PlanetGeek

FBI encerra WeLeakInfo que vendia dados de utilizadores

18-01-2020 | 21:00 | Aberto até de Madrugada


O FBI encerrou o site WeLeakInfo, que orgulhosamente dizia ter 12 mil milhões de registos de utilizadores e passwords para vender.

Regulamente somos confrontados com as notícias de dados que são roubados ou expostos inadvertidamente na internet. E se para cada utilizador individual isso acaba por ser desvalorizado com um "no meio de tantos utilizadores quem é que se vai dar ao trabalho de dar uso aos meus dados"; para outros é uma oportunidade de negócio sempre crescente e aparentemente bastante lucrativa.

Os 12 mil milhões de registos do WeLeakInfo terão sido compilados a partir de mais de 10 mil roubos de dados / leaks, sendo que o site disponibilizava serviços de subscrição que permitiam aos clientes fazerem pesquisas por utilizadores ou outros critérios para descobrirem todos os dados que existissem sobre ele. Por exemplo, para quem não se desse ao trabalho de mudar a password depois de um destes incidentes, a sua conta poderia ser comprometida com uma simples pesquisa neste site (assumindo que uma password que fosse facilmente crackada).

O encerramento do site é um passo positivo, mas bem sabemos que também estes incidentes servem apenas para abrir espaço para que novos sites que forneçam serviços idênticos surjam para ocupar o seu lugar. Nada como usar passwords seguras, únicas para cada site / serviço, e com autenticação 2-factor para os serviços mais críticos.

Deus está em toda a parte (até na pista de dança)

18-01-2020 | 18:46 | Gonçalo Sá

Ellen_Allien_2019.jpg

Numa altura em que a pop latina tem tido cada vez mais expressão mundial, o novo single de ELLEN ALLIEN aposta num título que talvez deva alguma coisa a essa tendência. Mas qualquer semelhança de "LA MUSICA ES DIOS" com reggaeton ou aparentados fica-se mesmo por aí, já que apesar da repetição insistente dessa frase em espanhol, o resultado não se afasta de um techno habitualmente associado à DJ e produtora alemã.

A canção é o tema principal de um novo EP, homónimo, um dos primeiros lançamentos da UFO Inc., editora criada por ALLIEN no início de 2019. Apesar de já ter a seu cargo outra etiqueta, a influente BPitch Control, a berlinense dedica a mais recente a música de dança especialmente crua, agressiva e hipnótica, características que esta edição mantém nas três faixas: além do single de apresentação, há uma mistura alternativa, atmosférica q.b., e o lado B "Junge Sein".

O videoclip, protagonizado pela própria, ilustra a energia cinética da música com saturações cromáticas e movimentos de dança à medida, algures entre uma ode e um mantra de mais de sete minutos  de duração - e muito na linha do single anterior, o efervescente "Free Society":

Carro tele-comandado com suspensão activa reproduz comportamento realista

18-01-2020 | 18:30 | Aberto até de Madrugada


Os fãs dos carros tele-comandados vão ficar bastante mais exigentes depois de verem este fantástico modelo com suspensão activa que é capaz de replicar realisticamente o comportamento de um carro de tamanho real.

Controlar um carro de brincar remotamente é algo divertido mas que já perdeu muita da "magia" que teve quando essa tecnologia era novidade. Agora, essa magia regressa com este carro construído por Dimitar Tilev e que tira partido da mais alta-tecnologia, incluindo acelerómetros e Arduino para criar um sistema de suspensão activa que simula o comportamento de um carro de tamanho real.


Ou seja, ao acelerar, travar e curvar, vemos o automóvel a inclinar-se como se esperaria que um carro com mais de uma tonelada fizesse; resultando num comportamento assustadoramente realista face aos demais carros de brincar.

... Acho que não irá demorar muito para que alguns dos grandes fabricantes de brinquedos se "inspirem" neste modelo para lançarem no mercado algo idêntico. E de preferência, não se esquecendo de recompensar quem teve a ideia original.

The Apple Archive reúne a história da Apple

18-01-2020 | 16:30 | Aberto até de Madrugada


O Apple Archive é um projecto de um voluntário que se dedica a compilar todos os registos (documentos e vídeos) sobre a história da Apple.

Por vezes custa-nos tomar consciência de que as empresas que consideramos de "novas tecnologias" contam já com quase meio século de existência. São décadas de história que nem sempre está facilmente acessível ou organizada; e que muitas vezes nos leva a simples imagens ou vídeos de baixa qualidade num qualquer recanto da internet. É aquilo que Sam Henri Gold tem tentado evitar com o seu The Apple Archive.

Fã de longa data da marca da maçã, Sam há muito que se dedica a acumular tudo o que pode sobre a Apple, tendo já diversas vezes descoberto que não é fácil fazer este tipo de projecto: um canal que inicialmente lançou no YouTube foi removido sem qualquer explicação; e uma potencial parceria com o Internet Archive acabou também por não se concretizar; levando à criação deste site próprio dedicado ao projecto.

Ainda assim, está consciente de que também o site vive um futuro incerto, já que está completamente dependente da simpatia da Apple em o deixar existir. A Apple poderá exigir a remoção dos conteúdos e encerramento do site a qualquer momento - algo que Sam espera que não aconteça, por considerar que está a fazer um serviço público ao disponibilizar este "museu" da história da Apple.

...Por via das dúvidas, mais vale darem lá um salto agora mesmo, enquanto existe. :)

Xiaomi solicita patentes para smartphones com duplo ecrã

18-01-2020 | 16:21 | Apps do Android


Poderá já vir um pouco tarde, mas a Xiaomi fez o registo de patentes na China para dois modelos que usam um ecrã que se prolonga pelos dois lados do smartphone: sendo um na horizontal e outro na vertical.


Chega atrasado porque, como já vimos, a Xiaomi já revelou o seu Mi Mix Alpha com ecrã a dar a volta a (quase) todo o smartphone - embora no caso destas patentes o registo faça referência a algo ligeiramente diferente. No caso do modelo com ecrã que se prolonga na horizontal, esta nova patente refere que o ecrã se limita a dar a volta ao smartphone por um dos lados e não dos dois lados como no Mi Mix Alpha.


Não menos interessante é a possibilidade do ecrã se prolongar na vertical de forma a também preencher a parte traseira.

São modelos que poderão antecipar a utilização dos ecrãs flexíveis num formato em que não terão que ficar sujeitos aos mecanismos de dobragem, e portanto com menos opções para causarem problemas - embora o atraso no lançamento do Mi Mix Alpha faça antever que também nestes casos as coisas poderão revelar-se mais complicadas a produzir do que seria esperado.

Por: Carlos Martins

Controlador GameCube convertido em Joy-Cons para a Nintendo Switch

18-01-2020 | 14:30 | Aberto até de Madrugada


O controlador da Nintendo GameCube é considerado um dos melhores controladores de todos os tempos, e agora temos fã que se dedicou a convertê-los em Joy-Cons para o poder utilizar na Nintendo Switch.

Embora não tenha tido oportunidade de ter uma GameCube (por muito tempo que ficasse a "babar-me" a olhar para os jogos como o Star Wars: Rogue Leader), depois vinguei-me quando tive a Nintendo Wii, tirando partido da retro-compatibilidade - e, como não poderia deixar de ser, acompanhado por gamepads GameCube.

Desta vez temos uma mistura ainda mais explosiva, já que o projecto consistiu em transplantar os Joy-Cons da Switch para o interior do controlador da GameCube, que teve que sofrer imensas alterações (desde logo, pelo detalhe de ser cortado ao meio para poder encaixar-se de cada lado da Switch).

A operação não é nada simples, mas esperemos que a Nintendo siga o exemplo e eventualmente lance uma edição especial de Joy-Cons GameCube para a Switch. :)

George Hotz mostra Comma Two

18-01-2020 | 12:00 | Aberto até de Madrugada


Já se passaram três anos desde que George Hotz decidiu disponibilizar o seu kit de condução autónoma como open-source para contornar a legislação, mas não tem estado parado, apresentando o seu novo kit Comma Two.

O novo Comma Two mantém a mesma estratégia de ser um módulo estilo telemóvel que é preso no pára-brisas, e que fica ligado ao carro dando-lhe capacidade para conduzir de forma autónoma em praticamente todas as estradas, mesmo que tenham marcações deficientes. Esta nova versão vem com melhorias resultantes das críticas feitas ao modelo original (por exemplo, agora passa a ter alimentação via OBD-C), mas continua a ser fornecido em kit "faça-você-mesmo" que deixa à responsabilidade do utilizador final instalar o OpenPilot para ficar com o sistema funcional.

Dito isto, embora as capacidades sejam impressionantes, é preciso ter presente que continua a tratar-se de um sistema que melhor seria descrito como de cruise-control inteligente; já que não tem capacidade para lidar com coisas como semáforos, sinais STOP, e embora seja capaz de fazer mudança para as vias esquerda / direita ao dar o pisca e fazer ligeira pressão no volante, não consegue detectar se existe algum carro ao lado com o qual vá colidir (a não ser que o carro em que seja aplicado conte com essa funcionalidade).

Continua a ser um projecto bastante interessante, especialmente tendo em conta que temos praticamente uma única pessoa a competir com empresas que investem dezenas ou centenas de milhões a criar sistemas deste tipo; mas por agora parece-me que continuará a ter um público alvo bastante reduzido. Adicionalmente, nem quero imaginar no que aconteceria caso uma pessoa com um destes sistemas acabe por ter um acidente com vítimas mortais...



Câmara PTZ exterior com zoom 4X a €33

18-01-2020 | 11:30 | A Minha Alegre Casinha


Ideal para manter um quintal ou garagem debaixo de olho, as câmaras de vigilância para exterior são uma opção mais acessível que nunca, como comprova esta câmara IP para exterior com visão panorâmica por pouco mais de 30 euros.

Preparada para enfrentar as condições atmosféricas, esta câmara pan-tilt permite apontar para as zonas específicas que se queiram monitorizar. Pode captar vídeo em Full HD, e conta com visão nocturna auxiliada por LEDs IR e LEDs brancos para ver na escuridão tanto em modo "IR" como com cores naturais - e no processo servindo também como dissuasor de intrusões. Tem também possibilidade para fazer comunicação bi-direccional de voz, e de levar um cartão microSD até 128GB para gravações locais sem dependência de serviços na cloud.


Esta câmara exterior PTZ está disponível por apenas 33 euros.

Confesso que inicialmente fiquei um pouco desapontado, pois a referência à visão nocturna a cores me fez ter a esperança de que usassem um daqueles sensores capaz de ver a cores mesmo em condições de baixa luminosidade; mas que aqui é conseguido à custa de ligar os LEDs brancos. De qualquer forma, é algo para o qual já deveria estar preparado, considerando o preço da câmara. :)

Novo Tesla Model S posto à prova no Nürburgring em versão simulada

18-01-2020 | 11:00 | Aberto até de Madrugada


Depois dos testes reais com os protótipos Model S "Plaid" da Tesla no Nürburgring, temos um curioso teste que faz o mesmo, mas com base na recriação desses futuros Model S em versão simulada.

As características dos futuros Model S continuam a ser um segredo bem guardado pela Tesla, mas com base nos tempos revelados e no vídeo da volta em Laguna Seca, o pessoal da CXC Simulations decidiu recriar um desses Model S em versão digital simulada - e nem sequer faltou um dos pilotos mais habilitados para dar credibilidade a este curioso projecto: Jeff Westphal, o único piloto dos EUA a ter ficado em primeiro lugar numa prova no Nordschleife, e que chegou a ser um dos pilotos que a Tesla considerou para os testes (tendo depois optado por outro piloto, um seu colega, para poupar nos custos da deslocação até à Europa).

Mesmo em versão simulada, os resultados da condução destes Tesla revelou-se bem diferente dos carros habituais, fruto do binário instantâneo, ausência de caixa de velocidades, e também do seu peso mais elevado.

Agora só teremos que aguardar mais meio ano, para ver que tal os futuros Model S reais (e certamente melhorados face aos protótipos testados) se compararão com esta versão simulada.

Lançamento da SpaceX vai correr mal - para testar cápsula Crew Dragon

18-01-2020 | 10:00 | Aberto até de Madrugada


Depois de ter conseguido atingir uma fiabilidade quase perfeita nos lançamentos, a SpaceX vai efectuar um lançamento com problemas propositados, como forma de testar o sistema de escape de emergência da cápsula Crew Dragon que levará astronautas no futuro.

Estamos a poucas horas de assistir a um dos lançamentos e testes mais aguardados de sempre. Para que a cápsula Crew Dragon obtenha a aprovação para transportar astronautas terá que demonstrar ser o mais segura possível, e isso inclui testar a capacidade de conseguir extrair os astronautas em segurança em caso de um problema durante a crítica fase de lançamento.

Para isso a cápsula conta com 8 motores SuperDraco no exterior, que têm a responsabilidade de a retirar da zona de perigo em poucos segundos após ser ejectada, permitindo que de seguida a cápsula desça em segurança usando para-quedas.

Vai ser um dos primeiros grandes eventos do ano da SpaceX, numa altura em que os lançamentos regulares da constelação Starlink se começarão a tornar "rotineiros". (Nos últimos dias, quem olhasse para o céu ao início da noite poderia assistir a uma das suas "fileiras" de satélites a percorrer o céu nocturno em Portugal - mas continuarão a poder ser vistos durante os próximos dias.)

Samsung ultrapassou os 6 milhões de smartphones Galaxy 5G em 2019

18-01-2020 | 09:32 | Apps do Android



As redes 5G estão ainda na sua fase inicial de implementação, mas os fabricantes não querem perdem a corrida à nova rede móvel, razão pela qual já estão a apostar em equipamentos compatíveis com o 5G. A Samsung é uma das marcas que está a apostar forte neste campo, tendo ultrapassado os 6 milhões de smartphones compatíveis com as redes 5G em 2019.






Samsung Electronics Co,. Ltd., anunciou que disponibilizou mais de 6,7 milhões de smartphones Galaxy 5G a nível global em 2019, oferecendo aos consumidores a oportunidade de experienciar a próxima geração da tecnologia móvel quer em termos de desempenho como de velocidade. Em novembro de 2019, a Samsung representava 53,9% do mercado global de smartphones 5G, sendo pioneira a oferecer globalmente aos consumidores cinco dispositivos Galaxy com suporte 5G, incluindo os Galaxy S10 5G, Note10 5G e Note10 + 5G, além do recém-lançado Galaxy A90 5G e Galaxy Fold 5G.

"Os consumidores mal podem esperar para experimentar o 5G e estamos orgulhosos por conseguir oferecer um portefólio diversificado de dispositivos que oferece a melhor experiência possível do 5G", disse TM Roh, President and Head of Research and Development at IT & Mobile Communications Division, Samsung Electronics. "2020 será o ano do Galaxy 5G para a Samsung e estamos ansiosos por conseguir adicionar a nova tecnologia ainda a mais categorias de dispositivos e oferecer às pessoas experiências móveis que jamais imaginaram serem possíveis."

O Galaxy Tab S6 5G, que estará disponível na Coreia no primeiro trimestre de 2020, será o primeiro tablet com suporte 5G do mundo, um dispositivo que irá combinar velocidades ultrarrápidas com o poder e o desempenho da série Galaxy Tab. Com o seu ecrã premium, funcionalidades de multimédia e agora o suporte 5G, o Galaxy Tab S6 5G oferece videoconferência de alta qualidade, além de uma experiência de elevada qualidade para assistir a transmissões de vídeo em direto ou gravadas ou jogar através da cloud ou online com os amigos.

Os smartphones 5G contribuíram para 1% das vendas globais de smartphones em 2019. No entanto, 2020 será o seu ponto de viragem, com uma estimativa de crescimento na ordem dos 1.687% o que irá contribuir para cerca de 18% do volume total de vendas globais de smartphones”, afirma Neil Shah, VP of Research at Counterpoint Research. Além disso Shah, acrescenta que “A Samsung tem sido um dos principais players no desenvolvimento do mercado 5G, com uma oferta no ano passado de extremo a extremo, desde a contribuição para os padrões 3GPP, passando por semicondutores e dispositivos móveis, até aos equipamentos de rede. Com imensas oportunidades de crescimento de 5G no horizonte para a próxima década, a Samsung está em excelente posição para capitalizar, investir e desenvolver ainda mais o potencial e a liderança neste mercado.”

Durante praticamente uma década, a Samsung dedicou-se em trazer o 5G do laboratório para a vida real, trabalhando em estreita colaboração com parceiros, grupos reguladores e agências governamentais para garantir o desenvolvimento da melhor experiência possível com a próxima geração de rede móvel. Como principal contribuidora para grupos do setor como a 3GPP ou a O-RAN Alliance, a Samsung está empenhada em assegurar uma abordagem aberta e colaborativa com a sua rede, que ajude a acelerar a entrega do 5G a consumidores e empresas. No ano passado, além de lançar um portefólio robusto de dispositivos 5G, a empresa alcançou vários marcos históricos, incluindo o fornecimento de equipamentos de rede para o primeiro serviço comercial 5G do mundo na Coreia, além de trabalhar em estreita colaboração com parceiros de operadoras globais para expandir a nova rede móvel e introduzir novas experiências.

Em 2020, a Samsung continuará a desenvolver o mercado de inovação em 5G, introduzindo novidades que irão permitir melhorar ainda mais a velocidade, o desempenho e a segurança dos dispositivos Galaxy 5G. Estes avanços darão ainda mais acesso a novas experiências móveis que irão alterar a forma como se assiste e interage com filmes, TV e desportos, jogam e conversam com amigos e familiares.

Para mais informações sobre os dispositivos Samsung Galaxy com suporte 5G visite news.samsung.com/galaxywww.samsungmobilepress.com ou www.samsung.com/galaxy.

Phishing "conversacional" intromete-se em discussões email

17-01-2020 | 21:00 | Aberto até de Madrugada


Há uma táctica de phishing que parece estar a ser usada em mais ataques, e que se revela ser de mais difícil detecção por se intrometer em conversas via email que a vítima esteja a ter com pessoas que já conhece.

A maioria das pessoas que se preocupe minimamente com a sua segurança digital já estará suficientemente sensibilizada para ignorar emails que lhes sejam enviados de endereços desconhecidos ou com pedidos suspeitos. No entanto, até elas poderão ser enganadas por esta nova técnica de "sequestro de conversações".

Neste caso, em vez de uma campanha de phishing genérica enviada para milhares de pessoas a ver se alguma delas se deixa enganar, temos um ataque bastante mais direccionado, específico para cada cada potencial vítima - naquilo que se designa por spear-phishing. As condições tornam-se ideais quando o atacante consegue obter forma de aceder à conta de email de uma pessoa que comunique habitualmente com a vítima; dando início a um período em que irá monitorizar as conversas para se familiarizar com a forma de escrita utilizada. Depois, avançará com alguns primeiros emails seus, fazendo-se passar pela outra pessoa - podendo tirar partido de domínios muito idênticos, para redireccionar a conversa para uma nova conta de email e reduzir a hipótese do contacto legítimo detectar emails em seu nome que não enviou.

Nalguns casos estas conversas podem durar semanas, criando ou mantendo uma relação de confiança, até que finalmente o atacante salte para o seu verdadeiro objectivo, que poderá ser obter dados privados, pedir o pagamento de facturas para contas falsas, etc.


Embora estes ataques costumem ter por alvo pessoas em posições específicas em empresas (que possam realizar pagamentos, fornecer acesso a dados sensíveis, etc.) ninguém está livre de se ver numa situação idêntica. Importa por isso ter em mente que mesmo os emails de contactos conhecidos e/ou de confiança poderão potencialmente ser usadas como vector de ataque para estas campanhas. Em caso de qualquer suspeita nada como confirmar se realmente estão a conversar com a pessoa correcta, usando outra forma de contacto - por exemplo, ligando directamente para a empresa do interveniente, e clarificando as coisas que estão a discutir por email (obviamente, não confiando nos contactos que puderem ser fornecidos pelo potencial atacante).

Imagens do P40 Pro mostram 5 câmaras e ecrã com 4 lados curvos

17-01-2020 | 18:30 | Aberto até de Madrugada


Depois do P40 normal, também o P40 Pro aparece em imagens supostamente oficiais da Huawei, confirmando alguns dos rumores sobre o próximo topo de gama da marca.

Estas imagens - supostamente imagens promocionais oficiais da própria Huawei - mostram um P40 Pro com um conjunto de 5 câmaras traseiras integradas num módulo na parte traseira. Para este novo modelo a Huawei anuncia uma distância focal que vai dos 18-240mm (em equivalência SLR), o que resultará numa gama de zoom de 13x - embora tal valor deva contar com a ajuda de zoom digital.

As imagens confirmam também a ausência da ficha de 3.5mm para headphones, utilização de USB-C (mau era!), e um ecrã que troca o notch por um furo alargado para duas câmaras no topo superior esquerdo. A dimensão deste orifício faz suspeitar que a Huawei ali possa ter integrado algum sensor adicional, talvez para reconhecimento facial 3D.

O P40 Pro deverá utilizar material cerâmico para maior resistência na traseira, e adoptar uma construção em que as habituais margens laterais curvas também sejam aplicadas às margens superior e inferior, resultando num ecrã capaz de envolver o smartphone dos quatro lados - esperando-se que isso seja acompanhado por uma redução das margens visíveis no ecrã, para uma experiência verdadeiramente full-screen.

A Huawei parece estar no bom caminho para nos trazer um dos mais impressionantes smartphones para este ano de 2020... mas onde não será possível ignorar a ausência das apps e serviços da Google, o que se poderá tornar num factor decisivo para grande parte dos consumidores ocidentais.

Câmara PTZ exterior com zoom 4X a €33

17-01-2020 | 17:30 | Aberto até de Madrugada


Ideal para manter um quintal ou garagem debaixo de olho, as câmaras de vigilância para exterior são uma opção mais acessível que nunca, como comprova esta câmara IP para exterior com visão panorâmica por pouco mais de 30 euros.

Preparada para enfrentar as condições atmosféricas, esta câmara pan-tilt permite apontar para as zonas específicas que se queiram monitorizar. Pode captar vídeo em Full HD, e conta com visão nocturna auxiliada por LEDs IR e LEDs brancos para ver na escuridão tanto em modo "IR" como com cores naturais - e no processo servindo também como dissuasor de intrusões. Tem também possibilidade para fazer comunicação bi-direccional de voz, e de levar um cartão microSD até 128GB para gravações locais sem dependência de serviços na cloud.


Esta câmara exterior PTZ está disponível por apenas 33 euros.

Confesso que inicialmente fiquei um pouco desapontado, pois a referência à visão nocturna a cores me fez ter a esperança de que usassem um daqueles sensores capaz de ver a cores mesmo em condições de baixa luminosidade; mas que aqui é conseguido à custa de ligar os LEDs brancos. De qualquer forma, é algo para o qual já deveria estar preparado, considerando o preço da câmara. :)

Notícias do dia

17-01-2020 | 16:30 | Aberto até de Madrugada

UE quer impor USB-C nos smartphones para reduzir lixo electrónico; Alemanha quer limitar memes a 128 pixeis na reforma dos direitos de autor; nas promoções temos uma coluna BT Energy Sistem Music Box 7+ com rádio FM e MP3 por €49.90; investigadores demonstram vulnerabilidade dos certificados do Windows com "rickroll" em páginas aparentemente oficiais e legítimas; e ainda como a compra da Xnor.ai pela Apple deixou as câmaras Wyze sem detecção de pessoas.

Antes de passarmos às notícias de hoje, não deixes de participar no passatempo do gadget da semana que te pode vale uma pen USB Teclast com 64GB.

Facebook vai alertar para logins feitos através de outras apps



O Facebook quer aumentar a segurança, e para isso vai começar a alertar os utilizadores de logins feitos na sua conta, através de notificações e emails, mesmo quando isso seja feito através de apps ou serviços de terceiros.

A medida visa dar maior visibilidade aos serviços que podem aceder ao Facebook de cada utilizador, e que poderiam passar despercebidos aos utilizadores mais descuidados.


Desta forma, os utilizadores do Facebook recebem um comprovativo adicional que também funciona como lembrete dos serviços que têm acesso ao seu Facebook, e com uma forma mais imediata de cortar o acesso a serviços que já não queiram utilizar e que poderiam ficar esquecidos e manter um acesso permanente.


Disney persegue venda de bonecos Baby Yoda na net



A decisão da Disney não produzir bonecos do bebé Yoda para evitar revelar antecipadamente o carismático personagem da série Mandalorian do universo Star Wars revelou-se num verdadeiro bónus para toda uma série de pessoas que se apressaram a criar e vender versões não oficiais - satisfazendo a enorme procura resultante da série e que apanhou em cheio a época do Natal.

Mas sem grandes surpresas, era também uma situação que se sabia que não poderia durar, e agora a Disney avança com uma ofensiva, exigindo a remoção de todos os produtos não oficiais das lojas online que façam referência a Star Wars, Yoda, Mandalorian e outras palavras associadas.

Dificilmente irá conseguir impedir que muitas lojas continuem a vendê-los, mas fará com que seja mais difícil dar com eles em lojas ocidentais.


Hisense abandona televisores OLED  - aposta nos LCDs duplos ULED XD



A aposta da Hisense nos televisores OLED foi de curta duração. Em vez de ficar dependente dos painéis de outros fabricantes, a Hisense prefere apostar nos seus próprios ULED XD com LCD duplo.

Esta tecnologia recorre a dois painéis LCD sobrepostos, com um normal a cores, e um monocromática na parte traseira, que serve apenas para controlar a quantidade de luz que passa para cada pixel - assim replicando uma experiência de "local dimming" com resolução Full HD que permite obter níveis de contraste que rivalizam com o dos OLEDs. Motivo que leva a Hisense a abandonar os televisores OLED.


Empresa de spyware italiana espiou smartphones de cidadãos "por brincadeira"



Demonstrando que os abusos nas apps de vigilância não acontecem só nos EUA ou na China, também em Itália se assiste a um escândalo idêntico. Descobriu-se que os funcionários da empresa eSurv, que cria apps de vigilância / spyware para smartphones bastante utilizadas e promovidas pelas autoridades, tiravam partido das funcionalidades das suas apps para espiar e monitorizar cidadãos insuspeitos - ouvindo as suas chamadas, vendo as suas fotos, acedendo às câmaras dos seus smartphones, etc.

Já Edward Snowden tinha alertado que ter tal poder acaba por se tornar numa tentação "irresistível", invariavelmente resultando neste tipo de abusos - e não é algo que fique limitado a qualquer país em particular.


Curtas do dia


Resumo da madrugada

Google aposta num Google Assistant mais prático de utilizar

17-01-2020 | 16:21 | Apps do Android


A Google promete uma série de melhorias para o Google Assistant em 2020, tornando-o mais prático de utilizar, mais funcional nos smart displays, capaz de ler páginas web, e chegando a mais equipamentos.


A Google não tem poupado meios para garantir que o seu Google Assistant saia vitorioso na guerra dos assistentes digitais, face à Alexa da Amazon e à Siri (esta última parecendo ter sido esquecida pela Apple nos últimos anos); e para este ano promete melhorias em todos os níveis.

O Google Assistant vai finalmente ser capaz de ler páginas web - e no futuro também emails - algo que tardava em acontecer.


Para melhorar a sua eficácia no dia a dia, o Google Assistant vai também suportar o agendamento de acções - por exemplo, ligar o aquecedor às 21h, ou desligar uma luz à meia-noite; a possibilidade de ditar apontamentos que ficam visíveis nos smart displays; e também de definir listas de contactos que ficarão acessíveis nesses ecrãs, mediante um gesto de deslizar, facilitando o contacto com números de emergência ou familiares.


A Google promete também maior controlo sobre a questão da privacidade, sendo que em simultâneo quer que o seu Assistant chegue a ainda mais locais, estando em conversações com fabricantes para que incluam microfones far-field para reconhecimento de comandos em televisores (mesmo quando estão "desligados"), automóveis, e mais produtos electrónicos.

Xbox Console Streaming disponível para testes em Portugal

17-01-2020 | 15:30 | Aberto até de Madrugada


Os jogadores que quiserem desfrutar dos jogos Xbox nos seus smartphones Android já o poderão fazer com a expansão do programa de testes Xbox Console Streaming a mais países, incluindo Portugal.

Com o Xbox Console Streaming é possível jogar remotamente os jogos da sua própria consola Xbox a partir de um smartphone. O programa de testes arrancou em Outubro mas estava limitado a alguns países; sendo que agora esse programa é expandido a nível mundial, permitindo que também os jogadores portugueses possam tirar partido desta nova funcionalidade desde que tenham aderido ao programa Xbox Insider.

Requisitos:
  • Ser Xbox Insider e ter uma Xbox One no grupo Xbox One Update Preview.  
  • Ter um smartphne ou tablet Android 6.0 ou mais recente, com Bluetooth 4.0.
  • Um controlador Xbox One Wireless com Bluetooth (recomendado também ter um suporte para encaixar o smartphone)
  • Uma conta Microsoft com perfil Xbox associado
  • Descarregar a app Xbox Game Streaming (Preview) da Google Play Store. 
  • Fazer o teste de qualidade da rede para garantir que são cumpridos os requisitos mínimos (NAT type: Open or Moderate; upstream de 4.75Mbps mínimo; latência de 125ms ou inferior; etc.)
  • Nas definições da consola, colocar o Power setting em Instant-on 

Cumprindo tudo isso, deixam de ficar dependentes de ter o televisor da sala livre para poderem jogar os jogos na vossa consola, podendo fazê-lo a qualquer momento a partir do smartphone. Será também uma excelente forma de impressionarem os amigos ao mostrarem-lhes jogos como o Forza Horizon 4 a correr no smartphone... :)

Alemanha quer limitar memes a 128 pixeis

17-01-2020 | 14:00 | Aberto até de Madrugada


Na reforma dos direitos de autor, e contrariando todas as "promessas" feitas pelos seus proponentes, a Alemanha avança com a intenção de limitar as imagens dos memes a uma resolução máxima de 128 x 128 pixeis - o que resultaria no fim dos memes como os conhecemos.

Confirmando todos os receios e alertas dados pelas pessoas e entidades que alertavam para os potenciais abusos da reforma europeia dos direitos de autor, eis que se começam a atropelar alguns dos direitos de utilização legítima, como a utilização de imagens nos chamados "memes". Essa era uma das utilizações que os proponentes tinham assegurado que não seria afectada e que se enquadraria dentro das excepções... mas eis que a realidade demonstra o contrário.

Na Alemanha avança a proposta para se limitar os memes a uma dimensão de 128 x 128 pixeis, sendo que a utilização de imagens maiores obrigaria a um pedido de licenciamento e pagamento de direitos. E no caso de vídeos pretende aplicar-se um limite máximo de 3 segundos de duração.


Para se ter uma ideia da desproporcionalidade deste limite, até o icons das apps no Windows 10 permitem tamanho de 256 x 256 pixeis; sendo os 128 x 128 pixeis um limite que impossibilita a criação de qualquer meme com resolução suficiente para ser perceptível.

Ainda assim, importará não nos deixarmos atrair para uma discussão onde se esteja a tentar lutar por mais ou menos pixeis. É irrelevante que o limite seja de 128x128 pixeis ou 512x512 pixeis. O que importa consagrar é o direito à utilização de imagens sem o pagamento de direitos de autor para determinados fins, tais como a educação e a utilização satírica (onde se enquadram os memes), independentemente dos pixeis utilizados.

Fechadura inteligente Alfred ML2 usa energia wireless Wi-Charge

17-01-2020 | 13:49 | A Minha Alegre Casinha


Com a nova Alfred ML2 com Wi-Charge, as fechaduras electrónicas poderão dispensar cabos e baterias, recorrendo a energia wireless de longa distância para funcionar.

Até ao momento a utilização de uma fechadura electrónica tem sido sinónimo de estar dependente do carregamento regular das suas baterias, ou da necessidade de lhe fazer chegar um cabo com instalação potencialmente complicada. Mas para a nova Alfred ML2 isso poderá tornar-se numa coisa do passado.

A Alfred ML2 é uma fechadura electrónica que pode ser alimentada de forma remota pelo sistema da Wi-Charge. Não é a primeira vez que a Wi-Charge mostra exemplos de utilização da sua tecnologia com fechaduras (na verdade já o tinha feito no MWC 2018 e 2019 com outra marca), prometendo a capacidade de fazer chegar vários watts a "longa distância" - sem no entanto referir exactamente que distância, nem qual o grau de eficiência da transmissão de energia.

Seja como for, considerando o custo de $699 desta fechadura, ao qual se terá que somar mais $180 pelo carregador da Wi-Charge, parece-me que ainda se passarão mais alguns anos até que a electricidade wireless se comece a tornar atractiva para o público. (E espero que não se esqueçam de considerar a possibilidade de um vizinho eventualmente poder começar a carregar aparelhos usando um carregador wireless alheio na sala ao lado...)

UE quer impor USB-C nos smartphones

17-01-2020 | 12:00 | Aberto até de Madrugada


A UE vai voltar à carga com nova tentativa para impor a utilização de uma ficha USB-C standard em todos os smartphones, para reduzir milhares de toneladas anuais do lixo electrónico dos carregadores.

No passado a UE já tentou obrigar a utilizar portas USB para os carregadores, mas isso acabou por ser feito apenas do lado do carregador, não evitando que modelos como os iPhones continuassem a utilizar a sua ficha lightning proprietária. É por isso de imaginar que esta nova tentativa de obrigar a utilizar USB-C pudesse acabar por ter o mesmo efeito - significando que os fabricantes apostariam em carregadores com ficha USB-C, mas sem que isso pudesse excluir cabos com uma ficha diferente na outra ponta.

Mesmo que assim fosse, a transição para o USB-C seria bem vinda, e ajudaria seguramente a acelerar a sua adopção, que tem vindo a acontecer lentamente ao longo dos últimos anos.

No entanto, seria também necessário obrigar que os fabricantes não só utilizassem carregadores USB-C, mas que também o fizessem devidamente. Já vimos no passado cabos e carregadores que não seguiam devidamente as normas e podiam acabar por destruir equipamentos (e até mesmo quando eram cabos de fabricantes bem cotados). É certo que já passou bastante tempo desde então e as coisas estão mais normalizadas nesse aspecto, mas espero que esse pormenor não fique "esquecido"...