Planet Geek

25 de Fevereiro, 2018

Google aposta no Android Go para o MWC

24-02-2018 | 21:14 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

O MWC vai ser ser o local escolhido pela Google e várias marcas para nos darem a conhecer as suas novas propostas de baixo custo com o novo Android Go - e estamos a falar de smartphones que podem custar menos de 50 euros.

Depois do mega sucesso do Xiaomi Mi A1 com Android One era mais que certo que outras marcas seguissem o exemplo e apostassem também neste sistema. A BQ já anunciou que vai lançar dois novos smartphones a correr Android One e a Nokia vai ainda mais longe, pois além de apresentar o Nokia 7+ com esta versão do Android vai também apresentar o Nokia 1, que será um dos primeiros smartphones a correr o Android Oreo Go Edition.

O Android Go é uma versão do Android que, embora continue a ser um Android completo, foi optimizada especificamente para ser utilizada em smartphones com hardware bastante modesto. É uma versão lite do Android, com aplicações optimizadas e uma versão da Play Store que foi programada para dar destaque a aplicações menos exigentes em termos de hardware.

Segundo a Google, esta versão do Android vai permitir um desempenho até 15% superior em smartphones de gama de entrada, disponibilizando ainda o dobro do armazenamento livre; com as aplicações instaladas de origem a ocuparem menos 50% de armazenamento face às mesmas em versão normal.

Tendo em conta que muitos fabricantes chineses de linha branca ainda apostam em terminais com 1GB de RAM e 8GB para armazenamento, esta versão do Android Oreo Go seria a companhia ideal para estes smartphones. Mas o mais incrível é que este Android Go abre as portas a smartphones com hardware ainda mais modesto (como com apenas 512MB de RAM)... e isso poderá fazer baixar o preço dos smartphones de gama de entrada para patamares mais reduzidos que nunca, oferecendo uma experiência de utilização que ainda assim seja "suficientemente agradável".

topo

Transmissão LoRa bate recorde com 71 mil km

24-02-2018 | 18:33 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Quem se interessa por comunicações wireless já terá ouvido falar desta LoRa, mas provavelmente ainda não saberá que foi recentemente batido o recorde de distância destas transmissões.

A LoRa é uma tecnologia de modulação de sinal usada em redes LPWA (Low-Power Wide-Area) e frequentemente usada por produtos "IoT". Por exemplo, seria um sistema de comunicação adequado para contadores de electricidade ou de outros consumos, ou uma rede de sensores de temperatura distribuídos por uma área geográfica alargada, etc. etc.

A distância entre nós da rede normalmente fica-se entre os 1000 e 2000 metros em situações normais, mas o ano passado houve quem se desse ao trabalho de elevar um destes módulos de comunicação num balão até à estratosfera, conseguindo fazer uma comunicação com outro módulo a 702km de distância. Foi um recorde fantástico, mas que agora foi trucidado... em parte.

É que ao contrário desse anterior recorde, que usou o hardware LoRa habitual, este novo recorde de 71572km apenas usou a tecnologia de modulação de sinal, sendo utilizado uma antena de 5 metros para enviar o sinal para um satélite, que depois o reenviou para o destino. Não é portanto uma comparação directa justa com os recordes de distância terrestres, mas que demonstra que a "base" das comunicações LoRa são eficientes e bastante resistentes a interferências, que foi precisamente o motivo que os levou a optar pelos chips LoRa, que possibilitam criar receptores de sinal satélite com antenas reduzidas, mas ainda assim capazes de receber até 100Kb/s, o que abre as portas a diversos serviços de streaming (até mesmo televisão "low-def") com largura de banda reduzida.

... Lembrem-se disso, da próxima vez que estiverem a reclamar que o sinal WiFi do router na sala não chega ao quarto... :)

topo

Cat S61 chega com câmara térmica FLIR e medição laser

24-02-2018 | 16:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A Cat vai aproveitar o MWC para nos apresentar o sucessor do S60, smartphone que tinha como particularidade ter uma câmara térmica integrada. O S61 não só mantém essa funcionalidade, como ganha outras que serão úteis para diversas actividades profissionais "no terreno".

O smartphone é, habitualmente, aquele aparelho que se mantém no bolso quando se está a fazer trabalhos mais "agrestes". Este Cat S61 quer transformar isso, transformando o smartphone em mais uma ferramenta de trabalho que não tem receio de enfrentar todo o tipo de ambientes e alguns abusos.

O Cat S61 tem ecrã Full HD de 5.2", CPU Snapdragon 639, 4GB de RAM, 64GB, câmaras de 16MP e 8MP, BT 5.0, bateria de 4500mAh compatível com QC4.0, protecção IP68 e MIL Spec 810G (resistindo a quedas múltiplas de 1.8m de altura em cimento), touchscreen capaz de funcionar com dedos molhados e luvas, e... demonstrando que os smartphones não têm que ser lançados com versões de Android desactualizadas, chegará com Android 8 Oreo e com garantia de actualização para o próximo Android P.


Mas, passemos aos extras mais incomuns: este Cat S61 vem com uma câmara térmica FLIR resolução melhorada e espectro alargado na medição de temperatura (agora vai dos  -20°C a 400°C); tem medidor laser de distância e áreas, até 10m; e ainda conta com um sensor VOC de qualidade de ar interior e de humidade.

Agora só falta saber se os profissionais irão adoptar esta "ferramenta de trabalho" que ficará disponível a partir de Abril com um preço de 899 euros. (Ao menos, será dos poucos smartphones nesta gama de preços que não se deverá incomodar com umas quedas... :)

topo

MWC 2018 arranca dia 26 com Galaxy S9 no centro das atenções

24-02-2018 | 16:21 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A próxima semana vai ser dominada por mais uma edição do MWC em Barcelona, onde não vão faltar novidades de todos os quadrantes da indústria mobile - e como não podia deixar de ser, vamos lá estar para vos dar a conhecer tudo o que de interessante por lá passar.


O MWC (Mobile World Congress) 2018 realiza-se de 26 de Fevereiro a 1 de Março em Barcelona, mas muitas marcas anteciparam-se e vão fazer as suas apresentações no dia anterior à abertura oficial. Quer isso dizer que já este domingo (dia 25) teremos as apresentações da Huawei, Nokia e Samsung; com a Sony a ter marcado a sua para dia 26, e a Asus no dia 27.

Uma vez que fabricantes como a HTC, LG e Motorola não vão apresentar (à partida) nada de relevante, e que também a Huawei optou por adiar a apresentação do seu P20 para mais tarde, isto significa que - sem desconsideração pelo que os restantes fabricantes lá irão apresentar - a Samsung tem o campo aberto para se tornar o centro das atenções com a apresentação do muito aguardado Galaxy S9... mesmo se já conhecemos praticamente tudo o que há a conhecer sobre o S9.

Ainda assim, estamos também muito interessados em ver o que a Nokia irá trazer para este MWC, sendo uma marca (HMD) que tem conquistado o sector de forma surpreendente; e também há curiosidade para saber o que o misterioso teaser da Sony quererá dizer.

... Uma coisa é certa, o nosso Luis Costa não vai ter tempo para descansar enquanto por lá andar! :)

topo

ARKit dá nova vida às apps de localização em realidade aumentada

24-02-2018 | 14:27 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Há muitos anos atrás, a chegada dos giroscópios aos smartphones deu origem a uma primeira vaga de apps de localização com modo de visualização em realidade aumentada; agora, com o ARKit, vamos assistir a uma repetição... mas desta vez mais bem feita.

O ARKit da Apple (e equivalente ARCore da Google) facilitam a criação de apps de realidade aumentada com tracking de alta qualidade. O tipo de coisas que há um par de anos obrigaria a ter uma equipa de especialistas pode agora ser feito por um qualquer developer curioso que começou a brincar com realidade aumentada há umas horas atrás; e para além das apps de realidade aumentada mais convencionais que temos visto, incluem-se também apps de localização que nos aproximam daquilo que se desejava desde os tempos da chegada dos giroscópios.

O vídeo que se segue pode ser curto, mas dá-nos uma amostra do tipo de coisas que pode ser feito em realidade aumentada com a ajuda destes novos sistemas; e torna-se também óbvio que é o tipo de aplicação que assentaria perfeitamente em "óculos digitais"... como aqueles que os rumores dizem que a Apple está a preparar para 2020.

Até lá, ainda vamos ter que ver o que valem os Magic Leap; ou, para quem não quiser gastar dinheiro, ver de que forma os developers serão capazes de usar o ARKit e ARCore com originalidade.

I’ve been working on an AR Location toolkit for developers, built on top of ARKit. I’m starting with Point Of Interest experiences. pic.twitter.com/6tXDnQaN2E
— Andrew Hart (@AndrewProjDent) February 22, 2018

topo

Vernee apresenta linha renovada no MWC 2018

24-02-2018 | 12:01 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A Vernee é mais uma das marcas que vai aproveitar o MWC para nos dar a conhecer alguns dos seus novos smartphones, neste caso, também uma completa remodelação da sua linha de produtos.

A Vernee é uma nossa velha conhecida, tendo-se destacada por criar smartphone com design atractivo (e funcionalidades interessantes, como foi o seu recurso ao botão de impressão lateral nalguns modelos) a um preço super-competitivo.

No MWC a Vernee apresentará as suas novas séries T, M, V e Apollo. A série T (anteriormente Thor) foca-se nas baterias de grande capacidade e autonomia prolongada; a série M (antigos Mars) aposta em smartphones com design cuidado, com espessura reduzida. A série V dedica-se aos modelos mais resistentes, com protecção IP68 mas mantendo um design leve e atractivo, fugindo aos habituais modelos com aspecto "blindado". E por fim, a série Apollo, dedicado aos topo de gama com tudo o que de melhor a tecnologia pode oferecer no momento.

É esperado que a marca aproveite o MWC para apresentar dois modelos: o Vernee V2 (na imagem inicial) e o Apollo 2.

O Vernee V2 é um dos modelos que combina a robustez com um design que até poderá passar por p de um smartphone normal; e que também não poupa nas características: Ecrã 18:9, CPU Helio P23, 6GB RAM + 128GB, quatro câmaras, protecção IP68.


Já o Apollo 2, aposta no novo CPU Helio X30 deca-core, 6GB RAM + 128GB, câmara dupla 16MP+13MP e frontal de 8MP, carregamento rápido de 24W e, mostrando que está atenta aos pedidos dos fãs, vem de origem com Android 8.1 (o que implicitamente também significa que será um modelo que conta com o Project Treble). Para ser perfeito só lhe faltava ter o sensor de impressões digitais no ecrã... mas suspeito que ainda seja demasiado cedo para isso (talvez para o próximo ano, quando esses sensores já estiverem mais disseminados?)

Vai ser mais uma das marcas que constará na nossa lista de visitas a fazer no MWC, e logo partilharemos as demais novidades que conseguirmos descobrir.

topo

Jeff Bezos inicia construção de relógio que funcionará por 10 mil anos

24-02-2018 | 11:01 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


O tempo é aquela dimensão que habitualmente nos reduz à nossa insignificância, mas Jeff Bezos vai tentar deixar uma marca um pouco mais durável, tendo iniciado a montagem de um relógio que deverá funcionar durante 10 mil anos.

Não é fácil ter a percepção do que são 10 mil anos. Quando olhamos para o passado e nos tentamos recordar de coisas "antigas", é inevitável que surjam no pensamento construções como as pirâmides. Depois, descobrimos que as mais antigas pirâmides egípcias foram construídas em cerca de 2600 A.C. e os mais antigos templos megalíticos datam de 3500 A.C. - fazendo com que estas estruturas tenham "apenas" cerca de 5000 mil anos. Isto já nos dá uma ideia do que significa ter a pretensão de construir algo capaz de durar 10 mil anos, data que dista da nossa o mesmo tempo que agora dista das mais primordiais origens da nossa civilização.

A ideia de construir este relógio surgiu de Danny Hillis em 1995, com Jeff Bezos a ter-se interessado pelo projecto mais recentemente. Nos últimos anos foram construídos protótipos e modelos à escala e agora, finalmente, tem início a construção do relógio em escala total - com uma altura de 150 metros e ficado alojado no interior de uma montanha, sendo alimentado pelos ciclos térmicos da noite e dia.

O que não fica claro é se este relógio dos 10 mil anos conseguirá funcionar durante os 10 mil anos sem ter qualquer supervisão, ou se esses 10 mil anos se limitam apenas à sua capacidade mecânica - desde que haja a devida manutenção. A referência de que a equipa actual deixará a programação dos "festejos" milenares para as gerações futuras faz-me suspeitar que a ideia será ter pessoas a cuidar dele.

... O que obrigatoriamente me faz imaginar aqueles cenários futuristas, das gerações futuras a tratarem desta máquina de forma ritual, tendo-se perdido a história da origem deste mecanismo nos confins da História. (Da mesma forma que hoje em dia temos tantas perguntas sobre algumas das coisas que se passaram há milhares de anos atrás...)

topo

SpaceX ia apanhar cone do foguete num barco com uma rede gigante... mas falhou

24-02-2018 | 10:01 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


O lançamento dos primeiros satélites da futura rede de internet em órbita da SpaceX foi feita com sucesso, mas infelizmente isso não se aplicou à tentativa de recuperar o cone do foguete numa manobra que parece ter saído de um filme sci-fi do anos 60: com uma rede gigante num barco.

A SpaceX já tornou quase rotineira a operação de recuperar os foguetes de lançamento com sempre impressionantes aterragens controladas, mas o passo seguinte para tentar poupar ainda mais dinheiro passa pela recuperação do próprio cone de protecção no topo do foguete. É uma peça que pode aparentar ser simples, mas que tem um custo de 6 milhões de dólares, o que representa cerca de 10% do custo total de um lançamento.

Uma vez que o cone não tem propulsão, a técnica usada para a sua recuperação consiste na utilização de pára-quedas... e de um navio equipado com uma rede gigante suspensa, que tentaria apanhar o cone antes dele cair na água. Infelizmente, não conseguiu... mas "por pouco".


A embarcação não o conseguiu apanhar apenas por uma centena de metros, com Elon Musk a dizer que tal teria sido possível se utilizarem pára-quedas de maiores dimensões que abrandem a descida um pouco mais, dando mais tempo para se posicionarem no sítio certo.

Milhão a milhão... o caminho para o espaço vai ficando cada vez mais acessível.

topo

BQ anuncia resultados financeiros de 2017

24-02-2018 | 09:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Num mercado altamente concorrencial, onde é cada vez mais difícil obter bons resultados, a espanhola BQ registou uma facturação de 190 M€, tendo fechado o ano com lucro em todas as suas divisões.
A tecnológica espanhola BQ anunciou hoje os seus resultados financeiros provisionais de 2017. A holding detrás da marca (Mundo Reader, S.L) fechou o exercício com uma facturação de 190 M€, lucro em todas as suas divisões e um lucro operativo de 8,5 M€.

divisão de smartphones foi uma das que melhores resultados apresentou com aproximadamente 1,1 milhões de unidades vendidas. Em Espanha, a BQ foi a terceira marca mais vendida de smartphones, com um 10,3% de quota de mercado e um crescimento inter-anual de mais de dois pontos*. Segundo Rodrigo del Prado, Diretor Geral Adjunto da BQ, “os resultados são muito positivos, demonstram uma tendência ascendente e reforçam a nossa estratégia. Ainda que o sector de telefonia tenha decrescido 0,4%, na BQ continuámos a crescer e este foi, historicamente, um dos nossos melhores anos”.

Para a empresa, os bons resultados são fruto da excelente relação qualidade-preço dos seus dispositivos e uma atenção ao cliente e estratégia comercial baseada na proximidade. 

Considerada uma das companhias europeias mais inovadoras pelo “FT 1000: Europe’s Fastest Growing Companies”, em 2017 a BQ criou novas sociedades dedicadas ao desenvolvimento de projectos para terceiros.

Del Prado explica que “somos uma das poucas empresas que cria e desenvolve electrónica de consumo na Europa. Temos um conhecimento transversal de mecânica, hardware e software muito difícil de encontrar no continente que aplicamos em áreas tão diferentes como a automação ou a IoT”.

Política tributária e crescimento de colaboradores
A BQ está comprometida com o desenvolvimento tecnológico e económico. Desde a sua origem contribuiu com mais de 115 M€ em impostos, cotizações à Segurança Social e salários em Espanha. Para Del Prado, “as empresas tecnológicas devemos comprometer-nos com uma política tributária honesta que contribua para as economias locais. E pagamos impostos em todos os países onde temos equipas”. 

O seu crescimento durante 2017 também se traduziu no aumento do número de colaboradores. Em Espanha conta com mais de 1.000 colaboradores (95% dos quais têm contratos sem termo) divididos entre as suas delegações territoriais, as suas quatro sedes de Madrid e a sua fábrica de Navarra, onde a marca produz os seus dispositivos de impressão 3D e robótica.  No caso de Portugal, no último ano, o número de colaboradores cresceu e o seu objetivo é continuar a crescer.

O objetivo para 2018 da BQ será continuar a crescer nos sectores e mercados nos quais está presente, enquanto continua a democratizar a tecnologia, fomentando o tecnootimismo e a mudar a sociedade através da ferramenta mais poderosa do mundo: a educação.

topo

Xiaomi vende 300 mil Note 5 em 3 minutos

23-02-2018 | 21:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A Xiaomi apresentou oficialmente os "novos" Redmi Note 5 e Redmi Note 5 Pro para o mercado Indiano, confirmando as informações que já tinha surgido e, tal como se fazia prever, foi sucesso imediato.

As 300000 unidades esgotaram em apenas 3 minutos, algo que por certo agradou à marca chinesa, mas o mesmo não se pode dizer de muitos outros clientes Indianos, que manifestaram o seu desagrado pelo facto de terem ficado à espera para comprar o smartphone e não conseguindo fazer (o que significa que, se mais smartphones tivessem sido disponibilizados, mais teriam sido vendidos!)

Thank you for being a part of the biggest sale in the history of smartphones! See you on Feb 28 for the next sale. RT to win f-codes #GiveMe5 pic.twitter.com/s6pU7339r0
— Redmi India (@RedmiIndia) February 22, 2018


Esta questão não é propriamente nova, havendo outras marcas a aplicar a mesma estratégia, efectuando a venda de um reduzido lote de equipamentos, o que leva sempre a que a procura seja elevada. Fica sempre a dúvida se foi a procura que foi efectivamente grande ou se o número de unidades disponíveis é que era reduzido.

De qualquer forma, 300 mil unidades é um número apreciável, embora por outro lado também tenha que ser visto da perspectiva do país onde se está: em Portugal, 300 mil representa 3% da população; na Índia, 300 mil representam uns ínfimos 0.02%... é um "bocadinho" diferente.

Goste-se ou não, está é a politica definida pela Xiaomi. Dia 28 haverá nova venda, veremos se se volta a repetir esta corrida às compras.

topo

Google escolhe MWC para o lançamento dos primeiros smartphones com Android Oreo Go Edition

23-02-2018 | 18:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


O MWC é o palco escolhido por muitas marcas para nos dar a conhecer os seus novos smartphones. Depois do mega sucesso do Xiaomi Mi A1, era mais que certo que outras marcas aproveitassem este balanço para lançarem as suas propostas a correr Android One. A BQ já anunciou que vai lançar dois novos smartphones a correr Android One e a Nokia vai ainda mais longe, pois além de apresentar o Nokia 7+ com esta versão do Android, vai também dar a conhecer o Nokia 1, que será um dos primeiros smartphones a correr o Android Oreo Go Edition.


O MWC vai ser ser assim o local escolhido pela Google e por várias marcas para nos darem a conhecer as suas novas propostas low cost (que podem chegar a custar menos de $50!). 

O Android Oreo (Go edition) é uma versão do Android que foi especialmente desenvolvida para ser utilizada em smartphones com hardware modesto. É uma versão lite do Android, com aplicações optimizadas e uma versão da Play Store que foi programada para dar destaque a aplicações menos exigentes em termos de hardware.

Segundo a Google, esta versão do Android vai permitir um desempenho até 15% superior em smartphones de gama de entrada, disponibilizando ainda o dobro do armazenamento livre, com as aplicações instaladas de origem a ocuparem menos 50% de armazenamento.

Tendo em conta que muitos fabricantes chineses de linha branca ainda apostam em terminais com 1GB de RAM e 8GB para armazenamento, esta versão do Android Oreo Go seria a companhia ideal para estes smartphones. Daqui por uns dias já vamos verificar qual o nível de adesão a esta solução disponibilizada pela Google para o mercado low cost.

topo

Ganha um Oukitel Mix 2 [gadget do mês Clube AadM+]

23-02-2018 | 18:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Todos os meses temos prémios exclusivos para os membros do Clube AadM+; e este mês o gadget que temos para oferecer é um smartphone Oukitel Mix 2.

O Oukitel Mix 2 é mais um dos modelos que não esconde a inspiração no Mi Mix 2 da Xiaomi, apresentando-se com um ecrã de 5.99" FHD+ que ocupa a quase totalidade da parte frontal, apenas com margem maior na parte inferior, secção onde fica alojada a câmara frontal - tal como no referido Mi Mix.

Lá dentro encontramos um MTK6757V (Helio P25) octa-core a 2.3GHz, 6GB de RAM, 64GB + microSD até 256GB, câmara dupla traseira de 16MP+0.3MP, câmara frontal de 8MP (de notar que a Oukitel continua a insistir em inflacionar os megapixeis via software, anunciando 21MP+2MP e 13MP respectivamente), Android 7.0 e bateria de 4080mAh.


Como é habitual, os membros do Clube AadM+ não precisam fazer nada para estarem automaticamente habilitados a esta prenda - sendo por isso recomendado que adiram ao Clube AadM+ para terem acesso a estes gadgets exclusivos todos os meses,

Aproveito também para relembrar que os membros do Clube AadM+, para além destes gadgets exclusivos mensais, também têm direito a outras vantagens, como descontos num crescente número de parceiros que se têm associado a esta iniciativa. Se ainda não aderiste, está na altura ideal para o fazeres e usufruíres de todas estas vantagens, junta-te ao Clube AadM+ e não deixes de convidar os teus amigos - quantos mais formos, melhores serão as prendas que poderemos oferecer. :)

Actualização: O gadget deste mês foi para o João Amaral.

topo

Magisk já suporta oficialmente alguns smartphones Huawei

23-02-2018 | 17:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


O Magisk é actualmente uma das soluções mais utilizadas por quem quer ter um acesso root no seu smartphone. A versão 15.4 foi lançada há pouco tempo, mas este facto não impediu o responsável pelo desenvolvimento desta ferramenta de lançar uma nova actualização, desta vez para a versão 16.0.


Este update tem como principais alterações, a correcção para os problemas de bootloop e o facto de passar a suportar oficialmente alguns smartphones Huawei: Mate 10, Mate 10 Pro e o Honor View 10.

Este último, foi o que permitiu a disponibilização do suporte para estes equipamentos da Huawei. A marca comprometeu-se a ceder algumas centenas de equipamentos aos developers, e topjohnwu (também conhecido como John Wu), responsável pelo desenvolvimento do Magisk, recebeu uma unidade através de um contacto da Honor USA.

Well, it doesn't take that long 😈
This is the first Treble device other than Pixel XL on my hands, the difference between implementations are pretty fun LOL pic.twitter.com/PRojNpMf89
— John Wu (@topjohnwu) February 13, 2018



Segundo John Wu, o Project Treble veio facilitar os trabalhos para dar suporte a novos equipamentos, tendo no caso destes Huawei, sido apenas necessário 6 horas de trabalho para criar uma versão funcional.

O autor partilhou ainda outra informação importante. Vai estar ausente nos próximos 4 meses para cumprir o serviço militar, pelo que não poderá dar o suporte que gostaria a este projecto. Avançou o mesmo, que pode acontecer que venha a ter disponibilidade em alguns fins de semana, mas nada garantido. Assim sendo, o melhor será passarem pelo XDA, para tentar esclarecerem as vossas dúvidas.

topo

Mini consola NES a €14.99

23-02-2018 | 17:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

Para quem não apanhou a promoção anterior, aqui fica uma nova oportunidade para apanhar uma mini consola NES com 500 jogos incluídos a preço reduzido.

Esta mini consola NES (ter em conta que não é uma mini-NES oficial da Nintendo, e que também só tem saída de vídeo AV e não HDMI) permitirá recordar os velhos clássicos de outros tempos, servindo para demonstrar às novas gerações aquilo em que os seus pais perdiam horas e horas na sua juventude - numa altura em que smartphone e internet eram coisas que não faziam parte do nosso dia a dia.

Usando o código de desconto PT1604 fica por apenas 14.99.

No mínimo, permitirá relembrar os tempos em que o conceito de "multiplayer" era sinónimo de estar sentado lado a lado num sofá, com um grupo de amigos a dizer que a seguir era a vez deles; em vez de estar cada um em sua casa, a olhar para o monitor ou televisor, com um headset na cabeça a falar remotamente com os colegas. :)

topo

Notícias do dia

23-02-2018 | 16:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

Primeiros satélites da rede de internet da SpaceX já estão em órbita; MWC 2018 arranca dia 26 com o Galaxy S9 no centro das atenções; Land Rover entra nos smartphones com o Explore Outdoor; Samsung salva Opera Max mas só para smartphones Samsung; add-on para Flight Simulator roubava passwords do Chrome; Amazon está a facilitar lavagem de dinheiro com livros falsos.

Esta semana temos para vos oferecer um porta-chaves Darth Vader com luz e som; e não se esqueçam que é já amanhã que temos o nosso habitual meeting mensal com francesinha à mistura.

Google Assistant vai ficar multi-língua



As promessas de melhorias dos assistentes por voz deixam bastante a desejar quando queremos que falar com eles em português, mas a Google promete melhorias para o Google Assistant para breve. O Google Assistant não só vai perceber mais línguas que nunca, como também irá permitir falar com ele em diversas línguas simultaneamente - embora inicialmente limitado apenas a Inglês, Francês e Alemão.

Idealmente, lá chegará o dia em que ele permitirá escolher mais línguas, para que não se tenha que lidar com aquelas situações de se dizer o nome de um filme ou pessoa em inglês, e vê-lo a espatifar-se ao comprido a tentar interpretar aquilo como sendo português (ou vice-versa). ;P


Google Assistant ganha "rotinas" e alertas de localização via Google Home



O deseje de ter uma casa inteligente ainda choca muitas vezes com a "burrice" dos sistemas actuais, mas no caso do Google Assistant chega finalmente a capacidade de definir rotinas, permitindo que um único comando de voz desencadeie uma série de acções. Por exemplo, ao se dizer "estou em casa", o sistema acender as luzes da sala, ligar o rádio, e qualquer outra coisa que se queira fazer; sem ter que criar meia dúzia de acções separadas para replicar o efeito pretendido.

Outra melhoria em relação aos alertas geo-localizados (do tipo: "lembra-me de fazer isto quando chegar / sair de casa") é que também os poderemos criar a partir de equipamentos como o Google Home; em vez de se ser obrigado a utilizar o smartphone, como acontecia até ao momento. (Este aspecto de haver coisas que se podem fazer no Google Assistant no smartphone e não num Google Home, e vice-versa, é daquelas coisas que a Google terá que resolver quanto antes.)


Google ARCore sai de beta e Google Lens chega a todos os smartphones



A resposta da Google ao ARKit da Apple foi feita a velocidade surpreendente, e agora é dado mais um passo importante com o ARCore a sair de beta e a chegar oficialmente a um lote alargado de smartphones que poderão tirar partido das suas capacidades para facilitar a criação de experiências em realidade aumentada com elevada qualidade.

Mesmo para quem não tiver smarpthones capazes de suportar o ARCore, continuam a haver boas notícias, pois o Google Lens passa a estar disponível para todos os smartphones (e até iPhones) através do Google Photos (e também através do Google Assistant nalguns topo de gama Android).


Android P também vai impedir acesso ao microfone por apps em background



Recentemente descobrimos que o próximo Android P vai tomar precauções adicionas em prol da privacidade, impedindo que apps em background tenham acesso à câmara para evitar abusos. Pois bem, como se faria imaginar, não é só a câmara que levanta preocupações, e por isso também se descobre que essa proibição também se vai aplicar ao acesso ao microfone.

A este ritmo, as apps em background no Android começam a aproximar-se das restrições que são implementadas no iOS, e que limitam o que as apps podem fazer em background a uma meia-dúzia de casos possíveis bem especificados (como terminar um download ou upload, fazer streaming de música, etc.)


Curtas do dia


Resumo da madrugada

topo

Home Agenda Calendar Widget de Francisco Franco

23-02-2018 | 16:21 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Se não conseguem viver sem o recurso constante ao vosso calendário digital e ainda não encontraram um widget que considerassem prático e com bom aspecto, vão querer espreitar o Home Agenda - Calendar Widget criado por Francisco Franco.


Francisco Franco (o criador do popular Franco Kernel) tem-se dedicado a criar alguns utilitários interessantes - para além de manter e expandir o Franco Kernel - como o Graphice, Naptime ou o 5217; e agora, junta este Home Agenda - Calendar Widget ao seu catálogo de apps.

É certo que não faltam widgets para nos apresentar os eventos do calendário no ecrã dos smartphones Android; o problema é encontrar um que se enquadre naquilo que pretendemos. Por vezes encontramos widgets que até são rápidos e eficientes mas têm um aspecto "horroroso"; outras vezes encontramos uns com design mais cuidado mas que são lentos ou obrigam a instalar apps com centenas de megabytes; e isto para não falar de quem se preocupa com saber que tem um widget bem programado e capaz de tirar partido das mais recentes funcionalidades da plataforma Android.

Foi isso que levou Francisco Franco a criar este widget, e as primeiras impressões são extremamente positivas. O widget é simples mas dá-nos diversas opções de configuração, incluindo a possibilidade de ajustar o grau de transparência da janela do widget, realçar os eventos do próprio dia, mostrar eventos passados e, obviamente, permitindo também seleccionar quais os calendários que queremos exibir no widget.

Caso não tenham encontrado ainda um widget de calendário ao vosso gosto, não deixem de espreitar este Home Agenda - Calendar Widget, que neste momento tem um preço de 2.69 euros.

topo

MWC 2018 arranca dia 26 com Galaxy S9 no centro das atenções

23-02-2018 | 15:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A próxima semana vai ser dominada por mais uma edição do MWC em Barcelona, onde não vão faltar novidades de todos os quadrantes da indústria mobile - e como não podia deixar de ser, vamos lá estar para vos dar a conhecer tudo o que de interessante por lá passar.

O MWC (Mobile World Congress) 2018 realiza-se de 26 de Fevereiro a 1 de Março em Barcelona, mas muitas marcas anteciparam-se e vão fazer as suas apresentações no dia anterior à abertura oficial. Quer isso dizer que já este domingo (dia 25) teremos as apresentações da Huawei, Nokia e Samsung; com a Sony a ter marcado a sua para dia 26, e a Asus no dia 27.

Uma vez que fabricantes como a HTC, LG e Motorola não vão apresentar (à partida) nada de relevante, e que também a Huawei optou por adiar a apresentação do seu P20 para mais tarde, isto significa que - sem desconsideração pelo que os restantes fabricantes lá irão apresentar - a Samsung tem o campo aberto para se tornar o centro das atenções com a apresentação do muito aguardado Galaxy S9... mesmo se já conhecemos praticamente tudo o que há a conhecer sobre o S9.

Ainda assim, estamos também muito interessados em ver o que a Nokia irá trazer para este MWC, sendo uma marca (HMD) que tem conquistado o sector de forma surpreendente; e também há curiosidade para saber o que o misterioso teaser da Sony quererá dizer.

... Uma coisa é certa, o nosso Luis Costa não vai ter tempo para descansar enquanto por lá andar! :)

topo

Samsung salva Opera Max mas só para smartphones Samsung

23-02-2018 | 14:13 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


O popular Opera Max, um dos primeiros browsers a integrar serviço de compressão de dados e VPN, vai continuar a existir... como Samsung Max.

Embora o Opera Max contasse com mais de meio milhão de instalações, os novos donos da Opera (um consórcio de empresas chinesas) optaram por descontinuar esse produto (talvez por o governo chinês não ser grande fã de VPNs?) Felizmente, a Samsung viu aqui uma oportunidade e comprou o Opera Max, que de agora em diante irá ser conhecido como Samsung Max.


Embora este Samsung Max mantenha as vantagens da compressão de dados e protecção da privacidade, agora deixa de existir a navegação via VPN, o que era um dos principais motivos para utilização do Opera Max. Nesta nova app a Samsung usa apenas um serviço de "DNS masking" mas que não esconde o IP do utilizador.

Há no entanto um último grande senão: é que a Samsung vai fazer com que este novo Samsung Max só funcione nos seus smartphones, impossibilitando a sua utilização em smartphones de outras marcas - pelo menos de forma oficial, pois facilmente se imagina que não demorará muito tempo a surgir uma versão alterada que remova essa restrição. (Ou então recorrer ao Opera Mini, que ainda vai durando.)

topo

Como mostrar planta da casa no Home Assistant com Floorplan

23-02-2018 | 12:48 | A Minha Alegre Casinha | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

Em vez de lidarem com o interface genérico do Home Assistant, é possível criarem uma planta da vossa casa que permite ter uma melhor percepção de tudo o que está a acontecer - para além de também permitir controlar os dispositivos inteligentes que tiverem em casa.


Apesar de uma das principais vantagens de usar sistemas como o Home Assistant ser a automação de tarefas, evitando a interacção manual com o sistema, por vezes é necessário ligar equipamentos manualmente ou consultar informação. Nestes casos, em vez de ver um ecrã cheio de botões pode ser mais útil ter uma representação gráfica da nossa casa, e para isso podemos usar o Floorplan!

Um floorplan consiste numa planta da casa onde são apresentadas as várias luzes ou equipamentos (e respectivos estados), bem como outras informações como a temperatura das divisões, portas abertas, etc. Sendo interativo, um floorplan permite num único ecrã controlar e visualizar o estado de uma enorme quantidade de dispositivos que temos em casa.

Pode parecer complexo, mas integrar um floorplan no Home Assistant é bastante simples e consiste apenas em desenhar num ficheiro SVG a planta da casa e os objectos para representar os equipamentos que querem controlar/visualizar, e criar um pequeno ficheiro de configuração YAML. Resumidamente, desenham os objectos no SVG e atribuem a cada um o entity_id do dispositivo correspondente no Home Assistant. Depois disso, no YAML de configuração do floorplan apenas definem cada um dos entity_ids e a respectiva acção.

As instruções de instalação (que consistem apenas em copiar um conjunto de ficheiros para a configuração do Home Assistant) e de configuração, podem ser encontradas no repositório oficial do projecto. Para a criação do SVG, a nossa sugestão vai para a utilização do Inkscape, por ser gratuíto e estar disponível para Linux, Windows e MacOS.


Os mais aventureiros (ou que estejam mais à vontade com CSS), podem ainda animar os objectos, para terem um frigorífico a piscar quando a sua porta está aberta, por exemplo, ou uma ventoinha a rodar quando está ligada.


Por fim, é importante lembrar que apesar de ter sido pensado para floorplans, este componente permite desenhar outras coisas como comandos de TV, painéis de alarme, ou qualquer outra interface que se pretenda… é só desenhar! Podem retirar algumas ideias das partilhas feitas pela comunidade no forum do Home Assistant.


por: Abílio Costa

topo

Primeiros satélites da rede de internet da SpaceX já estão em órbita

23-02-2018 | 12:01 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A SpaceX já colocou em órbita os dois primeiros satélites da sua futura rede de acesso à internet via satélite; os primeiros de uma constelação de milhares de satélites que superará tudo o que já foi feito até à data.

Depois de alguns adiamentos no lançamento, a SpaceX lá conseguiu enviar os dois primeiros satélites da ambiciosa rede Starlink para o espaço. Baptizados de Tintin A & B, estes satélites são ainda versões experimentais simplificadas que têm por objectivo validar os sistemas de comunicação, e neste momento já estão a comunicar com as estações terrestres e parecendo operar dentro dos parâmetros previstos.

Se não houver problemas, os primeiros satélites "a sério" da rede Starlink deverão começar a ser lançados já no próximo ano, tendo como objectivo - numa primeira fase - criar uma constelação de 4425 satélites até 2024, que permitirá aceder à internet via satélite com velocidades e latência equivalentes às de uma ligação gigabit doméstica. Mas se pensam que isto já é megalómano, importa dizer que numa segunda fase a ideia é adicionar mais 7500 satélites extra, em órbita ainda mais baixa, para melhorar ainda mais a cobertura e capacidade da rede.

... Para além dos planos de colonizar Marte, assim que se começa a ver a SpaceX a tirar vantagem dos seus lançamentos de baixo custo, fazendo algo que num passado não muito distante seria considerado "impossível". Elon Musk referiu ainda que a password da rede "WiFi" destes satélites é "martians" - sabendo como ele é, é bem provável que não esteja a brincar. :)

First two Starlink demo satellites, called Tintin A & B, deployed and communicating to Earth stations pic.twitter.com/TfI53wHEtz
— Elon Musk (@elonmusk) February 22, 2018


topo

Land Rover entra nos smartphones com o Explore Outdoor

23-02-2018 | 11:01 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A marca Land Rover está associada a um longo historial nos veículos todo-terreno, e agora quer transpor essa imagem também para os smartphones, com o Land Rover Explore Outdoor.

O Land Rover Explore Outdoor vai estar exposto no MWC em Barcelona, e tal como seria de prever, trata-se de um smartphone robusto concebido para enfrentar todo o tipo de adversidades.

Para além de um design inspirado em diversos elementos dos veículos da marca, temos um ecrã Full HD de 5" optimizado para ser usado no exterior e com touchscreen que funciona com dedos molhados e com luvas, CPU MTK Helio X27 deca-core, 4GB de RAM, câmaras de 16MP e 8MP, bateria de 4000mAh, protecção IP68, protecção contra quedas de até 1.8m de altura, dual SIM, e Android 7 com actualização para Android 8 prometida para breve (nesta altura, já se deveria exigir isso no lançamento).


Um aspecto curioso é que este smartphone pode levar alguns extras adicionais, como o "pack aventura", que adiciona uma bateria de 3600mAh e recepção GPS melhorada; havendo ainda outros pacotes de hardware, como um bateria extra de 4370mAh, e suporte universal para bicicletas.

Falta agora saber se o mercado estará disposto a pagar os 649 euros que são pedidos por este Land Rover Explore Outdoor com o pacote aventura, que chegará às lojas em Abril.

topo

Koolnee K1 Trio 4G a €199

23-02-2018 | 10:01 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Há uma nova marca de smartphones que chegou recentemente ao mercado mas que quer dar que falar: a Koolnee; e hoje vamos valar do seu K1 Trio.

O Koolnee K1 Trio é um smartphone para os fãs dos phablets, vindo com ecrã 18:9 de 6.01" com 2160 x 1080 pixeis (com margens reduzidas que o tornam equivalente aos modelos com ecrãs convencionais de 5.5"), CPU MTK6763 Octa Core, 6GB de RAM, 128GB + microSD, câmara dupla de 16MP e 2MP, câmara frontal de 8MP, dual SIM (sem afectar o microSD), BT 4.1, Android 7.1 e bateria de 4200mAh. É um modelo que está neste momento disponível por 198.99 euros e que pode acabar por servir de alternativa para quem procurar um "Mi Mix 2" mais económico e que mantenha o botão e sensor de impressões digitais à frente. (Não esquecer de seleccionar o envio Priority->Local Direct.)


É certo que nesta altura já seria de exigir que este smartphone viesse com Android 8.0, e fica também por determinar se o recurso à câmara dupla resulta efectivamente em fotos com o efeito "bokeh" feito de forma realista - ou se apenas se limita a fazer o que muitos modelos low-cost chineses com câmaras dupla fazem, de aplicar um efeito de desfocagem artificial em redor da zona de focagem, sem que a segunda câmara seja utilizada para nada.


P.S. Para quem procurar algo mais económico, será conveniente espreitar o K1 com 4GB de RAM por 124 euros.

topo

Xiaomi Redmi Note 5 Pro esgota em apenas 3 minutos

23-02-2018 | 09:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



Tal como esperado, a Xiaomi apresentou oficialmente os "novos" Redmi Note 5 e Redmi Note 5 Pro para o mercado Indiano, tendo a primeira sessão de venda decorrido esta semana. Mais uma vez, a marca chinesa conseguiu um sucesso retumbante nesta sua acção, tendo esgotado as unidades disponíveis em poucos minutos.
A Índia tem sido um bom mercado para a Xiaomi, com a marca chinesa a ter conseguido ultrapassar a Sul-Coreana Samsung. A relação preço qualidade dos seus smartphones, tem sido um forte argumento para conquistar o público Indiano.
Thank you for being a part of the biggest sale in the history of smartphones! See you on Feb 28 for the next sale. RT to win f-codes #GiveMe5 pic.twitter.com/s6pU7339r0
— Redmi India (@RedmiIndia) February 22, 2018


As 300000 unidades esgotaram em apenas 3 minutos, algo que por certo agradou à marca chinesa, mas o mesmo não se pode dizer dos clientes Indianos, que manifestaram o seu desagrado pelo facto de estarem à espera para comprar o smartphone e acabaram por não o conseguir fazer.

Esta questão não é propriamente nova, havendo outras marcas a aplicar a mesma estratégia, efectuando a venda de um reduzido lote de equipamentos, o que leva sempre a que a procura seja elevada. Fica sempre a dúvida se foi a procura que foi efectivamente grande ou se o número de unidades disponíveis é que era muito reduzido. A julgar pelas reacções publicadas no Twitter, o público indiano parece tender mais para a segunda opção.

Goste-se ou não, está é a politica definida pela Xiaomi. Dia 28 haverá nova venda, a ver vamos como corre.

topo

Produtos da Semana

23-02-2018 | 09:15 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

A nossa rubrica de Produtos da Semana agrupa uma lista de produtos e notícias que vamos compilando ao longo da semana e que achamos que será do interesse geral.

ASUS anuncia novo monitor portátil ZenScreen Go MB16AC com USB-C



A ASUS apresentou o ZenScreen Go MB16AC, um monitor portátil fino e leve, que pode ser conectado a um portátil ou a um equipamento Android e proporciona uma maior flexibilidade.

O ASUS ZenScreen Go MB16AC é o monitor Full HD (1920 x 1080) portátil USB mais fino e leve do mundo. Com um peso de apenas 780gr e uma espessura de 8mm, este monitor de 15,6 polegadas é ideal para profissionais que fazem de qualquer local o seu posto de trabalho – quer seja quando estão a expor maquetes ou a apresentar um pitch a potenciais clientes. O ZenScreen Go MB16AC tem uma porta USB-C híbrida que pode ser utilizada tanto para a transmissão de vídeo como para garantir a alimentação eléctrica do mesmo. Inclui ainda uma capa protectora ultra fina de 1mm que pode tornar-se numa base horizontal ou vertical. O ZenScreen Go MB16AC vem equipado com a tecnologia ASUS Eye Care, com Flicker-Free e Ultra Low Blue Light que minimizam a tensão ocular e protegem os utilizadores da nociva luz azul emitida pelos ecrãs. O filtro de luz azul reduz esta luz até 70% e tem quatro configurações de filtros às quais os utilizadores podem aceder facilmente através do menu exibido no ecrã.

O ASUS ZenScreen Go MB16AC já está disponível em Portugal por 310 euros.


Earphones wireless Sony WF-SP700N

Os WF-SP700N da Sony são os primeiros auscultadores desportivos totalmente sem fios com tecnologia de cancelamento de ruído e um design resistente a salpicos, para que possa desfrutar de um som imperturbado onde quer que esteja.

São tão confortáveis que podem ser utilizados durante horas, tanto durante um treino de cardio de alta intensidade, como durante uma sessão de yoga ou nas suas deslocações quotidianas. Estão disponíveis em quatro cores (rosa, amarelo, preto e branco) cuidadosamente seleccionadas para complementar o seu look desportivo e seguir a tendência de usar roupa desportiva e de lazer fora do ginásio. Com estes auscultadores nunca terá de se preocupar com quaisquer salpicos ou suor durante os seus treinos. Com a tecnologia de redução de ruído da Sony poderá desfrutar das suas músicas favoritas sem interrupções do exterior, mesmo no ambiente barulhento de um ginásio ou na rua. Por outro lado, poderá activar o modo "Som Ambiente" para ficar atento aos sons que o rodeiam, sobretudo se estiver a treinar ao ar livre, ou ainda activar apenas a voz do seu companheiro de treino enquanto ouve as suas músicas favoritas.

Os auscultadores WF-SP700N da Sony terão um valor aproximado de 200 € e estarão disponíveis a partir de Junho de 2018.


AOC apresenta o novo monitor AGON curvo



Com a 11.ª temporada prestes a arrancar, a Katowice prepara-se para receber, mais uma vez, os amantes de eSports nas datas de 24 e 25 de Fevereiro para a IEM Expo e entre 2 e 6 de Março para o torneio Intel Extreme Masters que conta com uma lista de participantes de prestígio.

Ao longo de dois fins-de- semana dedicados aos eSports, os visitantes terão a oportunidade exclusiva de testemunhar o lançamento ao público do novo ecrã curvo AG3562UCG6 Black Edition e do seu impressionante painel de 35" no stand da Alsen. Esta edição especial all-black tem uma taxa de actualização de 120Hz e uma resolução UWQHD (3440x1440 pixels) que permitem uma experiência de jogo mais imersiva. Graças ao suporte integrado G- Sync, o AG3562UCG6 Black Edition oferece efeitos visuais em perfeita harmonia com as GPUs NVIDIA e está preparado para eliminar a defasagem de entrada e transmitir sem falhas. Extras úteis como a tecnologia sem cintilação da AOC, o suporte de auscultadores retráctil e a solução de controlo de sombra AOC fazem parte do conjunto de funcionalidades do AG352UCG6 centradas nos eSports, tornando-o a mais recente novidade da AOC na sua linha AGON, e um dos modelos mais atraentes.

Esta edição especial tem data prevista de disponibilidade em Maio de 2018.


Mochila Work + Play Cycling da Targus já disponível



A nova mochila da gama Work + Play, lançada pela Targus, já está disponível no mercado português.

À semelhança das outras mochilas da gama a nova Work + Play Cycling é perfeita para transportar o portátil e respectivos acessórios tecnológicos, a par de uma série de acessórios indispensáveis para a prática desportiva, com toda a segurança e conforto. Este modelo conta com um compartimento anti-impacto, perfeito para qualquer portátil até 15,6". Adicionalmente esta mochila tem vários compartimentos onde pode guardar acessórios de trabalho, chaves, bloqueio para a bicicleta e até mesmo o capacete. A mochila possui ainda um compartimento ventilado discreto projectado especialmente para o transporte de sapatos de trabalho ou desporto. A mochila Targus Work + Play Cycling é a solução ideal para quem vai de bicicleta para o trabalho já que incorpora um sistema acolchoado que protege e proporciona conforto nas costas, e também um sistema de malha para os ombros que confere um maior fluxo de ar para trás, bem como uma correcta distribuição do peso nas costas.

A mochila criada pela Targus já se encontra à venda na Fnac, pelo valor de 89,99 euros, estando disponível brevemente em outros pontos de venda.


TP-Link apresenta o novo Neffos C7



A TP-Link anunciou o lançamento do Neffos C7.

Projectado segundo as preferências do cliente actual, o C7 oferece uma forma metálica ergonómica e uma brilhante e nítida câmara de 8 megapixéis para conversas e videoconferência em alta definição através do generoso ecrã HD do telefone. Tirar selfies em pouca luz também não é um problema, graças ao recurso de flash do ecrã. E se precisar colocar mais pessoas no ecrã, o ângulo largo de 86 graus da câmara frontal facilita esta tarefa. As selfies podem ser corrigidas e melhoradas com a ajuda do software da empresa ArcSoft.

Para melhorar a utilização diária, o dispositivo possui um ecrã imersivo de 5,5 polegadas IPS-LCD e um leitor de impressões digitais colocado na parte superior do painel traseiro para acesso conveniente. Contém um processador octa-core para permitir que navegue através da web, jogos, e-mail e execute a maioria das tarefas habituais em smartphones. Com os 2GB de RAM, deverá ser capaz de lidar com as aplicações mais exigentes. O Neffos C7 suporta cartões microSD, para que a capacidade de armazenamento possa ser expandida até 128GB

O Neffos C7 estará disponível em alguns mercados seleccionados durante 2018. Haverá duas opções de cores: Dark Gray e Sunrise Gold.

topo

Samsung retoma actualização dos Galaxy S8 para Android 8

23-02-2018 | 08:33 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


O processo de actualização dos Galaxy S8 para Android 8 começou no início do mês, mas acabou por ser suspenso pouco tempo depois. Agora, parece que finalmente está tudo resolvido, com a Samsung a retomar o processo de actualizações.

Embora a Samsung não tenha entrado em detalhes, a suspensão foi causada por um erro que podia acontecer nalgumas circunstâncias (e que terá sido suficientemente grave para levar à suspensão das actualizações). Felizmente, os trabalhos parecem ter decorrido da melhor forma, permitindo retomar o processo de actualização dos Galaxy S8 e Galaxy S8+ para o Android 8.0 Oreo.

Quem já tivesse instalado a versão anterior com o Android Oreo vai ter apenas de instalar uma actualização "reduzida" com cerca de 500MB. Para quem não o fez, terá que proceder à actualização "completa"com tamanho substancialmente maior.

O novo firmware para o Galaxy S8 tem o código G950FXXU1CRB7. No caso do Galaxy S8+, vão receber o firmware G955XXU1CRB7. Esta nova actualização está a começar a ser distribuída na Alemanha, pelo que não desesperem se ainda demorar algum tempo até surgir nos Galaxy S8 nacionais.

topo

Amazon está a facilitar lavagem de dinheiro com livros falsos

22-02-2018 | 21:14 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A divisão de auto-publicação Createspace da Amazon parece ter sido tomada de assalto por criminosos que a usam para lavagem de dinheiro com livros falsos a preços absurdos.

É fascinante, e assustador, ver como sistemas que se poderiam imaginar ser positivos e benéficos, podem facilmente ser subvertidos e transformados em ferramentas que facilitam a vida a criminosos. O Createspace da Amazon dá a possibilidade a autores de publicarem livros "a pedido", no entanto, um desses autores foi surpreendido ao receber uma declaração de rendimentos da Amazon de um livro que nunca tinha escrito... e do qual também nunca recebeu dinheiro.

A táctica consiste em criar um registo no site, em nome de um qualquer autor insuspeito, e disponibilizar livros - cujo texto nem sequer faz sentido, sendo criado por ferramentas de escrita aleatória - a preços exorbitantes. Neste caso, tratava-se de um livro que custava $555 dólares australianos (cerca de 350 euros) e que teve 70 exemplares vendidos (um total de mais de 24 mil euros).

Ora... facilmente se pode imaginar que uma pessoa normal não irá comprar um livro com texto sem sentido por este valor, pelo que o que se passa é que estes indivíduos estão a usar a Amazon como sistema de lavagem de dinheiro, efectuando as compras com cartões de crédito roubados, e recebendo o dinheiro numa conta bancária (também criada com nome falso), de onde retirarão o dinheiro tão depressa quanto conseguirem... e ainda por cima deixando um autor insuspeito com a trabalheira de explicar às finanças de que não recebeu aquele dinheiro, mas arriscando-se a ter que pagar os impostos devidos até que tudo fique esclarecido.

... Mais um lembrete dos riscos dos dados pessoais de muitas pessoas andarem a circular pela internet...

topo

Há uma luz que nunca se apaga... e já brilha há 20 anos

22-02-2018 | 21:11 | Gonçalo Sá | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

Ray_of_Light

 

O álbum imprescindível da rainha da pop? Se não o é, foi pelo menos dos mais decisivos para que MADONNA conseguisse manter esse estatuto. Editado a 22 de Fevereiro de 1998, "RAY OF LIGHT" tem aura de clássico luminoso, 20 anos depois.

 

Como responder à polémica escaldante de "Erotica" e do livro "Sex" (1992) e à recepção morna ao já de si morno "Bedtime Stories" (1994), que dominaram o percurso de Madonna durante boa parte da década de 90? A solução não era óbvia, mas se muitos talvez apostassem num reforço da provocação, a "material girl" inverteu as expectativas ao abraçar a serenidade depois de ter sido mãe (de Lourdes Maria, em 1996). Ou a serenidade possível, já que "Ray of Light" recupera a paixão da cantora pela música de dança, mais vincada nos seus primeiros álbuns, à luz (passe a expressão) das tendências electrónicas de final de milénio.

 

Num dos momentos em que se mostrou mais certeira na escolha das companhias, teve no britânico William Orbit (vindo de projectos relativamente marginais como Bassomatic ou Strange Cargo) o aliado ideal para se atirar tanto à house, ao techno e até ao trance como a cenários mais contemplativos. "I traded fame for love/ Without a second thought", cantava na faixa de abertura, "Drowned World/Substitute for Love", na qual aceitava contaminações trip-hop num dos episódios mais cristalinos desta reinvenção inesperada.

 

Madonna_1998

 

Onde estava quem tinha entoado "put your hands all over my body" de forma tão decidida uns anos antes? Deixava ecos, ainda assim tímidos, numa delícia (esquecida?) de guitarras e sintetizadores como "Candy Parfum Girl", mas em "RAY OF LIGHT" predomina o olhar introspectivo de pérolas na linha de "To Have and Not to Hold", "Sky Fits Heaven" ou "Skin", mesmo que em moldura de pulsão rítmica (à lista poderia juntar-se a mais tranquila "Has to Be", infelizmente remetida para lado B). E se dá vontade de perguntar como é que nenhuma foi single, é difícil reclamar dos temas que tiveram esse privilégio - sobretudo de "Frozen" (acompanhado por um videoclip icónico de Chris Cunningham) e "The Power of Good-Bye", baladas tão frescas e memoráveis que levam a desculpar o escorregão ocasional para o misticismo new age de algumas letras.

 

Além de ser um dos pontos de paragem obrigatória da carreira de MADONNA, o seu sétimo álbum foi facilmente dos melhores do seu ano (o que não é dizer pouco quando 1998 teve regressos muito inspirados dos Garbage, Massive Attack, Smashing Pumpkins, Hole ou Placebo) e abriu portas para a fase mais electrónica da sua discografia. E se a produção electroacústica de "Music" (2000) e sobretudo "American Life" (2003) até foi mais arrojada (cortesia de Mirwais) e "Confessions on a Dance Floor" (2005) potenciou a última grande reinvenção, enquanto colecção de (grandes) canções "RAY OF LIGHT" continua imbatível - parabéns também por isso.

 

 

 

topo

Samsung retoma actualização dos Galaxy S8 e Galaxy S8+

22-02-2018 | 18:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



No início deste mês, depois de um período de testes, a Samsung iniciou a distribuição da actualização dos Galaxy S8 e Galaxy S8+ para Andorid 8.0 Oreo. Esta situação acabou no entanto por ser abruptamente interrompida, devido a uma falha grave no software.

Os trabalhos parecem ter decorrido de forma bastante satisfatória, o que permitiu à Samsung retomar o processo de actualização dos Galaxy S8 e Galaxy S8+. De acordo com a informação disponibilizada pelo SamMobile, os dois smartphones já estão a receber a actualização OTA com o Android 8.0 Oreo.

Quem já tenha instalado a versão anterior com o Android Oreo, vai ter apenas de instalar uma versão com pouco mais de 500MB. Se não actualizaram os vossos Galaxy S8 e Galaxy S8+, terão de instalar a actualização "completa", que por isso mesmo tem um tamanho substancialmente maior.

O novo firmware para o Galaxy S8 tem o código G950FXXU1CRB7. No caso do Galaxy S8+, vão receber o firmware G955XXU1CRB7.

Segundo o site onde a notícia foi publicada originalmente, esta actualização volta a começar por ser distribuída na Alemanha, pelo que por cá, ainda deverá demorar mais algum tempo até que possam instalar a mesma nos vossos smartphones.

topo

Add-on para Flight Simulator roubava passwords do Chrome

22-02-2018 | 18:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Quando se pensava já se ter assistido a tudo a propósito de abusos feitos pelo DRM, eis que chega novo caso que supera todas as expectativas, com um add-on para o Flight Simulator que no processo de instalação roubava todas as passwords que os jogadores guardassem no Chrome.

A Flight Sim Labs é conhecida por disponibilizar diversos add-ons para o Flight Simulator da Microsoft, mas arrisca-se a ter que voar bem baixinho daqui para a frente. Quem executasse o ficheiro Labs_A320X_P3D_v2.0.1.231.exe para ter acesso a um modelo do Airbus 320 actualizado, mal poderia imaginar que lá pelo meio esta empresa tivesse incluído um programa que lhes poderia roubar todas as passwords guardadas no Chrome.

A empresa tentou desculpar-se dizendo que era algo que fazia parte do seu novo DRM, e que esses dados só eram recolhidos quando o programa detectava uma combinação de nomes de utilizador, emails, IPs e números de série suspeitos que pudessem fazer pensar que se tratava de alguém a utilizar software pirateado; e nesse caso o objectivo era recolher dados desse utilizador (como a sua password nas redes sociais) para o poderem identificar e denunciar às autoridades . No entanto, é uma técnica anti-pirataria que não só é completamente abusiva... como será mesmo ilegal, podendo cair sob a alçada dos crimes informáticos por acesso indevido a dados pessoais!

Claro está que muitos utilizadores legítimos se sentem traídos por esta empresa e estão a pedir reembolsos, sendo que provavelmente nunca mais lhes comprarão nada. E mais uma vez, com tanta "mania da perseguição" que acaba por importunar os clientes legítimos, que sai beneficiado são os piratas, que provavelmente irão ter acesso a estes conteúdos, mas com um instalador livre DRM abusivo. Quanto mais tempo será necessário para que as empresas se foquem nos clientes que pagam - e os tratem com respeito - em vez daqueles que não pagam?

topo

Land Rover Explore, um smartphone para todo o terreno

22-02-2018 | 17:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


O desporto de aventura continua a ter muitos adeptos, razão suficiente para que algumas marcas continuem a apostar neste nicho de mercado. A Land Rover mostra estar atenta às necessidades deste público mais radical, apresentando um smartphone que promete oferecer uma boa capacidade de resistência.


 A Land Rover e o Grupo Bullitt revelaram detalhes sobre o Telemóvel Land Rover Explore Outdoor. Desenhado a pensar nas pessoas que vivem para a aventura e que precisam de um telemóvel que consiga sobreviver a qualquer adversidade, o smartphone estará em exposição no Mobile World Congress 2018, Barcelona, 26 de fevereiro a 01 de março de 2018.

No “coração” do Land Rover Explore encontra-se uma poderosa bateria 4000mAh que tem a durabilidade de dois dias de uso típico ou um dia inteiro de atividades que envolvam o mapeamento de navegação GPS ativado no 5 "display HD. A vida útil da bateria também pode ser duplicada acionando o pack de aventura. Uma vez acionado, este pode substituir a necessidade de ter um dispositivo GPS com antena de patch GPS que melhore a confiabilidade e precisão do GPS. Este também adiciona 3600 mAh adicionais de energia da bateria e um mapeamento topográfico Premium com a realidade aumentada Skyline, cortesia da ViewRanger.

Outros pacotes de hardware disponíveis incluem uma bateria adicional de 4370mAh e um suporte para bicicletas universal, projetados para melhorar qualquer aventura permitindo aos proprietários ir mais longe e ficar fora por mais tempo.

O Land Rover Explore suporta o uso diário ao ar livre com uma durabilidade excepcional. Á prova de queda até 1.8 metros com o protetor de ecrã vindo de fábrica, sobrevive debaixo de água, incluindo água salgada cumprindo a avaliação IP68, e resiste a temperaturas extremas, choque térmico, humidade e exposição da vibração. Este nível de proteção garante que o dispositivo sobreviva a chuvas pesadas ou a uma trilha com lama e que continuará a funcionar, mantendo os usuários conetados em todos os momentos.

Projetado em estreita colaboração com a Land Rover, o smartphone ganhou alguns apontamentos do design capaz e versátil do Land Rover Discovery. Inspirado no design da grelha frontal até à arquitectura do farol e ao acabamento serrilhado dos mostradores interiores este reflecte com elegância a essência da marca Land Rover. Este é um smartphone duradouro que nasce de um projeto elegante que o torna apropriado para o escritório ou para apreciar as aventuras ao ar livre

O ecrã principal caracteriza-se por um painel ao ar livre personalizável para dar acesso rápido a informações como a condição meteorológica e aos dados do sensor do dispositivo. Este pode ser configurado para mostrar os detalhes mais relevantes para qualquer atividade num piscar de olhos. O Explore Hub é um portal de App’s, com um catálogo de conteúdos relevantes para diferentes atividades ao ar livre, bem como os apps da Land Rover InControl. Além disso, este apresenta pequenas características como uma lanterna de SOS e um modo de filtro de noite vermelho para reduzir o brilho da tela, estas características tornam o Land Rover Explore perfeito para todos que têm uma paixãopelo ar livre.

As suas aracterísticas notáveis também incluem uma tela brilhante de 5 polegadas Full HD que é otimizada para a legibilidade à luz solar, enquanto que o ecrã tátil pode ser controlado com os dedos molhados ou ao usar luvas. As opções de conectividade aprimoradas são fornecidas por um recurso Dual Sim, dando aos usuários a capacidade de se conectar a duas redes diferentes.

Joe Sinclair, Diretor de produtos e licenciamento para a Jaguar e Land Rover diz: "Estamos empolgados em colaborar com o grupo Bullitt na criação de um smartphone que todos gostaríamos de ter. Uma combinação perfeita entre design e funcionalidade que incorpora o DNA da Land Rover e que permite aos nossos clientes estar ao ar livre por mais tempo, com a confiança de que podem ir mais longe.”


Peter Stephens, CEO do Grupo Bullitt, licenciado Global Mobile para a Land Rover comentou: " Tendo vindo a construir a nossa liderança num mercado de telemóveis agressivo, temos assistido à insatisfação crescente do cliente face à fragilidade do seu telemóvel e à baixa durabilidade da bateria em particular, impedindo que usem o seu telemóvel para partes importantes da sua vida no seu dia a dia. O Land Rover Explore encarna tudo o que sabemos para criar um dispositivo perfeitamente adequado para qualquer atividade ao ar livre, mantendo um design elegante "


O Land Rover Explorer será lançado com o pacote de aventura, que incluí
Capacidades extra de GPS profissional para o smartphone por um preço de €649. Este estará disponível a partir de Abril de 2018 via www.landroverexplore.com e em operadores e em vendedores autorizados.

O Land Rover Explore estará em exposição no Mobile World Congress (stand CS78), segundo para o Geneva Motor Show, 08-18 de março.

Especificações 

  • Bateria (4000mAh) mais Add-on packs de bateria.
  • IP68 Resistência a Salpicos, àgua e areia.
  • Á prova de queda até 1.8 metros com o ecrã de origem.
  • Premium Grade, detalhada Off-Road com opções de mapeamento topográfico de ViewRanger, com característica Realidade Aumentada Skyline 
    • O voucher de mapeamento Off-Road Premium em caixa, oferece um escolha de mapas topográficos de cada região de todo o país ou personalizados 
  • Painel exterior personalizável para aceder às informações meteorológicas mais importantes, aos dados do sensor e às ferramentas de dispositivo para a sua actividade: por exemplo, tempo, vento, marés, bússola, luz de SOS, etc.
  • Android ™ ' nougat ', com upgrade programado para ' Oreo '
  • 4GB RAM e 64GB ROM, expansíveis nível microSD™
  • Deca-core 2.6GHz 64 bit MTK Helio X27 chipset com funcionalidade Dual SIM 
  • 16 MP câmara traseira, 8MPcâmara frontal, 4 x digital zoom
  • Display luminoso de 5 polegadas FHD, Corning ® Gorilla ® Glass 5 protegido, optimizado para uso ao ar livre
    • Ecrã táctil que pode ser usado com dedos ou luvas molhadas.
    • Modo de filtro de noite vermelho que reduz o brilho da tela, preservando a visão natural com pouca luz e à noite
  • LTE Cat 6
  • Loja de apps com um catálogo relevante para atividades ao ar livre


Especificações do Pacote Aventura

  • 3600mAh de bateria adicional
  • 25 x 25mm Ceramic Patch GPS Antenna
  • TPU Capa de protecção
  • Mosquetão de aço inoxidável com cinta de lona
  • IP68 e teste de queda a 1.8 metros


Especificações do Pacote para Bicicleta

  • Suporte e estojo de bicicletas para haste e guiador
  • Inclinação para ajustar o ângulo de visão ou alterar a orientação do dispositivo


Especificação do Pacote de Bateria

  • Ultimate Battery Performance, 4370 mAh adicionais de capacidade de bateria
  • IP68 e teste de queda a 1.8 metros


topo

Earphones Bluetooth desportivos a €13

22-02-2018 | 17:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Se por um lado se pode criticar o desaparecimento da ficha dos headphones dos smartphones, por outro lado há que reconhecer que já situações em que os earphones "sem fio" se tornam mais vantajosos... e felizmente isso já não implica gastar uma fortuna.

Se gostam de ouvir música enquanto correm e não querem lidar com o cabo dos earphones a abanar por todo o lado a solução é utilizar uns headphones wireless - mas não uns quaisquer; uns que estejam preparados para se manterem nos ouvidos mesmo durante actividade física intensiva, como estes Dodocool Wireless V4.1 que estão neste momento disponíveis por apenas 13.27 euros.


O facto de serem económicos não impede que tenham atributos curiosos, como o emparelhamento rápido via NFC, possibilidade de emparelhamento com dois equipamentos simultaneamente, resistente ao suor (como seria de esperar nuns earphones para actividade desportiva), assim como suporte para aptX para maior qualidade sonora via Bluetooth e cancelamento de ruído durante as chamadas - pois, como também é habitual nestes produtos, podemos utilizá-los para receber e efectuar chamadas.

A autonomia indicada é de até 10h em funcionamento (ouvir música) e 180h em standby, com o recarregamento a poder ser feito em 2 horas.


topo

Notícias do dia

22-02-2018 | 16:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

Tesla acusada de vender automóveis que sabia serem defeituosos; Apple prepara AirPods com "Hey Siri" e à prova de água; Snapchat vai manter novo design apesar das queixas de 1.2 milhões de utilizadores; Ticwatch E com Android Wear 2.0 por €114.96; uTorrent com vulnerabilidade que deixa utilizadores em risco; e o PinMe descobre a localização de um smartphone sem usar GPS.

Esta semana temos para vos oferecer um porta-chaves Darth Vader com luz e som; não se esqueçam que é já este sábado que temos o nosso habitual meeting mensal com francesinha à mistura; e que também está a decorrer o fundo de gadgets para um kit AmpliFi com WiFi mesh.

Xiaomi Mi Max 3 com carregamento wireless e scanner de íris

A Xiaomi tem smartphones excelentes para todos os gostos, mas infelizmente tem-se mantido afastada do carregamento wireless; algo que pode mudar com a chegada do Mi Max 3, um phablet que não só confirma a tendência de crescimento dos smartphones (terá um ecrã de 7"!) como também poderá estrear o carregamento wireless Qi nos smartphones da marca.

No firmware deste futuro modelo também surgem referências a scanner da íris... pelo que poderá trata-se de uma estreia dupla. Isto, assumindo que a Xiaomi não estreará algumas destas novidades no Mi Mix 2S que se espera ficar a conhecer em breve.


Intel disponibiliza actualização "estável" para o Spectre


A muito criticada correcção à pressa para as vulnerabilidades dos CPUs lançada pela Intel, e que fazia crashar os sistemas, poderá ficar finalmente resolvida. A Intel já está a disponibilizar uma nova actualização para os seus CPUs Skylake, Kaby Lake, e Coffee Lake e que desta vez deverá funcionar sem por em causa a estabilidade de funcionamento do sistema.

CPUs mais antigos, como os Broadwell e Haswell ainda não têm actualização disponível, mas a Intel já estará a testar versões em fase beta para as disponibilizar publicamente tão depressa quanto possível - esperemos é que tenham um nível de qualidade acima de "lixo".


Honor 9 Lite ganha Face Unlock

Não há dúvida de que o desbloqueio por reconhecimento facial voltou a estar na moda, muito provavelmente graças ao FaceID da Apple. E para além da OnePlus estar a promover o seu desbloqueio "instantâneo", também a Huawei tem feito chegar esta funcionalidade aos seus modelos, com o último deles a ser o Honor 9 Lite.

Este smartphone junta-se assim ao Honor 7X e View 10, na sua capacidade de permitir que o smartphone fique pronto a utilizar bastando "olhar para ele" e sem necessidade de introduzir um código ou usar uma impressão digital. O processo de actualização é gradual, pelo que esta funcionalidade ainda poderá demorar uma ou duas semanas até que chegue a todos os utilizadores.


Propósito do Facebook continua a ser angariar informação sobre os utilizadores



Muitas vezes temos referido a atitude aparentemente cada vez mais desesperada do Facebook em manter utilizadores, recorrendo a todo o tipo de tácticas para fazer com que regressem e se mantenham na plataforma - e que poderá parecer estranho para uma plataforma que está no "pico" do seu sucesso. Mas o problema é precisamente esse... depois de atingido o pico, tornar-se-á complicado não cair numa tendência descendente que será o que está a preocupar o Facebook.

Pelo menos, não sou só eu deparar-me com esta atitude desesperada do Facebook; é algo que parece tornar-se ainda mais evidente para quem abandonou a plataforma há meses, e continua a ser assediado diariamente para regressar, mesmo tendo tentado desligar todas as notificações e alertas.


Curtas do dia


Resumo da madrugada

topo

Galaxy S9+ supera S9 no Geekbench

22-02-2018 | 16:21 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Já se conhecem praticamente todos os detalhes sobre os novos Galaxy S9 da Samsung, mas agora também se fica a saber que o Galaxy S9+ poderá ter alguma vantagem sobre o S9 em termos de processamento.


Segundo resultados do Geekbench que supostamente pertencerão ao novo topo de gama da Samsung (que tem apresentação oficial marcada para o próximo domingo), o Galaxy S9+ consegue superar os resultados atribuídos ao S9, com valores de 3773 e 9024 (single-core e multi-core) face aos 3648 e 8894 obtidos pelo modelo mais pequeno.


É certo que não se trata de uma diferença significativa e que só poderá ser comprovada quando se fizerem mais testes e se tiver uma noção da variação destes resultados, mas também se pode dar o caso que esta pequena vantagem esteja a ser conseguida por causa dos 6GB de RAM que o S9+ tem (em vez de 4GB).

Mais notável é que estes resultados single-core mostram uma melhoria brutal do desempenho face ao Galaxy S8, que neste teste se ficava pelos 1950 pontos. Estamos a falar de um aumento de 90% no desempenho single-core, aquele que mais conta para as coisas "que se notam" na utilização no dia a dia, e que reduz significativamente a tradicional vantagem substancial que os iPhones têm tido nos últimos anos - o iPhone 8, 8 Plus e X têm resultados na casa dos 4200 (single-core) e 10100 (multi-core).

Estes resultados do Exynos 9810 também superam amplamente os obtidos pelo Snapdragon 845, que se fica pelos 2400 pontos em single-core; pelo que desta vez serão os clientes Samsung nos EUA a perder com a utilização do Snapdragon.

topo

Apple prepara AirPods com "Hey Siri" e à prova de água

22-02-2018 | 15:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Os AirPods da Apple já se tornaram num acessório comum para muitos utilizadores de iPhones, mas à semelhança do que acontece com os smartphones, também eles vão ficar sujeitos a um processo de evolução anual que, para algumas pessoas, as poderá fazer ter saudades do "antigamente".

O abandono da ficha tradicional dos headphones tem obrigado os utilizadores de smartphones a livrarem-se dos cabos e optarem por headphones e earphones sem fios, e os AirPods da Apple são dos que estão mais bem posicionados para cativar os utilizadores de iPhones.

Para os AirPods a Apple criou o seu próprio chip wireless - o W1 - que lhes permite obter o desempenho, funcionalidades, e autonomia que desejavam (face à utilização de chips comercialmente disponíveis no mercado), e tal como seria de esperar... também esse chip irá evoluir e tornar-se mais capaz. Já para este ano, espera-se que a Apple lance uma nova versão que passe a contar com a activação por voz via "Hey Siri", sem necessitar que se toque neles; com uma versão prevista para o próximo ano que lhes dará resistência à água acrescida (mesmo não se prevendo que seja suficiente para os usar debaixo de água, será pelo menos bem vindo para quem gostar de ouvir música à chuva, durante actividade física intensa).

Para uns, serão novidades bem vindas e que poderão significar mais uma "renda anual" na troca de AirPods de ano para ano; para outros, poderá deixá-los com saudades dos tempos em que os headphones e earphones se podiam manter durante anos (e décadas) sem necessidade de serem trocados ou actualizados.

topo

uTorrent com vulnerabilidade que deixa utilizadores em risco

22-02-2018 | 14:14 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


O popular cliente de torrents uTorrent é a mais recente vítima das vulnerabilidades descobertas pelo Project Zero da Google, e que permite que um site que se visite possa tomar controlo do programa, incluindo fazer download de software malicioso que arranque automaticamente.

Tavis Ormandy, investigador do Project Zero, já tinha insinuado há algumas semanas que iriam ser reveladas vulnerabilidades no uTorrent (e não só, também foi revelada uma vulnerabilidade no Transmission) e é precisamente o mesmo tipo de falha que afecta o uTorrent e uTorrent Web.

O problema é que qualquer site que se visite poderá usar a técnica do DNS rebinding para fazer com que um domínio seja direccionado para o IP local do computador, servindo como porta de entrada para o envio de comandos que, à partida, apenas deveriam ser aceites se tivessem origem no próprio computador. Desta forma, um qualquer site poderá indicar ao uTorrent que deverá fazer o download de um programa malicioso e colocá-lo na pasta de arranque automático do Windows... com tudo o que de mau daí poderá advir.

Caso utilizem o uTorrent, será imperativo que actualizem o mais rapidamente possível para a versão 3.5.3.44352 (que também ficará disponível via o sistema de actualizações automáticas nos próximos dias), e o uTorrent Web para a versão 0.12.0.502. Mesmo com a proliferação dos serviços de streaming que vieram roubar protagonismo aos torrents, ainda há muitas pessoas que os utilizam e que por isso deverão manter-se alertas quanto a estas falhas.

topo

Snapchat vai manter novo design apesar das queixas de 1.2 milhões de utilizadores

22-02-2018 | 12:01 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


As recentes alterações feitas ao Snapchat têm gerado enorme contestação, mas apesar de mais 1 milhão de utilizadores pedirem para regressar ao interface antigo, a Snap já veio dizer que o novo interface será para manter.

Bem sabemos que as alterações são sempre problemáticas em produtos com milhões de utilizadores. No entanto, poucos são os casos em que a alteração de uma app dá origem a uma petição com mais de 1.2 milhões de pessoas a pedirem para regressar à versão anterior.

Um volume que não pode ser ignorado pela Snap, que respondeu na própria petição, mas infelizmente sem que fosse a resposta que esses utilizadores desejavam ouvir. A Snap diz que as alterações ao Snapchat são para manter, pois servem de base a alterações futuras que irão tornar o programa e serviço cada vez melhor e permitir aos utilizadores melhor afinarem o tipo de conteúdos que desejam.

Mesmo tendo em conta que o Snapchat tem mais de 160 milhões de utilizadores diários, não sei se será boa ideia alienar 1.2 milhões de utilizadores, que com facilidade se poderão mudar para outras paragens (hoje em dia não faltam apps que permitam comunicar em vídeo) - ainda mais numa altura em que o Snapchat tem perdido utilizadores e vai tendo dificuldade em lidar com as cópias constantes das suas "novidades" por parte de outros serviços (como os do Facebook).

topo

Home Agenda Calendar Widget de Francisco Franco

22-02-2018 | 11:01 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Se não conseguem viver sem o recurso constante ao vosso calendário digital e ainda não encontraram um widget que considerassem prático e com bom aspecto, vão querer espreitar o Home Agenda - Calendar Widget criado por Francisco Franco.

Francisco Franco (o criador do popular Franco Kernel) tem-se dedicado a criar alguns utilitários interessantes - para além de manter e expandir o Franco Kernel - como o Graphice, Naptime ou o 5217; e agora, junta este Home Agenda - Calendar Widget ao seu catálogo de apps.

É certo que não faltam widgets para nos apresentar os eventos do calendário no ecrã dos smartphones Android; o problema é encontrar um que se enquadre naquilo que pretendemos. Por vezes encontramos widgets que até são rápidos e eficientes mas têm um aspecto "horroroso"; outras vezes encontramos uns com design mais cuidado mas que são lentos ou obrigam a instalar apps com centenas de megabytes; e isto para não falar de quem se preocupa com saber que tem um widget bem programado e capaz de tirar partido das mais recentes funcionalidades da plataforma Android.

Foi isso que levou Francisco Franco a criar este widget, e as primeiras impressões são extremamente positivas. O widget é simples mas dá-nos diversas opções de configuração, incluindo a possibilidade de ajustar o grau de transparência da janela do widget, realçar os eventos do próprio dia, mostrar eventos passados e, obviamente, permitindo também seleccionar quais os calendários que queremos exibir no widget.

Caso não tenham encontrado ainda um widget de calendário ao vosso gosto, não deixem de espreitar este Home Agenda - Calendar Widget, que neste momento tem um preço de 2.69 euros.

topo

Tesla acusada de vender automóveis que sabia serem defeituosos

22-02-2018 | 10:01 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Os problemas de qualidade dos Tesla voltam a estar no centro das atenções, com um ex-funcionário da Tesla a processar a empresa acusando-a de vender automóveis que sabia serem defeituosos, e de o terem despedido quanto ele começou a chamar a atenção para essa situação.

Embora os automóveis da Tesla contem com uma legião de fãs em todo o mundo (e não há dúvida de que têm sido revolucionários em diversos aspectos), também é sabido que em termos de acabamentos e qualidade, deixam bastante a desejar - especialmente tendo em conta a categoria de preço em que se inserem.

Ainda recentemente, a propósito dos novos Model 3, uma pessoa que trabalhou mais de uma década em departamentos de qualidade de marcas automóveis, não poupou críticas: desde as folgas entre os painéis, às costuras dos bancos, à pintura (com zonas "escorridas", outras já lascadas, outras ainda - como a tampa da mala traseira sem sequer estarem pintadas na parte de dentro), coisas que consideram serem inadmissíveis para um automóvel de 20 mil dólares... quanto mais para um Model 3 que custa 60 mil!


Neste caso em concreto, o ex-funcionário não se refere a problemas de acabamentos mas a veículos que foram vendidos com problemas que obrigariam a dispendiosas reparações num futuro próximo - e que a Tesla estaria ao corrente disso - mas sem que isso fosse indicado aos compradores, dizendo-lhes apenas que eram carros de demonstração ou ligeiramente usados.

A Tesla diz que as acusações não fazem qualquer sentido, mas a verdade é que em 2016 a Tesla já teve que enfrentar um processo relativamente a defeitos de origem nos Model X, tendo chegado a acordo com o queixoso. Com os Model 3 a chegarem em quantidade crescente à mão dos compradores que muito aguardaram por eles... interrogo-me quantos deles irão aceitar os veículos se vierem com defeitos como os que foram retratados nas imagens (espero bem que aquilo fosse um modelo usado para "desenrascar" para efeitos de exposição - mas mesmo que assim fosse, os modelos de exposição deveriam ser aqueles que melhor demonstrassem a qualidade dos acabamentos... e não que demonstrassem as falhas.)

topo

Neffos C5A - o smartphone low cost da TP-Link

22-02-2018 | 09:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Nem só de topos de gama vive o mercado dos smartphones. Para quem procura uma solução económica, a TP-Link tem uma nova proposta no mercado nacional, o Neffos C5A.


 A TP-Link, marca líder mundial de routers por sete anos consecutivos, anunciou hoje a última adição à crescente linha móvel da sua nova marca de smartphones - o Neffos C5A. A Neffos, uma marca recente, oferece opções confiáveis para smartphones em todo o mundo. Esse compromisso reflete o foco contínuo da TP-Link na criação de uma rede de produtos de qualidade que atraem uma ampla base de clientes desde a criação da empresa há 21 anos.


Com isso em mente, o Neffos C5A foi criado para apresentar um ecrã LCD grande e vívido de 5 polegadas para acompanhar uma câmara de 5 megapixéis e uma bateria de 2,300mAh que promete durar todo o dia.


Oferecendo uma câmara principal de 5 megapixéis com foco automático, o C5A permite capturar imagens detalhadas e nítidas, de dia e de noite. Para selfies e videochamadas, o dispositivo contém uma câmara de 2 megapixéis, que é adequada para fotos de alta resolução.


Ao visualizar filmes ou interagir com o conteúdo no ecrã, as definições padrão do telefone permitem uma ótima experiência de visualização, quando comparado com outros equipamento da mesma categoria. E com uma bateria duradoura, o utilizador pode continuar a usufruir do ecrã sem se preocupar com o poder de desbotamento constante.


Além disso, o telefone possui funcionalidade dual-SIM com modo de espera dupla, permitindo que confie em duas operadoras diferentes ao mesmo tempo e obtenha melhores taxas de cobertura e dados.


Com estes impressionantes recursos diários, o C5A é uma escolha conveniente e prática para os consumidores. É um excelente ponto de partida para a utilização de smartphones.


"Com o anúncio do Neffos C5A, estamos a dar aos nossos clientes todos os recursos que eles esperariam de um dispositivo Android moderno, como uma câmera confiável e um ecrã grande e agradável que oferece muito espaço para produtividade e de diversão em tempos de lazer", disse Robert Hu, diretor de vendas da Neffos.


De acordo com Robert, "nós entendemos o mercado, e este telefone exemplifica a nossa contínua dedicação à constante evolução das necessidades dos utilizadores de smartphones. Com a cultura de qualidade excepcional, controle de custos e gestão operacional, que herdamos da TP-Link, na Neffos esforçamo-nos para subir ao topo deste mercado emergente com a combinação perfeita de produtos de alta qualidade e alto desempenho a preços acessíveis".


O Neffos C5A estará disponível no nosso mercado ainda no primeiro trimestre de 2018

topo

Samsung Galaxy S9 resistente às quedas?

22-02-2018 | 09:14 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

Que o Galaxy S9 vai ter uma câmara "revolucionária" já sabíamos, mas o que não se sabia é que potencialmente poderá ser mais resistente às quedas, o que seria uma excelente notícia para os mais azarados.


É inegável a beleza que o vidro pode conferir ao smartphone, mas a fragilidade nas quedas acaba por ser uma preocupação constante para quem compra um novo equipamento. Quer o ecrã quer a traseira (nos modelos com essa parte em vidro) podem representar avultadas despesas, que muitas vezes resultam na utilização do equipamento com o vidro rachado... como facilmente se pode comprovar ao olhar para as pessoas que andam pela rua com o smartphone nas mãos.


Por certo que estarão lembrado de um teste que publicámos já há algum tempo, pois a sua espectacularidade não permite que nos esqueçamos do mesmo com facilidade. Num comparativo radical, o Galaxy S8 é deixado cair sucessivamente no chão de forma completamente aleatória, com o resultado a ser aquele que se imaginaria: ficando com o vidro todo estilhaçado.

Sabendo-se da fragilidade deste material, é um pouco estranho que a Samsung tenha publicado na sua conta oficial do Youtube um vídeo referente a este assunto.



Quererá isto dizer que o próximo S9 virá com alguma novidade a este respeito, utilizando um vidro mais resistente às quedas? Sem dúvida que seria uma excelente novidade que poderia apanhar outros fabricantes de surpresa (excepto a Motorola, que já redescobriu as vantagens do plástico e refere que alguns dos seus smartphones têm ecrãs inquebráveis). Saberemos já no Domingo... e será bom que a Samsung tenha mesmo algo de relevante para mostrar, pois já se sabe que não faltarão testes a deixar cair os Galaxy S9 assim que chegarem às lojas.

topo

Google cria programa Android Enterprise Recommended

22-02-2018 | 08:41 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

A Google quer tornar mais apelativa a utilização de smartphones Android em ambiente empresarial, e para isso avança com um programa que ajudará a seleccionar os equipamentos mais adequados para essa função.


O mercado empresarial apresenta características bem diferentes daquelas que o de consumo obriga as diferentes marcas a respeitar. As regras definidas pelos departamentos de IT, limitam a flexibilidade que podemos encontrar num equipamento destinado ao consumo. Políticas de segurança e necessidades de hardware/software, acabam por reduzir o leque de opções, havendo sempre que excluir os equipamentos que não cumprem os requisitos definidos por cada empresa.

Para facilitar a vida a quem tem de tomar este tipo decisões, a Google criou um novo programa a que chamou "Android Enterprise Recommended" - "Android Recomendado para Empresas". A iniciativa não tem por objectivo reduzir a opção de escolha de equipamentos para os clientes empresariais, pretende apenas minimizar o esforço dos profissionais de IT, garantindo que os terminais aprovados oferecem "as melhores práticas e requisitos comuns para equipamentos e serviços".

De acordo com a Google, os equipamentos pertencentes ao Android Enterprise Recommended são escolhidos por satisfazerem os elevados padrões de hardware, actualizações de segurança, instalação e experiência da utilização, que foram definidos para o programa.

Estes são alguns dos requisitos definidos pela Google para os equipamentos a correr Android 7 ou superior:
  • Permitir a instalação em massa, sem intervenção do utilizador
  • Disponibilização de actualizações de segurança até 90 dias após disponibilização pela Google
  • Equipamentos desbloqueados directamente do fabricante ou revendedor
  • Experiência de utilização consistente, utilização de perfis

Neste início de projecto, os equipamentos suportados são os seguintes:
  • BlackBerry KEYone and Motion
  • Google Pixel, Pixel XL, Pixel 2, and Pixel 2 XL
  • Huawei Mate 10, Mate 10 Pro, P10, P10 Plus, P10 Lite, and P smart
  • LG V30 and G6
  • Motorola X4 and Z2
  • Nokia 8
  • Sony Xperia XZ1, XZ1 Compact, XZ Premium, XA2, and XA2 Ultra

São vantagens que também serão apelativas para muitos utilizadores particulares, pelo que será interessante ir mantendo um olho nesta lista.

topo

Notable PHP package: PHP URLs From Database

21-02-2018 | 21:54 | Manuel Lemos | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

By Manuel Lemos
Many applications store text in database records that sometimes contain URLs of links to useful resources.

This class can traverse a given database and its table records to extract the URLs of those links.

Read this article to learn more details about how this notable PHP package works.

topo

PinMe descobre a localização de um smartphone sem usar GPS

21-02-2018 | 21:13 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Não permitir o acesso ao GPS já não é suficiente para garantir que uma app com más intenções não saiba por onde andam, com investigadores a terem demonstrado como uma técnica chamada PinMe pode ser usada para seguir smartphones sem recurso à localização via satélite.

O PinMe (pdf link) dispensa a utilização do GPS para descobrir a localização de smartphones Android e iPhone, optando por usar dados que estão disponíveis sem necessidade de permissões de segurança acrescidas. Para começar, o IP e rede WiFi nas proximidades são usados para determinar a localização aproximada do smartphobe; mas a parte curiosa consiste na utilização dos dados dos giroscópios, acelerómetros e barómetro (se disponível) para inferir o movimento do utilizador, "encaixando-a" em mapas do OpenStreetMap e também fazendo referência cruzada a mapas de elevação.

Mas o sistema não se fica por aqui, podendo também usar informação como a configuração automática do relógio a partir da rede móvel para determinar o fuso horário (e assim a localização no mundo); e dados como a temperatura, humidade e pressão para referenciar com o estado da tempo em diversos locais, para obter mais dados para validar o potencial local onde se esteja.

A ideia é simultaneamente assustadora - se a imaginarmos a ser utilizada para seguir pessoas sem o seu conhecimento nem consentimento - mas também inspiradora, já que também pode ser usada para fins benéficos. Por exemplo, imaginem-se todas as situações em que se pode estar sem sinal GPS (por exemplo, num túnel; ou numa situação onde não interesse estar a gastar bateria com o GPS ligado) e este sistema permitiria manter uma localização suficientemente fiável.

Mas uma coisa é certa... não dar permissões para aceder ao GPS, na esperança que isso impeça que uma app saiba onde estamos... é uma ilusão.

topo

Google lança programa de equipamentos certificados para ambiente empresarial

21-02-2018 | 18:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


O mercado empresarial apresenta características bem diferentes daquelas que o de consumo obriga as diferentes marcas a respeitar. As regras definidas pelos departamentos de IT, limitam a flexibilidade que podemos encontrar num equipamento destinado ao consumo. Políticas de segurança e necessidades de hardware/software, acabam por reduzir o leque de opções, havendo sempre que excluir os equipamentos que não cumprem os requisitos definidos por cada empresa.


Para facilitar a vida de quem tem de tomar este tipo decisões, a Google criou um novo programa, a que chamou "Android Enterprise Recommended" - Android recomendado para empresas. A iniciativa não tem por objectivo reduzir o número de equipamentos para os clientes empresariais, pretende apenas minimizar o esforço dos profissionais de IT, garantindo que os terminais aprovados oferecem "as melhores práticas e requisitos comuns para equipamentos e serviços".

De acordo com a Google, os equipamentos pertencentes ao Android Enterprise Recommended, são escolhidos por satisfazerem os elevados padrões de hardware, actualizações de segurança, instalação e experiência da utilização, que foram definidos para o programa.

Estes são alguns dos requisitos definidos pela Google para os equipamentos a correr Android 7 ou superior:
  • Permitir a instalação em massa, sem intervenção do utilizador
  • Disponibilização de actualizações de segurança, até 90 dias após disponibilização pela Google
  • Equipamentos desbloqueados, directamente do fabricante ou revendedor
  • Experiência de utilização consistente, utilização de perfis


Neste início de projecto, os equipamentos suportados são os seguintes:
  • BlackBerry KEYone and Motion
  • Google Pixel, Pixel XL, Pixel 2, and Pixel 2 XL
  • Huawei Mate 10, Mate 10 Pro, P10, P10 Plus, P10 Lite, and P smart
  • LG V30 and G6
  • Motorola X4 and Z2
  • Nokia 8
  • Sony Xperia XZ1, XZ1 Compact, XZ Premium, XA2, and XA2 Ultra

topo

PARPE facilita o aluguer de carros a terceiros

21-02-2018 | 18:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


O automóvel é daqueles produtos em que se perde dinheiro continuamente, quer esteja parado ou a andar; mas... e se se pudesse tornar numa fonte de rendimento, alugando-o nos dias em que não precisamos dele? É isso que propõe a PARPE.

A PARPE é uma plataforma de carsharing que aplica aos automóveis o mesmo conceito que a AirBnB faz com as casas: permitindo que qualquer pessoa disponibilize a sua viatura (ou viaturas) para alugar sempre que não as estiver a utilizar.

A ideia é interessante, especialmente para aquelas pessoas que têm carros que passam a maior parte do tempo parados na garagem (ou aquelas que andam apenas com o carro no início do mês e depois encostam-no até receberem o próximo ordenado para terem dinheiro para a gasolina), ficando a disponibilização do carro inteiramente à sua discrição em termos de datas e preços.

Claro que por cá ainda temos muito a mentalidade de que o "carro" é coisa que não se empresta e isso é algo que continuará a assombrar muitos potenciais interessados, mas a PARPE tenta clarificar a situação, quer com a disponibilização de um seguro que cobrirá todo o tipo de azares, quer também com um sistema de contacto e avaliação - quem disponibilizar o carro poderá rejeitar alugar o seu veículo a qualquer pessoa que não sinta merecer a sua confiança.

... Caberá a cada um fazer as contas e decidir se os benefícios (€) de alugar o seu carro compensam os riscos, face a deixá-lo parado.

topo

Ticwatch E com Android Wear 2.0 por €114.96

21-02-2018 | 17:33 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Finalmente parece chegar o momento pelo qual muito se aguardava: a chegada de smartwatches com Android Wear a preço acessível.

Embora o segmento dos smartwatches não tenha falta de modelos económicos, na sua maioria tratam-se de modelos com sistemas específicos e relativamente básicos; permitem fazer as funções básicas que se espera que façam... mas ficam-se por aí. O lançamento do Android Wear veio dar uma perspectiva de estabilidade neste segmento, mas o problema é que os smartwatches chegavam a preços nem sempre convidativos.

Há muito que se pedia um smartwatch "chinês" com Android Wear, e ao longo dos anos alguns desses fabricantes lá iam alimentando a esperança de que isso estava para breve, mas infelizmente sem nunca o terem concretizado (aparentemente por falta de interesse da Google, que não lhes dava a certificação necessária para o fazerem)... até agora.

Este Ticwatch E é um smartwatch com um design simples mas atractivo, mas cuja principal particularidade é o facto de vir com Android Wear 2.0... e ter um preço de apenas 114.96 euros, já com envio de Espanha.



Será desta que veremos a adopção de smartwatches Android Wear a crescer - sabendo-se que até ao momento o principal elemento desmotivador era o preço elevado? Esperemos que sim.

topo

Galaxy: Drop Tested - Alguém perdeu o juízo na Samsung

21-02-2018 | 17:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


O design que actualmente encontramos nas propostas das diferentes marcas, apresenta uma qualidade superior, com o utilizador a poder ter na mão verdadeiras obras de arte. O vidro tem nos últimos tempos recebido a preferência dos principais OEM, que optam por utilizar este material em detrimento de um corpo único em metal.


É inegável a beleza que o vidro pode conferir ao smartphone, mas as dedadas e sobretudo a fragilidade que o mesmo oferece nas quedas, acaba por ser uma preocupação para quem compra um novo equipamento com a traseira em vidro. Quanto ao ecrã, tirando a opção pelo plástico, acaba por ter o mesmo problema de fragilidade, agravado pelo acabamento 2,5D.


Por certo que estarão lembrado de um teste que publicámos já há algum tempo, pois a sua espectacularidade não permite que nos esqueçamos do mesmo com facilidade. Num comparativo radical, o Galaxy S8 é deixado cair sucessivamente no chão, de forma completamente aleatória. O resultado, não poderia ser outro que não o vidro todo estilhaçado.

Sabendo-se da fragilidade deste material, é simplesmente incompreensível que a Samsung publique na sua conta oficial do Youtube, um vídeo de drop test - teste de quedas.





We obsess over the little things, so you can do the big things. #DoWhatYouCant

É este o comentário que podemos encontrar associado ao vídeo, onde vemos um equipamento a fugir de uma mão, como se tivesse caído. A frase "faz o que não podes", acaba por ser um incentivo a este tipo de iniciativas e sabendo-se da imaginação que o povo americano tem para estas coisas, não me admiraria muito que daqui por uns meses tenhamos conhecimento de processos em tribunal por causa deste vídeo.

Não havia necessidade Samsung...

topo

Notícias do dia

21-02-2018 | 16:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

O popular teclado Swype chega ao fim; Android P vai impedir acesso à câmara por apps em background para maior segurança; o Galaxy S9+ supera resultados do S9 no Geekbench; a OnePlus lança vídeo onde o OnePlus 5T "estilhaça" a concorrência; o Windows 10 em ARM chega com bastantes limitações; e as empresas de jogos dizem não ser necessário preservar jogos online antigos.

Esta semana temos para vos oferecer um porta-chaves Darth Vader com luz e som; não se esqueçam que é já este sábado que temos o nosso habitual meeting mensal com francesinha à mistura; e que também está a decorrer o fundo de gadgets para um kit AmpliFi com WiFi mesh.

Facebook Messenger já deixa adicionar pessoas a video-chamadas em curso



É curioso como muitas vezes somos habituados a achar "normal" rotinas absurdas para coisas simples - como ter que desligar uma videochamada no Messenger caso se quisesse juntar mais uma pessoa à mesma. Felizmente, isso é algo que deixa de ser necessário a partir de agora, pois passa a ser possível adicionar novas pessoas a uma videochamada em grupo enquanto está a decorrer.

Será talvez uma das vantagens de ter uma plataforma cada vez mais desesperada para manter os utilizadores satisfeitos... vão começar finalmente a preocupar-se em limar as arestas e tratar de todos os detalhes chatos, com a esperança de que os utilizadores não usem isso como desculpa para se afastarem.


CityMapper lança serviço "híbrido" em Londres que mistura "autocarro / táxi / metro"



Embora serviços como a Uber ocupem o topo das notícias e discussões sobre o futuro dos transportes, há empresas que vão propondo alternativas não menos interessantes. A CityMapper lançou em Londres um curioso serviço que acaba por ser uma mistura de autocarro com táxi e metro.

Consistindo em mini-autocarros de 8 lugares, o serviço funciona de forma idêntica ao autocarro, com paragens, mas seguindo por vias pré-definidas como o metro (bem, na realidade os autocarros também já o fazem, mas pronto) e por último, a parte que se revela mais interessante e que é equipara aos "táxis": a de que os clientes podem reservar os seus lugares para terem a viagem garantida.

Penso que poderá ser uma excelente alternativa que se posicione entre os autocarros "normais" e os serviços tipo Uber, para transporte pessoal.


Qualcomm apresenta novo kit VR com Snapdragon 845

Os Oculus Rift vieram relançar a indústria do VR, mas já sabíamos que seriam necessários mais alguns anos até que os óculos VR evoluíssem para chegar ao ponto pretendido. Com a chegada do Snapdragon 845 a Qualcomm dá mais um passo nesse sentido com a plataforma Snapdragon 845 Xtended Reality (XR).

Este sistema usa o seu mais recente e pontente chip para criar óculos VR que funcionam autonomamente sem necessidade de PCs ou smartphones externos, e que contam com tracking autónomo com capacidade para detecção de objectos no mundo real (e "transportá-los" para o mundo virtual), e também com eye tracking - o que possibilita avanços tanto em termos de renderização optimizada apenas nos locais para onde se está a olhar, como também maiores possibilidades de interacção com interfaces VR.


Apple quer comprar toneladas de cobalto para baterias



A batalha pelos recursos vai começar a aquecer, pois estamos numa verdadeira corrida em que todas as empresas procuram garantir o seu quinhão de componentes essenciais para a produção de baterias. À semelhança do que têm feito as empresas automóveis, em preparação para os veículos eléctricos, também a Apple tem estado a negociar directamente com as empresas mineiras para tentar assegurar toneladas de cobalto para os próximos anos.

A questão é saber se este interesse se destina apenas a garantir o fornecimento estimado para smartphones e tablets... ou se a Apple realmente terá ambições de se aventurar nos veículos eléctricos, como foi falado em tempos mas que mais recentemente foi direccionado apenas para a parte do software e não dos próprios automóveis físicos.


Curtas do dia


Resumo da madrugada

topo

Honor 9 Lite chega à Europa por €229

21-02-2018 | 16:21 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A Huawei continua a fazer crescer a variedade de smartphones disponíveis na sua colecção, agora trazendo para a Europa o Honor 9 Lite que até ao momento estava disponível apenas na China e Índia.


O Honor 9 Lite é mais um smartphone gama média que ficará disponível a partir de hoje por 229 euros em Espanha, Itália, França, Alemanha e reino Unido. Trata-se de um smartphone com ecrã FullView de 5.65", e que vem com um Kirin 659, 3GB de RAM, 32GB, e câmaras duplas atrás e à frente (em ambos os casos, um bloco de 13MP+2MP). Temos ainda uma bateria de 3000mAh, Android 8 com EMUI 8, sensor de impressões digitais, NFC, ficha de headphones de 3.5mm e ficha microUSB para carregamento (que nesta altura já deveria ser uma USB Type-C).

É um smartphone que fica posicionado num patamar bastante concorrido, e onde até a Huawei tem várias propostas alternativas, mas o facto de ser um valor que se ainda poderá considerar aceitável, a par do recurso ao sempre "bonito" ecrã FullView e a utilização de câmaras duplas à frente e atrás... poderão ser suficientes para convencer os consumidores europeus.


Dito isto, penso que já era altura da Huawei se convencer que é "excessivo" continuar a colocar a marca no ecrã frontal. Para mim já passa a poder ser considerar um factor negativo, e que era perfeitamente desnecessário e evitável. Chega meterem a marca (Huawei/Honor) atrás... e deixem a parte da frente livre de publicidade s.f.f.

topo

Facebook melhora suporte para objectos 3D na timeline

21-02-2018 | 15:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Depois de ter permitido colocar objectos 3D interactivos no mural dos utilizadores, o Facebook reforça a aposta com alguns melhoramentos que serão do agrado dos fãs do 3D, VR, e AR.

Antevê-se que a inevitável chegada e popularização dos óculos AR/VR vá fazer disparar a necessidade de conteúdos 3D, e muitas são as empresas que têm apostado nisso (até a própria MS com o seu Windows, onde até o novo Paint já suporta elementos 3D). Também o Facebook está nessa corrida (ou não tivesse comprado a Oculus) e demonstra isso com as melhorias feitas ao suporte para elementos 3D na sua timeline.

É agora possível partilhar elementos no formato glTF 2.0 (que é equiparado ao "JPEG do 3D"), que permite definir texturas, iluminação e proporcionar uma melhor qualidade geral dos objectos 3D. Para além disso, estes elementos 3D podem ser também ser importados para o Facebook Spaces, o espaço VR da Facebook que se poderá tornar na sala virtual de encontro com amigos assim que as tecnologias VR se tornarem mais populares.



Resta saber se o mercado estará preparado (e/ou interessado) em adoptar estas tecnologias, mas que isto abre possibilidades interessantes, lá isso abre: por exemplo, em vez de nos limitarmos a tirar uma foto de um objecto, poderíamos fazer o scan 3D de algo para que depois, quem o quisesse ver, o pudesse fazer de "qualquer lado" - isto para não falar nas lojas, que poderiam mostrar os seus produtos a 360°... e que facilmente poderiam ser vistos, e até experimentados, em ambiente VR.


topo

Página 1 de 5683

Subscrever

Autores

Disclaimer

O Planet Geek não é responsável pelos seus conteúdos, apenas os replica a partir de cada blog.
Os artigos são da exclusiva responsabilidade dos seus autores.