Planet Geek

8 de Fevereiro, 2016

Resumo da semana

07-02-2016 | 23:55 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



A semana fica obrigatoriamente marcada pela chegada do Honor 5X à Europa, um smartphone que tem um conjunto de características que facilmente se enquadram na gama média-baixa.
Este é um segmento onde há cada vez mais concorrência e a Huawei procura através deste Honor 5X colocar no mercado um equipamento altamente competitivo, com um preço de 220€.
Neste momento têm um desconto de 20€ na loja online, pelo que podem adquirir o Honor 5X por apenas 200€.

Fiquem com o nosso resumo da semana.


Sandstorm: Pirate Wars


A maior parte dos jogadores até já se poderia ter esquecido deste Sandstorm: Pirate Wars da Ubisoft.

O jogo foi lançado há quase um ano, mas só em Espanha(!), e só agora é que a Ubisoft decidiu disponibilizá-lo para o resto do mundo.

Mesmo com todo este tempo de atraso, o jogo não deixa de ser bastante cativante, com naves que flutuam sobre um cenário pós apocalíptico devastado pela guerra, e que teremos que ir melhorando continuamente se quisermos ter esperanças em sobreviver.

Os gráficos 3D têm um aspecto bastante interessante e são um dos factores que contribuem para o interesse das batalhas multijogador em tempo real, em que poderão utilizar as mais de 100 armas com que é possível equipar a vossa nave.

O jogo é gratuito mas só pode ser jogado se estiverem online e recomenda-se que o download dos quase 150MB seja feito através de uma ligação WiFi.



Browser da Samsung já bloqueia os anúncios


No mundo da internet, é usual sermos bombardeados com anúncios e janelas a aparecer como se de pipocas se tratassem. Os utilizadores menos pacientes acabam por recorrer a programas que permitem o bloqueio destes anúncios invasivos.
No mundo móvel, o bloqueio dos anúncios também é possível, mas a forma de o conseguir nem sempre é a mais simples. A Asus já tinha optado por esta opção e a Samsung agora segue o mesmo caminho.

Os equipamentos que estão a receber a actualização para o Android 6.0 Marshmallow já têm incluído no browser da Samsung que suporta plugins destinados a bloquear os anúncios. é expectável que esta funcionalidade também aos equipamentos a correr o Android Lollipop.

Para já, os interessados podem utilizar uma de duas opções disponíveis no Google Play para esse efeito.


Os resultados parecem não deixar margem para dúvidas.
Será esta uma boa razão para trocar o Chrome pelo browser da Samsung?



Os guias do Lonely Planet chegaram ao Android

Há mais de quatro décadas que os guias da Lonely Planet se tornaram num companheiro indispensável para todos aqueles que gostam de viajar e conhecer novas cidades.

Agora, finalmente, os guias da Lonely Planet chegaram ao Android e com eles a possibilidade de descobrir novas cidades agarrados ao smartphone, sem necessidade de carregar livros.


Nesta fase de lançamento da app estão apenas disponíveis os guias para pouco mais de 40 cidades de todo o mundo, entre as quais se incluem Berlin, Chicago, Dubai, Rio de Janeiro ou Singapura (não existe nenhuma cidade portuguesa nesta versão inicial do guia, pelo que por agora não será de grande utilidade para os turistas que queiram explorar o nosso país).

A app possibilita o download das informações acerca de cada uma das cidades, o que apresenta a vantagem de ser possível utilizar e consultar o guia sem gastar dados em roaming, o que pode representar elevados custos para quem viaja.

Uma das funcionalidades destes guias mobile é visualizar no mapa a localização de diversos pontos de interesse, catalogados em categorias como "ver", "comer", "dormir", "compras", "beber" e "espectáculos".

São também disponibilizadas informações relevantes separadas em áreas como "destaques", "praças citadinas", "arquitectura", "galerias de arte", "cozinha (tradicional e moderna)" e "espaços verdes".

Todas estas informações são disponibilizadas de forma completamente gratuita.



Thomas Was Alone - um jogo que não devem deixar escapar

Este jogo está em promoção no Google Play. Se gostam de um bom jogo de plataformas não deixem de o adquirir, pois está a apenas uns meros 0,10€.

Thomas Was Alone, é um título que desde há muito tinha despertado a minha atenção. Infelizmente, acabou por ir para a wishlist, pois com tanto bom jogo grátis para testar, este teve de esperar por uma melhor oportunidade.

E eis que a mesma tem lugar. A 0,10€ não há justificação para não comprar este magnífico jogo, isto mesmo que não tenham muito tempo para jogar.

Este Thomas Was Alone prima pela simplicidade a todos os níveis e é daqui que surge o seu encanto. Não temos nada para nos distrair. O que aparece no ecrã é fácil de assimilar, os comandos não poderiam ser mais simples ( direita/esquerda e saltar) e os efeitos sonoros e narração contribuem para um ambiente de tranquilidade.

O objectivo em cada um dos 100 níveis também é simples: ir do ponto de partida à chegada, a "andar" ou saltar.

Os níveis iniciais servem para ambientar o jogador. Não se deixem enganar, pois a dificuldade rapidamente aumenta.
Nota-se perfeitamente que quem fez este jogo tem muito background no tema, pois o ponto de salto tem de ser escolhido com critério para que se consiga atingir o local desejado. Se assim não for, rapidamente fica o salto curto ou batemos num obstáculo.

É um jogo para se desfrutar, para se ir jogando. Imperdível para quem gosta de um bom jogo de plataformas.



Promo Codes - aplicações grátis à distância de um click

Nada como uma boa oportunidade para ganhar uma aplicação sem que para isso tenham de gastar dinheiro.

É precisamente isso que o Promo Codes se propõe a fazer , tirando partido de uma das mais recentes funcionalidades que a Google disponibilizou no Google Play, os códigos promocionais.


Para se habilitarem a uma app grátis, basta que diariamente abram a aplicação. Ao carregarem no botão "sinto-me com sorte", são levados para uma nova página onde ficam a saber se tiverem sorte, ou não...

Outra alternativa bastante mais trabalhosa é seguirem a conta da app no twitter e estarem atentos à publicação de novos códigos extra.

Esta é uma excelente ideia, vamos é ver se tem pernas para andar. O autor já divulgou a forma como lhe podem fazer chegar novos códigos de desconto e assim aderirem à divulgação das suas aplicações através do Promo Codes.




Apps inúteis: Bath Counting 100



Esta semana temos uma app inútil onde é necessário contar banhos!?!?!

O Bath Counting 100 chega-nos do Japão e é um "jogo" onde é necessário juntar números de banhos que totalizem o número 100.


Este Bath Counting 100 é tão bom ou tão mau que tem menos de 10 downloads :-)

Divirtam-se a contar banhos e bom fim-de-semana!

Passemos às notícias.


Notícias do mundo Android:


topo

Carros do Google percorrem 5 milh√Ķes de quil√≥metros por dia... virtualmente

07-02-2016 | 21:51 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Para os carros autónomos todas as ajudas contam, e para o Google isso inclui milhões de quilómetros percorridos diariamente usando um simulador.

Os carros do Google já percorreram milhões de quilómetros em estradas reais, e isso dá ao Google uma dupla vantagem: não só tem a experiência ganha no momento, como regista todo o conjunto de dados para que posteriormente revisitá-los e simular o comportamento quando faz alterações ao seu software.

Por exemplo, se o Google fizer um ajuste à forma como o carro aborda as curvas, não necessita esperar que os carros saiam para a estrada para avaliar como é que essa alteração irá resultar. Graças ao seu simulador, os carros podem voltar a percorrer virtualmente todos os milhões de quilómetros de percursos já armazenados - e podendo fazê-lo de forma acelerada. Isto permite que diariamente o software de controlo dos carros do Google percorra quase 5 milhões de quilómetros.

Este foi precisamente uma das coisas que o Google fez recentemente, ao ajustar o método de fazer curvas à esquerda para proporcionar um maior conforto aos passageiros. Depois de feita a alteração, o sistema simulou uma nova passagem por todos os trajectos já feitos, medindo e analisando os resultados com base nas circunstâncias "reais".

O sistema permite também que os programadores tenham acesso a situações específicas, como cruzamentos, paragens em semáforos, ultrapassagens, entradas e saídas de vias rápidas, etc. Assim, sempre que for feita alguma alteração a uma rotina, podem imediatamente testar o resultado nas situações potencialmente mais problemáticas.


... Eu acho que só falta um pequeno pormenor que poderia dar ao Google informação ainda mais valiosa e numerosa. Só precisava de integrar este seu simulador com um jogo online tipo GTA V, e deixar que milhões de jogadores se aventurasse nas estradas virtuais do seu sistema. Só não garanto é que o estilo de condução dos jogadores fosse a mais aconselhável para ensinar o sistema, mas no pior caso seria o teste perfeito para a condução defensiva dos carros do Google. :)


topo

Relógio com Tourbillon impresso em 3D

07-02-2016 | 18:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


As impressoras 3D vieram abrir novos horizontes quanto ao que se pode criar, e agora temos um Suiço que usou a sua Ultimaker 2 para fazer um relógio com Tourbillon completamente funcional e inteiramente impresso em 3D.

O Tourbillon é um mecanismo de relógio, desenvolvido há mais de dois séculos, que tem como objectivo contrariar o efeito da gravidade no funcionamento do relógio. Desde então tem sido usado em inúmeros relógios e sendo considerado um dos mecanismo "de luxo" em todos os relógios.

E agora o mesmo é aplicado também a um relógio impresso em 3D, no caso deste Christoph Laimer Tourbillon, que diz ter levado a sua impressora 3D ao limite das suas capacidades (e inspirado por outro projecto que demonstrou ser possível imprimir um Tourbillon em 3D). Os interessados podem contactá-lo, ou então dar um salto ao Thingiverse onde poderão descarregar gratuitamente os planos deste relógio e imprimi-lo onde quiserem.

Mesmo para quem nada percebe de relógios, não haverá melhor forma de passar a conhecer todos os segredos ao construir um completamente de raiz. Quem sabe, talvez até consigam ter uma ideia revolucionária que nunca tenha sido pensada ao longo dos últimos séculos, e superarem tudo o que foi feito até ao momento. :)

Quanto à sua precisão: este relógio impresso em 3D não deverá adiantar/atrasar mais de 2 segundos por cada minuto, e poderá funcionar por 30 minutos de cada vez que se der "à corda".


topo

EasyJet quer avião híbrido com fuel cell

07-02-2016 | 16:30 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Os motores a jato podem ser bastante eficientes, mas nada como evitar o uso de combustíveis fósseis sempre que seja possível. A EasyJet mostra-nos um avião híbrido que possa circular no solo com motores eléctricos.

Podemos não ter ainda uma alternativa eléctrica para os motores a jato, mas no que toca a circular no solo a EasyJet parece já ter uma solução. A ideia é criar um avião com um sistema híbrido e motores eléctricos nas rodas, alimentado por uma fuel cell e com assistência de painéis solares na fuselagem e sistema de recuperação de energia durante a travagem.

Com este sistema, o avião poderia desligar os seus motores principais assim que aterrasse, passando a circular no solo usando apenas energia eléctrica.

Por agora o sistema não passa de uma ideia, faltando agora comprovar com um protótipo se uma solução deste tipo seria efectivamente mais eficiente (face ao peso acrescido) e economicamente viável. Mas, para mim, o mais importante seria mesmo eliminar completamente os combustíveis fósseis da equação, e apostar no voo 100% eléctrico. :)

topo

Bluboo XFire 2 - 66‚ā¨ com corpo em metal e sensor de impress√£o digital

07-02-2016 | 15:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Depois do económico Xfire, a Bluboo avança para o seu sucessor Xfire 2 que mantém um preço reduzido mas passa a contar com sensor de impressões digitais e uma variante triple-SIM.

Destinando-se ao segmento económico, o Xfire 2 vem equipado com um ecrã HD 2.5D de 5", CPU MT6580 quad-core, câmaras de "8MP" e "5MP" (com flash LED frontal), bateria de 2150mAh, 1GB de RAM, 8GB + microSD até 32GB, dual SIM, e Android 5.1. A construção em metal pretende também dar uma nova imagem de qualidade aos smartphones neste segmento, habitualmente feitos em plástico.

Atenção que, aparentemente, estas características sofrem de uma tendência que tem vindo a aumentar entre os fabricantes chineses, que anunciam a resolução da câmara inflacionada. Na prática, estas câmaras de "8MP" e "5MP" são na realidade de 5MP e 2MP na realidade. Era escusado recorrerem a estas tácticas, que apenas servem para que os compradores fiquem irritados quando depois descobrem que a qualidade das câmaras fica abaixo do que era esperado. E não seria vergonha anunciar câmaras de 2 e 5MP que tivessem uma qualidade decente, em vez de se tentarem fazer passar por câmaras com mais megapixeis.

Mesmo assim, continua a ser interessante pois este Xfire 2 está disponível por 66 euros, sendo apenas pena que - tal como referimos para outros modelos com sensores de impressões digitais - não venha de origem com Android 6.0 (esperemos que a Bluboo anuncie novidades quanto ao plano de actualizações disponíveis para os seus smartphones em breve.) A versão tri-SIM irá chegar em Fevereiro e irá ter a designação de Xfire 2S.

Publicado originalmente no AadM

topo

Filmagens espectaculares em slow-motion rodando um iPhone num cabo

07-02-2016 | 14:29 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Todos conhecemos os vídeos espectaculares de actividades radicais. E agora temos um habilidoso esquiador que conseguiu criar um novo efeito recorrendo a uma técnica bastante simples: rodar um iPhone na ponta de um cabo.

Já todos vimos (e estamos fartos?) das filmagens obtidas na ponta de um selfie stick ou montadas directamente num capacete. Mas, para quem se dedica a estas actividades, a alternativa é recorrer a operadores de câmara, complicando toda a logística (e custo) dos seus projectos.

Para Nicolas Vuignier, a solução foi mais simples mas igualmente eficaz: prender um iPhone no ponta de um cabo, que ia girando sobre a sua cabeça e conseguindo replicar um efeito de quase "bullet-time" sem necessidade de qualquer complexo sistema com dezenas e dezenas de câmaras. Aliás, é tão simples que qualquer pessoa poderá tentar algo idêntico - depois de se certificar que tudo está bem preso, de modo a não ver o seu smartphone voar por uma dezena de metros e estatelar-se no chão, numa parede, ou - pior ainda - na cabeça de algum desconhecido! :)

... Não se admirem se nos próximos tempos começarem a ver um aumento significativo de "maluqinhos" a andarem a girar o seu smartphone sobre as suas cabeças.

topo

Tata vai mudar nome do Zica devido ao vírus Zika (e outros desastres de nomes de automóveis)

07-02-2016 | 12:01 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A Tata teve azar na fase final de lançamento do seu novo modelo "Zica", pois o preocupante surto do vírus zika torna a associação infeliz e fez com que a marca optasse por mudar o nome do seu automóvel.

Quando a Tata apresentou este modelo com nome Zica, contracção "Zippy Car", a ideia era promover um carro que fornecesse uma experiência de condução divertida. Só que não há nada de divertido com o vírus zika, que potencialmente já poderá ter infectado mais um milhão de brasileiros, podendo prejudicar o desenvolvimento dos bebés no útero e provocar a morte.

Como tal, a Tata vai escolher um novo nome para este modelo, num caso que certamente será peculiar, de mudança de nome em plena campanha de lançamento de um novo automóvel.

Este não é o primeiro caso de modelos que têm que ter o nome trocado, mas isso normalmente deve-se a conotações regionais ou de determinadas línguas, e não a um fenómeno global (sendo que se assim fosse, não se consideraria o nome logo à partida.) Por exemplo:

1. Mitsubishi Pajero/Montero



O Mitsubishi Pajero é "Montero" em Espanha - pois "pajero" em espanhol significa "punheteiro".

2. Toyota MR2



O Toyota MR2 viu o seu nome ser reduzido para MR em França, pois MR2 resultava em "eme-erre-deux"... "emerdeux"... ou seja: "enmerdadado".

3. Honda Fitta/Jazz



Quando a Honda decidiu mudar o nome do Fit para Fitta, mal sabia que isso significava "c*na" na Suécia e Noruega, forçando uma rápida mudança de nome para Jazz.

4. Opel Ascona



Claro que depois temos os casos que por cá ficaram bem conhecidos e dispensam explicações, como o mítico Opel Ascona.

Mas provavelmente nada bate o caso que se segue...

5. Mazda LaPuta



Tentem imaginar o sucesso que este Mazda teria no mercado espanhol e português!

(Diga-se que as intenções da Mazda até não era más, tendo ido buscar inspiração às Viagens de Gulliver de Jonathan Swift, por se tratar de um carro pequenino - mas mesmo assim... :)

topo

Ferrari 335 é o carro mais caro do mundo

07-02-2016 | 11:01 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Que a Ferrari lançasse o mais caro carro do mundo, não seria grande novidade; mas neste caso esse estatuto foi atingido por um Ferrari que tem quase 60 anos de idade: um Ferrari 335 S Spider Scaglietti de 1957.

Estima-se que existam apenas quatro destes Ferrari 335 S Spider Scaglietti, e isso, aliado à sua beleza, terá sido factor fundamental para que num disputado despique num leilão, tenha atingido o impressionante valor de 32 milhões de euros - por um comprador anónimo (obviamente, daqueles com fartura de "milhões" para investir neste tipo de brinquedos)..

Este Ferrari 335 torna-se ainda mais impressionante quando se olha para as suas capacidades. Com um motor V12 4.0l, este carro conseguia atingir os 300Km/h (não esquecer que estamos a falar de um carro de 1957) valor que ainda hoje em dia se pode considerar impressionante e que o deixa num clube bastante restrito de veículos.

Infelizmente, este modelo (mas não esta unidade) ficou também famoso por razões mais trágicas, protagonizando um aparatoso acidente en que morreram dez pessoas na Mille Miglia de 1957 (cinco eram crianças), para além do piloto e co-piloto, e com isso colocado um ponto final neste histórico evento. O acidente foi provocado por um pneu que rebentou e fez com que o carro se despistasse e entrasse por uma multidão, numa altura em que o piloto já deveria ter feito uma troca de pneus mas que vinha a adiar continuamente de forma a ganhar mais vantagem sobre os seus oponentes.

Para a Ferrari, esta nova "vitória" de carro mais caro do mundo limita-se a revalidar o estatuto que já mantinha. O anterior recorde já pertencia a um Ferrari 250 GTO de 1962, que em 2014 foi leiloado pelo equivalente a 28.9 milhões de euros actuais.


topo

Escalada indoor com realidade aumentada

07-02-2016 | 10:01 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


No outro dia vimos como se poderá causar vertigens com uma escalada simulada em realidade virtual, hoje trago-vos um caso de escalada a sério complementada com realidade aumentada.

Já temos visto muitos casos (excelentes) de aplicação de realidade aumentada e projection mapping; mas desta vez o objectivo foi dar maior dinamismo ao fãs das escalada indoor, transformando a escalada num jogo interactivo.

Com a ajuda de câmaras e um projector, a escalada transforma-se num jogo de computador, com a pequena diferença de que os jogadores estão dentro do próprio jogo e têm mesmo que escalar a sério, sem nada de virtual ou simulado pelo meio. :) O objectivo é tocar nos pontos que vão sendo projectados sobre a parede de escalada, e não falta um enervante temporizador que nos mostra o tempo que estamos a demorar.

... Fica o desafio: em quantas mais coisas se poderá aplicar a realidade aumentada para dar uma nova "dimensão" a algo já existente? :)


topo

o que é ética?

07-02-2016 | 08:32 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



Considerando as profissões e os papeis sociais formadores de opiniões e, consequentemente, influenciadores no processo de formação subjetiva, como professores, políticos, jornalistas, religiosos, entre outros, será mesmo que conseguem separar suas opiniões pessoais e bandeiras que levantam do conhecimento científico e serem éticos e objetivos?

Ler o artigo completo

topo

a ingenuidade de j√ľrgen habermas

07-02-2016 | 08:31 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



Jürgen Habermas escreveu 'Fé e Saber' em 2011. Ali ele se mostrou um tanto ingênuo oferecendo soluções inviáveis e frágeis análises de conjuntura; se demonstrou mais uma vez um tedioso sociólogo burocrata que busca dar continuidade na desconstrução da sociedade ocidental.

Ler o artigo completo

topo

o louco e a arte: a verdade é pronunciada sem tabus pelos desajustados

07-02-2016 | 08:22 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



Sim, tanto no cinema como na literatura e na vida real, são os "loucos" ( sintam a ironia amarga das aspas) que podem chegar perto da verdade , se é que ela existe de fato.

Ler o artigo completo

topo

onde est√° deus?

07-02-2016 | 08:21 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



Vemos em uma parábola medieval a triste sina de Deus... A parábola narra que numa obscura aldeia da Polônia central, havia uma pequena sinagoga. Uma noite, ao fazer suas rondas, o Rabi entrou e viu Deus sentado em um canto escuro. Ele se jogou diante dele e gritou: "Deus senhor, que Fazeis aqui? Deus não lhe respondeu nem com um trovão nem com a rajada de vento, mas em voz baixa: "Estou cansado, Rabi. Estou cansado até a morte".

Ler o artigo completo

topo

a arte de robert crumb em 15 desenhos

07-02-2016 | 08:20 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



O mais conceituado artista do movimento underground norte-americano, Robert Crumb, sempre foi um apreciador da música negra de seu país, especialmente o Blues. Sua paixão pela música levou-o a ilustrar capas de discos, cards que trazem as biografias de músicos, cartazes de shows e lojas de discos antigos e, claro, histórias em quadrinhos que enfocam o ambiente musical, seus intérpretes e as letras das músicas, em verdadeiros clipes em quadrinhos gráficos.

Ler o artigo completo

topo

a sociedade do espet√°culo e o imp√©rio de t√Ęnatos

07-02-2016 | 08:19 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



Atentados terroristas e realities shows. O que eles podem ter em comum? Um breve passeio pelos pensamentos de Freud e Guy Debord pode nos ajudar nessa equação.

Ler o artigo completo

topo

ang√ļstias de quem n√£o sabe sonhar

07-02-2016 | 08:18 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



Será que ninguém mais já se viu desesperado por ter que fazer escolhas? Será que ninguém mais tem medo de deixar outros sonhos para correr atrás de apenas um? E as pessoas perdidas que ainda estão à procura de algum sonho para agarrar? Onde estão? Respiração ofegante, nó na garganta e bastante indecisão. Calma. Parece, mas talvez você não esteja só.

Ler o artigo completo

topo

zorba o grego- o valor da vida

07-02-2016 | 08:17 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



Zorba, O Grego é um filme de Michael Cacoyannis ( 1964) que tem na dança, uma metáfora da vida vivida em sua essência, quando o espírito renasce através da amizade, da confiança e do amor ultrapassando todos os obstáculos.

Ler o artigo completo

topo

eu sugiro um abraço coletivo porque tá todo mundo mal

07-02-2016 | 08:16 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



um texto sobre a gente fingir que tá tudo bem, mesmo quando não tá tudo bem.

Ler o artigo completo

topo

5 filmes sobre amadurecimento

07-02-2016 | 08:15 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



Cinco bons filmes que retratam (de maneira fiel) o amadurecimento de jovens adultos.

Ler o artigo completo

topo

noite de inverno em paris

07-02-2016 | 08:14 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



O charme sinestésico de Paris, numa noite da mais gelada estação. A cidade luz, a cidade do amor, a cidade dos sonhadores.

Ler o artigo completo

topo

E-commerce: gamas de produtos e processo de escolha

07-02-2016 | 00:39 | Paulo Laureano | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

Há uns tempos atrás escrevi um texto sobre a importância de os sistemas de comércio electrónico serem inteligentes. Não serem capazes de reconhecer o cliente que acabou de navegar no site é como ter a Dory do “Finding Nemo” a atender clientes. Pode parecer engraçado, mas não é…

Podem ler esse primeiro texto em:
http://pls.mrnet.pt/tecnologia_e_poker/files/e-commerce-vs-retalho.php


No seguimento desse artigo escrevi um outro que chamava a atenção para a forma desastrada como algumas lojas nacionais usam mal as imagens em listagens, que é necessário quando usam imagens que o façam de forma a ser visível o detalhe, e que é necessário ter mais e melhores critérios na escolha de produtos que estão na página. Chamei ainda a atenção para a necessidade de remover obstáculos à compra, destacando os melhores escolhas, as escolhas do staff, as que apresentam melhor relação entre qualidade e preço. Terminei o artigo mencionando o completo falhanço na utilização de crowdsourcing nos comentários aos produtos.

Podem ler o segundo texto da série em:
http://pls.mrnet.pt/tecnologia_e_poker/files/e-commerce_e_acidentes.php


Neste terceiro texto encerro esta série de artigos. Tinha muito mais a dizer, mas o tempo é curto, e como “vosso cliente” já terei oferecido bastante mais que a maioria silenciosa no que respeita a comentários e sugestões…


Uma gama de produtos que complica a escolha



Eu sou um comprador muito particular, provavelmente mais informado que a maioria. Quando compro um produto estudo exaustivamente o mercado, leio reviews em múltiplas revistas da especialidade, estudo comparativos, vejo vídeos no Youtube (do “unboxing” ao “full review” depois de semanas de uso). Não compro nada “assim que sai”, não sou um pioneiro, e normalmente espero pela segunda geração do produto. Raramente tenho surpresas. Da forma como o produto é empacotado ao que está dentro da caixa, sei perfeitamente o que estou a comprar. Sei também mais do que queria sobre os produtos concorrentes.

A minha impressão é que os gestores de produtos não toma particular atenção ao que é oferecido em outros mercados (i.e. faltam por exemplo alguns dos melhores produtos de tecnologia, áudio e vídeo disponíveis na Alemanha e Inglaterra). Provavelmente centram a atenção no que é importado para Portugal por terceiros. Percebo as vantagens de usar importadores. No entanto há casos (vários) em que produtos que ganham todos os comparativos (do budget mais “modesto” ao “high end”) não estão disponíveis no nosso mercado. É uma questão de verem revistas internacionais da especialidade.

O que me parece é que o espaço nas lojas é precioso, que a atenção de clientes é limitada, que muitos produtos apresentados de forma indistinta são um obstaculo à venda. É preferível ter os produtos “certos” e devidamente assinalados; os melhores aparelhos abaixo dos X/Y/Z euros e o melhor da classe se o dinheiro não é obstaculo. Mesmo que por questões de índole comercial (i.e. relação com fornecedores) seja necessário vender outros produtos, menos relevantes, é muito importante identificar correctamente os que interessam dentro dos intervalos de preços das médias baixa/média/alta.

A minha sugestão é que nas lojas se coloquem placards (de cartão ou electrónicos) com as escolhas da imprensa (modelo do ano de acordo com a revista X) para as lojas, juntamente com as escolhas do staff, o mais vendido (literalmente a escolha dos clientes nas várias gamas). O mesmo no site, fazendo incidir o foco e atenção dos clientes nos produtos que são as melhores escolhas. Refiram sempre a fonte de reviews e comparativos (URL’s no site, QR code nas lojas).

Infelizmente o espaço de prateleiras do retalho, e as listagens nos sites, estão cheias de produtos maus e irrelevantes… presumo que não seja por ignorância. Presumo que seja uma questão de relação com fornecedores. A não ser possível evitar que lá estejam, o que me parece fundamental é destacar os outros, os que são as escolhas certas para os consumidores. Clientes que compram produtos melhores, que ficam satisfeitos, serão certamente mais activos que pessoas frustradas e que compram maus produtos.


Bem vindos ao século XXI, é um admirável mundo novo…



Sabem aqueles senhores e senhoras todos vestidos de igual que andam nas lojas? Alguns são excelentes, e explicam muitíssimo bem aos clientes quais os factores que devem ponderar nas escolhas. Eu sei que é chocante, mas se gravarem essas explicações em vídeo, escolherem as melhores (para cada secção) e as disponibilizarem no site (e já agora na loja, que nem todas as lojas beneficiam de ter os melhores funcionários), ajuda tremendamente os consumidores. É uma excelente ferramenta de formação interna e faz um excelente canal no Youtube e/ou podcast (à atenção do marketing e comunicação).

Fotografar e filmar produtos com alta qualidade não é uma ciência oculta. Não é caro. É montarem uma sala tratada (num dos entrepostos ou numa loja) no que respeita à luz e som e fazer passar por lá os produtos relevantes. Se leram o bloco de texto anterior, e assumindo que a mensagem passou, há menos de uma centena de produtos “prioritários”…

Se quiserem ir mais longe sugiro vivamente que considerem criar dois canais corporativos de televisão, um “interno” para o staff, outro externo para consumidores. O que era “proibitivamente caro” no século passado agora já não é.

Para a grelha do canal interno (privado) sugiro informação sobre os produtos dos distribuidores, resultados em tempo real do desempenho das várias lojas, metas atingidas por funcionários individuais que se destacam, vencedores internos de comunicação com clientes (ver primeiro parágrafo), informação sobre eventos corporativos, etc. O canal corporativo pode passar em contínuo em televisões nas salas reservadas e gabinetes, ou ser consultado “on-demand” (programa a programa, ou vídeo a vídeo se preferirem), em qualquer PC/Tablet/telefone. Se tiverem questões técnicas falem comigo (estamos na eminência de lançar software de signage / corporate TV na Full IT, que autentica cada display que pode ver a emissão, corre nativamente nas televisões - smart TV’s - sem hardware adicional, tablets e telefones, e tem um backoffice que qualquer pessoa consegue usar).

Para o canal público sugiro vivamente os filmes dos produtos relevantes, os guias feitos pelos vendedores (ver primeiro parágrafo), a publicidade aos eventos e promoções da Worten, que convidem celebridades a testar os melhores produtos e gravem no final feedback. Quanto a questões técnicas: usem o Youtube para os utilizadores verem os vídeos, não inventem, não façam o disparate de inventar apps / sites para o efeito, os consumidores já lá estão e o google já indexa conteúdos.


A Fnac e Worten online VS Pixmania e Amazon



Sou um cliente satisfeito. Podia ser melhor servido e amabas as empresas precisam de ser mais ágeis quando a concorrência delas inclui a Pixmania e a Amazon. Digamos que se gastei uns milhares de euros em ambas as empresas nacionais nos últimos meses, verifiquem as compras em meu nome e/ou da Full IT, mas gastei várias vezes isso nos concorrentes globais, e só o fiz porque algumas destes pontos (focados nos três textos) tiveram o seu impacto no momento da escolha… e não falei dos preços, das taxas imbecis sobre aparelhos que contenham armazenamento, do IVA a 23%, porque isso não podem alterar…

topo

A Aventura da Convers√£o

07-02-2016 | 00:10 | Terramel | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

Ainda não consegui rastrear a origem da (errônea) figura imaginária, muito atuante em nossos dias, que coloca o fato do infeliz ser um “bom moço”, um “bom cidadão” como sinônimo da prática cristã, como se o cristianismo se resumisse tão somente num código moral de bom comportamento. Certa feita, tive uma conversa com uma moça …

topo

Apple est√° a "encravar" iPhones com repara√ß√Ķes n√£o oficiais

06-02-2016 | 21:50 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Um número crescente de utilizadores de iPhones tem-se deparado com um enigmático "Erro 53" depois de actualizarem os seus smartphones, e isso parece estar relacionado com reparações não oficiais que tenham sido feitas no equipamento.

O assunto parece ter surgido precisamente na altura em que se falou do upgrade de memória dos iPhones, que transforma um iPhone de 16GB num de 128GB por cerca de 50 euros; mas a verdade é que os relatos deste "erro 53" remontam a pouco após o início da utilização dos sensores Touch ID nos iPhones.

Quando a Apple adicionou o sensor de impressões digitais ao iPhone, fez questão de referir que o fez salvaguardando todas as questões de segurança, que incluem uma área completamente independente e "inacessível" para guardar esses dados, e até um canal de comunicação encriptado entre o sensor e essa zona especial de memória. É devido a essas protecções que a troca de um sensor Touch ID não se resume a uma simples troca de componente, e foi precisamente nesses casos que começaram a surgir os relatos do erro 53 (embora também surgissem alguns utilizadores a queixarem-se desse erro sem nunca terem feito qualquer reparação ou troca do sensor - provavelmente devido a problemas do próprio hardware).

Só que agora surgem relatos de que iPhones que estavam a funcionar perfeitamente passaram a dar este erro 53, após uma actualização do sistema. Uma situação mais intrigante - e frustrante - para os utilizadores. O mais certo é que, tal como aconteceu com as primeiras gerações de cabos lightning não oficiais, a Apple tenha adicionado uma forma de detectar componentes não oficiais no iPhone, e impedir a sua utilização com uma actualização; e para isso usa a justificação de que assim não pode garantir a segurança do dispositivo.

Se calhar, está na hora de vermos a Europa a fazer mais algumas das suas exigências, e exigir que qualquer fabricante de smartphones permita que os seus dispositivos possam ser reparados por "oficinas" não oficiais, tal como aconteceu com os automóveis. De resto, o caso da VW já nos mostrou as coisas a que se fica sujeito quando se deixam as empresas manter demasiadas coisas em segredo... ;P

topo

Nova morada

06-02-2016 | 19:00 | António Campos | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

Link

Decidi deixar de usar o domínio que usava neste blogue desde o seu inicio em 2005, embora não publique com muita frequência uso o servidor e o domínio para alojar algumas experiências e fazer testes.

Utilizei nestes 11 anos o serviço gratuito do no-ip.com, que nunca me deixou mal! quando criei a conta o domínio no-ip.com ainda fazia parte dos domínios que podia usar nas contas gratuitas, sei que isso já não é possível há alguns anos….

Neste período o blogue esteve offline algumas vezes com motivos como por exemplo, acidentalmente me “fechar” fora da firewall (Iptables) ou quando faltava a corrente eléctrica ou a internet e principalmente quando fazia alterações no servidor (que também me serve para outras coisas!!!) que corriam mal!

Não me esforcei muito para encontrar um novo domínio… substitui apenas o .no-ip.com por .net!!

Para esta alteração ser transparente renomeie o host antoniocampos.no-ip.com do apache para antoniocampos.net e apontei o host antoniocampos.no-ip.com para uma pasta que apenas tem um .htaccess que reencaminha todos os pedidos para o novo domínio exactamente com os mesmo parâmetros!!!

RewriteEngine on
RewriteRule ^(.*)$ http://antoniocampos.net/$1 [R=301,L]

Na configuração do WordPress alterei o domínio nas configurações reiniciei o Apache e parece que funcionou!!!

Como o servidor é fraquinho aproveitei para configurar o serviço cloudflare para me poupar alguma largura de banda e alguns pedidos…

Embora não seja coisa que me preocupa muito… segundo o video do Matt Cutts (da Google) esta alteração não deve afectar a indexação dos motores de busca… nem a “autoridade” (se é que tenho alguma!!) do site…

topo

Inteligência Artificial do Google aprende a navegar em labirintos pela visão

06-02-2016 | 18:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


O DeepMind é o sistema de inteligência artificial do Google que tem demonstrado as suas capacidades a dominar diversos jogos aprendendo por si; e agora aprendeu a navegar num labirinto estilo o do Wolfenstein 3D usando apenas a sua visão.

Quanto encontramos oponentes num jogo de computador, a sua aparente inteligência não passa de uma ilusão, pois o sistema permite-lhes conhecer "magicamente" o mapa do nível, a localização de pontos de interesse, e por onde podem ou não passar. Mas neste caso, embora o DeepMind fosse aplicado a um ambiente digital, o seu conhecimento limitava-se a ser o mesmo que qualquer pessoa poderia ter olhando para o monitor de um computador.

Desta vez, o desafio era percorrer um labirinto e apanhar o maior número de maçãs, sendo também necessário encontrar portais que permitissem passar para um novo labirinto com mais maçãs, e contabilizar a pontuação ao fim de um minuto. Embora desta vez esta AI não tenha conseguido superar um jogador humano, conseguiu ainda assim ficar nos 90% da sua pontuação, o que é um excelente resultado para uma máquina que está a jogar um jogo que ninguém lhe ensinou a jogar, e que apenas está a "ver" como nós o veríamos, sem batotas digitais.

... Vai ser interessante quando chegar o dia de pormos estad "inteligências artificiais" a jogar contra os bots automáticos que servem de oposição artificial em muitos jogos (e que nalguns casos, quando se seleccionam as dificuldades mais elevadas, abertamente admitem fazer batota sabendo onde está o jogador humano e planeando a sua ofensiva em função disso.)


topo

LEGO Technic vai ganhar um Porsche 911 e a maior escavadora até à data

06-02-2016 | 16:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Más notícias para os fãs da LEGO e da Porsche, está para breve a chegada de mais um kit que irá obrigar-nos a gastar mais alguns euros; a par de outros que serão do agrado de quem gosta de brincar com mega escavadoras motorizadas.

Os fãs da Porsche poderão colocar desde já o kit LEGO Technic 42056 na sua lista de desejos, pois será o kit dedicado a um Porsche 911 com um nível de detalhe bastante elevado - e que, pelo menos durante a fase de apresentação, vinha com a habitual decoração em "zebra" que é frequentemente utilizada pelos fabricantes para disfarçar os seus novos modelos durante a fase de desenvolvimento (no entanto, ainda não está confirmado que a versão final do kit venha com esta decoração - poderá ter sido apenas uma forma de piscar o olho às camuflagens da indústria automóvel nesta pré-apresentação).




Depois, temos o kit 42055 Bucket Wheel Excavator (o maior kit Technic até à data com mais de 3900 peças) e 42054 Class Xerion 5000 Trac VC, ambos com "Power Functions" que serão do agrado de miúdos e graúdos de todas as idades.


... O maior conta com um conjunto invejável de motorizações e ficará disponível na segunda metade do ano, o que quer dizer que os interessados deverão começar a poupar desde já, pois certamente não vai ser nada barato.



topo

Ulefone prepara um smartphone vindo do "Future"

06-02-2016 | 16:21 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A Ulefone é uma das marcas que se tem popularizado no segmento dos smartphones Android a preço ultra-competitivo, e para 2016 prepara um novo modelo que vai atrair as atenções: o Future.

É certo que já existem variados modelos Ulefone capazes de convencer os que procuram smartphones bem capazes a preços reduzidos, mas para este ano que se inicia a Ulefone faz uma aposta ainda maior num modelo que poderá revelar as tendências do que 2016 nos trará.

O Ulefone Future ainda está em desenvolvimento, mas vai ser um smartphone com ecrã de 5.5" com bordas laterais praticamente inexistentes (e desta vez temos um vídeo para o comprovar, e não apenas fotos editadas que nos mostram margem reduzidas que depois não se concretizam na realidade), terá um CPU Helio P10 (MTK6755) octa-core a 2GHz, 4GB de RAM, corpo em metal e... com Android 6.0 e também Cyanogen.

Com estas características já se pode antever que não será um smartphone para a gama mais reduzida de preços, mas... sem dúvida que irá ter um preço bastante atractivo e virá com o resto dos componentes a acompanhar o seu estatuto de topo de gama da Ulefone para 2016. (Esperemos que a nível das câmaras a Ulefone consiga também dar um salto qualitativo face às câmaras que equipam esta gama de produtos.)



Publicado originalmente no AadM

topo

Como fazer uma sala de cinema em casa

06-02-2016 | 15:16 | A Minha Alegre Casinha | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Uma sala de home cinema, é algo que estamos habituados a ver em "mansões"; mas que pode estar ao alcance de qualquer pessoa que tenha um espaço que possa dedicar a este efeito... assim como tempo e vontade para o tornar realidade. Foi isso que fez o nosso leitor Bruno Gonçalves, que partilha connosco todo o processo de construção da sua sala de cinema em casa.

A ideia original era a de criar um espaço dedicado à audição de discos de vinil, mas como o gosto pelo cinema também era demasiado para ser ignorado, o projecto acabou por contemplar as vertentes do som e imagem.

O espaço foi criado na cave, ficando a sala de cinema com cerca de 24m2, e o projecto teve início em 2012 ficando concluído no final de 2015. E o resultado é este:

Antes:


Depois






Ora... passemos ao histórico visual de todo o processo, e se tiverem perguntas ou dúvidas, o Bruno andará por aí para ir respondendo. :)


Fixação de Tubos / Suporte Projector





Construção Tecto Falso




Tecto falso - aplicação do primário





Tecto falso - primeira de mão de tinta





Tecto falso - 2ª de mão de tinta mais instalação eléctrica





Tecto falso - iluminação




Iluminação


Estrutura em madeira para suportar a lã de rocha e os painéis







Colocação da tubagem necessária / Colocação de espuma poliuretano espansiva entre a parede e os barrotes





Estrutura da tela


Espuma poliuretano expansiva devidamente cortada





Enchimento dos BassTraps com lã de rocha 70Kg


Enchimento das restantes paredes com lã de rocha de 40Kg




Tratamento da parte traseira da sala



Colocação dos painéis laterais da sala




Lutron Rania (2 zonas)



Criação da Tela / Tratamento da parede que irá levar a tela





Piso flutuante




Resultado final





HomeCinema
  • Harman Kardon AVR 147 (amplificador)
  • Harman Kardon HKTS-11 BQ (colunas + subwoffer)
  • Philips BDP3280 (leitor Bluray + DVD)
  • Minix NEO X8-H (leitor multimédia)
  • Epson EH-TW3500 3LCD (projector)


Música Stereo
  • Pioneer SA-9100 (amplificador)
  • Pioneer HPM-100 (colunas)
  • Pioneer PL-514 (gira discos)
  • Harman Kardon HD970 (leitor cds)

topo

Apps in√ļteis: Bath Counting 100

06-02-2016 | 14:48 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Esta semana temos uma app inútil onde é necessário contar banhos!?!?!


O Bath Counting 100 chega-nos do Japão e é um "jogo" onde é necessário juntar números de banhos que totalizem o número 100.


Este Bath Counting 100 é tão bom ou tão mau que tem menos de 10 downloads :-)


Divirtam-se a contar banhos e bom fim-de-semana!


topo

Criar jogos VR dentro um mundo VR

06-02-2016 | 14:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


No futuro, criar um jogo de computador poderá dispensar aprender programação. Tudo o que será necessário será colocar uns óculos VR e entrar num mundo onde podem literalmente fazer um jogo com as próprias mãos.

Há que referir que actualmente são cada vez menos os estúdios que se dedicam a programar um jogo inteiramente de raiz. Motores de jogo como o CryEngine e - neste caso - o Unreal Engine vieram facilitar imenso a vida aos developers, que agora podem criar jogos complexos simplesmente adicionando e manipulando blocos como se se tratassem de construções LEGO.

Esse é um conceito que agora está a ser levado ainda mais além, ao ser feito em ambiente de realidade virtual, o que permite a um developer construir um jogo estando "dentro" do mesmo. Na prática, acaba por ser quase um mini-jogo em que assumem o papel de um Deus com total poder sobre tudo o que vêem, e onde podem manipular objectos, terreno e tudo o resto, para que fique tal como desejam.

Poderá não se revelar ser tão eficiente quanto fazer o mesmo tipo de trabalho num monitor tradicional, mas será certamente útil para jogos que serão jogados em realidade virtual, e que assim permitem sentir desde logo como é que todas essas alterações serão vistas no produto final.


topo

Braceletes met√°licas para a Mi Band da Xiaomi

06-02-2016 | 12:01 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

Compraram uma Mi Band da Xiaomi, ou Mi Band 1S com sensor de frequência cardíaca, mas querem uma bracelete com mais estilo para usar em ocasiões especiais? É algo que está à distância de alguns poucos euros.

A Mi Band da Xiaomi tem sido um dos fitness trackers de grande sucesso, em grande parte devido ao seu preço ultra reduzido: a Mi Band 2 custa apenas 9 euros, a Mi Band 1S com frequência cardíaca fica por menos de 20 euros. Só que a sua bracelete em "plástico", embora indicada para um uso casual e desportivo, poderá não ser a mais adequada para quem andar com este tracker no dia a dia (ou à noite) e é aí que entram as sugestões que trazemos hoje.



(disponível em prateado, dourado e preto...)


E porque há quem não aprecie as braceletes metálicas e prefira braceletes em couro... também se arranja:



Ou seja, opções para todos os estilos, a apenas alguns euros de distância, e que permitirão dar todo um novo estilo a qualquer Mi Band.

topo

Antena óptica converte luz em electricidade

06-02-2016 | 11:01 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Converter luz em electricidade é algo que se pode fazer com um painel solar; mas agora investigadores propõe a utilização de uma antena capaz de funcionar as frequências da luz visível, e que poderá ser mais eficiente que qualquer célula solar.

As rectennas são antenas rectificadoras, que permitem converter a energia electromagnética das ondas de rádio em electricidade. O sistema não é novo e é conhecido há décadas, sendo usado para a transmissão de electricidade sem fios, e podendo ser encontrada um pouco por todo o lado - nas tags RFID, por exemplo.

Mas, há muito que se tentava sem sucesso criar uma rectenna capaz de funcionar às frequências da luz visível, o que permitiria aproveitar a luz do Sol para gerar energia de forma directa, potencialmente com maior eficiência e a custo muito mais reduzido que as dispendiosas células solares.


E foi isso mesmo que alguns investigadores conseguiram fazer, criando a primeira rectenna capaz de converter luz em electricidade.

Por agora o sistema tem uma eficiência muitíssimo reduzida (menos de 1%) mas o objectivo era o de simplesmente demonstrar que a tecnologia poderia funcionar. Daqui para a frente o desafio será melhor o processo de fabrico, que recorre a nanotubos de carbono, para ver até onde se poderá elevar a sua eficiência. Mesmo que se fique por 1% existem aplicações onde esta rectenna óptica será útil, mas os investigadores acreditam que se poderão atingir valores de 40%, o que tornaria estas rectannas numa forma revolucionária de aproveitar a energia solar.

Esperemos que tenham sucesso, e que daqui por alguns anos se possam ter painéis solares com 40% de eficiente a custo reduzido.

topo

As dificuldades de sobreviver em Marte e Vénus

06-02-2016 | 10:01 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


O sonho da exploração espacial faz-nos sonhar com a instalação de bases em planetas como Marte e Vénus, mas infelizmente as condições nesses planetas não são lá muito recomendáveis para a nossa espécie... e são problemas que não podem ser ignorados por quem ambiciona realizar esses objectivos.

O vídeo que vos trago hoje aborda precisamente essa questão, e de como Marte e Vénus podem ser armadilhas mortais para qualquer explorador humano que por lá se aventure sem o equipamento de protecção adequado. Da pressão atmosférica à própria atmosfera, passando por coisas ainda mais complicadas como a radiação solar, a conclusão mais imediata é de sermos confrontados com o facto de que não há nenhum sítio melhor para vivermos que este nosso próprio planeta Terra.

... Agora só falta que todos tenham consciência disso e comecem a tratá-lo com o devido respeito (antes que seja demasiado tarde.)


topo

o estralar do ovo: cartografias do feminino

06-02-2016 | 08:32 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



Sobre mulher, mulheres e a (im)possibilidade de uma sexualidade feminina perversa e transgressora...

Ler o artigo completo

topo

réquiem para a liberdade

06-02-2016 | 08:31 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



A Ravina está prestes a ser o cenário que abrigará a primeira investida dos povos sempre oprimidos contra os governos abusivamente tiranos. Agora cada um terá que lutar pela sua própria liberdade mais do que tudo. E você, vai ficar de qual lado na hora do conflito?

Ler o artigo completo

topo

eu escuto a m√ļsica que quiser

06-02-2016 | 08:22 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



Será que podemos julgar tão ferozmente o gosto musical do outro?

Ler o artigo completo

topo

sempre em construção...

06-02-2016 | 08:21 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



Somos seres em construção... Não estamos estagnados, parados, encarcerados em nós mesmos, prontos... A vida sempre está em construção... Um texto, um poema, uma poesia e até mesmo um livro estão sempre em construção, pois quem os lê, pode dar novos significados a eles... Reticências é essa vida em construção... Reticências é chance, é possibilidade, é renovação, é esperança... Reticências é a continuação da vida...

Ler o artigo completo

topo

a vida secreta das palavras: ou o quanto você está disposto a suportar a dor do outro?

06-02-2016 | 08:20 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



Um dos filmes mais dolorosamente belos já produzidos, nos incita à seguinte reflexão: O que você faz quando uma pessoa a quem ama está atravessando uma situação de tristeza profunda? Distancia-se? Fica com ela, e, contaminado, “afunda junto” ? Ou fica com ela e apreende a ajudá-la, criando recursos (internos e externos) para ajudá-la a superar a dor?

Ler o artigo completo

topo

a saga dos incompletos

06-02-2016 | 08:19 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



Não somos feitos de pedaços, e de metades já estamos cheios.

Ler o artigo completo

topo

17 imagens que mostram os efeitos devastadores da superpopulação

06-02-2016 | 08:18 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



Imagens impactantes mostram as consequências da superpopulação e como estamos em perigo.

Ler o artigo completo

topo

caminhos da terceira idade

06-02-2016 | 08:17 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



Para a pessoa que se percebe na terceira idade, esta é uma fase de transformações pessoais, de busca por novas alternativas, de dedicação a novos ideais e projetos de vida. Mais do que isso, é um momento em que encontra respostas para muitos dos questionamentos pessoais que se fez ao longo da vida, bem como é também a oportunidade de desfrutar da experiência acumulada, da paciência e da tranqüilidade que o capacita para uma vida melhor.

Ler o artigo completo

topo

10 filmes sobre m√ļsica que voc√™ deveria ver

06-02-2016 | 08:16 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



Cinema e música. Duas artes que amamos. E quando estão juntas, aí realmente temos um carinho especial. Então aqui vão 10 filmes que falam desse casal maravilhoso, dos quais pelo menos 8 eu já me emocionei. Os outros 2 eu ainda não assisti sozinho (brincadeira!).

Ler o artigo completo

topo

vale a leitura? o sol é para todos, de harper lee

06-02-2016 | 08:15 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



"Vale a Leitura?" é uma série de resenhas literárias para ajudar a otimizar o seu tempo: eu leio aqueles livros que você sempre pensou "Nossa, tenho que ler isso uma hora dessas" e dou meu modesto parecer na forma de: vale a pena?

Ler o artigo completo

topo

ao paciente de um bom terapeuta

06-02-2016 | 08:14 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



Sair de uma terapia é aprender a lidar com isso que vai e que volta, e que insiste em sempre desarrumar a casa, logo depois que a gente guardou a vassoura e fechou o portão.

Ler o artigo completo

topo

√öltimas

05-02-2016 | 23:55 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

A Huawei está on fire, além do Honor 5X, já deu a conhecer o sucessor do Honor 7.
Quem gosta de andar a mudar de ROM todas as semanas já pode instalar a mais recente versão da recovery TWRP.

Huawei apresenta o Honor 7 Premium



A Huawei tem obtido um sucesso considerável com a sua linha Honor, de tal forma que apostou na mesma para ser a sua porta de reentrada nos EUA.
A quando da apresentação do 5X, foi igualmente dado a conhecer outro modelo, o Honor 7 Premium, uma versão melhorada do modelo Honor 7.

Especificações principais:

  • 2.2 GHz Hi Silicon Kirin 935, Octa-core com tecnologia  bigLITTLE
  • 3GB de RAM
  • 32 GB para armazenamento
  • Sensor de impressão digital
  • Bateria de 3100 mAh
  • Ecrã TFT de 5.2" Full-HD
  • Câmara traseira de 20 MP e frontal de 8MP
  • Carregador rápido de 9V/2A

Ainda não é conhecida a data da chegada deste smartphone ao mercado.


TWRP 3.0 com bastantes novidades


Quem gosta de andar a experimentar novas ROMs tem de o fazer através de uma recovery modificada.
Longe vão os tempos em que este processo era demorado e complicado. Hoje em dia até já temos a opção de toque no ecrã disponível, o que dispensa as teclas de power e volume.

A versão 3.0 apresenta alguma novidades interessantes, com particular destaque para o emulador de terminal que até tem teclas de cursor, tab e auto complete com tab.
O novo tema, mais idiomas, compatibilidade com o Android 6.0 e uma revisão profunda do código são outras das novidades do TWRP.

Podem seguir o desenrolar da actualização e compilação neste site: LINK 


Borlas do dia:

Curtas:

topo

O fim da privacidade chega com a Internet of Things

05-02-2016 | 21:55 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A internet of things promete-nos um mundo onde tudo está ligado, com maior conforto e eficiência para todos. Mas há quem alerte que o preço a pagar será o total desaparecimento da privacidade a nível pessoal e doméstico.

Quem é que não gostará de verificar se se esqueceu de alguma coisa ligada em casa e desligá-la remotamente? Quem não achará piada a uma boneca que pode responder às perguntas feitas pelas crianças? Quem não apreciará ter um termóstato inteligente que saiba ajustar a temperatura da casa para poupar dinheiro? Estas são algumas das coisas já possíveis hoje em dia, e que se multiplicarão exponencialmente nos próximos anos, à medida que mais e mais dispositivos vão sendo ligados à internet.

Mas com isto chegam também preocupações, que noutros tempos poderiam ser consideradas demasiado fantasiosas para serem consideradas, mas que revelações como as de Edward Snowden trouxeram para a luz do dia, demonstrando serem bem reais e estando em prática há muitos anos. Se noutros tempos a "espionagem" se poderia limitar ao que se faz no computador, hoje em dia há que ter em conta que carregamos um super-computador nos nossos bolsos para todo o lado. O nosso smartphone não só permite que os operadores saibam as nossas rotinas (e todos os que tiverem acesso a esses dados), como usamos também diversos serviços a quem damos expressa autorização para que o façam - como o histórico de localização do Google - para não falar de todos os que publicam voluntariamente essas e outras informações nas redes sociais ou outros serviços. Até o simples facto de enviarmos (todas) as nossas fotos para as clouds gratuitas permite que essas empresas possam fazer múltiplas e variadas análise, desde as pessoas que lá aparecem, aos locais onde foram captadas.


Não tenho dúvidas de que a internet of things será positiva (e inevitável), mas não se deverão descartar as preocupações dos que alertam para o enorme potencial de abuso que esta tecnologia permitirá. Abusos que, como infelizmente já vimos, há muito que saltaram das histórias de ficção para a realidade da nossa sociedade.

topo

Componentes e controlos .net Framework

05-02-2016 | 19:07 | António Campos | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

Syncfusion

Escolher componentes e controlos para uma aplicação não é tarefa fácil… temos que que ter em conta as funcionalidades que acrescentam à nossa aplicação, o “peso” que os componentes ou controlos terão no desempenho da aplicação, e o tempo que pouparão ao desenvolvimento.

Outro factor é o preço dos próprios componentes e controlos, se for para usar num ou mais projectos grandes a serem comercializados facilmente se dilui o preço de aquisição no preço de venda… se for para uma aplicação desenvolvida por uma pequena empresa ou por um freelancer para uso próprio a maioria dos “pacotes” de componentes têm preços que não compensam o custo, e limitamos-nos a usar o standard.

Em pensar nos freelancers e nas pequenas empresas, e também inspirada na Miscrosoft que nos “deu” a versão community do Visual Studio, uma empresa chamada Syncfusion criou uma versão “community” do seu pacote de componentes e controlos, esta versão gratuita (com valor comercial de quase 10 000€)  destina-se a programadores individuais ou equipas até 5 utilizadores que facturem por ano menos de $ 1 000 000 (USD).

Na versão gratuita do “ESSENTIAL STUDIO 2015 VOLUME 4” estão incluídos todos os componentes e controlos das versões pagas que enumero abaixo (esta lista está incompleta para a lista completa ver o site da Syncfusion)

WEB

  • ASP.NET MVC
  • ASP.NET Web Forms
  • JavaScript
  • LightSwitch
  • Silverlight

MOBILE

  • iOS
  • Android
  • Windows Phone
  • WinRT
  • Xamarin
  • JavaScript
  • Orubase
  • UWP

DESKTOP

  • Windows Forms
  • WPF
  • UWP

FILE FORMATS

  • Excel

  • PDF

  • Word

  • PowerPoint

Para saber mais sobre a licença gratuita basta ir ao site http://www.syncfusion.com/products/communitylicense.

 

Como não trabalho (para já!!) com Android ou IOS, não posso opinar quanto à qualidade dos componentes para estas plataformas, posso apenas comentar os componentes de Windows, para já os componentes que usei (da versão gratuita) foram apenas os destinados a WPF, e são de facto fáceis de usar e trazem um grande valor acrescentado à aplicação. Por exemplo se usar-mos a datagrid standard do .net teremos algo muito estático… ao usar a datagrid da SyncFusion temos filtros (como os do Excel), agrupamentos por colunas, etc… e o código a mais é praticamente nulo. O “menu” Ribbon (não existe equivalente na framework) também é muito simples de usar e modificar e deixa as nossas apps com um visual a que os utilizadores já se habituaram.

Sem dúvida algo a experimentar e usar…

PS. Este post não é patrocinado, é mais uma especie de agradecimento à empresa SyncFusion pelo excelente produto… e pela sua versão community, que tenho usado nos projectos pessoais.

topo

Canonical quer transformar tablets em "desktops" com Ubuntu

05-02-2016 | 18:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Mais de dois anos depois da tentativa falhada do Ubuntu Edge - o smartphone que poderia servir como desktop - a Canonical volta à carga com o mesmo objectivo, mas agora com um tablet.

A ideia não é nova, e tem pairado nas ideias de muitos utilizadores há anos: com o hardware actualmente disponível nos dispositivos mobile, porque não usá-los como computadores desktop ligando-os a um monitor e teclado? Era isso que o smartphone Ubuntu Edge tentou fazer em 2013, e agora volta a repetir com o seu novo tablet.

Se no caso do Ubuntu Edge a Canonical apostava num smartphone "revolucionário", desta vez faz uma aposta mais segura, recorrendo a um Aquaris M10 da BQ, que tem hardware bastante mediano: ecrã de 1280x800, CPU MediaTek a 1.5GHz e 2GB de RAM. Mas isso não será o mais importante, pois o grande trunfo estará do lado do software: um Ubuntu concebido para funcionar nesta modalidade de "desktop" ligado a um teclado e monitor.

Na prática, a ideia acaba por ser bastante semelhante à do Continuum do Windows 10 Mobile, onde um dispositivo mobile corre apps ao estilo "desktop" quando ligado a um monitor e teclado externo; mas isso em nada reduz o interesse deste conceito de funcionamento, que vai ao encontro daquilo que muitos utilizadores desejam (sendo que, tal como nos sistemas operativos desktop, uns poderão preferir utilizar o Windows, outros preferirão o Ubuntu). A grande questão é saber se a implementação do sistema será feita de forma a convencer esses mesmos utilizadores. Os primeiros testes fazem recear que o hardware modesto torne a experiência sofrível - e já temos exemplos de como a poupança no hardware depois se faz pagar com um desinteresse por parte do público (como aconteceu com o Firefox OS e os modelos de baixo custo.)

Esperemos que não seja o caso, e que nas afinações finais tudo fique a funcionar de forma fluída e agradável... pois não haverá falta de interessados para um tablet que possam usar como computador desktop sempre que chegam a casa ou ao trabalho.

topo

Lenovo aposta no Lemon 3 para combater o Redmi 3

05-02-2016 | 17:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A Lenovo nem deixou a poeira assentar e já revelou o seu Lemon 3, um smartphone que parece ter sido feito à medida para enfrentar o recém-apresentado Redmi 3 da Xiaomi.

O Redmi 3 foi anunciado como modelo económico e tendo um ecrã HD de 5", Snapdragon 616 octa-core, 2GB de RAM, e uma bateria de 4100mAh. Uma combinação explosiva face a um preço de apenas 99 euros. Mas já se poderia imaginar que a Lenovo, que em 2015 atraiu as atenções com o seu K3 Note (que será em breve substituído pelo K4 Note) não iria facilitar-lhes a vida.

O Lemon 3 é a resposta da Lenovo ao segmento sub-100 euros. Este smartphone iguala praticamente todas as características do Redmi 3: 2GB/16GB, Snapdragon 616 octa-core, câmaras de 13MP e 5MP, e também o preço. As diferenças surgem no ecrã, que embora seja de 5" passa a ter resolução Full HD; e na bateria, que se fica pelos 2750mAh.

Na prática, vai fazer com que os consumidores tenham que tomar uma decisão: os que valorizarem a resolução sobre a autonomia ficarão melhor servidos com este Lemon 3, os que valorizarem a autonomia irão preferir o Redmi 3 e sacrificar um pouco a qualidade de imagem. (Embora eu seja fã das altas-resoluções, penso que neste caso continuaria a dar a vantagem ao modelo da Xiaomi.)

Publicado originalmente no AadM

topo

Como jogar xadrez no chat do Facebook

05-02-2016 | 17:32 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

Já estamos habituados a encontrar easter eggs em diversos produtos, e um deles permite-nos jogar xadrez dentro do chat do Facebook.

Para começar, assumindo que já estão numa janela de chat com um amigo, bastará escreverem "@fbchess play" (sem as aspas) para fazer surgir um tabuleiro de xadrez com as respectivas peças. Depois, é só darem uso à vossa mestria, ou falta dela, até ganharem (ou perderem) o jogo.

Instruções:
  1. Escrever "@fbchess play" para iniciar o jogo (a outra pessoa será a primeira a jogar)
  2. Para moverem as peças será necessário escreverem comandos de texto, com os códigos:
    K para o rei (king),
    Q para rainha (queen),
    B para o bispo (bishop),
    N para o cavaleiro (knight),
    R para a torre (rook),
    P para peão (pawn)
  3. seguido das coordenadas, letra e número, da posição para onde querem mover a peça.
    por exemplo: @fbchess Pd4
    (No caso de existirem várias peças que possam fazer esse movimento, perguntará a qual se referem)
Existem mais alguns comandos, que poderão descobrir escrevendo "@fbchess help", sendo que no caso de quererem desistir bastará escrever "@fbchess resign", e se quiserem ter uma visão mais ampla do tabuleiro bastará expandirem a janela de chat (clicar no icon dos settings no menudo chat e escolher "See Full Conversation.")

Votos de bons xeque-mates. :)

topo

Página 1 de 4811

Subscrever

Autores

Disclaimer

O Planet Geek não é responsável pelos seus conteúdos, apenas os replica a partir de cada blog.
Os artigos são da exclusiva responsabilidade dos seus autores.