PlanetGeek

O absurdo das compras dos jogos digitais

28-11-2021 | 21:00 | Aberto até de Madrugada

As compras digitais têm sido subvertidas ao ponto de se tornarem menos versáteis que as compras físicas, e um campo onde isso mais se faz sentir é nos jogos.

Tirando algumas poucas excepções, o mundo da compra dos jogos digitais é uma verdadeira aberração, em que os editores esperam que um jogador compre um jogo para o jogar no PC, e volte a comprar para jogar numa PlayStation, ou Nintendo Switch, ou Xbox. O caso torna-se ainda mais caricato, pois estes mesmos editores fazem todos os possíveis por nos convencer que quando se compra um jogo não se está a comprar o jogo, mas somente uma licença para o podermos jogar - e se é esse o caso, se temos uma licença para jogar o jogo, ainda menos sentido faz estar a restringir esse direito por plataforma.

Há jogos que nos mostram um panorama melhor (embora pior noutros sentidos), em que podemos instalar um jogo gratuito em qualquer plataforma, fazemos o login na nossa conta, e temos acesso a todos os nossos conteúdos e compras "in-game"; mas nem todos os jogos se adequam a esse tipo de sistema como o Fortnite (que Tim Sweeney vai usando como exemplo) - e que também fica dependente da "boa vontade" do estúdio manter os servidores do jogo a funcionar; algo que garantidamente não irá durar para sempre, como demonstram os muitos jogos cujos servidores de autenticação já foram desligados ao longo das décadas, obrigando os legítimos compradores a terem que recorrer a cracks ou cópias pirateadas para poderem jogar o jogo que compraram.

Os editores e estúdios deveriam preocupar-se menos em gastar milhões de dólares em sistemas anti-pirataria - que não funcionam e infectam os PCs com verdadeiros spywares - e mais com a justiça de darem aos consumidores aquilo que estão a pagar o acesso ao jogo, que compraram legitimamente, e que deveriam poder aceder em qualquer plataforma à sua escolha, e com alguma garantia de que o poderão continuar a fazer daqui por 5, 10 ou 20 anos.


P.S. O mesmo se aplica aos filmes, onde os estúdios ao longo dos anos também nos tentam dizer que só compramos o direito de ver o filme, mas depois alegremente se tentam fazer cobrar pelos conteúdos em cada novo formato que vai saindo.

Como fazer um sistema solar com baterias

28-11-2021 | 18:30 | Aberto até de Madrugada

Quem se quiser aventurar na criação do seu próprio sistema solar, capaz de funcionar sem dependência de uma rede externa, já o pode fazer por valores bastante aceitáveis.

O preço cada vez mais elevado da energia vai fazendo com que se torne cada vez mais atractivo considerar soluções como as dos paineis solares fotovoltaicos. Para muitas pessoas, um sistema simples, com um painel de ligar directamente a uma tomada eléctrica, será suficiente para eliminar os consumos em standby durante o dia; mas para muitas outras, o solar tem o grande inconveniente de produzir energia durante o dia, quando a mmaioria do consumo é feito à noite. Algo que por enquanto só pode ser feito usando-se um sistema de baterias.

Este projecto mostra, passo a passo, tudo o que é necessário para criar um sistema de produção solar com baterias, para fornecer energia sem qualquer dependência de uma rede externa.
A melhor parte é que explica detalhadamente as variáveis de cada um dos elementos envolvidos, passando pelo tipo de painéis existentes, tipos de bateria, tipos de inversores e conversores - incluindo os MPPT de que falamos recentemente. Informação valiosa para qualquer pessoa que esteja a considerar instalar qualquer solução solar, para pelo ficar ficar familiarizada com os termos e opções existentes.


Dose semanal de luz vermelha pode melhorar a visão a cores

28-11-2021 | 16:30 | Aberto até de Madrugada

Um estudo indica que 3 minutos de luz vermelha por semana pode ajudar os olhos a ver melhor as cores nos adultos com mais de 40 anos.

A partir dos 40 anos a maior parte dos adultos começa a descobrir que o seu corpo não foi feito para funcionar para sempre, começando a notar progressivamente o efeito da idade. Também nos olhos esses efeitos se fazem sentir, com as células a ficarem "cansadas" e perderem parte da sua capacidade de resposta ao estímulo da cor.

Neste estudo, um grupo de pessoas foi exposto a diferentes doses de luz vermelha, e os resultados indicam que bastará uma pequena dose de 3 minutos de luz vermelha para que os olhos melhorem a sua capacidade de distinguir cores. E a melhor parte é que com apenas uma sessão de 3 minutos essa melhoria se prolonga por uma semana - tornando o processo bastante mais apelativo e suportável do que se tivesse que ser feito diariamente. É algo que até pode ser integrado com relativa facilidade nos casos em que as pessoas tenham lâmpadas RGB em casa, bastando definir um dia em que sejam acordados alguns minutos mais cedo e expostos à luz vermelha enquanto se vão preparando - ou até eventualmente fazer parte da rotina matinal quando os óculos VR/AR se começarem a popularizar, como está previsto para os próximos anos, e que até podem assistir noutros problemas de visão.

Só não esperem usar este estudo como desculpa para a visita a certos "distritos" com luzes vermelhas - é que os efeitos só se aplicam quando a dose de luz é dada logo de manhã e não ao final do dia ou pela noite dentro.

Black Friday com muita procura mas menos compras

28-11-2021 | 14:30 | Aberto até de Madrugada

Nesta Black Friday foram menos as pessoas a irem às lojas, e também nas compras online se ficou abaixo do recorde obtido em 2020.

Em cenário de pós-pandemia e potencialmente prestes a entrar numa nova vaga de quase-confinamento, não será surpresa que a afluência às lojas tenha caído quase um terço face aos números pré-pandemia de 2019 (nesta altura, imaginar aqueles cenários de lojas apinhadas e pessoas a lutarem por produtos parece ainda mais surreal do que já parecia na altura). Mas, mais preocupante para os comerciantes, é que esta redução nas lojas físicas não se tenha convertido em mais vendas online.

Embora este ano se tenha registado um aumento de quase 50% nas visitas online, as vendas (usando números dos EUA) ficaram até ligeiramente abaixo do recorde obtido o ano passado, com 8.9 mil milhões de dólares versus 9 mil milhões de dólares.

Não que se possa dizer que vendas de 8.9 mil milhões de dólares sejam uma "crise", longe disso, mas para os analistas que gostam de ver números de crescimento perpetuados até à eternidade, uma redução dá logo direito a "preocupações".

Pode ser apenas aquilo que muitos consumidores já têm pensado (e feito), de que hoje em dia a Black Friday perde expressão face às demais promoções que vão ocorrendo ao longo do ano; e que nem tudo o que é apresentado como "promoção" é realmente uma "promoção". Com as ferramentas de comparação de preços entre lojas, e histórico de preços, os consumidores estão cada vez melhor preparados para detectarem o que é efectivamente uma boa promoção, independente da altura do ano.

Windows com OneDrive integrado enfrenta queixas na Europa

28-11-2021 | 12:00 | Aberto até de Madrugada

Várias empresas apresentaram uma queixa formal contra a Microsoft a propósito da integração do OneDrive no Windows e o Teams no Office 365.

A Nextcloud e uma coligação de empresas europeias estão a querer fazer ressurgir velhos pesadelos à Microsoft, equiparando a situação do que se passa com a integração do OneDrive no Windows 10 e Windows 11 ao cenário que se vivia quando o Windows contribuía para a proliferação do Internet Explorer como browser mais popular - e que na Europa levou à obrigatoriedade de apresentação de uma janela com sugestão de browsers alternativos. Uma queixa também replicada pela Slack a propósito da integração do Teams no Office 365.

O objectivo será exactamente o mesmo que se teve nessa altura, impedir que a MS consiga ter uma vantagem injusta sobre os concorrentes ao fazer a promoção automática dos seus próprios serviços cruzados, fazendo com que grande parte dos utilizadores nem sequer tenha necessidade de explorar se existem soluções alternativas. Algo que pode fazer com que a MS seja forçada a não incluir estes serviços de origem com o Windows / Office ou, novamente, ser forçada a apresentar uma lista de várias alternativas para que os utilizadores escolham entre elas.

Não menos importante, talvez fosse interessante abordar também a questão da MS estar a dificultar absurdamente a utilização de um browser alternativo no Windows 11, que é algo que poderá ser ainda mais grave a médio e longo prazo, caso a MS decida começar a aplicar o mesmo tipo de táctica a outras apps e serviços.

Tesla começa a usar AMD Ryzen no Model Y na China

28-11-2021 | 11:00 | Aberto até de Madrugada

A Tesla começou a usar chips AMD Ryzen nos Model Y na China, à semelhança do que fez nos novos Model S.

Saber que tipo de chip equipa o sistema de infotainment será a última coisa em que algum comprador de automóveis pensa (ou nem sequer pensa), mas quem apreciar essas curiosidades poderá gostar de saber que a Tesla está a começar a utilizar chips AMD Ryzen para o Model Y na China; uma mudança que também já tinha feito na mais recente geração dos Model S.

O recente caos provocado pela falta de chips tem obrigado muitas empresas a reajustarem os seus produtos em função daquilo que conseguem arranjar, e é provável que neste caso também seja isso a ditar esta alteração. Embora não seja incomum mudar de chips de uma série para outra (a Tesla já usou chips da Nvidia, depois passou para Intel, e agora está a usar AMD), é menos comum que isso seja feito "a meio" de uma mesma série, como é o caso desta troca nos Model Y.

Resta saber se estes modelos com AMD irão ter direito a alguns benefícios adicionais face aos modelos com chip AMD, já que um dos pontos de destaque na apresentação dos novos Model S e X, para o seu sistema de infotainment, foi o facto de terem capacidades equivalentes às das consolas de última geração. Será curioso ver se começaremos a ter jogos disponibilizados pela Tesla, que só ficam disponíveis nos modelos equipados com estes AMD.

Dacia Spring com 40 mil encomendas em 8 meses

28-11-2021 | 10:00 | Aberto até de Madrugada

O Dacia Spring, automóvel 100% eléctrico que chega ao mercado com um dos preços mais baixos de sempre, está a ser um sucesso para a marca.

É com forte entusiasmo que os primeiros clientes do Novo Dacia Spring estão, desde Outubro, a dirigir-se aos concessionários da marca para levantarem os seus novos Dacia, pré-encomendados entre Março e Junho de 2021. O programa de pré-compra, lançado em vários países europeus - incluindo Portugal - revelou-se um grande sucesso, somando mais de 16.000 reservas, em três meses. E por toda a Europa, nas zonas urbanas, suburbanas e rurais, o Spring continua a conquistar novos clientes, com uma média de mais de 5.000 novas encomendas por mês, desde Julho.

Ao propor um automóvel citadino 100% eléctrico, com a aparência de um SUV, a um preço muito acessível, a Dacia mostrou ter feito uma escolha assertiva. A facilidade de utilização e carregamento, bem como a autonomia de até 305 km (ciclo urbano WLTP e 230 km em ciclo WLTP combinado), tornam o Spring numa ferramenta de mobilidade relevante para a maioria dos europeus que conduzem apenas cerca de 30 km por dia. E tudo isto a um preço imbatível, que pode ser de apenas 13.800€ (com incentivos do Estado).

O Spring seduz os clientes que já estão convencidos das características que definem os modelos Dacia: essenciais, robustos, acessíveis e com a melhor relação qualidade/preço do mercado. Mas, acima de tudo, o Spring é um modelo de conquista já que, por exemplo em França, 8 em cada 10 novos clientes do modelo fizeram do Spring o seu primeiro Dacia.

[publicado originalmente no Pela Estrada Fora]


Huawei Watch Fit mini chega às lojas portuguesas

28-11-2021 | 09:32 | Apps do Android



A marca chinesa destaca o design elegante e leve. 

A Huawei anuncia hoje a chegada a Portugal, do mais recente elemento da Huawei Watch Fit Series, o Huawei Watch Fit mini. Com um corpo leve e um design retangular mais fino, o novo Huawei Watch Fit mini é o relógio perfeito para os pulsos mais finos ou para as utilizadoras que preferem relógios mais pequenos.

 

O Huawei Watch Fit mini herda as características da família de wearables da Huawei como a longa duração da bateria e o carregamento rápido, a monitorização dos níveis de saúde durante todo o dia e funcionalidades abrangentes de fitness. Além disso,  este novo modelo apresenta um design retangular mais reduzido, que os modelos antecessores da Huawei Watch Fit Series, para ainda maior comodidade de quem o utiliza.

 

Confortável todo o dia

A estrutura leve e elegante, de qualidade e, meticulosamente, polida do relógio conjuga-se de forma perfeita com a bracelete, para um ajuste sempre confortável. A caixa do relógio do Huawei Watch Fit mini é impressa com liga de alumínio, que é mais leve que a liga de titânio, aço inoxidável, cerâmica e outros materiais o que permite uma confortável utilização durante todo o dia.

 

O Huawei Watch Fit mini mantém o peso de 20g[1] (excluindo a bracelete), enquanto assegura a resistência do relógio. Quer se trate de uma bracelete de couro ou de fluoroelastómero aveludado, esta é sempre macia e antialérgica, resistente à sujidade e confortável de usar.

 



 

Design com estilo

O mostrador dourado do Huawei Watch Fit mini vem com a opção de bracelete em três cores diferentes, Couro Branco, Castanho Fluoroelastómero e Roxo claro, adaptando-se perfeitamente a qualquer que seja o cenário. A maior variedade de cores pretende responder às diferentes necessidades das utilizadoras e a qualquer que seja a situação desde lazer, negócios ou desporto. Independentemente da ocasião, o Huawei Watch Fit mini, certamente, dará um requintado toque final ao outfit.

 

Além da oferta de braceletes, as utilizadoras também têm a possibilidade de personalizar o mostrador do seu relógio inteligente. A Huawei disponibiliza mostradores exclusivos, com uma extensa diversidade de temas, de forma a que todos possam criar o seu próprio estilo.

 

Gestão da saúde profissional

O novo modelo da Watch Fit Series conta com 96 modos de treino e vários sistemas de incentivo ao exercício físico para ajudar as utilizadoras a desenvolver hábitos mais saudáveis. Através da funcionalidade de reconhecimento automática de treino, monitorização precisa de dados e orientação profissional de exercícios, as utilizadoras são direcionadas para ajustar os seus planos, a tempo de gerir de forma mais adequada o seu nível de fitness.

 

Além dos 11 modos de treino profissional, incluindo corrida indoor e outdoor[2], ciclismo, saltar à corda, elíptica, remo, entre outros, existem ainda 85 modos de treino, que incluem fitness, jogos com bola, dança, atividades de lazer e desportos radicais.

 

O Huawei Watch Fit mini também suporta características como a monitorização do ritmo cardíaco em tempo real, avaliação pós-treino, sugestões para ajudar as utilizadoras a compreender a sua própria eficiência durante o exercício físico e condições de saúde. Na aplicação Saúde da Huawei as utilizadoras podem, de acordo com os objetivos que definiram, quer sejam estes a perda de gordura ou o aumento de resistência, selecionar diferentes valores de ritmo cardíaco para assim conseguirem ter um treino mais eficaz. O novo relógio inteligente da Huawei monitoriza a zona de frequência cardíaca em tempo real durante a prática de desporto e partilha notificações sempre que necessário. Quando o ritmo cardíaco excede o valor pré-definido, o relógio envia, automaticamente, um alerta que pode ser ajustado de acordo com os objetivos de cada um.

 

Além disso com alertas do ciclo menstrual[3], o novo Watch Fit da Huawei, ajuda as utilizadoras a estar a par do seu ciclo com opção de criar notas sobre possíveis sintomas que tenham sentido em cada ciclo.

 

Bateria de longa duração

O Huawei Watch  Fit mini, à semelhança de outros modelos da serie, vem equipado com uma bateria de maior autonomia, oferecendo uma gestão de saúde contínua e abrangente durante todo o dia. Com uma utilização normal[4], a bateria apresenta uma duração até 14 dias. Caso a utilização seja mais intensa[5], a autonomia da bateria chega até aos 10 dias sem necessitar de um carregamento.

 

Qualquer que seja a o tipo de utilização, do Huawei Watch Fit mini, a bateria é suficiente para durar o dia inteiro, mesmo durante a noite, para que seja possível efetuar a avaliação do sono. Além disso, o Huawei Watch Fit mini suporta a tecnologia de carregamento rápido da Huawei que em apenas cinco minutos confere autonomia para dois dias.

 


 


Mostrador AMOLED em destaque

O Huawei Watch Fit mini adota o ecrã FullView característico dos wearables da Huawei, apresentando um ecrã AMOLED de 1,47 polegadas que proporciona imagens nítidas e de alta-definição. O ecrã AMOLED  tem uma gama de cores mais ampla do que o ecrã LCD, conseguindo apresentar cores mais vivas e contrastes mais fortes e coloridos, mantendo na mesma a sua leveza e design fino. No geral, o novo ecrã AMOLED apresenta uma experiência visual mais imersiva assim como um toque mais suave.

 

 

HUAWEI WATCH FIT mini:

PVPR: 109,90€

Cores: Couro Branco e Castanho e Fluoroelastómero Roxo Claro

 



[1] Os dados são provenientes dos laboratórios Huawei. O peso real do produto pode variar de acordo com a configuração, processo de fabrico, e método de medição.

[2] O ciclismo ao ar livre requer smartphones com EMUI 5.0, iOS 9.0 ou superior.

[3] Esta característica não suporta dispositivos iOS. A disponibilidade pode variar por país ou região.

[4] Utilização típica: Huawei TruSleep™ está ativado, a monitorização do ritmo cardíaco está ativada. O ecrã é verificado brevemente 200 vezes por dia, 50 mensagens, 6 chamadas e 3 alarmes em 24 horas e treino de 30 minutos por semana.

[5] Utilização intensa: Huawei TruSleep™ está ativado, a monitorização do ritmo cardíaco está ativada. O ecrã é verificado brevemente 500 vezes por dia, 50 mensagens, 6 chamadas e 3 alarmes em 24 horas e treino durante 60 minutos por semana. 

Motorola pode estrear sensor de 200 MP da Samsung

27-11-2021 | 21:00 | Aberto até de Madrugada

Contrariando a expectativa da Samsung estrear os seus novos sensores de 200 MP, a honra poderá afinal pertencer à Motorola.

Apesar da Samsung ser um dos maiores fornecedores de sensores para câmaras nos smartphones, e das câmaras serem um dos elementos de destaque em cada novo lançamento, parece que a Samsung irá ceder a estreia do seu novo mega-sensor de 200 MP à Motorola (Lenovo).

A medida não será inédita, sendo que no passado também já cedeu várias estreias de sensores a outros fabricantes, como a Xiaomia - que há alguns meses também se pensava que seria a primeira a utilizar este sensor, embora pareça que, se ficar atrás da Motorola, também não será por muito tempo.

200MP camera will be adopted by Moto first, then by Xiaomi in the second half of next year, and by 2023, Samsung will adopt 200MP.

— Ice universe (@UniverseIce) November 24, 2021
Mais estranho é a referência de que a Samsung só o irá utilizar em 2023, o que indica que a Samsung ainda não o irá utilizar nos seus modelos topo de gama de 2022. Uma opção que também pode ter a ver com o volume de produção: seguramente será mais fácil produzir e fornecer um lote inicial para a Motorola, em quantidades mais reduzidas, depois para um cliente de maiores dimensões como a Xiaomi - e no processo amortizando os custos mais elevados das fases iniciais de produção; e só quanto tiver a produção amadurecida, começar finalmente a dar-lhes uso nos seus próprios smartphones.

De qualquer forma, ter em conta que o objectivo deste sensor de 200 MP é fazer o agrupamento de píxeis para ficar com imagens de 50 MP ou 25 MP com qualidade superior. Não esperem "milagres" das supostas imagens de 200 MP que estes sensores irão produzir.

Pedal de efeitos com Raspberry Pi e PatchboxOS + MODEP

27-11-2021 | 18:30 | Aberto até de Madrugada

Ideal para os músicos que queiram um sistema de efeitos e gravação ultra-compacto, este projecto condensa um raspberry Raspberry Pi 4 numa caixa pouco maior que um pedal de efeitos.

Não é preciso recuar muitas décadas para que os guitarristas se lembrem dos preços obscenos cobrados pelos pedais de efeitos, que faziam apenas um só efeito e nada mais. Hoje em dia, por uma fracção do preço, podemos ter um autêntico estúdio compacto, capaz de fazer não só todo o tipo de efeitos que puderem imaginar, como também fazer gravação multi-pistas - e tudo a preço acessível e num tamanho ultra compacto, como demonstra este projecto Tiny Audio Effects Rig.
Para além do RPI4 que está no centro do projecto, o resto do segredo reside maioritariamente no uso do PatchboxOS + MODEP, um sistema pré-configurado para aplicações de áudio no RPI - e que por si só já será suficiente para grande parte das pessoas - mas ao qual foi adicionado o DAW Reaper neste caso, para ainda maior versatilidade.

Quer seja para usar especificamente com guitarras, com voz, outros instrumentos musicais, ou outras aplicações de áudio, vale a pena espreitar este projecto e ver as potencialidades da utilização de um Raspberry Pi 4 para este efeito.

UPS Green Cell 2000VA 1200W a €139

27-11-2021 | 16:30 | Aberto até de Madrugada

Ideal para PCs poderosos, ou até para continuar a jogar com uma consola na TV quando falta a electricidade, esta UPS de 2000 VA está apta a enfrentar qualquer falha de energia.

Indispensáveis para manter os equipamentos a salvo de picos e falhas de corrente, uma UPS de alta capacidade torna-se inevitável para quem vai acumulando cada vez mais equipamentos electrónicos em casa. Quem já tiver passado pelas UPS de baixa capacidade, que prometem dezenas de minutos de autonomia mas podem falhar em poucos minutos no caso de se estar a fazer algo mais exigente com o computador, poderá equacionar passar para algo de classe superior, como esta UPS Green Cell 2000VA que tem capacidade para aguentar com cargas de até 1200W.
A UPS Green Cell 2000VA (1200W) está disponível por 139 euros na Amazon Espanha.

A UPS é completamente silenciosa enquanto há energia, ligando as ventoinhas apenas quando há falha de energia e precisa dar uso às baterias - perfeito para quem vier de uma UPS que mantém as ventoinhas a trabalhar a tempo inteiro.

Curiosamente, a empresa disponibiliza também uma variante de 2000VA 1400W com onda sinusoidal pura (não fazia ideia que já estavam disponíveis nesta gama de preços), perfeita para todos os equipamentos que não apreciem as ondas "quadradas" que a maioria das UPS utilizam. A única crítica é que o software fornecido pela Green Cell é para esquecer, mas encontrei relatos de que estas UPS serão compatíveis com o NUT (Network UPS Tools), o que tornará isso irrelevante.


Acompanha as melhores promoções diárias no nosso grupo AadM Promos.

Spotify remove Car View

27-11-2021 | 14:30 | Aberto até de Madrugada

Quem estivesse habituado a usar o modo Car View do Spotify vai ter que procurar alternativas, pois vai deixar de existir.

O Spotify ganhou o modo Car View há cerca de dois anos, como forma de apresentar um interface minimalista que causasse menos distracções para quem mantém o Spotify no ecrã do smartphone enquanto conduz. Este modo apresentava apenas os controlos básicos em versões de tamanho mais generoso, com o nome da música, mas sem os vídeos, capas dos álbuns, ou letras das canções - podendo ser activado sempre que o smartphone se ligava ao carro por Bluetooth.

Mas este modo Car View vai desaparecer, deixando os utilizadores apenas com acesso ao interface habitual, bastante menos prático de utilizar enquanto se conduz. Uma alteração que não tem qualquer justificação oficial, mas que muitos acusam ser uma forma do Spotify tentar promover a venda do seu Car Thing - um pequeno ecrã criado para ser colocado nos automóveis e facilitar o controlo do Spotify.

É uma decisão bastante infeliz, embora me pareça que poucas pessoas mantenham o Spotify a tempo inteiro no ecrã do smartphone enquanto conduzem, sendo mais provável que usem uma app de navageção e dêem apenas um salto ocasional ao Spotify ou façam os pedidos das músicas via comandos de voz - o mesmo tipo de opções que torna o "car thing" uma proposta muito pouco apelativa.

Faz um relógio CRT com um ESP32

27-11-2021 | 13:04 | A Minha Alegre Casinha

Ideal para os mais nostálgicos, este projecto combina um moderno ESP32 com um velho CRT para criar um relógio original para os fãs do retro-gaming.

Não faltam projectos que nos mostram como fazer tudo e mais alguma coisa usando um ecrã LCD ligado a um ESP32, mas desta vez o elemento diferenciador é utilizar um velho televisor ou monitor CRT, ou até pequenos ecrãs usados para video-vigilância ou em veículos. O único requisito é que seja um ecrã que aceite uma entrda de vídeo composto, pois é esse o modo de ligação que se irá utilizar no ESP32.
O resto limita-se a ser a configuração sobre o estilo de cores que se queira utilizar para este relógio vídeo que vai buscar inspiração artística aos videojogos e demos dos anos 80.



Escapemos, queremos

27-11-2021 | 12:09 | Gonçalo Sá

Javier-Mena-Culpa.jpg

Há mais na pop latino-americana actual do que reggaeton ou derivados e JAVIERA MENA tem comprovado isso mesmo desde o álbum de estreia, "Esquemas juveniles" (2006). Se aí a chilena se fazia notar por canções com uma sensibilidade indie e melancólica, em registo electroacústico, os sucessores reforçaram a faceta sintetizada numa discografia que teve os Kings of Convenience entre os admiradores iniciais (com direito a convite para primeiras partes de concertos dos noruegueses, Portugal incluído), contou com a produção de El Guincho numa fase mais recente e foi deixando pérolas como "Al Siguiente Nivel", "Luz de Piedra de Luna" ou "Primera Estrella" pelo caminho.

Este ano, além de marcado pelo lançamento do EP "I. Entusiasmo", tem sido importante no seu percurso pela benção da plataforma COLORS (para a qual interpretou a inédita "Debilidad", numa viragem synth funk) ou pela aposta da campanha EQUAL, do Spotify, dedicada a artistas femininas (através de um destaque muito cobiçado em Times Square).

Entretanto, vai preparando o sucessor do quarto álbum, "Espejo" (2018), produzido pelo colaborador habitual Pablo Stipicic, que deverá conciliar registos midtempo, baladeiros e dançáveis. O novo single, "CULPA", enquadra-se imediatamente na última categoria, entre acessos house, eurodance e electro interrompidos (embora não por muito tempo) por um órgão em modo gótico. Inspirações? Schubert (!), aponta a chilena. Mas a dança entre o Bem e o Mal da letra também sugere estar aqui uma descendente das inquietações e transgressões de um hino como "It's a Sin", dos Pet Shop Boys - e tal como a dupla britânica, também a chilena se consolidou como um ícone LGBTQI+.

Só falta mesmo a estreia em nome próprio num palco nacional, até porque as suas actuações são um espectáculo pop completo - e orgulhosas de o serem, sem qualquer margem para sentimentos de culpa.

Tesla perde mil milhões de euros da UE

27-11-2021 | 12:00 | Aberto até de Madrugada

A Tesla vai perder apoios de valor superior a mil milhões de euros para a fábrica de baterias na Europa, devido a atrasos no projecto.

Tesla e "atrasos" são palavras que muitas vezes andam juntas, mas desta vez podemos estar perante um dos mais dispendiosos atrasos de sempre, e que pode nem ser por culpa da Tesla. A Tesla tinha em vista um apoio comunitário de valor superior a 1.1 milhões de euros para a construção uma nova fábrica de baterias na Alemanha, mas uma das cláusulas para que isso acontecesse era a necessidade de ser "inovação industrial", devendo ser uma fábrica onde fosse feitas baterias que ainda não são produzidas em nenhuma outra fábrica da Tesla - ou seja, as novas baterias 4680.

O problema é que as habituais questões burocráticas têm atrasado o projecto por vários meses, e em resultado disso é provável que a Tesla tenha outras fábricas a dar início à produção em volume destas baterias, invalidando as condições para a obtenção dos desejados apoios.

Pela parte positiva, esses apoios ficarão disponíveis para outras empresas - o que me parece uma maneira simpática de dizer que, muito provavelmente, acabarão por ir para uma empresa germânica, como o grupo VW, Mercedes ou BMW, que também irão precisar inevitavelmente de ter fábricas de baterias para dar resposta ao aumento da produção dos automóveis eléctricos.

Kia revela Concept EV9

27-11-2021 | 11:00 | Aberto até de Madrugada

Numa altura em que o EV6 ainda vai sendo aclamado, a Kia volta à carga com uma antevisão daquilo que será o seu futuro SUV 100% eléctrico, o Kia Concept EV9.

À semelhança do EV6, o Concept EV9 apresenta-se como um EV cuidadosamente desenvolvido e optimizado pela Kia com base numa avançada infraestrutura específica para este tipo de viaturas, a Plataforma Modular Global Elétrica (E-GMP).

O Concept EV9 materializa o compromisso da Kia para com as soluções de mobilidade sustentáveis. O design deste modelo foi inspirado na natureza e utiliza materiais provenientes de reutilização criativa, desenvolvidos a partir de resíduos depositados no frágil ecossistema marinho.
O SUV oferece também uma apelativa estética visual, graças à filosofia de design "Opposites United".

A equipa de design da Kia foi particularmente influenciada pelo pilar "Bold for Nature" desta filosofia, factor que contribuiu para que este concept SUV 100% eléctrico adquirisse as suas formas, conjugando qualidades racionais e emotivas com linhas alegres e robustas.

As alargadas capacidades técnicas e o carácter flexível do Concept EV9 permitem-lhe estar igualmente confortável em situações de tráfego lento nas grandes cidades ou em viagens em família à descoberta da natureza.

[publicado originalmente no Pela Estrada Fora]

Propulsão de iodo testada com sucesso em órbita

27-11-2021 | 10:00 | Aberto até de Madrugada

Há um novo sistema de propulsão eléctrico que está a mostrar o que vale no espaço, e que usa iodo comum.

Os sistemas de propulsão eléctrica para o espaço são muito desejados, evitando a necessidade de se carregarem os volumosos tanques de combustível e oxidante utilizados pela propulsão química convencional, e possibilitando que uma nave se pudesse movimentar durante muito mais tempo desde que tenha energia eléctrica - que pode ser fornecida por painéis solares, ou um reactor a bordo. Apesar de produzirem um impulso que é bastante pequeno, é mais que suficiente para fazer correcções em satélites em órbita, ou para missões de longa duração onde esse pequeno impulso se pode ir acumulando ao longo de meses (ou anos).

Tradicionalmente, estes sistemas de propulsão iónica têm utilizado xénon como o gás para gerar a reacção que efectua a propulsão, mas o xénon é um gás extremamente raro e dispendioso. Motivo que levou um grupo a testar uma abordagem diferente, usando o comum iodo.

O iodo tem proporcionado propulsão cerca de 50% mais eficiente que os sistemas de xénon, e tem outras vantagens, como o facto de poder ser mantido em estado sólido que passa directamente a gás quando aquecido, simplificando o processo de miniaturização do sistema. O sistema actual NPT30-I2 da ThrustMe ocupa apenas um volume de 10 x 10 x 10 cm e tem uma massa de 1.2 kg, tendo sido testado num Cubesat de 20 kg e sido capaz de elevar a sua órbita em mais de 3 km quando testado no espaço.

Claro que nem tudo são vantagens. O iodo é altamente corrosivo, podendo causar problemas se não for devidamente acondicionado, e as vibrações durante o lançamento podem partir o bloco sólido de iodo, afectando a eficiência. Mas, por agora, é mais um caminho a explorar.

NOS lança 5G em Portugal

27-11-2021 | 09:32 | Apps do Android


Finalmente temos o 5G disponível no nosso país. 


A NOS é o primeiro operador a lançar a tecnologia móvel mais disruptiva de sempre: o 5G.  A partir de hoje, clientes NOS em todo o país já podem tirar partido das características únicas do 5G, beneficiando de uma experiência de utilização superior.

 

Para Miguel Almeida, CEO da NOS “este é o momento pelo qual esperávamos e para o qual há muito estamos preparados. Vamos, finalmente, poder entregar aos portugueses a tecnologia que vai transformar tudo e abrir possibilidades até aqui nunca imaginadas. O 5G será um pilar central no processo de transição digital da sociedade portuguesa e no reforço da competitividade da nossa economia. Com um ambicioso plano de investimento, a NOS assume a liderança desta nova era, ao serviço do país e dos nossos clientes.”

 

Os primeiros clientes a poderem experimentar o 5G da NOS são os subscritores do tarifário Sem Limites Max, que sem necessidade de qualquer ativação, passaram a ter acesso imediato à nova tecnologia móvel.

A proposta de valor da NOS para o 5G não fica por aqui e nos próximos dias serão lançadas mais ofertas, com o objetivo de democratizar o acesso à tecnologia.

 

A missão da NOS é expandir todo o potencial que a tecnologia encerra. Para os clientes particulares, o 5G significa maior qualidade e velocidade nas ligações, no consumo e partilha de conteúdos multimédia e no acesso a experiências imersivas. Nas próximas semanas, e para que os utilizadores sintam o verdadeiro poder da tecnologia, a App NOS vai disponibilizar um conjunto de experiências de Cloud Gaming, Realidade Virtual e Realidade Aumentada.

 

Para as empresas é um salto para uma nova dimensão de competitividade, que vai permitir a vários setores e indústrias melhorarem a sua eficiência e inovarem nos seus modelos de negócio. Tudo isto através do desenvolvimento de tecnologias que o 5G exponencia, nomeadamente Massive IoTVídeo Analytics e AR/VR. 

 

Mais informações em www.nos.pt/5G 

Why It is Good for You to Take Advantage of the Promotions on Products for PHP Developers on Black Friday 2021

26-11-2021 | 21:53 | Manuel Lemos

By Manuel Lemos
Black Friday is four days that happen every year by the end of November to offer special promotions to get products for a lower price.

Despite being a tradition, it would be better to explain why it exists, and it is good for you.

Read this short article to learn more about the importance of Black Friday for you and how you can take advantage of this period to get valuable products at a lower price that will help you be more productive in your work and be happier.

We have also included some special offers at the bottom of this article.

TourBox Elite de regresso ao Kickstarter

26-11-2021 | 21:00 | Aberto até de Madrugada

Quem apreciar controlos físicos para além do teclado, poderá espreitar o novo TourBox Elite no Kickstarter.

Dos criadores do TourBox original, chega-nos agora o TourBox Elite que, como o nome indica, é uma versão que melhor alguns aspectos relativamente ao controlador original.

O TourBox Elite é um controlador que oferecer uma diversificada gama de botões, de clicar, de rodar, com feedback táctil, que permitem acelerar funções em programas de desenho, edição de imagem, edição de vídeo, edição áudio, e muitos outros - contando com compatibilidade assegurada com programas como Photoshop, Lightroom, Capture One, Final Cut Pro, Premiere, After Effects, DaVinci Resolve e outros. Com Bluetooth LE 5.1 e feedback táctil para tornar as suas acções ainda mais interactivas, não deverá ter dificuldade em encontrar muitos fãs dentro do segmento a que se destina, até porque mantém um preço bastante competitivo face a outros produtos.


Para quem se despachar, ainda poderá apanhar um ao preço de $179 (cerca de 159 euros), com promessa de entrega para Fevereiro de 2022 - mas ficando sujeito à incógnita do processo de desalfandegamento se for enviado de fora da UE.