma porta cada vez mais comum para conectar o crescente número de periféricos. Estes incluem o USB-C Dock opcional da Toshiba, que permite uma conexão rápida com outros dispositivos. Com múltiplas camadas de segurança internas e externas, como password HDD e o encriptação avançada (TPM 2.0), os utilizadores do Satellite Pro A50-EC agora poderão desfrutar da opção SecurePad com sensor de impressão digital Synaptics Natural ID, um novo touchpad com sensor de impressão digital embutido. Além de incluir o SecurePad opcional, o Tecra A50-EC também possui uma câmara infravermelha que permite uma autenticação facial opcional através do Intel Authenticate e do Windows Hello face sign-in. Estas funcionalidades biométricas fornecem uma camada adicional de protecção há já altamente segura gama E-Generation. Juntamente com essas opções de segurança, o silencioso teclado do Tecra A50-EC, projectado para suportar até mesmo as cargas de trabalho mais exigentes, agora é retro-iluminado, o qual oferece a flexibilidade de escrever com eficácia e precisão, mesmo em ambientes de pouca iluminação. Criados para o trabalhador móvel de hoje, estes produtos ultraportáteis também possuem autonomia até 10,5 horas para uma produtividade contínua ao longo do dia, independentemente do local onde se encontre. Os computadores E-Generation da Toshiba são elegantes no design e focados em fornecer máxima segurança, conectividade e fiabilidade contínuas. O desempenho e a eficácia são maximizados através do processador Intel Core de 8ª Geração.

Os mais recentes modelos Satellite Pro A50-CE, Satellite Pro R50-CE e Tecra A50-EC realçam a experiência da Toshiba no espaço B2B ao oferecer dispositivos práticos, mas robustos, projectados para serem ultra-móveis, sem comprometer uma elevada potência ou o desempenho.


Samyang lança nova objectiva AF 85mm f/1.4 FE



A marca global de óptica Samyang apresentou uma nova objectiva AF 85mm f/1.4 FE com uma resolução e bokeh impressionantes, e um excepcional desempenho AF. É a quarta objectiva da "Spring Collection" da Samyang nesta Primavera.

A Samyang introduziu a sua primeira objectiva de foco automático em 2016, equipada com as suas tecnologias mais avançadas, a AF 35mm f/2.8 FE, vencedora do melhor prémio na cerimónia de 2018 da Technical Image Press Association (TIPA) na categoria CDC Prime Lens. A Samyang possui actualmente nove objectivas de foco automático desenvolvidas para as baionetas das principais câmaras como a Sony E, Canon EF e Nikon F, e a nova objectiva AF 85mm f/1.4 FE é a 6ª objetiva AF com baioneta Sony FE da Samyang. À medida que os entusiastas de fotografia olham para além do desempenho da óptica, aumenta a procura por objectivas capazes de várias expressões. A AF 85mm f/1.4 FE é alicerçada nos 40 anos de tecnologia óptica da Samyang, captando o sujeito de uma maneira delicada e precisa, mesmo em configurações de maior abertura. Além disso, a tecnologia especial de polimento de lentes da Samyang realça a arte dos fotógrafos com um bokeh suave. A AF 85mm f/1.4 FE é baseada na tecnologia óptica mundialmente reconhecida que a Samyang tem procurado. O seu desempenho AF é rápido e preciso, com uma excelente resolução. A objectiva inclui 11 elementos em 8 grupos (4 HR, ED 1). O uso de 4 lentes HR torna a objectiva compacta e garante uma resolução fenomenal, e a lente ED 1 compensa as franjas de cor e reduz as aberrações cromáticas. A AF 85mm f/1.4 FE permite expressar a profundidade de campo das imagens com uma abertura máxima de f/1.4. A sua bela e atraente desfocagem de fundo faz com que o sujeito se destaque mais e proporciona mais diversão ao permitir várias direcções de foto. Além disso, a estrutura da lente está vedada contra intempéries para melhorar as capacidades de protecção contra a sujidade e a água, permitindo que os fotógrafos possam continuar a fotografar mesmo em condições imprevisíveis.

A objectiva será revelada pela primeira vez durante o The Photography Show no Reino Unido entre 16 e 19 de Março.


Momondo apresenta ferramenta para medir bagagem de mão através da Realidade Aumentada



A momondo, motor de pesquisa de viagens, hotéis e carros de aluguer, apresenta uma ferramenta inovadora para simplificar ainda mais as viagens dos seus utilizadores.

Como as regras para o transporte de bagagem de mão diferem entre companhias aéreas, a momondo criou o Assistente de Bagagem, tirando partido da tecnologia de Realidade Aumentada (RA) mais recente e que ajudará a medir as dimensões da bagagem de cabine, directamente na aplicação. Esta ferramenta permite aos viajantes perceber se a companhia aérea com que vão voar aceita (ou não) a bagagem de mão que querem levar. Medir a bagagem de mão é muito simples: basta abrir a aplicação da momondo e clicar no botão com indicação "mede a tua mala". Depois, o utilizador recebe instruções para mover a câmara em redor da mala para captar todas as dimensões. O Assistente de Bagagem usa a RA para calcular rapidamente as medidas (altura, comprimento e largura – bem como as saliências existentes) e compara-as com as especificações da companhia aérea. Assim, os viajantes sabem se podem levar a mala na cabine ou se precisam de a enviar para o porão.

A aplicação da momondo está disponível para iOS e Android.


Comercialfoto apresenta hubs Hyper para Apple e PC



A Comercialfoto, marca importadora e distribuidora de produtos fotográficos e tecnologia, acaba de assinar um acordo para a distribuição da marca Hyper em Portugal. A Hyper é uma marca dedicada ao desenvolvimento de produtos de conectividade, bateria e armazenamento para equipamentos Apple e PC.

A Hyper desenvolve produtos que permitem a ligação de diversos periféricos e utilitários através de apenas uma ou 2 entradas do computador. Quem utiliza computadores, principalmente da Apple, sabe o quão necessário é ter sempre por perto adaptadores para todo o género de ligações, como USB, USB-C, HDMI, SD/MicroSD, Ethernet, tornando o trabalho do dia a dia mais difícil. Com produtos especialmente pensados para os criadores de conteúdos, que utilizam um ecrã ligado ao portátil, mas precisam de ligar o disco externo, o cartão SD, o telemóvel, e provavelmente mais alguma coisa. Estes Hubs são produtos que permitem ter tudo interligado com o computador. Com os produtos Hyper a conectividade torna-se mais fácil e imediata. Para além dos Hubs, a Hyper conta também na sua gama de produtos com adaptadores de energia que permitem mais ligações do que apenas o carregador do computador. E para quem tem os telemóveis mais recentes da Apple a Hyper também desenvolveu um carregador wireless com ligações USB, HDMI e SD.

Os produtos da Hyper já estão disponíveis nos parceiros especializados da Comercialfoto.

topo

Ubucon Portugal 2019 no ISCTE a 6 de Abril

22-03-2019 | 08:41 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


É já no próximo dia 6 de Abril que se vai realizar a Ubucon Portugal, dedicado à popular distribuição Linux e às tecnologias open-source.

A Comunidade Ubuntu Portugal, o ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa, o ISTAR-IUL - Information Sciences and Technologies and Architecture Research Center e o ISCTE-IUL ACM Student Chapter, organizam no próximo dia 6 de Abril o Evento “Ubucon Portugal 2019”.

Um encontro que tem por objectivo a divulgação do Sistema Operativo Ubuntu nas suas mais variadas aplicações. É aberto ao público em geral e dirigido a todos os interessados independentemente dos seus conhecimentos ou possíveis aplicações.

Presenças Confirmadas
Até à data, está confirmada a presença dos seguintes oradores:
  • André Paula/João Jotta, LinuxTech
  • Diogo Constantino, UBPorts
  • Gustavo Homem, Ângulo Sólido
  • Gustavo Silva, Ubuntu Portugal
  • Jorge Gustavo Rocha, OSGEO
  • Manuela Aparício, MOSS-ISCTE
  • Marcos Marado, ANSOL
  • Paula Simões, D3
  • Rute Correia, White Market Podcast
  • Tiago Carrondo, Ubuntu Portugal

O evento decorrerá no dia 6 de abril de 2019, a começar às 10:00 e a acabar às 18:00, nas instalações do ISCTE.

topo

O ritual do habitual ainda vai tendo surpresas

21-03-2019 | 23:08 | Gonçalo Sá | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

Ritual Howls.jpg

 

Os RITUAL HOWLS não foram a primeira banda dos últimos anos a cruzar territórios pós-punk, industriais ou darkwave, nem sequer a mais inventiva nessa mistura. Mas o trio de Detroit tem sido dos mais prolíficos e coesos desde o EP de estreia, editado em 2012, ao qual sucederam mais quatro, num percurso que também já inclui três álbuns.

 

O quarto longa-duração, "Rendered Armor", chega esta sexta-feira e parece seguir os passos de "Their Body", EP de 2017, a julgar pelas canções reveladas nas últimas semanas. A voz de barítono de Paul Bancell não abdica de um negrume que continua a avivar memórias dos Joy Division ou dos Bauhaus, mas também da escola tão ou mais turva de Mark Lanegan, e o novelo instrumental continua a partir de referências igualmente familiares sem que o resultado seja anacrónico - como nomes mais recentes e comparáveis, dos Preoccupations a The Soft Moon, têm mostrado à sua maneira.

 

O imaginário de um certo interior norte-americano, com descendência de bandas sonoras de westerns, entre a atmosfera de baixo e sintetizadores carregados, leva a que alguns também descrevam esta música como uns Calexico góticos. À semelhança de outros, é um rótulo redutor, embora talvez possa funcionar como porta de entrada para esta discografia. De qualquer forma, nada como ouvir "Thought Talk", "Alone Together" (videoclip abaixo) e a mais recente "Devoured Decency" para tirar as dúvidas e abrir caminho para o novo álbum.

 

 

topo

CryptoNovel desafia leitores a decifrar pistas escondidas

21-03-2019 | 21:15 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Se gostam de puzzles lógicos e aventuras literárias, não vão querer perder este Crypto Novel criado pelo Bruno Amaral.

O CryptoNovel é um jogo embrulhado numa história. É um trabalho que tira inspiração do mundo em que vivemos e especialmente da tecnologia que nos rodeia. É uma história onde todos os detalhes foram escolhidos com cuidado, e nada surgiu por acaso. As fotos são criação do autor ou curadoria atenciosa de fotografias em licença ceative commons.

A criação desta história passa por três fases: a escrita, a tecnologia e o desenho dos puzzles. A escrita da história tem vindo a evoluir à medida que surge a vontade de escrever um capítulo (mas onde o final está definido desde o início). Os relatos de hacking que complementam a viagem da personagem, são validados junto de profissionais de segurança ou adaptados de acontecimentos reais. Têm um objectivo secundário de educar o leitor para o que são perigos reais e dar-lhe mais confiança sobre como usar a tecnologia de modo seguro.

Os puzzles de cada capítulo pretendem complementar o desalento e a frustração da personagem. Cada um é desenhado e programado pelo autor, testado em desktop e mobile. Tudo é preparado em solidão durante semanas ou meses, para não estragar o desafio aos leitores.

Se gostarem do caminho por onde este CryptoNovel vos levar, não deixem de considerar apoiar o seu criador, nem que seja com apenas 1€ por cada novo capítulo que for lançado.

topo

Galaxy Fold mostra "vinco" no ecrã dobrável

21-03-2019 | 18:30 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Os fabricantes têm tido extremo cuidado na forma como mostram os seus smartphones com ecrãs dobráveis, e um dos primeiros vídeos não oficiais do Galaxy Fold da Samsung mostra porquê.

Há muito que temos alertado para que estes ecrãs dobráveis de primeira geração poderão não ser aquilo que se está à espera, e este vídeo que mostra um Galaxy Fold a ser mexido por um utilizador comum serve apenas para validar esses receios.

Mesmo sendo um equipamento "novo" (o Galaxy Fold só tem lançamento no mercado marcado para 26 de Abril), é desde já bem visível o vinco no centro do ecrã dobrável, que não será apenas esteticamente pouco agradável, como também se fará seguramente sentir a nível da interacção com o touchscreen.

Considerando que estamos a falar de um equipamento que irá custar 2000 euros (ou mais)... não sei até que ponto até mesmo os mais endinheirados estarão dispostos a usar um smartphone que parecerá ter um ecrã de "plástico barato" (e ainda falta ver que aspecto terá após alguns meses de utilização intensiva). Se vai ser mesmo verdade que a Samsung irá trocar gratuitamente o ecrã ao fim de 10 mil "dobragens", talvez esteja no momento de começar a anunciar isso a alto e bom som... e mesmo assim...


topo

Livros de programação web da O'Reilly em saldo no Humble Bundle

21-03-2019 | 17:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Quem se interessar por programação web tem mais uma excelente oportunidade de completar a sua biblioteca com mais de uma dezena de livros da O'Reilly desta temática.

Como é habitual, este Humble Book Bundle: Web Programming by O'Reilly permite que cada pessoa defina o preço que quer pagar pelos livros, havendo três patamares de acesso:

Por apenas €1 podemos ficar com os livros: CSS: The Definitive Guide; Using SVG with CSS3 and HTML5; Learning React; High Performance Images e You Don't Know JS: Up & Going.

Por pouco mais de €7 adicionamos: Flask Web Development; Angular: Up and Running; CSS Pocket Reference; Data Visualization with Python & JavaScript; Vue.js: Up and Running; e You Don't Know JS: ES6 & Beyond.

E por fim, por €14, juntamos ao lote os: Learning JavaScript; Designing Web APIs; Learning PHP, MySQL & JavaScript; Mastering Modular JavaScript; Learning GraphQL; e You Don't Know JS: Scope & Closures.

Preciosos auxiliares que serão bastante úteis para todos os que queiram começar ou aprofundar conhecimentos nas tecnologias web.

topo

Notícias do dia

21-03-2019 | 16:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

Android vai perguntar que browser e motor de pesquisa se quer utilizar; Opera para Android ganha VPN gratuita; análise ao Asus ZenFone Max Pro (M2); como ver smartphones associados à nossa conta Google; app de gestão de clipboard anuncia encerramento devido ao Android Q; e ainda a conclusão da Disney comprar a 21st Century Fox por $71 mil milhões.

Antes de passarmos às notícias do dia, relembro que será já amanhã que teremos um jantar AadM em Lisboa (aproveitando o Pixels Camp), dia 22 de Março, com ponto de encontro no Pav. Carlos Lopes pelas 20h. Agradece-se a confirmação caso estejam interessados em aparecer. :)

Não se esqueçam que também já arrancou o passatempo FCA da semana, que esta semana tem exemplares do livro Gestão de Sistemas de Informação para oferecer.


Serviço de notícias da Apple semeia discórdia entre jornais



O serviço de acesso a notícias da Apple - um "Netflix" para acesso a jornais e revistas - vai demonstrar que a guerra entre produtores e distribuidores não acontece apenas nas plataformas de streaming de vídeo ou de música. Para já, fala-se que o Wall Street Journal terá aceitado as condições da Apple (que vai cobrar 50% de comissão), enquanto outros gigantes como o The New York Times e The Washington Post optaram por ficar de fora.

Vai ser mais um conflito curioso de se seguir... nem que seja para ver quem é que se ri por último. Já vimos o resultado que teve (ou não teve) a tentativa dos jornais se fecharem atrás de pay-walls. Será que vão finalmente aceitar que terão mais a ganhar se facilitarem o acesso aos seus conteúdos em vez de o dificultarem. É que os nosso próprios leitores são os primeiros a dizer: assim que se depararam com uma qualquer janela que se intrometa no seu caminho, é da maneira que fecham a janela e nem pensam em regressar...


Khronos Group revela OpenXR para VR e AR



Tal como o OpenGL ajudou a criar um sistema 3D standard, agora temos o OpenXR a querer fazer o mesmo para as áreas da realidade virtual e realidade aumentada.


A ideia é permitir que as empresas e developers possam contar com um sistema standard, em que qualquer app possa funcionar com qualquer dispositivo VR/AR, e embora ainda esteja numa fase inicial (versão 0.90), conta já com um conjunto de nomes sonantes, que vão da Google à Nvidia, AMD, Intel, Magic Leap, Samsung, ARM, Epic, Unity, Valve, Oculus, etc. etc.



Óculos VR wireless da Qualcomm também vão funcionar com PCs



A Qualcomm quer fazer um 2-em-1 com os seus óculos VR. Para além de funcionarem de forma independente sem dependerem de hardware exterior, a Qualcomm quer que também possam funcionar como óculos VR básicos ligados a PCs (ligados... mas sem fios, obviamente).

A iniciativa chama-se "Boundless XR for PC" e recorre a óculos que têm um Snapdragon 845 e sistema de comunicação 802.11ad de 60GHz para permitir a comunicação a alta-velocidade e baixa-latência para fazer chegar o vídeo gerado por um PC aos óculos sem atrasos.


Facebook Messenger ganha respostas encadeadas


Se detestavam ver conversas misturadas no Messenger do Facebook, com comentários que não se percebia a que diziam respeito, a partir de agora vai ser possível manter tudo em ordem com a chegada das respostas encadeadas.

Quando quiserem responder a um comentário ou imagem específica, bastará fazer um toque prolongado na mesma, e escolher "reply". A nossa resposta ficará "anexada" ao comentário ou imagem inicial, ficando claro a que é que era suposto dizer respeito.


Curtas do dia


Resumo da madrugada


topo

Opera para Android ganha (novamente) VPN gratuita

21-03-2019 | 16:21 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A relação da Opera com as VPNs tem sido algo inconstante - umas vezes promovendo-as, outras vezes encerrando-as - mas desta vez são boas notícias, com a disponibilização de uma VPN gratuita integrada no Opera para Android.


O Opera 51 para Android passa a contar com uma VPN gratuita integrada directamente no browser, que pode ser activada com um simples toque pelos utilizadores, sem qualquer complicação de instalação ou configuração. Tudo o que é preciso fazer é ir às definições da app e activar a VPN.

Com a VPN activada, a comunicação passa a ser feita através de um canal encriptado, garantindo a segurança das comunicações mesmo quando se estiver a usar uma rede WiFi pública que não ofereça garantias de segurança. No entanto, não esquecer que esta VPN se limita apenas à navegação feita neste browser, não abrangendo os dados das restantes apps ou comunicações que se façam. A Opera relembra ainda que a utilização desta VPN é totalmente gratuita, e de que não são mantidos quaisquer registos (logs) sobre as comunicações feitas.

Com esta actualização chega também o fim do suporte para o Android Jelly Bean (Android 4.1 – 4.3) lançado em 2012. Quem ainda tiver equipamentos com essa versão terá que se manter no Opera 50 ou optar pelo Opera Mini.


topo

Análise ao Asus ZenFone Max Pro (M2)

21-03-2019 | 15:30 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

A Asus tem-se esforçado por ter no seu catálogo smartphones para todo o tipo de necessidades, e o ZenFone Max Pro é um dos modelos que visa aqueles que se preocupam em ter uma autonomia livre de quaisquer preocupações.


O Asus ZenFone Max Pro (M2)



A autonomia continua a ser uma das maiores limitações dos smartphones actuais, com os fabricantes a privilegiarem a espessura reduzida em vez de uma autonomia prolongada. Ainda assim vamos vendo os fabricantes a apostarem nos sistemas de carregamento rápido e no lançamento de smartphones com uma bateria de maior capacidade. A Asus é uma das marcas que tem apostado nesta segunda hipótese, apresentando um modelo com uma bateria bem superior à dos restantes modelos. O ZenFone Max Pro (M2) com a sua bateria de 5000mAh é um exemplo disso.



Dentro da caixa, o habitual conjunto de acessórios, onde encontramos a documentação de referência, um carregador, auriculares, capa de silicone e um cabo microUSB. Estamos em 2019 e continuamos a ter marcas a apostar neste tipos de cabos, quando o USB-C há muito que se deveria ter tornado na ficha universal, com muitas mais vantagens.




Até há algum tempo atrás, este poderia ser considerado um smartphone grande, tanto em largura como em comprimento. No entanto, hoje em dia, as suas generosas dimensões (157,9x75,5mm) acabam por ser consideradas "normais", com a espessura relativamente fina (8,5mm), a facilitar a sua utilização.



O ecrã FHD+ (2280 x 1080) de 6.3” IPS ocupa a quase totalidade da frente do smartphone, ficando apenas uma faixa com cerca de 5mm na zona inferior. A margem na zona superior do ecrã é bem mais reduzida, sendo também nesta área que encontramos um notch (relativamente pequeno) que alberga a câmara frontal e os sensores de luminosidade e proximidade.


A traseira apresenta uma curvatura nas laterais para permitir um melhor encaixe na mão. O plástico utilizado acaba por dar um aspecto interessante ao smartphone, permitindo diferentes efeitos de luz. Em cima, à esquerda, temos a dupla câmara e o flash, e na zona central o sensor de impressões digitais. Por baixo deste, o logótipo da marca.



No lado direito temos os botões de volume e o botão de power.



Do lado esquerdo, o adaptador para instalação dos cartões SIM, sendo que é possível utilizar os dois em simultâneo, com um cartão microSD.


Em cima, apenas um microfone.



Na zona inferior, temos a ficha de 3,5mm, um segundo microfone, a porta microUSB e a saída de som. A coluna para as chamadas de voz serve apenas para este fim, não sendo utilizada como um segundo altifalante. Há no entanto que referir o facto do corpo do smartphone servir de caixa de ressonância, com o som a propagar-se por toda a área disponível.

Em termos de hardware, este ZenFone Max Pro (M2) é um lobo em pele de cordeiro. O processador recebeu um upgrade substancial face ao apresentado no modelo do ano passado (M1), tendo a Asus optando pelo mais pujante Snapdragon 660. O processador vem acompanhado de 6GB de RAM e 64GB para armazenamento, expansível através do já referido cartão microSD.

A dupla de câmaras traseira é constituída por um sensor Sony IMX486 de 12MP com abertura f1.8 e um segundo sensor de 5MP, utilizado no modo retrato / percepção de profundidade. A câmara frontal tem 13MP e uma abertura f2.0.

No que diz respeito a comunicações, apresenta-se com Bluetooth 5.0, mas estranhamente o WiFi está limitado à norma n, não havendo lugar a suporte às redes ac. O rádio FM completa o ramalhete.




A bateria

Tem 5000mAh e segundo a Asus, é capaz de um desempenho de nível superior:
  • Até 35 dias de tempo em standby 4G
  • Até 45 horas de tempo em Conversação 3G
  • Até 23 Horas de navegação na Web
  • Até 19 horas de tempo em Reprodução de Vídeo Online
  • Até 10 horas de autonomia gaming

Embora a Asus apresente esta bateria como sendo de carregamento rápido, os testes efectuados revelaram uma realidade bem diferente, com o carregamento a estar limitado a uns já ultrapassados 5V/2A. Desta forma, podem sempre contar com largos minutos para o carregamento deste ZenFone Max Pro (M2).

Com a bateria descarregada, o carregamento até 100% demorou 3 horas e 4 minutos, sendo que o smartphone esteve desligado até aos 94% de carga. Não contem por isso com um carregamento rápido, mas sim com uma autonomia estendida.



Em utilização




A Asus, tal como a quase totalidade das marcas que operam no mercado mobile, tem apostado no desenvolvimento de uma interface própria, a ZenUI. As versões mais recentes já apresentam um nível de funcionalidades interessante, mas a sua utilidade irá sempre depender das preferências de cada utilizador.

Só que este ZenFone Max Pro (M2) apresenta uma particularidade interessante. Ao contrário da restante frota ZenFone, este smartphone não corre a ZenUI mas sim uma versão stock do Android Oreo. Não é um smartphone Android One oficial, mas anda lá muito perto, sendo por isso uma opção a ter em conta por quem prefere um Android sem modificações. Apenas a lamentar o facto de ainda estar a aguardar a actualização para Android Pie, algo que até ao momento (da publicação desta análise) não aconteceu.

Além das Google Apps, apenas temos como apps pré-instaladas o Facebook e o Instagram, duas aplicações que na grande maioria das vezes acabam por ser instaladas pelos utilizadores, pelo que esta opção da Asus acaba por não ser muito penalizadora.

O Snapdragon 660 foi uma agradável surpresa neste ZenFone Max Pro (M2), que acaba assim por receber um upgrade considerável no processador, face à versão anterior deste smartphone. Este processador é uma excelente opção, graças à relação custo/desempenho que oferece, conseguindo ser uma boa alternativa aos mais potentes Snapdragon da série 800.

O sensor de impressão digital é rápido e preciso, mas caso pretendam um sistema de desbloqueio alternativo podem utilizar o reconhecimento facial, também ele bastante rápido a responder, bastando tocar no botão de power para que a face seja detectada.


A câmara



A interface da app da câmara é bastante simples, com apenas duas zonas com ícones. Para facilitar a vida ao utilizador, a Asus apresenta uma explicação gráfica na primeira vez que utilizarem a app da câmara, indicando as funcionalidades mais importantes.


Asus ZenFone Max Pro (M2)


A Asus apostou num sensor Sony IMX486 de 12MP, com abertura f/1.8 e num segundo sensor de 5MP, para as câmaras traseiras. Na frente, um sensor de 13MP, com uma abertura f/2.0. A escolha deste sensor Sony visava melhorar a prestação do smartphone em ambientes com pouca luz, razão pela qual os resultados obtidos ficaram à quem do esperado, com a imagens a apresentarem mais ruído do que seria previsível.

Em zonas bem iluminadas os resultados são bastantes bons, mas há que ter algum cuidado com a tendência para a sobre-exposição. O controlo manual do brilho acaba por ser a solução simples e rápida para resolver este problema, sempre que o mesmo ocorra.



App Câmara Asus vs Google Camera

Se pretenderem obter resultados muitíssimo melhores, em zonas com pouca luz, podem sempre passar no XDA, para ficarem a saber como podem instalar uma versão modificada da Google Camera. Com esta aplicação, passam a poder utilizar o modo nocturno "Night Sight"  disponibilizado nos Google Pixel e os resultados são literalmente "da noite para o dia", como poderão verificar nas duas imagens em cima.



Apreciação final



O ano de 2018 foi excelente para o segmento mobile da Asus, com o ZenFone 5 a conseguir um destaque inesperado, fruto de um preço altamente competitivo. O ano de 2019 está a começar igualmente bem, com este ZenFone Max Pro (M2) a mostrar-se como uma excelente opção para a gama média. É certo que não temos um design tão refinado como o apresentado pelo topo de gama da Asus, e a traseira em plástico não tem o mesmo impacto que o vidro disponibiliza, mas o ZenFone Max Pro (M2) acaba por não sair mal na fotografia. Apresenta um bom nível de acabamentos e a própria traseira acaba por não destoar muito, com o smartphone a ser confortável em utilização.

Em termos de desempenho, ZenFone Max Pro (M2) está um nível abaixo dos topo de gama, mas nada que seja muito preocupante. Corre Android 8 Oreo sem modificações, estando ainda à espera da actualização para Android 9 Pie. As câmaras são competentes, mas caso necessitem de captar fotos em ambientes com pouca luz será necessário recorrer ao procedimento acima apresentado.

Com um preço na casa dos 300 euros, o ZenFone Max Pro (M2) é um smartphone muito interessante, que só acaba por ser penalizado pelo facto de ainda não se apresentar a correr a última versão do Android - e também pela baixa prestação da câmara em modo nocturno, algo que a marca apresenta como sendo um dos pontos fortes do equipamento.

Pelas razões acima apresentadas, o ZenFone Max Pro (M2) é merecedor de um distinto "Quente".



ZenFone Max Pro (M2)

Quente


Prós
  • Relação qualidade/preço
  • Android stock

Contras
  • Fotografia com pouca luz
  • Ainda aguarda update para Android 9 Pie


Asus ZenFone Max Pro (M2)

Quente (4/5)

topo

Clipper anuncia encerramento devido ao Android Q

21-03-2019 | 14:10 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


As maiores restrições do Android Q no acesso à área de transferência já começam a fazer vítimas, com os criadores do Clipper: Clipboard Manager a alertarem o fim do seu serviço Clipper Sync.

No Android Q a Google limitou o acesso ao "clipboard", que agora poderá ser feito apenas por apps que se registem como teclados. Como efeito secundário, a medida impede o correcto funcionamento de todas as apps de gestão de clipboard como o Clipper, que permitia manter uma série de conteúdos prontos a serem transferidos via "copy-paste" e até a sua sincronização entre diversos equipamentos.


Por isso, os seus criadores estão desde já a alertar para o encerramento do Clipper Sync que fazia essa sincronização; e que embora seja possível continuar a usar as suas apps em modo local, isso deixará de acontecer assim que os utilizadores fizerem a actualização para o Android Q.

... Não percebo como é que a Google não contemplou esta situação de forma a criar uma permissão de acesso ao clipboard (tal como é feito para coisas como o microfone, câmara, etc.) de modo a permitir que, quem quisesse, pudesse continuar a utilizar apps de gestão dos conteúdos na área de transferência.

topo

Slim Glow transforma sanita em bidé

21-03-2019 | 13:22 | A Minha Alegre Casinha | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Está a fazer sucesso no Indiegogo um adaptador que transforma qualquer sanita num bidé, a preço extremamente reduzido.

Quem já se sentiu atraído pelos tampos avançados para as sanitas, com capacidade de lavar as partes íntimas, quase sempre deixa de pensar nisso quando olha para o preço. Mas, no caso deste Slim Glow da Bio Bidet, o preço é surpreendentemente acessível: apenas 28 euros!

Um olhar mais atento revela que, por trás do seu aspecto "electrónico" (com iluminação nocturna e tudo) o sistema é na verdade puramente mecânico e simples, basicamente consistindo numa torneira que permite ajustar o fluxo de água para um de dois projectores que ficam posicionados dentro da sanita. Mas, não é por ser puramente mecânico que o sistema deixa de ser interessante - pelo contrário, é até uma garantia de que haverá menos probabilidades de avariar (por outro lado, fico preocupado com a questão da falta de ajuste da temperatura da água).

O grande senão é que, por agora, este Slim Glow apenas pode ser enviado para os EUA e Canadá, o que nos deixa de fora. Lá teremos que continuar a poupar para o tampo de sanita da Xiaomi.


topo

Android vai perguntar que browser e motor de pesquisa se quer utilizar

21-03-2019 | 12:00 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Em jeito de déjà-vu, também a Google anunciou que irá passar a perguntar aos utilizadores Android qual o browser e motor de pesquisa que querem utilizar, em resposta aos processos e multas milionárias aplicadas pela Comissão Europeia.

Embora a medida possa parecer novidade para as gerações mais recentes, muitos outros recordar-se-ão do tempo em que vimos isto ser aplicado ao Windows, com a Microsoft a ser obrigada a apresentar uma janela a perguntar que browser se queria utilizar no seu sistema operativo, em vez de se limitar a usar o Internet Explorer. Agora, podemos dizer que se dá um volta completa, com a Google a passar pelo mesmo, a propósito do seu Chrome e do seu motor de busca.

Embora sempre tenha sido possível utilizar outros motores de busca e browsers em Android, a Google anuncia esta medida como indo "mais além" do que lhe foi pedido pela UE, e sendo um passo fundamental a favor da liberdade de escolha e para fomentar a concorrência.

Embora não tenha revelado de que forma é que esta escolha será apresentada aos utilizadores, arriscaria a dizer que assumirá o papel de mais um par de ecrãs no processo de configuração inicial do Android, onde os utilizadores tenham a opção de seleccionarem entre diferentes motores de busca e browsers a utilizar. Poderá ser coisa que se venha a estrear com o lançamento do Android Q... e se assim for, não serão muitos a vê-la durante os próximos anos (até ao momento, nas estatísticas oficiais do Android, o actual Android P não representa ainda 0.1% da plataforma, mais de um ano após o seu lançamento como preview, e mais de meio ano após o seu lançamento como versão final).

topo

Como ver smartphones associados à nossa conta Google

21-03-2019 | 11:00 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


De vez em quando é aconselhável fazer uma limpeza em smartphone que já não temos ou utilizamos, e para isso nada como espreitar a lista de dispositivos recentes com acesso à nossa conta Google.

Ao longo dos anos, é inevitável irem-se acumulando smartphones na conta da Google, quer seja pelo natural processo de upgrades, quer devido a roubos ou avarias. O importante é que, qualquer que seja o motivo, se confirme que não há nenhum dispositivo antigo que permaneça associado à nossa conta, e para isso bastará visitar a página da actividade recente.

Aí podemos ver que dispositivos associados à nossa conta estiveram em actividade nos últimos 28 dias, ou que estejam actualmente com login feito na conta. Idealmente, só por lá deveremos encontrar os dispositivos que utilizamos actualmente, como smartphones, tablets, computadores, ou até smartwatches. Mas, poderá dar-se o caso de por lá permanecerem equipamentos que ofereceram a outros membros da família, ou que avariaram sem que pudessem fazer o "reset de fábrica" para limpar a associação à conta.


Se tal acontecer, basta clicar no dispositivo respectivo e de seguida clicar no botão de remover o acesso à nossa conta.


Embora o recomendável seja efectuar o "reset de fábrica" sempre que deixemos de utilizar um smartphone ou tablet, isso nem sempre é feito (por esquecimento, ou por avaria que impossibilite essa operação). Quando tal acontecer, há que fazê-lo por este método de o remover da nossa lista de dispositivos associados.

topo

Ikea vai revelar colunas Symfonisk a 9 de Abril

21-03-2019 | 10:00 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Estamos quase a conhecer as prometidas colunas Sonos da Ikea - as Symfonisk - que poderão facilitar o acesso (económico) a este sistema.

A Ikea vai aproveitar a Milan Design Week para revelar as suas colunas Symfonisk compatíveis com Sonos, que até ao momento foram mostradas apenas sob a forma de protótipos. Um novo segmento que a marca espera, ao estilo do que aconteceu com a iluminação inteligente Tradfri, dê origem a uma diversidade de modelos adequados para diferentes situações e aplicações,


Num curto vídeo, temos apenas direito a ver as colunas censuradas digitalmente, para manter o seu design final a salvo até ao momento da apresentação oficial.

... Se bem que, uma vez que são colunas, me parece que o seu aspecto seja um dos aspectos menos importantes, desde que providenciem uma excelente qualidade sonora para o preço (mas admito, será melhor ter uma coluna "com bom aspecto" do que uma que se tenha vontade de esconder em qualquer lado).

topo

Samsung Galaxy M20 já está disponível no nosso mercado

21-03-2019 | 09:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



Depois da apresentação da gama Galaxy M para o mercado Indiano, a Samsung Portugal anuncia que o novo modelo Galaxy M20, já está disponível no nosso país.


Equipado com o display ‘Infinity-V’ e funcionalidades poderosas como a dupla câmara traseira, bateria de longa duração, processadores de elevado desempenho e o leitor de impressão digital traseiro, este novo smartphonefoi criado a pensar nas necessidades dos jovens millennials.

O Samsung Galaxy M20 apresenta o novo display ‘Infinity-V’ com resolução Full HD+ e 6,3” e oferece uma experiência de visualização de conteúdos mais abrangente e imersiva. Além disso, apresenta uma bateria de 5000mAh, que permite até 29h de conversação e carregamento super rápido que atinge a carga total em 145 minutos. A funcionalidade de gestão de energia presente no smartphone reduz o consumo de energia e a entrada Type-C 15W assegura um carregamento 3 vezes mais rápido.

O Samsung Galaxy M20 incorpora o mais recente processador octa-core Exynos 7904 da Samsung e traz duas opções de desbloqueio: Leitor de Impressão Digital na traseira do telefone e Reconhecimento Facial.

A poderosa Dupla Câmara é uma das principais características do novo smartphone, apresentando uma objetiva principal com 13MP e abertura de F/1.9 e uma objetiva secundária de 5MP e F/2.2 de abertura que captura paisagens mais amplas com maior facilidade através da lente Ultra Grande Angular. A câmara está equipada com objetivas de alta abertura que permite obter fotografias mais nítidas mesmo em ambientes com pouca luminosidade.

O novo Samsung Galaxy M20 está disponível em venda exclusiva online com opção de armazenamento de 64GB expansível até 512GB com cartão de memória, nas cores Azul e Cinzento e com um PVP recomendado de 239,90 €.


Especificações do Galaxy M20:


 

GALAXY M20

Corpo

Dimensões: 156.4 x 74.5 x 8.8 mm

Peso: 186g

Ecrã

6,3" FHD+ TFT

Medida de um Ecrã medido na diagonal, como um retângulo completo, sem considerar os cantos arredondados.

Sistema Operativo

Android Oreo (8.0)

Processador

Exynos 7409 – Exynos7904

Octa-Core 1,8 GHz + 1,6 GHz

Memória

RAM: 4GB; ROM:64GB; Cartão de memória até 512GB

Câmara

Câmara Principal: 13 MP (f 1.9) + 5MP (F 2.2)

Câmara Frontal: 8 MP (f 2.0)

Sensores

Acelerómetro, leitor de impressões digitais, Reconhecimento Facial, giroscópio, sensor geomagnético, sensor hall, sensor de proximidade, sensor de luz RGB

Bateria

5000 mAh

Áudio

MP3,M4A,3GA,AAC,OGG,OGA,WAV,WMA,AMR,AWB,FLAC,MID, MIDI,XMF,MXMF,IMY,RTTTL,RTX,OTA

Vídeo

MP4,M4V,3GP,3G2,WMV,ASF,AVI,FLV,MKV,WEBM


topo

Prémio Arquivo.pt 2019 desafia projectos com 15 mil euros em prémios

21-03-2019 | 09:15 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


O Arquivo.pt está a desafiar os portugueses a lançarem ideias que reforcem a importância de preservar a informação publicada na internet, e tem 15 mil euros para atribuir aos três projectos melhor classificados.




Prémio Arquivo.pt 2019


O Arquivo.pt é uma infraestrutura de investigação gerida pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P. (FCT, IP) através da sua unidade FCCN, que permite pesquisar e aceder a páginas da web arquivadas desde 1996. O principal objetivo é a preservação da informação publicada na web para fins de memória, estudo e investigação.

ÂMBITO/DESTINATÁRIOS

O presente concurso visa premiar trabalhos originais e inovadores que demonstrem a utilidade do serviço Arquivo.pt, a importância de preservar e utilizar a informação publicada na web. Os trabalhos podem versar sobre qualquer tema, desde que se recorra ao Arquivo.pt como fonte de informação principal, devendo ser aplicações práticas ou estudos completos de investigação baseados em informação preservada da web pelo Arquivo.pt. As candidaturas deverão demonstrar claramente a utilidade e cariz único do Arquivo.pt para o trabalho proposto e o impacto do trabalho na sociedade ou comunidade a que se destina. O concurso está aberto a todos os interessados, a título individual ou em grupo, embora tenha como principais destinatários os membros da comunidade educativa e científica.

FINANCIAMENTO

Os prémios a atribuir aos trabalhos melhor classificados serão os seguintes:
Primeiro prémio: 10 000 EUROS
Segundo prémio: 3 000 EUROS
Terceiro prémio: 2 000 EUROS

O júri reserva-se o direito de propor a atribuição menções honrosas e de propor a não atribuição de qualquer prémio, caso nenhum dos trabalhos apresentados satisfaça os requisitos de qualidade e inovação ou não esteja conforme as regras deste regulamento.

PERÍODO DO CONCURSO

O concurso encontra-se aberto entre o dia da publicação em Diário da República e o dia 3 de maio de 2019 às 13h (hora de Lisboa).

APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS

As candidaturas devem ser submetidas através do preenchimento, em língua portuguesa, do formulário disponível em http://arquivo.pt/premio2019
Cada candidatura deve integrar:
● Uma Descrição Sumária do trabalho que apresente o seu impacto social e científico, a relevância
da utilização do Arquivo.pt, originalidade e estado de concretização da candidatura. Esta
Descrição Sumária deverá ser elaborada seguindo um modelo que será disponibilizado como
complemento ao formulário;
● Um vídeo que complemente a memória descritiva através de recursos audiovisuais. Este vídeo pode ser enviado como anexo no formulário de candidatura.
Cada vídeo submetido deverá:
● Ter duração máxima de 3 minutos;
● Ser do formato .MP4, .WMV, .MOV ou .AVI;
● Ter o nome de ficheiro sob a forma NomeDaEquipa_NomeDaCandidatura;
● No caso de o vídeo ser enviado como anexo no formulário de candidatura, deve ter um máximo de 1 GB
● Caso inclua texto ou som, ser o mesmo em português;
● Não conter conteúdos contrários à lei, ordem pública ou bons costumes, (violência, racismo, xenofobia, difamação, sexo explícito e outros) sob pena de exclusão do presente concurso.

AVALIAÇÃO E SELEÇÃO

As candidaturas submetidas a concurso serão avaliadas de acordo com os seguintes critérios:
● Qualidade técnica da candidatura (clareza, apresentação, estrutura);
● Originalidade e caráter inovador;
● Grau de maturidade do trabalho;
● Impacto social (aplicação e utilidade social);
● Impacto científico (aplicação e utilidade científica)

topo

Pixels Camp 2019 arranca hoje em Lisboa

21-03-2019 | 08:30 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Arranca hoje em Lisboa a 3ª edição do Pixels Camp, sucessor espiritual de um evento com ainda mais longa tradição, e que continua a ser o maior encontro de developers do nosso país.

Ao longo de três dias temos mais de uma centena palestras dadas sobre os mais variados tópicos (incluindo a presença de nomes bem sonantes, como Chris Messina, John Graham-Cumming (CTO da Cloudflare), ou o sempre aterrorizante Walter Belgers, que nos vai mostrar como a nossa confiança nas fechaduras poderá ser sobrevalorizada.


Isto sem esquecer que em paralelo estará a decorrer a hackathon que serve de núcleo central do evento e desafia os participantes a juntarem-se em equipas para criarem uma app, serviço, ou produto em apenas 24 horas, e que seja capaz de conquistar um lugar no pódio através da votação dos restantes participantes.

Serão horas insuficientes para se ver tudo o que se gostaria de ver (vale-nos a possibilidade de rever as sessões perdidas mais tarde, em vídeo), mas que terão que ser suficientes para acabar o projecto e também para socializar com todos os demais participantes.

Uma coisa posso garantir desde já: quem vier participar, vai querer regressar! :)

topo

Notable PHP package: PHP Constant Time String Encoding

21-03-2019 | 05:54 | Manuel Lemos | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

By Manuel Lemos
Constant time encoding is an approach to generate variable data that takes the same length of time regardless of the data that it is generating.

This is important because if different data values passed to code that implements a given processing algorithm take a variable length of time to run, it may help to expose secret values that the algorithm is using, thus compromising the security of the system.

This package provides an implementation of several data encoding algorithms in pure PHP code, in such a way that they always take the same length of time to execute regardless of the data that it is processing, thus providing more security protection to applications that use this package.

Read this article to learn more details about how this notable PHP package works.

topo

Disney compra a 21st Century Fox por $71 mil milhões

20-03-2019 | 21:10 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Após mais de um ano de preparação fica completamente concluída a aquisição da 21st Century Fox pela Disney, um negócio de 71 mil milhões de dólares que torna o império da Disney ainda mais poderoso.

Com (mais) esta aquisição a Disney, que já detém a Lucasfilm e a Marvel, passa a somar ao seu catálogo as produções da Fox (que no cinema incluem filmes como Avatar, e na TV séries como os Simpsons), incluindo a Twentieth Century Fox, Fox Searchlight Pictures, Fox 2000 Pictures, Fox Family, Fox Animation; grupos Twentieth Century Fox Television, FX Productions, e Fox21; canais FX; National Geographic; Star India; e ainda as participações da Fox na Hulu e outros grupos (como a Endemol Shine).

O que isto quer dizer é que a Disney, que já era um colosso na área, torna-se num elemento ainda mais poderoso, reforçando os conteúdos com que poderá contar para o seu futuro serviço de streaming Disney+ que, para todos os efeitos, se poderá considerar o primeiro rival de peso da Netflix. Em antecipação a isto, a Disney já foi eliminando parcerias e licenciamentos (os conteúdos Marvel e Star Wars têm desaparecido da Netflix, por exemplo) e está a apostar que muitos actuais clientes Netflix estejam dispostos a segui-los para a sua nova casa.

Tudo se irá resumir ao que a Disney estará disposta a oferecer aos clientes... e a que preço. Se se vier a ter um serviço Disney+ que dê acesso a todo este catálogo a um preço competitivo com a Netflix, vai ser uma situação interessante de se ver. Se a aposta for em lançar uma dezena de serviços individualizados (Marvel, Star Wars, Fox, etc.)... não me parece que venha a ter grande sucesso. Mas por outro lado, importa relembrar a importância de manter um mercado saudável onde exista concorrência competitiva. Pois se apenas dominar um serviço, qualquer que ele seja, será apenas uma questão de tempo até que os preços comecem a subir e a qualidade do serviço a diminuir.

topo

Opera para Android ganha VPN gratuita

20-03-2019 | 18:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A relação da Opera com as VPNs tem sido algo inconstante - umas vezes promovendo-as, outras vezes encerrando-as - mas desta vez são boas notícias, com a disponibilização de uma VPN gratuita integrada no Opera para Android.

O Opera 51 para Android passa a contar com uma VPN gratuita integrada directamente no browser, que pode ser activada com um simples toque pelos utilizadores, sem qualquer complicação de instalação ou configuração. Tudo o que é preciso fazer é ir às definições da app e activar a VPN.

Com a VPN activada, a comunicação passa a ser feita através de um canal encriptado, garantindo a segurança das comunicações mesmo quando se estiver a usar uma rede WiFi pública que não ofereça garantias de segurança. No entanto, não esquecer que esta VPN se limita apenas à navegação feita neste browser, não abrangendo os dados das restantes apps ou comunicações que se façam. A Opera relembra ainda que a utilização desta VPN é totalmente gratuita, e de que não são mantidos quaisquer registos (logs) sobre as comunicações feitas.

Com esta actualização chega também o fim do suporte para o Android Jelly Bean (Android 4.1 – 4.3) lançado em 2012. Quem ainda tiver equipamentos com essa versão terá que se manter no Opera 50 ou optar pelo Opera Mini.


topo

App SCOM permite ler cartão do cidadão em smartphones e tablets

20-03-2019 | 17:30 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Quem estiver habituado a utilizar o cartão do cidadão no seu computador e já o tiver desejado fazer também no seu smartphone ou tablet, poderá agora resolver o assunto com a app SCOM.

A SCOM é uma app que permite usar todas as funcionalidades do Cartão de Cidadão em dispositivos móveis, como a leitura e partilha de dados e fazer coisas como a assinatura digital de documentos PDF.

Feito a pensar em pessoas em constante mobilidade, onde a utilização de um computador não é prática ou de todo impossível, e cuja necessidade de interacção com o Cartão de Cidadão é importante. Engenheiros Civis, Arquitectos, Médicos, Empresas de Construção Civil, assim como entidades públicas (eg. Presidentes de Câmara, Chefes de Serviço) são alguns exemplos de profissionais onde a aplicação SCOM tem sido de grande utilidade.

O único requisito é ter um leitor de Cartão de Cidadão compatível. De salientar ainda que a aplicação está conforme com o Regulamento Geral da Protecção de Dados (RGPD), e irá estar preparada para a introdução do Cartão de Cidadão Europeu, alargando o uso desta solução a outros mercados.

A aplicação SCOM está disponível na Google Play Store, chegando em breve à Apple Store.


topo

Notícias do dia

20-03-2019 | 16:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

MB Way já permite utilizar Multibanco sem cartão; Comissão Europeia multa Google em €1.49 mil milhões euros; Apple actualiza iMac e iMac Pro e lança nova geração de AirPods com "Hey Siri"; Google Photos ganha backup "Express" e limite de dados diário; e ainda ficamos a conhecer o novo serviço de jogos via streaming da Google - o Stadia dispensa PCs e consolas para levar jogos a todos os ecrãs.

Antes de passarmos às notícias do dia, relembro que será já esta semana que teremos um jantar AadM em Lisboa, dia 22 de Março, com ponto de encontro no Pav. Carlos Lopes pelas 20h. Agradece-se a confirmação caso estejam interessados em aparecer. :)

Não se esqueçam que também já arrancou o passatempo FCA da semana, que esta semana tem exemplares do livro Gestão de Sistemas de Informação para oferecer.

Kaspersky processa Apple na Rússia por monopólio na App Store



Depois do Spotify, é agora a vez da Kaspersky Lab avançar com nova queixa contra a posição monopolista da Apple na sua App Store, impedindo que outras apps ofereçam funcionalidades ou serviços que a Apple insiste em manter como exclusivo para si própria.

A Kaspersky acusa a Apple de ter impedido as formas que encontrou para disponibilizar funcionalidades de controlo de acesso a apps, destinadas a restringir o acesso a certas apps; que aconteceram logo após a Apple ter revelado o modo "Screen Time" que permite fazer coisas idênticas. Desta forma, a Apple está a assumir a posição de ser a única a disponibilizar esse tipo de serviço, impedindo que qualquer outra empresa o faça na sua plataforma.


Kindle ganha ecrã iluminado



A Amazon não tem feito muitas alterações aos Kindle, mas decidiu fazer agora uma pequena alteração ao seu modelo de entrada de gama. O Kindle base passa a contar com um ecrã iluminado, com o preço a subir dos $79.99 para os $89.99.

Não pensem no entanto que isto iguala o Kindle ao Paperwhite, já que o Kindle base continua a ter o mesmo ecrã com 167ppi em vez dos ecrãs de maior resolução com 300ppi usados no Paperwhite e Oasis. E considerando que o Paperwhite por vezes tem promoções que o colocam nos $90... começa a não fazer muito sentido optar pelo Kindle de entrada de gama.


Uber utilizou spyware para derrotar rival australiana GoCatch


Está a ser complicado para a Uber distanciar-se das práticas do passado, já que continuam a descobrir-se "esqueletos no armário". Desta vez com a descoberta de um programa secreto criado pela Uber na Austrália e com a missão de perseguir os condutores da plataforma rival GoCatch com o objectivo de os aliciar a mudarem-se para a Uber.

A app permitia ver a localização de todos os carros da plataforma concorrente em tempo real, assim como os nomes dos condutores, registos dos veículos, etc. e torna-se em mais um embaraço que terá que ser superado pela nova gestão pós-Travis Kalanick.


Apple vai apoiar iniciativas anti-fake news



É cada vez mais importante estar consciente de que não se deve tomar tudo o que se lê como sendo uma verdade absoluta, e ainda mais quando se assiste a uma proliferação desenfreada de "fake news", facilmente amplificada (de forma natural, ou artificial) nas redes sociais e na internet.

Para tentar combater o fenómeno, a Apple vai investir em iniciativas de sensibilização e educação, nos EUA e na Europa, com o intuito de fomentar entre os mais jovens a capacidade para identificarem essas situações. (Quanto a mim, tudo se reduz essencialmente à questão da educação: já que esse espírito crítico deveria ser algo enraizado logo desde cedo pelo sistema de ensino - coisa que, lamentavelmente, não me parece que seja o caso - com algumas eventuais excepções.)


Curtas do dia


Resumo da madrugada

topo

Android Q testa gestos de navegação à iPhone

20-03-2019 | 16:21 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Para o Android Q a Google parece estar a preparar algumas alterações ao sistema de navegação por gestos, aproximando-os dos implementados pela Apple no iOS.


Embora a Google tenha adiciona a navegação por gestos ao Android P, a sua implementação acabou por ser menos elegante do que aquela que se esperava. Até a Xiaomi e OnePlus já tinham demonstrado como era possível incluir a navegação por gestos de forma a poupar o espaço no ecrã dedicado à barra de navegação, mas a Google continuou a desperdiçar o espaço com uma barra e alguns métodos bastante estranhos para "deslizar" entre as apps.

Pois bem, para o Android Q (por agora em versão beta) e atrás de algumas opções escondidas, a Google parece reconhecer a necessidade de gestos de navegação mais simples.


Na prática, estas opções aproximam o sistema de navegação por gestos daquilo que os utilizadores esperariam que ele fosse, à semelhança do que se tem nos iPhones, Xiaomi e OnePlus. Mas, mesmo assim, continua ainda a estar desperdiçado o espaço da barra de navegação... o que vai contra o propósito de remover os botões virtuais e passar a usar gestos.

topo

Apple lança novos AirPods com Siri e caixa com carregamento wireless

20-03-2019 | 15:30 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A Apple acaba de confirmar os rumores referentes aos novos AirPods, revelando uma nova versão com acesso "Hey Siri", maior autonomia em chamadas, e ainda uma caixa com carregamento wireless opcional.

A nova geração dos AirPods conta com o novo chip H1 criado pela Apple, que promete até mais 50% do tempo em chamadas, e possibilita a utilização do "Hey Siri" para uma utilização completamente livre de activação manual inicial. O processo de transição entre dispositivos (iPhone, Apple Watch, iPad) foi também melhorado, com as ligações a serem efectuadas em metade do tempo que a anterior geração.


Os novos AirPods contam também (opcionalmente) com uma nova caixa de transporte com carregamento wireless - que por outro lado nos faz lembrar que continua ausente a prometida base de carregamento wireless AirPower da Apple; e de que também os iPhones beneficiariam da capacidade de carregamento wireless reversível, para que pudessem ser utilizados para recarregar esta caixa dos AirPods (algo que seguramente veremos na próxima geração).

Estes novos AirPods têm um preço de 179 euros com a caixa standard, e de 229 euros com a caixa de carregamento sem fios. Esta caixa pode também ser comprada separadamente por 89 euros, e usada com os AirPods de 1ª geração.

topo

CE multa Google em €1.49 mil milhões euros

20-03-2019 | 14:11 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A Comissão Europeia decidiu aplicar uma multa de 1.49 mil milhões de euros à Google por abuso de posição dominante no sector da publicidade online, prejudicando directamente potenciais concorrentes.

Há muito que se sabia que este processo não estava a correr de feição à Google, e que a única incógnita era saber se o valor da multa a aplicar seria simbólico ou "a doer". Agora ficamos a saber que o valor a pagar será uma multa de €1 494 459 000 (correspondente a 1.29% das receitas da Google em 2018) .


Um valor que acaba por ser relativo, considerando que a Europa já aplicou à Google uma multa de 4.34 mil milhões de euros em 2018 a propósito do Android, e de 2.42 mil milhões de euros em 2017 por também privilegiar os seus sites de vendas face a rivais. Com isto, o valor a pagar, só nestes três últimos anos ascenderá a 8.25 mil milhões de euros - caso não venham a ser alterados através de recursos.

Neste caso, a UE não gostou que a Google forçasse parceiros a usarem a sua rede de publicidade AdSense (que actualmente é a rede dominante na internet) nos seus sites, impedindo-os de usar sistemas concorrentes, e com isso ficando com total controlo sobre a publicidade que era apresentada nesses sites. Embora a UE refira que não é ilegal que a Google tenha uma posição dominante neste sector, não poderá usar essa posição para cometer este tipo de abusos.

topo

MB Way já permite utilizar Multibanco sem cartão

20-03-2019 | 12:00 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Embora ensombrado pelo questão do pagamento / não-pagamento de comissões o MB Way continua a melhorar, e agora chega a prometida funcionalidade que permite utilizar as caixas Multibanco sem que seja necessário usar um cartão físico.

Até agora já era possível utilizar a app MB Way para levantar dinheiro numa caixa Multibanco, mas essa era apenas a única operação que se podia fazer, através da utilização do código gerado (que também podia ser enviado para outra pessoa, permitindo "desenrascar" alguém que se tivesse esquecido do seu cartão e estivesse a precisar de dinheiro). Agora, para além de levantar dinheiro, passamos a ter acesso a todas as demais operações que se podem efectuar no Multibanco, e para isso basta:
  1. carregar na tecla verde do MULTIBANCO e escolher a opção “Utilizar MULTIBANCO”
  2. abrir a app MB WAY, escolher o cartão que pretende usar e seleccionar a opção “Utilizar MULTIBANCO”
  3. ler com a app MB WAY o QR CODE que está no ecrã do MULTIBANCO e colocar o PIN MB WAY na app
  4. usar as operações MULTIBANCO que pretender



Embora na maioria dos casos a operação pretendida seja a de levantar dinheiro, esta actualização vem contribuir para a segurança dos utilizadores uma vez que os torna imunes à utilização dos chamados "skimmers", os leitores de cartões disfarçados que tentam copiar os cartões dos utilizadores quando os inserem em caixas MB. Uma vez que nunca se insere um cartão físico na caixa Multibanco e nunca se introduz o código PIN no seu teclado, evita-se toda e qualquer tentativa de copiar o cartão ou obter o seu código PIN.

Agora só falta a SIBS dedicar um pouco mais de cuidado à aplicação MB Way, que mais de um ano e meio após o lançamento do iPhone X continua a não tirar partido da totalidade do ecrã.

topo

Notable PHP package: PHP CSP Header Builder

20-03-2019 | 11:54 | Manuel Lemos | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

By Manuel Lemos
Content Security Policy (CSP) is a standard that helps avoiding security issues that Web applications may have by generating HTTP response headers with security policy values that define the way Web browsers behave with the current site.

This package can generate HTTP response headers values that can be served by Web sites either directly by PHP code that generates a given page or by generating files for configuring Web servers like Apache and NGinx to automatically generate CSP headers.

Read this article to learn more details about how this notable PHP package works.

topo

Apple actualiza iMac e iMac Pro

20-03-2019 | 11:00 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A par dos novos iPad Air e mini a Apple actualizou também a sua família iMac, que passa a contar com CPUs mais recentes, GPUs mais potentes e mais memória.

Em termos estéticos a Apple continua a apostar na velha táctica de "em equipa vencedora não se mexe", mantendo o mesmo design e ecrãs de 21.5" (4K) e 27" (5K). Lá dentro, os CPUs podem ir até ao Intel Core i9 (i7 no de 21.5") e os GPUs até à Radeon Pro Vega 48 com 64GB. Os preços das versões base começam nos €1540 e €1749 para os modelos de 21.5" e 27" respectivamente.

No iMac Pro, a possibilidade de expansão de memória vai ainda mais longe, sendo possível adicionar até 256GB de RAM e SSD de 4TB. Infelizmente, são opções pela qual a Apple está a cobrar "preços à Apple", pedindo €6240 pelos 256GB e mais de €2800 pelo SSD de 4TB.


Quer isto dizer que, quem optar por um iMac Pro todo "artilhado" (excluindo software), verá o seu preço base de €5599 subir para os €18677. Há interessados?

topo

| Página 2 de 5983 |

Subscrever

Autores

Disclaimer

O Planet Geek não é responsável pelos seus conteúdos, apenas os replica a partir de cada blog.
Os artigos são da exclusiva responsabilidade dos seus autores.