PlanetGeek

Notícias do dia

08-07-2020 | 15:30 | Aberto até de Madrugada

Renovações de matrículas passam a ser automáticas graças a "ataque de hackers"; OnePlus corrige modo Photochrom desactivando a câmara "color filter"; Amazon Prime Video ganha perfis individuais para 6 pessoas; automações no iPhone passam a ser verdadeiramente automáticas no iOS 14; nas promoções temos um carregador Baseus 65W USB-C GaN por €37; Mmhmm quer ser o estúdio virtual para streaming de vídeo; e estudo alemão revela que segurança dos routers deixa bastante a desejar.

Antes de passarmos às notícias do dia, participa no passatempo gadget da semana que desta vez te dá a possibilidade de ganhares um carregador BlitzWolf BW-S5.

Balões do Google Loon iniciam serviço comercial no Quénia



Aquilo que parecia um projecto maluco, de distribuir internet e comunicações via balões, está agora a ser posto em uso como serviço comercial regular no Quénia, expandindo a rede 4G por uma vasta área que de outra forma não teria cobertura.

Até ao momento o serviço do Projecto Loon tinha-se mantido apenas em fase experimental e usado como serviço de emergência em áreas afectadas por catástrofes. Agora, o serviço entra em operação como serviço regular e permanente no Quénia, abrangendo uma área de mais de 80 mil quilómetros quadrados, em cooperação com a Telkom Kenya, a terceira maior operadora nacional. Um projecto que seguramente será seguido atentamente pelos demais operadores e também por outros países interessados em implementar uma rede de comunicações sem necessidade de uma dispendiosa infraestrutura terrestre.


Samsung Galaxy Unpacked a 5 de Agosto



A Samsung continua a apostar no mês de Agosto para fazer as apresentações dos modelos para a segunda metade do ano, e desta vez teremos um evento Galaxy Unpacked a 5 de Agosto.

É esperado que neste evento a Samsung apresente modelos como o Galaxy Note 20, os novos dobráveis Galaxy Z Flip e Galaxy Z Fold 2, o tablet Galaxy Tab S7, e ainda o smartwatch Galaxy Watch 3 e os seus earphones Bluetooth Galaxy Buds Live.


Clientes Monese em Portugal com gestão conjunta com PayPal


A partir de agora os clientes Monese em Portugal poderão utilizar o serviço em conjunto com o PayPal para fazer pagamentos e gerir ainda melhor as suas finanças pessoais – tudo isto dentro de uma única aplicação móvel. As novas funcionalidades tornarão mais simples a gestão de dinheiro na sua conta PayPal, incluindo utilizar a Monese na sua carteira digital PayPal para fazer pagamentos online, no telemóvel e na aplicação.

Em sentido inverso, também será possível gerir o dinheiro da conta PayPal na app da Monese, bem como visualizar o seu saldo PayPal e o histórico de transacções de 90 dias. Estas características, actualmente disponíveis para titulares de contas pessoais Monese em 11 países na Europa, foram concebidas para dar aos clientes uma experiência de utilizador mais integrada que proporciona um maior acesso à economia global.


Mega-aposta do Quibi torna-se em mega-fiasco



O serviço de streaming de vídeos Quibi, criado por alguns dos maiores nomes de Hollywood (Jeffrey Katzenberg e Meg Whitman), e que prometia revolucionar os conteúdos vídeo nos smartphones, com produções de luxo e um inovador formato duplo pensado para ser visto tanto em modo horizontal como vertical, está agora prestes a tornar-se no maior fiasco do ano.

Sem modalidade gratuita (as opções limitam-se a pagar para ver o serviço com publicidade, ou pagar ainda mais para se livrarem da publicidade), sem possibilidade de ser visto fora do smartphone (algo que entretanto já mudaram, desde que viram que a adesão não estava a ser como imaginavam), e tentando competir pela atenção de um público que não tem falta de oferta de serviços de streaming, o Quibi está a descobrir que as suas intenções não são compatíveis com a realidade - e a isto soma-se o "apocalipse" de ter muitos dos seus supostos clientes a chegarem ao fim do período experimental gratuito e sem qualquer intenção de continuarem com ele.


Curtas do dia


Resumo da madrugada

AnTuTu com sinal vermelho por parte da Google

08-07-2020 | 15:21 | Apps do Android


A Google decidiu reforçar o seu desgosto pelo AnTuTu, agora passando a sinalizá-lo como malware, tanto no browser como durante a tentativa de instalação em Android.


O AnTuTu foi removido da Play Store em Março deste ano, devido a ter sido comprado pela empresa Cheetah Mobile, que é conhecida por comprar apps populares para de seguida lançar actualizações com publicidade abusiva e com recolha de dados excessiva, parecendo fazer tudo ao seu alcance para "espremer" o máximo de rendimento possível dos seus utilizadores. E agora, em vez de se assistir a um possível entendimento entre as partes, assiste-se precisamente ao oposto: a Google passou a classificar o AnTuTu como malware.


Desde a sua remoção da Play Store que o site do AnTuTu tem direccionado os utilizadores para a instalação directa via APK - uma prática que deixa os utilizadores em ainda maior risco, já que deixa de estar sujeito ao controlo da Play Store. Agora, quando se visita a página para o download desse APK, o Chrome passa a exibir o aviso de conteúdos maliciosos; e quem ainda assim prosseguir e tentar instalar o APK será novamente confrontado com um ecrã do Play Protect a bloquear a instalação e a alertar para a app maliciosa.

Os utilizadores continuam a ter a possibilidade de ignorar todos estes alertas e instalarem o AnTuTu nos seus smartphones, mas com tantos alertas, começará a ser difícil aos utilizadores darem qualquer benefício da dúvida a esta app de benchmark.

Mmhmm quer ser o estúdio virtual para o streaming de vídeo

08-07-2020 | 14:30 | Aberto até de Madrugada


Com a proliferação das videoconferências e eventos por vídeo potenciados pelo Covid-19, chega o mmhmm para transformar qualquer utilizador num mestre da realização e edição de sessões de streaming em directo.

Fazer uma sessão de streaming em vídeo é algo que qualquer pessoa consegue fazer enquanto se limitar a mostrar o seu rosto, ou eventualmente uma outra janela de uma app. Mas as coisas ficam-se por aí.  É precisamente isso que este mmhmm que revolucionar, facilitando o acesso a ferramentas que permitem fazer a edição fácil do stream em directo.

O mmhmm funciona como câmara virtual, o que lhe permite funcionar com serviços de streaming como o Zoom, Google Meet, YouTube, e outros. O utilizador é colocado num "estúdio digital", onde pode fazer o tipo de coisas que habitualmente vemos em noticiários, como apresentar imagens ou vídeos numa janela atrás de si, mas que a qualquer momento podem passar a ocupar o ecrã completamente, com o "apresentador" a poder ficar transparente, redimensionado, ou ser movido facilmente para qualquer parte do ecrã.

Outro dos aspectos que poderá conquistar fãs é a possibilidade de fazer apresentações de formas colaborativas com mais pessoas, ideal para apresentações em grupo.

Por enquanto está em fase beta, mas a ideia é o serviço adoptar o modelo freemium, ficando disponível gratuitamente com acesso a algumas funcionalidades básicas, mas sendo necessário pagar pelo acesso às funcionalidades mais avançadas.

OnePlus corrige modo Photochrom desactivando a câmara "color filter"

08-07-2020 | 13:00 | Aberto até de Madrugada


A OnePlus optou por evitar a polémica associada ao modo Photochrom que usava a câmara sem filtro IR e lhe dava uma "raios-x" capaz de ver através de vários tipos de materiais, desactivando o acesso à câmara.

Com a actualização do OxygenOS 10.5.10, a OnePlus "corrige" o efeito Photochrom que dava acesso à câmara "color filter" - na verdade uma câmara que não usava o habitual filtro de corte dos comprimentos de onda IR. O resultado era uma câmara com maior sensibilidade, e que permitia ver parte do espectro IR, dando-lhe a tal capacidade de visão de raios-X parcial. Era uma mera curiosidade, mas que a OnePlus decidiu encerrar. Com esta actualização o efeito Photochrom no OnePlus 8 Pro passa a ser apenas um efeito colorido aplicado à câmara principal, fazendo com que a câmara IR deixe de estar acessível directamente pelos utilizadores.

OxygenOS 10.5.10 is rolling out now for the OnePlus 8 Pro in Europe, and it may have brought the "see-through color filter camera" saga to an end.

For context, https://t.co/beVN0htJPz which later resulted in https://t.co/XYA6ONfM0s
— Mishaal Rahman (@MishaalRahman) July 7, 2020


É uma opção infeliz, que faz com que o OnePlus 8 Pro tenha uma câmara ao qual os utilizadores não têm acesso. Faltará ver se surgirá alguma app que consiga recuperar esse acesso, para quem estiver interessado em ver o mundo pelo espectro IR, ou se será algo que ficará limitado apenas a quem optar por entrar nos acessos root ou ROMs alternativas.

Fica também a questão sobre se a OnePlus estará a utilizar a câmara internamente para auxiliar no processamento da captação de outras fotos, ou se, com esta actualização, efectivamente faz com que o OnePlus 8 Pro tenha uma câmara pelo qual os clientes pagaram mas que não é utilizada para nada!

Notable PHP package: Laravel Routes to Postman Collection Generator

08-07-2020 | 12:54 | Manuel Lemos

By Manuel Lemos
Some APIs are implemented in PHP using the Laravel framework. Usually they use Router objects to execute the code that is meant to implement each API call.

It can use the Router objects provided to implement a Web application or an API using Laravel to extract JSON configuration for using with the Postman application.

Read this article to learn more details about how this notable PHP package works.

Automações no iOS 14 passam a ser automáticas

08-07-2020 | 11:00 | Aberto até de Madrugada


As automações do iOS feitas através do Shortcuts vão finalmente permitir tirar partido do seu potencial com a chegada do iOS 14, que permite que essas automações sejam efectivamente automáticas.

O Shortcuts do iOS é um poderoso sistema de automação que permite desempenhar inúmeras funções - podendo ser considerado como um Tasker, mas integrado oficialmente no sistema, e com interface mais fácil de utilizar. O tipo de coisas que é possível fazer é apenas limitado pela imaginação, havendo toda uma série de acções disponíveis na internet para lidar com todo o tipo de situações. Como exemplo básico, criei uma rotina que permite aplicar um watermark nas fotos que eu seleccionar; mas podem fazer coisas como, enviar mensagens automaticamente quando chegam a determinado local, ou lançar apps quando se ligam a um dispositivo Bluetooth, ou muito, muito mais.

O problema é que, tirando umas raras excepções, todas estas automações ficavam dependentes de uma confirmação manual que, em grande parte, destruía por completo o propósito da dita automação. Por exemplo, tinha uma automação para abrir o Waze automaticamente assim que o iPhone se ligasse ao Bluetooth do carro - no entanto, o que acontecia era apresentar uma notificação a perguntar se eu queria efectivamente abrir o Waze; e o acto de o fazer acaba por ser idêntico ao de lançar o Waze manualmente. Mas, é algo que ficará resolvido com o iOS 14.

No iOS 14 as automações dos shortcuts poderão ser feitas automaticamente sem necessidade de confirmação manual.

Além disso, teremos seis novas origens para as acções: emails, mensagens, fecho de apps, quando se vai para a cama, nível de bateria e quando se liga / desliga do carregador. Uma ampla gama de acções que virá aumentar de forma exponencial as possibilidades das automações via shortcuts.

Gmail para iPad ganha multitasking Split View

08-07-2020 | 10:00 | Aberto até de Madrugada

O universo iOS/iPadOS é conhecido por ter maior número número de apps adaptadas para funcionarem devidamente em tablets (iPads) mas há apps que demoraram a fazê-lo na totalidade: como é o caso do Gmail que só agora passou a suportar o modo Split View de multitasking.

Há muito que o Gmail no iPad tira partido da maior área de ecrã e apresenta os emails e conteúdos de forma mais produtiva do que nos iPhones. No entanto, era uma das apps que teimosamente continuava sem acesso ao modo Split View, que permite colocar duas apps lado a lado - coisa que finalmente passa a ser possível com a mais recente versão do Gmail para iPad.

Com o suporte para Split View no Gmail, os utilizadores podem fazer coisas como colocar o Google Calendar numa coluna ao lado do Gmail para mais fácil gerirem o seu calendário; ou o Google Photos, para arrastarem fotos para os emails; ou outras apps que queiram manter à distância de um toque.

Dito isto, ainda estou com curiosidade para ver se no iOS 14 a Apple vai ajustar a forma de aceder aos múltiplos modos de multitasking no iPad, e que não são propriamente fáceis de utilizar especialmente no caso de apps que permitem ter a mesma app lado a lado com ela própria, e que sempre que se quer fazer (ou remover) obriga a uma pesquisa no Google para nos lembrarmos como é. :P

Prime Video ganha perfis individuais para 6 pessoas

08-07-2020 | 09:00 | Aberto até de Madrugada


A Amazon parece ter começado a prestar atenção ao seu serviço de streaming Prime Video, que passa a contar com uma app renovada e o suporte para perfis individuais de até 6 pessoas.

Ignorando-se o facto do Amazon Prime Video Espanha ter alguns filmes e séries que só estão disponíveis em versão dobrada (porquê!?!), a app Prime Video nas smart TVs era absolutamente sofrível e absurda em termos de utilização. Infelizmente, o artigo que estava a preparar a descrever as suas muitas incongruências fica agora sem efeito, pois temos uma app nova que, não sendo perfeita, é imensamente melhor que a anterior: ao menos já podemos carregar no botão do cursor direito no comando para avançar rapidamente, em vez de isso ser feito em estilo VCR (passando para o botão do fast forward, que depois tínhamos que pressionar, para depois voltar ao botão de reprodução, para voltar a pressionar)!

E agora parece ficar resolvido também outras das coisas absurdas: que era disponibilizar um serviço que pode ser utilizado por múltiplas pessoas, mas sem que houvesse separação de contas. Ou seja, se algum membro da família estivesse a ver a mesma série que nós mas de forma desfasada, podiam dizer adeus à sincronização do episódio em que estavam. O serviço vai permitir criar até 6 perfis de utilizador diferentes; mas infelizmente parece que isso vai ser feito através dos grupos familiares da Amazon - o que poderá complicar a vida a quem estiver a partilhar o serviço com amigos (que não queira associar à sua conta Amazon). Actualização: Afinal não, quem tiver partilha de conta Amazon é que poderá ter os perfis automaticamente criados, mas podemos criá-los de forma independente.

É também possível criar perfil para crianças, e nesse caso apresentar apenas conteúdos adequados para elas. E agora... quanto mais tempo será preciso esperar para que a HBO Portugal também implemente perfis? ;P

Nota: Não se esqueçam que será mais produtivo aderir ao Amazon Prime genérico e ter acesso ao Prime Video, do que só pelo Prime Video!

Devolo Magic 2 WiFi next já estão disponíveis no mercado nacional

08-07-2020 | 08:32 | Apps do Android


Os Devolo Magic 2 WiFi next são os mais recentes adaptadores powerline a chegar ao nosso país, com a marca a destacar a velocidade de transmissão e uma experiência WiFi melhorada.



devolo, especialista alemã em redes, lançou hoje no mercado português o novo adaptador para redes domésticas Magic 2 WiFi next, o qual representa a melhor combinação possível de inovadoras funcionalidades Mesh WiFi com tecnologia Powerline (PLC).
A mais recente versão da norma G.hn, permite velocidades de transmissão de até 2.400 Mbps, tornando a série Magic 2 nos adaptadores Powerline mais rápidos do mercado. E, além disso, o devolo Magic 2 WiFi next suporta agora “MIMO multiutilizador” e melhora o desempenho WiFi graças à funcionalidade “access point steering”.
Os tópicos deste press release:
· devolo Magic: A referência em rede doméstica
· Novo: MIMO multiutilizador
· Mesh WiFi melhorado
· Seguro e fiável: WPA3
· Plug & play com emparelhamento automático
· Operação fácil através de app e software
· Preços e disponibilidade

devolo Magic: A referência em rede doméstica
Com o novo Magic 2 WiFi next, a devolo está constantemente a evoluir a sua aclamada série Magic. “Um grande número de análises de produto comprova a posição da gama devolo Magic como referência na área da rede doméstica”, diz Heiko Harbers, CEO da devolo AG. “A mais recente geração G.hn torna o Powerline mais poderoso do que nunca – o sinal de Internet não é bloqueado por paredes e tetos. Combinado com as funcionalidades WiFi melhoradas do Magic 2 WiFi next, o resultado é a melhor experiência de utilizador possível em toda a casa.”

Os adaptadores devolo Magic 2 oferecem um alcance até 500 metros através da rede elétrica, transformando qualquer tomada num ponto de acesso de alta velocidade. Assim, os produtos devolo Magic 2 são não só os adaptadores Powerline mais rápidos atualmente disponíveis, como também os que têm maior alcance.

Novo: MIMO multiutilizador
O novo MIMO multiutilizador (MU-MIMO) garante desempenho WiFi ainda melhor com o novo devolo Magic 2 WiFi next. A tecnologia torna possível fornecer a múltiplos dispositivos a melhor capacidade de transmissão simultaneamente. Por exemplo, quando as novas séries em 4K ou o novo documentário a 8K estão a ser transmitidos na sala, os mais novos estão a jogar online num tablet e uma videochamada está a ser feita no escritório, o MU-MIMO controla os fluxos de dados WiFi eficientemente num processo totalmente automatizado.

Mesh WiFi melhorado
Como nova funcionalidade Mesh, o devolo Magic 2 WiFi está também equipado com a funcionalidade “access point steering”: o equipamento terminal é agora ligado ao ponto de acesso WiFi mais forte na sua proximidade, para que o seu smartphone, tablet ou outro dispositivo móvel obtenha sempre a velocidade mais rápida, mesmo quando o utilizador está a andar pela casa. As funcionalidades Mesh WiFi do novo devolo Magic 2 WiFi next são complementadas por funções adicionais como “fast roaming”, “band steering”, “airtime fairness” e “config sync” (SSID único), que já são usadas em todos os adaptadores Magic WiFi.

O “fast roaming” (“client steering”) garante uma ligação rápida dos clientes ao ponto de acesso WiFi mais forte, mas a ativação é feita pelo utilizador. O “band steering”, integrado nos adaptadores WiFi Magic 2, assegura que todos os clientes WiFi são automaticamente ligados à melhor banda de frequência possível. Em vez da frequentemente congestionada banda dos 2,4 GHz, os clientes transmitem na banda dos 5 GHz – sem que o utilizador tenha de fazer nada. Graças à função “airtime fairness”, os clientes mais rápidos obtêm mais disponibilidade (tempo de ligação ao ponto de acesso WiFi) e já não são abrandados por clientes mais antigos e lentos. O “config sync” permite que os dados de configuração WiFi sejam sincronizados entre todos os pontos de acesso Magic.

Seguro e fiável: WPA3
Graças ao WPA3, o WiFi estabelecido por dispositivos devolo é extremamente seguro. A norma de segurança atual da WiFi Alliance é baseada no protocolo WPA2 e com encriptação de 128 bits melhorada, oferece proteção robusta contra acessos indesejados. Ao mesmo tempo, torna mais fácil a ligação de novos dispositivos à rede doméstica. Isto também requer que os clientes WiFi também suportem encriptação WPA3. A proteção WPA2 continua a estar disponível para todos os outros clientes, e um modo misto que combina WPA3 com WPA3 também é possível.

Instalar os adaptadores devolo Magic 2 WiFi next é extremamente fácil: liga-se um adaptador ao router através de um cabo Ethernet; liga-se o segundo adaptador no espaço de dois minutos – e ambos os adaptadores ficam emparelhados automaticamente sem sequer ser preciso carregar num botão. Neste processo, eles trocam um ID de segurança individualizado para que a ligação de dados sobre a rede elétrica fique protegida. Para além disso, os utilizadores podem ser guiados passo a passo pela configuração da rede doméstica devolo através do utilitário de instalação.

Operação fácil através de app e software
A rede pode também ser intuitivamente controlada usando a app devolo Home Network. Mesmo que sejam necessários adaptadores adicionais ou se contas para convidados e controlos parentais precisam de ser configurados, tudo isto pode ser feito em segundos e sem qualquer conhecimento técnico.
devolo está continuamente a desenvolver a app Home Network e a adicionar novas funcionalidades em atualizações gratuitas. O software devolo Cockpit para PC e Mac, bem como a interface web, mantêm-se também disponíveis.

Preços e disponibilidade
O novo devolo Magic 2 WiFi next já está disponível no mercado português:
  • Starter Kit inclui dois adaptadores com o preço de 199,90 euros (IVA incluído) e cobre um espaço até cerca de 90 m²;
  • Multiroom Kit, para cobrir diretamente espaços maiores até cerca de 180 m2, vem com três adaptadores e custa 299,90 euros (IVA incluído);
  • Para expandir uma rede Magic existente, os adaptadores Magic 2 WiFi next também estão disponíveis individualmente ao preço de 129,90 euros (IVA incluído).

devolo oferece uma garantia do fabricante de três anos em todos os produtos.


Mais informaçõeshttps://www.devolo.pt/

OnePlus Nord chega a 21 de Julho com evento em Realidade Aumentada

08-07-2020 | 08:00 | Aberto até de Madrugada


A OnePlus vai apresentar oficialmente o seu OnePlus Nord "económico" a 21 de Julho, num evento que poderá ser acompanhado em realidade aumentada.

Não se percebe muito bem o que a OnePlus quer dizer com um evento em realidade aumentada, mas deverá ser uma ideia que surgiu no seguimento de outro evento anterior que eles já fizeram em realidade virtual. Por agora a marca está a convidar os utilizadores a visitarem o site do OnePlus Nord e descarregarem a app de realidade aumentada para Android e iOS, para depois poderem acompanhar o evento no dia 21 de Julho.


Mas entretanto, uma loja online na Roménia parece ter tido um deslize e revelado os detalhes do OnePlus Nord e o seu preço.


Se as informações estiverem correctas (e há alguns detalhes que podem ser meros vestígios de um copy paste de outro artigo com o intuito de serem corrigidos quando a OnePlus oficializar a informação), teremos um smartphone com um Snapdragon 765G, 8GB + 128GB, câmara dupla frontal (a imagem utilizada não coincide com as imagens que têm sido mostradas pela OnePlus), e câmaras traseiras de 64MP + 16MP + 2MP. Quanto ao preço, é indicado um valor de 475 euros, o que é mais em conta que os demais OnePlus, mas está longe de ser um patamar acessível.

... Parece-me que a OnePlus vai precisar de um smartphone "ainda mais" económico para acompanhar este OnePlus Nord que deveria ser económico.

Poco M2 Pro chega com bateria de 5000mAh

08-07-2020 | 07:00 | Aberto até de Madrugada

A Poco já revelou o seu modelo M2 Pro mais económico que, como se esperava, é uma versão baseada no Xiomi Redmi Note 9 Pro.

A Poco é mais uma das marcas que não tem conseguido manter-se imune ao aumento dos preços dos seus smartphones, parecendo esquecer-se do elemento principal que lhe deu a fama (quando lançou o seu primeiro smartphone, com hardware topo de gama a um preço de gama média económica). Com o mais recente F2 Pro a ir para perto dos 500 euros surge a necessidade de lançar modelos a preços mais acessíveis, e é esse o objectivo deste novo M2 Pro.

O Poco M2 Pro vem com um ecrã LCD FHD+ de 6.67", Snapdragon 720G, 4 / 6 GB de RAM, 64 / 128 GB + microSD, câmara frontal de 15MP em furo no ecrã, quad-câmara traseira com 48MP + 8 MP ultrawide + 5MP macro + 2MP depth, sensor de impressões digitais lateral no botão de power, e uma generosa bateria de 5000mAh com carregador rápido de 33W incluído.

Na Índia, o Poco M2 Pro de 4GB+64GB custará 165 euros, enquanto que a versão com 6GB+64GB ficará por 177 euros, e a de 6GB+128GB irá para os 200 euros. Vai ficar disponível em preto, verde e azul.

Estudo revela que segurança dos routers deixa bastante a desejar

07-07-2020 | 20:00 | Aberto até de Madrugada


Estudo revela que muitos routers populares são inseguros, sendo também comuns a falta de actualizações ou actualizações que não corrigem as falhas de segurança já conhecidas.

O Fraunhofer Institute for Communication, Information Processing and Ergonomics (FKIE) fez um estudo detalhado sobre mais de uma centena de routers de diversas marcas (ASUS, Netgear, D-Link, Linksys, TP-Link, Zyxel, etc.) e os resultados não são nada animadores.

Muitos dos routers contêm centenas(!) de vulnerabilidades conhecidas, sendo que 46 deles não tinham recebido uma única actualização de segurança nos últimos 12 meses - e alguns deles não recebendo qualquer actualização há mais de 5 anos! Mas não que a existência de actualizações dê, por si só, qualquer garantia de segurança. Muitos fabricantes disponibilizam actualizações, mas sem que sejam feitas as correcções dos problemas já conhecidos.

Também indicador do quanto os fabricantes precisam levar a questão da segurança a sério, de raiz, é o facto de apenas um único vendedor - o AVM alemão - não divulgar qualquer chave criptográfica privada no firmware do router. No extremo oposto, modelos como o Netgear R6800 contêm 13 chaves privadas acessíveis a quem lá quiser ir espreitar. Muitos continuam também a usar passwords fáceis de descobrir, ou credenciais de acesso fixas que os utilizadores nem sequer podem alterar.

Os routers podem ser considerados as "portas de segurança" que protegem a nossa rede internet do mundo exterior: quer através de tudo o que lhe possa chegar a partir da internet, quer através das tentativas de intrusão via WiFi. É por isso um dos equipamentos em que mais são necessárias actualizações regulares e frequentes que eliminem as vulnerabilidades que forem sendo descobertas.

Da próxima vez que estiverem a pensar comprar um router, será conveniente ter em atenção essa questão das actualizações... pois manter um router vulnerável e desactualizado acaba por ser o equivalente a deixar a porta de casa aberta para que qualquer pessoa lá possa entrar.

Renovações de matrículas automáticas - graças a ataque de hackers

07-07-2020 | 17:30 | Aberto até de Madrugada


Depois de muitos dias de desespero, os pais portugueses que tentavam em vão matricular os seus filhos no próximo ano lectivo num portal online permanentemente encravado, podem agradecer aos hackers por terem forçado que fosse feito aquilo que deveria ter sido feito de início: as renovações automáticas das matrículas.

Tentar aceder ao portal de matrículas escolares e proceder à renovação da matrícula dos alunos revelava-se uma autêntica missão impossível, com o site a estar frequentemente inacessível, ou apresentando erros estranhos que não permitiam avançar com o processo. Alguns pais chegaram até a colocar o despertador para as 2h ou 3h da manhã, com a esperança de que por essa altura, conseguirem aceder a um portal menos congestionado e que lhes permitisse matricular os seus filhos.

Mas afinal, para descanso dos que ainda não o tinham conseguido fazer, e para desvalorização do esforço inglório dos que já tinham conseguido, o Ministério da Educação anuncia que as renovações das matrículas passam a ser feitas de forma automática, com excepção dos inícios de ciclo (5.º, 7.º e 10.º anos) e transferências de estabelecimento de ensino.

É pena que tenha sido necessária a frustração de milhões de encarregados de educação ao longo de dias, e a ajuda de "ataques informáticos" para que o Ministério da Educação tenha subitamente descoberto o bom senso de fazer as coisas da forma que deveriam ter sido feitas. Mas pronto, mais vale tarde do que nunca, e agora só resta esperar que este bom senso de aplicar renovações de matrículas automáticas e só lidar com os casos em que há alterações, se alastre a todas as demais entidades em que, ano após ano, continuam a fazer desesperar os utentes com esse tarefa completamente desnecessária e absurda de perder horas / dias só para dizer que querem manter tudo na mesma.

Carregador Baseus 65W USB-C GaN a €37

07-07-2020 | 16:30 | Aberto até de Madrugada

Ideal para todos os que precisam de maior potência do que a habitualmente disponibilizada pelos carregadores compactos, este Baseus com tecnologia GaN disponibiliza 2 portas USB-C + 1 porta USB-A e até 65 W.

Os carregadores com tecnologia GaN vieram permitir que os fabricantes criassem carregadores compactos com capacidade de fornecer potências que anteriormente só seria possíveis usando fontes de alimentação mais volumosas (os tradicionais "tijolos"). E este carregador da Baseus é disso exemplo. Parecendo-se com um carregador compacto mais prolongado, pode fornecer até 65W na sua porta USB-C principal, e até 30W nas portas restantes USB-C / USB-A.


Este carregador Baseus 65W USB-C GaN de 3 portas está disponível por 37 euros.

O carregador pode fornecer uma série de relações de energia, que vão dos 3.3-12V a 3Am e ainda 15V a 3A e 20V a 3.25A. Também suporta os protocolos de carregamento FCP/SCP da Huawei, que podem tirar partido dos 4.5V a 5A.

Um carregador indispensável para os fãs dos carregamentos rápidos que queiram ter um carregador que possam levar consigo para qualquer lado.

Notícias do dia

07-07-2020 | 15:30 | Aberto até de Madrugada

Google passa a sinalizar AnTuTu como malware; NOS disponibiliza "box" Apple TV 4K por €4.99 / mês; robot Festo BionicSwift voa como um pássaro; Samsung lança carregador wireless com esterilizador UV; vídeo em VVC H.266 vai ocupar metade do espaço do H.265; iOS 14 vai alertar para passwords fáceis ou que circulem na net.

Antes de passarmos às notícias do dia, participa no passatempo gadget da semana que desta vez te dá a possibilidade de ganhares um carregador BlitzWolf BW-S5.

Jogos PS5 e Xbox Series X vão aumentar para os €80?



A próxima geração de consolas que deverá chegar no final deste ano - com a PS5 da Sony e a Xbox Series X da Microsoft - não vai apenas oferecer aos consumidores jogos com qualidade visual melhorada, mas arrisca-se também a tornar esses mesmos jogos ainda mais caros. Nos EUA, onde o preço dos jogos das consolas actuais se situava nos $59.99, o preço dos jogos da próxima geração irá passar para os $69.99. Ora, se por cá os preços já se situavam nos €69.99, se se mantiver um agravamento idêntico significa que os jogos PS5 / XBX poderão passar a custar €79.99.

São preços que começam a ser complicados de justificar, especialmente tendo em conta que muitos jogos ainda disponibilizam versões "premium", ou incentivam a compra de passes pagos, e que se somam à subscrição de serviços de acesso. Com tudo isto, temo que se começará a tornar cada vez mais comum comprar uma consola e aderir a um serviço tipo Xbox Game Pass, que dá acesso a centenas de jogos pagando-se uma mensalidade... e que no futuro poderá acabar por se tornar na forma preferencial de usar uma consola - fazendo chegar ao fim a era em que se compravam jogos e ficavam nossos (não que isso seja inteiramente verdade; há muito que os jogo começaram a recorrer aos códigos de activação válidos apenas para uma utilização , para impedir que um jogo comprado fosse revendido - pelo que, na verdade, a ideia dos jogos serem "nossos" já acaba por ser uma ilusão; temos apenas "direito" de os jogar.)


Modo escuro chega ao Google Docs, Sheets e Slides para Android



Vagarosamente, a Google lá vai cumprindo a promessa feita o ano passado de fazer chegar o "dark mode" a todas as suas apps principais. Agora é a vez do Google Docs, Sheets e Slides para Android.

As apps utilizarão a definição do sistema, pelo que deverão ficar automaticamente escuras para quem já usa o modo escuro no seu Android, mas também permitirá a activação manual, individualmente para cada app, para quem assim o preferir. Como é costume, o processo de actualização poderá demorar algumas semanas até chegar a todos os utilizadores. (Continuo a não perceber porque a Google não disponibiliza na Play Store uma forma manual de forçar a actualização para aqueles que tivessem pressa em fazê-la!)


Slack ganha calendário personalizado para notificações



A gestão das notificações é algo que se tem tornado cada vez mais complexo (e nem sempre fácil de navegar - ora tentem aventurar-se no mundo das notificações do Facebook e Messenger!) sendo que no caso do Slack até se chega ao ponto de passar a contar com a possibilidade de as ajustar em função dos dias da semana.

O Slack já permitia definir um horário para as notificações, mas agora passa a ser possível definir um horário diferenciado para cada dia da semana - uma opção que será mesmo à medida de todos os que trabalhem em horários menos "comuns".


Telegram promete não ceder dados à China - Signal relembra que não teria nada para ceder


O Signal aproveitou a nova onda de preocupação em Hong Kong após a implementação de leis que dão maiores poderes de vigilância ao governo chinês, respondendo de forma magistral ao anúncio do Telegram que diz que "temporariamente" não irá obedecer a pedidos de informação emitidos pelos tribunais de HK para proteger a privacidade dos seus utilizadores. Enquanto se vai tentando perceber como é que isso funcionaria, o Signal relembra que para além de nunca ter cedido dados, não teria sequer dados que pudesse ceder a quem quer que fosse.

We'd announce that we're stopping too, but we never started turning over user data to HK police. Also, we don't have user data to turn over. https://t.co/BBb8BYmW61
— Signal (@signalapp) July 6, 2020

Actualização: O TikTok também se removeu voluntariamente de HK.


Proibição do TikTok na Índia deixa influencers sem influência



Falando do TikTok, a proibição do TikTok na Índia vem também demonstrar a volatilidade que se pode ter no mundo online. Influenciadores que tinham acumulado 10 milhões de seguidores no TikTok viram-se, de um dia para o outro, sem qualquer aviso, impedidos de aceder à sua app ou comunicar com os seus seguidores - e consequentemente também perdendo os mil a dois mil euros mensais que conseguiam lucrar à conta disso.

Este tipo de situação não é novo; não faltam casos de pessoas que podem ficar bloqueadas das redes que utilizam. A diferença neste caso é que tal não se deveu a nada que tivessem feito (nem a nenhum mal-entendido) mas sim a uma decisão do governo Indiano que fechou a porta a uma série de apps chinesas unicamente por serem chinesas. Isto numa altura em que também os EUA vão considerando fazer o mesmo, e não sendo assim tão descabido que a Europa possa também vir a ser contagiada por sentimentos idênticos...


Curtas do dia


Resumo da madrugada

Huawei prepara nova aposta num smartphone dobrável

07-07-2020 | 15:21 | Apps do Android


Quem não tiver ficado seduzido pelo Huawei Mate X dobrável, que deixava o ecrã continuamente exposto no interior, poderá preferir o Mate V que segue a fórmula do Galaxy Fold, deixando o ecrã dobrado para a parte de dentro.


Os fabricantes ainda estão numa fase em que vão experimentando múltiplos designs de smartphones dobráveis para ver o que é que tem sucesso junto do público, e quem os comprar nesta fase também estará consciente de que está a servir de beta tester, pois tem que lidar com ecrãs plásticos que se riscam com facilidade, mecanismos de dobradiça que ainda deixam a marca da dobra visível, para não falar de ter que lidar com um Android e apps que ainda não estão nada preparadas para tirar o máximo proveito de um equipamento com ecrã transformável.

Mas isso não desanima a Huawei, que para complementar o Mate X prepara o Mate V com o ecrã dobrável em sentido inverso.


Tal como o Galaxy Fold, o Mate V manterá o ecrã dobrado para a parte de dentro, ficando protegido quando estiver fechado, o que poderá ser mais atractivo nesta fase em que ainda não temos ecrãs dobráveis com protecção em vidro ultra-fino mais resistentes aos riscos. Por outro lado, esta opção faz com que seja necessário adicionar complexidade, com mais um ecrã do lado exterior.

... E em cima de tudo isto, há que ter em conta que, sem acesso à Play Store nem apps da Google, a Huawei continuará a ter grandes dificuldades em convencer o público ocidental a optar pelos seus smartphones.

Ar condicionado pessoal da Sony chega ao mercado

07-07-2020 | 14:30 | Aberto até de Madrugada


Ninguém seria criticado por pensar que se este ar-condicionado pessoal Reon Pocket da Sony fosse uma brincadeira de 1 de Abril, mas a verdade é que é mesmo real e já está disponível (no Japão).

O Reon Pocket consiste num pequeno aparelho que fica posicionado na nuca do utilizador (colocado num bolso especial nas t-shirts) e que recorre ao efeito Peltier para extrair o calor e manter o utilizador sempre fresco. A Sony diz que o dispositivo será capaz de refrescar o utilizador em até -5ºC nos dias mais quentes, o que será muito bem vindo para quem tiver que enfrentar temperaturas abrasadoras.

No Japão custa cerca de 107 euros, mas há que ter em conta que a sua autonomia se fica pelas 2-4 horas de utilização, tendo em conta o grau de arrefecimento que for necessário fazer (a temperatura desejada é ajustada através de uma app).


Samsung lança carregador wireless com esterilizador UV

07-07-2020 | 13:00 | Aberto até de Madrugada


A pandemia do Covid-19 obrigou a prestar mais atenção aos cuidados de saúde e higiene no dia a dia, e a Samsung apressa-se a tirar partido disso lançando um carregador wireless para smartphones com esterilizador UV.

A Samsung não é a primeira empresa a lançar um esterilizador UV para smartphones, que tem sido o tipo de produto que se tem multiplicado entre diversos fabricantes de gadgets, mas é uma das primeiras marcas de dimensão mundial a fazê-lo. O carregador wireless de 10W vem integrado numa caixa que conta com iluminação UV na base e tampa superior, para irradiar por completo o smartphone (ou outros produtos que se coloquem lá dentro) e garantir a eliminação de 99% dos germes e bactérias.
A Samsung diz que o sistema suporta smartphones com ecrãs de até 7", ou outros objectos com volume máximo de 196 x 96 x 33 mm, com o processo de esterilização a demorar cerca de 10 minutos com as luzes UV activadas. A partir desse momento as luzes UV desligam-se mas o carregador wireless continuará a funcionar como qualquer outro carregador convencional. (A Samsung não recomenda que se mantenha o UV ligado por mais de 10 minutos para evitar danificar os produtos que se estiverem a esterilizar.)

Na Alemanha este carregador wireless com esterilizador UV da Samsung tem um preço de 58 euros, sendo esse o valor que também deverá ser praticado por cá.

Google faz chegar videoconferências aos seus Smart Displays

07-07-2020 | 12:38 | A Minha Alegre Casinha


As videochamadas são uma das aplicações mais lógicas para os smart displays com Google Assistant, e a Google permite finalmente que se façam videochamadas em grupo no Nest Hub Max e outros smart display, tanto com o Google Meet como com o Duo.

A partir de agora será possível usar smart displays para aceder a videochamadas com até 32 pessoas com o Google Duo (mostrando até 8 pessoas em simultâneo) e podendo tirar partido da funcionalidade de enquadramento automático do Nest Hub Max, que permite manter a imagem centrada no rosto do utilizador mesmo que se esteja a mover pela sala.

No caso do Google Meet, é possível participar em videoconferências com até 100 participantes, através da inserção do código da chamada, ou através de eventos no calendário - mas neste caso, sem a funcionalidade de auto-enquadramento.

As videoconferências no Google Meet ficam também por agora limitadas apenas ao Nest Hub Max, enquanto que o Duo fica disponível também para outros Smart Displays com Google Assistant, como os da Lenovo, JBL Link View, e LG Xboom WK9.

O medo é um lugar estranho

07-07-2020 | 12:19 | Gonçalo Sá

Fear_of_Men_Mikael_Johansson.jpg

Do primeiro para o segundo álbum ("Loom", de 2014, e "Fall Forever", de 2016, respectivamente), os FEAR OF MEN foram abandondando a indie pop de travo twee que marcou a sua fase inicial (registada na compilação "Early Fragments", em 2013) ao optarem por ambientes mais densos e soturnos. E parece ser por aí que querem ir avançando até um eventual terceiro longa-duração, já que o novo single (e o primeiro novo tema em quatro anos) vem acentuar a carga gótica da dupla britânica.

"INTO STRANGENESS" deixa para trás de vez as heranças de uns Smiths, Sundays ou Camera Obscura enquanto condensa experiências de um período conturbado para Jessica Weiss, vocalista e mentora do projecto. A mudança de rumo mostra o duo de Brighton mais assombrado e enigmático do que nunca através de uma conjugação intrigante de cordas, sintetizadores, percussão e sopros embalada por um videoclip gravado em isolamento - com fotografia a preto e branco e atmosfera sinistra q.b..

|