Planet Geek

23 de Novembro, 2017

DJI ameaça investigador que descobriu falhas de segurança?

22-11-2017 | 21:11 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A vida de quem se aventura a testar as vulnerabilidades de sites e serviços online é arriscada, e que o diga Kevin Finisterre, que viu a promessa da DJI de uma recompensa de 30 mil dólares transformar-se na acusação de que é um hacker e que se sujeita a ser perseguido judicialmente.

A DJI lançou um programa de recompensa de bugs recentemente, em resposta à proibição da utilização dos seus drones pelo exército dos EUA devido ao receio quanto à informação que estaria a ser transmitida para a cloud. Kevin Finisterre achou que seria uma boa oportunidade, e não demorou muito a descobrir que alguns dos developers da DJI tinham deixado chaves privadas publicamente acessíveis no GitHub, permitindo que qualquer pessoa pudesse aceder a informação privada de clientes da DJI, incluindo fotos de documentos de identificação (como passaportes), registos de voo, e fotos enviadas para a cloud da DJI.

Depois de ter entrado em contacto com a DJI para clarificar se o programa de recompensas também abrangia os seus serviços Finisterre trocou centenas de emails com a empresa, abordando várias das falhas que tinha encontrado, ao ponto da DJI - alegadamente - até lhe ter oferecido emprego como consultor de segurança. Mas assim que enviou o seu relatório completo, recebeu um email da DJI a dizer que afinal os seus sites já não eram abrangidos pelo programa de recompensa; mas ainda assim recebendo igualmente uma notificação de que as suas descobertas lhe iam valer a recompensa máxima de 30 mil dólares atribuída pelo programa.

Um mês mais tarde, o email seguinte que recebeu exigia que assinasse um contrato com várias cláusulas lhe levantavam sérias dúvidas quanto à possibilidade de sequer continuar a realizar as suas funções como investigador de segurança; com vários advogados que contactou a alertarem-no também para que o documento parecia ter sido redigido especificamente para servir de "armadilha" que se poderia tornar bastante complicada - motivo pelo qual decidiu declinar, e trazer tudo para a praça pública.


A DJI oferece uma perspectiva diferente, dizendo que está em curso uma investigação de acesso não autorizado por parte de um "hacker" a um dos seus servidores, e que este terá contactado a DJI para receber a recompensa pelas falhas encontradas, mas recusando-se a assinar aquilo que a DJI diz ser "um contrato" normal para divulgação de falhas de forma responsável, e que já terá sido assinado por "dezenas de investigadores" a quem pagou as devidas recompensas.

... Basicamente entramos num "diz que disse" entre ambas as partes... Esperemos é que, independentemente de quem tiver "razão" neste caso, não faça com que a próxima pessoa que descubra chaves privadas da DJI em locais públicos, simplesmente se limite a vendê-las no submundo da internet para que sejam usadas sabe-se lá para que fins...

topo

OnePlus 5T não utiliza um sistema de heat pipe para arrefecimento

22-11-2017 | 18:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


 Zach Nelson, o homem responsável por um dos mais loucos canais de tecnologia do Youtube, não se limita apenas a testar a qualidade de construção dos smartphones. Sempre que se justifica, é também feito um teardown, onde o equipamento é desmanchado, para se ficarem a conhecer todos os seus segredos.

Depois de ter levado o novo OnePlus 5T à sua bancada de testes, foi agora tempo de o desmanchar, o que acabou por revelar uma surpresa inesperada: o OnePlus 5T não utiliza um sistema dedicado para arrefecimento do processador.

Actualmente, é habitual ser utilizado um sistema de permutadores de calor para tratar de manter o smartphone a operar dentro de temperaturas que não ponham em causa o material e o conforto em utilização. No vídeo agora publicado pelo JerryRigEverything, verificou-se que a OnePlus optou por não utilizar um sistema de heat pipes ou algo similar. Nos testes preliminares que o autor efectuou, não detectou uma maior tendência para desacelerar o SoC, isto quando comparando com outros smartphones que utilizem um sistema de arrefecimento para o mesmo processador.

Pese embora o OnePlus 5T não esteja a comprometer o desempenho, resta saber até que ponto o facto de operar a mais altas temperaturas, não irá dar origem a uma degradação dos componentes a longo prazo. É sem duvida um ponto interessante, que merece ser acompanhado. Basta lembrar o que aconteceu com as memórias do Nexus 7, para terem uma ideia do que poderá a acontecer no futuro.

Para já, é futurologia, daqui por uns meses já poderemos verificar se esta foi ou não uma boa decisão por parte da OnePlus.

topo

Smartphones Xiaomi a €1 na Black Friday

22-11-2017 | 18:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Já sabemos que nem todas as promoções da Black Friday são realmente dignas desse nome, mas há outras que não deixam margem para dúvidas, como esta da Xiaomi, que vai disponibilizar 50 smartphones a 1 euro cada a partir de sexta-feira.

A chegada da Xiaomi a Espanha vem acompanhada de coisas boas, e vai certamente ficar marcada na memória de pelo menos os 50 sortudos que conseguirem apanhar a sua mega-promoção Black Friday que vai disponibilizar 50 smartphones Mi e Redmi a 1 euro cada.

No dia 24 às 13h00 (em Espanha) vamos ter 10 Xiaomi Mi 6 a €1 (em vez dos €449 habituais)
No dia 25 às 13h00 (em Espanha) vamos ter 20 Redmi Note 4 a €1 (em vez dos €199)
No dia 26 às 13h00 (em Espanha) vamos ter 20 Redmi 4A a €1 (em vez dos €99)

Ter em atenção que isto significa que, em Portugal continental, os interessados estarão que estar a postos para agarrar esta promoção uma hora antes (ao meio-dia).

Para além disto a loja da Xiaomi em Espanha também está a oferecer milhares de vouchers de desconto variados de €5 e €10, vouchers que dão um Mi Mix 2 e um Mi A1 de borla, e também dá aos compradores a possibilidade de receberem um produto idêntico gratuitamente, pelo que... no limite, ao comprarem um Mi Mix 2 podem ter a sorte de receber dois. :)

topo

OnePlus 6T pode nunca chegar a ser lançado

22-11-2017 | 17:43 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Depois de um OnePlus 3T e de um inesperado OnePlus 5T, eis que o co-fundador da OnePlus, Carl Pei, revela uma curiosidade interessante: o OnePlus 6T pode não chegar sequer a existir!

Esta informação foi divulgada durante um AMA que decorreu no fórum oficial da OnePlus. Carl Pei apresentou as razões que levaram a OnePlus a lançar os OnePlus 3T e o OnePlus 5T, considerando que o seu lançamento não se deveu a um planeamento de longo prazo, mas sim ao facto de a marca considerar que existiam novidades tecnológicas suficientes para levar os seus fãs a fazer uma actualização do seu smartphone. No que diz respeito a um possível OnePlus 6T no final de 2018, ainda não há uma decisão tomada, havendo apenas a certeza que a OnePlus já está a trabalhar no OnePlus 6 e nos smartphones que lhe irão seguir.

Outro aspecto curioso, reside no facto de a OnePlus não considerar o OnePlus 5T um novo produto, mas sim uma versão melhorada do modelo anterior, a qual vai permitir aos utilizadores uma experiência melhorada de utilização. Este é de sem dúvida um aspecto muito interessante, que nos leva a perguntar porque razão deverá o consumidor avançar para o primeiro modelo a ser lançado no corrente ano, em vez de esperar pela tal versão melhorada, que poderá chegar uns meses mais tarde.

É certo que se esta não chegar a ser lançada, o utilizador vai ficar pendurado até ao próximo ano, altura em que a questão se volta a colocar, pelo que será uma situação exactamente igual. O melhor mesmo é comprar quando se necessita do smartphone, sem se estar a pensar no que vai ser lançado a seguir, isto independentemente da marca a adquirir.

topo

Apple compra startup de óculos de realidade aumentada Vrvana

22-11-2017 | 17:30 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Não é segredo que a Apple está interessada nas tecnologias de realidade virtual e realidade aumentada, e agora adiciona mais uma startup à sua colecção, comprando a Vrvana, que estava a desenvolver óculos VR/AR promissores mas que nunca chegaram a ser lançados no mercado.

Estes óculos da Vrvana já davam usado ao tracking "inside-out", em que não são necessários elementos externos para manter o posicionamento com precisão, e recorria a uma técnica simples para ultrapassar a complexidade de junção da imagem real com a virtual: em vez de recorrer a ecrãs transparentes como os usados no HoloLens da Microsoft, usa câmaras que permitem replicar a imagem do mundo real nos ecrãs OLED à frente dos olhos.

Para este sistema funcionar devidamente há que garantir que não existe um atraso perceptível entre as imagens captadas pelas câmaras e a sua apresentação aos olhos dos utilizadores, e a Vrvana conseguiu reduzir esse tempo a apenas 3ms, o que é um valor notável (para referência, mesmo a 90fps, cada frame demora 11ms a ser apresentado).

O sistema de tracking "inside-out" usando câmaras também combina perfeitamente com a tecnologia de câmara 3D (vinda da PrimeSense, e já usada no Kinect) que a Apple estreou no seu recente iPhone X; pelo que... vai ser interessante ver que produtos poderão surgir derivados desta nova aquisição, daqui por mais um ano ou dois...

(A este ritmo, nessa altura ainda estaremos à espera para ver o que sai do campo da Magic Leap... ;P)

topo

Notícias do dia [promoções Black Friday]

22-11-2017 | 16:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

Uber escondeu roubo de dados de 57 milhões de clientes e pagou a hackers para ficarem calados; os OnePlus 5 e 5T vão ter Android 8.1 mas sem o Project Treble que facilitaria as actualizações futura; temos o Kindle Paperwhite a €109 na Amazon Espanha; o MIUI 9 será a última actualização para alguns Xiaomi; e ainda os sites que espiam tudo o que os visitantes fazem nas suas páginas.

Seguem-se as notícias do dia, em edição "Black Friday" (nesta altura é inevitável) mas não sem antes relembrar o nosso passatempo que está a oferecer um kit 10-em-1 de fotografia para maximizarem as capacidades fotográficas do vosso smartphone, e não se esqueçam que o nosso habitual meeting mensal é já este sábado. :)

Televisores LG OLED 4K a preço reduzido na Black Friday



As promoções da Black Friday continuam a fazer estragos nas carteiras dos portuguesas (a minha incluída) e para quem estivesse a pensar comprar um televisor 4K OLED, tem agora uma oportunidade tentadora para o fazer: na MediaMarkt temos modelos como a LG 65C7V de 65" por 2199 euros, e a 55C7V de 55" por 1499 euros.

Seriam preços já por si bastante interessantes, mas que se tornam ainda mais apelativos quando combinados com a campanha de "cashback" da LG, que permite ir buscar 400 euros no caso da primeira, e 200 euros na segunda; efectivamente fazendo com que estes modelos fiquem pelo incrível preço de 1799 e 1299 respectivamente.

... Pelo que poderão ter inferido no início desta secção... eu não resisti, "estragando" as minhas expectativas de apenas ter um televisor OLED daqui por mais alguns anos... :) Curiosamente, ainda consegui comprar o televisor online no site da MediaMarkt (às 3 da manhã), sendo que logo de seguida o mesmo ficou indisponível para compra online, obrigando a ir às lojas físicas.


Black Friday na Worten com iPhone SE a €249 e Hisense 4K de 55" a €399



Como não podia deixar de ser, também a Worten aposta em força nesta Black Friday e promove a "corrida" aos melhores negócios ao abrir quatro das suas lojas da meia-noite às 2h da manhã, com promoções exclusivas ainda mais apetecíveis.
Dezenas de produtos vão estar com preços “rasgados” em todas as lojas Worten, incluindo a loja online (www.worten.pt), entre amanhã e domingo. Exemplos disso são a consola PS4 500GB Slim com o jogo Uncharted incluído por 219,99€ ou o Tablet Tab A de 7 polegadas da Samsung a 99,99€, propostas que representam descontos até 34%.

Além disso, as lojas Worten de Matosinhos, Minho Center em Braga, Aveiro e Colombo estarão abertas esta noite, a partir da meia-noite e até às 2h da manhã, com descontos adicionais em dezenas de produtos e oferta de vales de desconto de 50€ aos primeiros 200 clientes a chegar a cada uma dessas lojas, válidos neste horário, em compras de valor igual ou superior a 150€. É uma oportunidade única para comprar o iPhone SE 32GB a 249,99€ ou o televisor Hisense Ultra HD de 55 polegadas por 399,99€, em exclusivo nestas quatro lojas e também em Worten.pt.

Para que a oportunidade seja ainda mais imperdível, a Worten vai desafiar os clientes que visitem a sua loja do Colombo neste horário noturno a encontrarem o humorista Nilton, que estará disfarçado algures na loja. O primeiro a encontrá-lo levará para casa gratuitamente produtos à escolha no valor de 1.000€. Esta ação será transmitida em direto através de live streaming nas páginas de Facebook da Worten e da RFM, parceira da marca para este efeito.


SSD M.2 Kingdian de 240GB por €68




Para quem estiver a pensar acelerar o seu computador com um SSD M.2, eis mais uma oportunidade excelente que nos chega da Kindian, com o SSD M.2 N480 de 240GB disponível por apenas 68 euros.

Tenho usado alguns SSD Kingdian desde aquela mega-promoção dos SSD de 240GB por 50 euros, e até ao momento só posso dizer bem deles - e sendo de esperar que esta versão M.2 em nada fique atrás deles. (O meu único arrependimento é não ter comprado mais 3 ou 4 na altura... :)


Kit Philips Hue White a €49.95


Embora não faltem alternativas mais em conta para quem se quiser aventurar na iluminação inteligente, quem tiver preferência pelo sistema Philips Hue poderá querer aproveitar mais uma promoção Black Friday da Amazon, com um kit Philips Hue White, contendo o mais recente gateway e duas lâmpadas brancas por apenas 49.95 euros (quase metade do preço habitual de 79.95 euros).

Embora seja fã das Hue e esteja muito satisfeito com as que tenho, tenho no entanto que referir que, nesta fase, e para quem estiver a começar do zero, provavelmente recomendaria optarem por algo como as lâmpadas WiFi Yeelight da Xiaomi, ou até mesmo as Zigbee da Ikea, que serão mais em conta e têm melhores perspectivas de expansão e integração com outros sistemas... Mas, isso não faz com que a aposta na Hue, para quem não se quiser chatear, seja má opção.


Aproveito para referir que também criamos um grupo no Facebook dedicado a promoções e descontos - o AadM Promoções - onde iremos fazer referência mais regular e frequente de promoções interessantes que de outra forma não falaríamos para não "inundar" aqui o site nem a página principal do Facebook.


Curtas do dia


Resumo da madrugada

topo

Google apanhada a recolher localização de Androids mesmo com serviço de localização desligado

22-11-2017 | 16:21 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Que a Google tem acesso aos dados da localização da maioria dos dispositivos Android, isso já todos sabem; o que não sabem é que a Google também recolhe essa informação mesmo nos casos em que os utilizadores desliguem os serviços de localização e nem sequer tenham um cartão SIM instalado.

Numa situação normal, os utilizadores de smartphones não têm problemas em partilhar a sua localização com a Google, nem que seja para terem acesso ao Google Maps, navegação, sugestões de coisas nas proximidades, e até para localização do seu smartphone em caso de roubo. No entanto, alguém que desligue os serviços de localização e nem sequer utilize um cartão SIM poderia imaginar que a sua localização se manteria protegida do olhar da Google... mas tal não é o caso.

Foi descoberto que desde o início do ano a Google está a recolher informação sobre as torres celulares ao alcance do smartphone, de todos os smartphones Android, mesmo quando os utilizadores não têm um cartão SIM instalado e desactivaram expressamente os serviços de localização.


A Google já confirmou esta recolha, dizendo no entanto que são dados que não ficam guardados nas suas bases de dados e que se destinariam apenas a melhorar o envio das notificações para os smartphones - uma explicação que não parece convencer os especialistas, nem todos aqueles que consideram isto (mais) um abuso de poder e uma flagrante violação da privacidade dos utilizadores.

A recolha destes dados específicos sobre as torres celulares deixará de ser feita já no próximo mês, mas isso não impede que continuem a ser recolhidos outros dados que continuem a permitir obter a localização aproximada dos utilizadores, nomeadamente, o endereço IP e redes WiFi a que estejam ligados ou que estejam nas imediações. E uma vez que esta recolha de dados é feita a propósito do sistema de gestão de envio das notificações, é algo que continuará a ser feito independentemente do serviço de localização ser desligado pelos utilizadores.


Nota: não esquecer que também os operadores de telecomunicações podem saber por onde anda qualquer smartphone, mesmo que não tenha um cartão SIM instalado, já que os smartphones e telemóveis continuam a estar ligados à rede para poderem efectuar chamadas de emergência.

Publicado originalmente no AadM

topo

Notable PHP package: PHP Data Type

22-11-2017 | 15:54 | Manuel Lemos | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

By Manuel Lemos
Sometimes applications need to manipulate objects as arrays, like for instance when dealing with objects unserialized from the JSON format.

This class can convert objects to arrays. If some of the object members are also arrays or objects, it traverses the members recursively to convert also the member values.

Read this article to learn more details about how this notable PHP package works.

topo

OnePlus 5 e 5T vão ter Android 8.1 mas sem Project Treble

22-11-2017 | 15:30 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


O Android 8 Oreo prometia facilitar o processo de actualizações futuras graças ao Project Treble, mas infelizmente isso ainda não se vai aplicar aos OnePlus 5 e 5T, nem ao 3 e 3T.

Ainda recentemente falamos da disponibilização do Android 8 Oreo para os OnePlus 3 e 3T, equipamentos que também irão receber ainda a actualização para o Android 8.1, mas infelizmente nem estes smartphones nem os mais recentes - incluindo o recém-lançado 5T - irão usufruir de uma das grandes novidades do Android 8: a promessa de actualizações futuras facilitadas.

Uma das grandes apostas da Google para o Android 8 foi o Project Treble, uma alteração que separa os elementos modificados pelos fabricantes do sistema operativo de base, e que teoricamente acelerará imensamente o processo de adaptar uma nova versão de Android aos equipamentos já lançados.

Infelizmente, se o Project Treble é um requisito para os smartphones lançados com o Android 8, é opcional para os modelos que receberem o Android 8 via actualização, que é o que acontece com os OnePlus lançados até à data, sendo que até o mais recente 5T sai da fábrica apenas com o Android 7.1.1 - e ficam, por indicação da OnePlus, sem acesso às vantagens do Project Treble.

Não penso que isso vá alterar a decisão de quem já estivesse a pensar comprar um OnePlus 5T... mas, é seguramente um factor a ter em conta por quem gostar de mandar os seus smartphones durante vários anos, sem ter o "conforto" de trocar de smartphone a cada ano, e assim depender um pouco menos do ritmo de lançamento das actualizações.

topo

Xiaomi cria programa de trocas de smartphones

22-11-2017 | 14:14 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Há muito que é previsível que as marcas comecem a apostar em serviços que permitam ir trocando de smartphone pelos novos modelos de ano a ano, e também a Xiaomi entre nesse campo com um programa de trocas de smartphones... na Índia.

Com o hardware dos smartphones a ter chegado a um patamar em que um smartphone de gama média ou superior se pode manter por três ou mais anos sem grandes problemas, os fabricantes precisam de encontrar novas formas de incentivar a compra dos novos modelos lançados a cada ano. Uma das formas como isso pode ser feito é facilitando o processo de troca de smartphones, como pretende fazer este programa de tocas da Xiaomi.

O programa, feito em parceria com a empresa Cashify, vai avaliar os smartphones que os clientes levem às loja Mi ou enviem por correio, para saberem qual o valor que lhes será atribuído e que poderá ser abatido na compra de um novo modelo.


Nestes sistemas de trocas não é de esperar grandes milagres. Uma simulação para um Redmi Note 4 em bom estado, com um ano de utilização, resulta em 66 euros de retoma; valor interessante face ao custo de aquisição deste terminal (cerca de 140 euros) para quem não se quiser chatear com o processo de vender o smartphone.

Não é ainda um formato tão radical quanto pagar uma mensalidade e ter direito a ter um smartphone actualizado automaticamente a cada ano, mas é um formato que será mais facilmente compreendido pela maioria das pessoas: entrega o velho, recebe X para abater na compra do novo. Simples e sem confusões.

topo

Kit Philips Hue White a €49.95

22-11-2017 | 13:30 | A Minha Alegre Casinha | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

As promoções Black Friday na Amazon Espanha continuam a obrigar-nos a gastar dinheiro, e agora temos um kit Philips Hue a preço imbatível.


Embora não faltem alternativas mais em conta para quem se quiser aventurar na iluminação inteligente, quem tiver preferência pelo sistema Philips Hue poderá querer aproveitar mais uma promoção Black Friday da Amazon, com um kit Philips Hue White, contendo o mais recente gateway e duas lâmpadas brancas por apenas 49.95 euros (quase metade do preço habitual de 79.95 euros).

Embora seja fã das Hue e esteja muito satisfeito com as que tenho, tenho no entanto que referir que, nesta fase, e para quem estiver a começar do zero, provavelmente recomendaria optarem por algo como as lâmpadas WiFi Yeelight da Xiaomi, ou até mesmo as Zigbee da Ikea, que serão mais em conta e têm melhores perspectivas de expansão e integração com outros sistemas...

Mas, isso não faz com que a aposta na Hue, para quem não se quiser chatear, seja má opção.

topo

Como transformar um sensor de portas da Xiaomi em interruptor de parede

22-11-2017 | 13:02 | A Minha Alegre Casinha | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Transformar um interruptor de parede num interruptor inteligente wireless é algo que se pode fazer de forma bastante simples e económica recorrendo aos sensores de portas e janelas da Xiaomi.

O nosso "departamento" de casas inteligentes tem tido bastante actividade na nossa mailing list e canal de slack, com muitos dos participantes a trocarem ideias para solucionar problemas que afectam praticamente todos os que se aventuram nestas lides. Um dos tópicos recorrentes é de como poder transformar os seus interruptores de parede convencionais em versões inteligentes... e o nosso mestre da área da domótica, Abílio Costa, propôs uma solução excelente.


Acender e apagar luzes com um interruptor não será propriamente algo de alta tecnologia... mas as coisas mudam quando se quer usar uma lâmpada inteligente. Embora seja possível usar a lâmpada inteligente como se fosse uma lâmpada tradicional, o problema surge quando a mesma fica desligada no interruptor de parede, assim impedindo que seja controlada remotamente, perdendo o seu estatuto "smart".

A solução tradicional consiste em substituir o interruptor de parede por um "inteligente", ou recorrendo a um micromódulo que fique escondido atrás do interruptor. Mas, considerando o custo extremamente reduzido dos módulos wireless da Xiaomi, o Abílio teve a feliz ideia de usar um dos sensores wireless de portas e janelas (que custa cerca de 5 euros) e, com uma pequena operação, transformá-lo num micro-módulo que fica atrás do interruptor e detecta a sua posição (ligado/desligado).


Com esta operação o interruptor passa a ser, para todos os efeitos, um interruptor wireless. Faz-se uma passagem directa da fase/neutro para a lâmpada inteligente, para que fique sempre ligada; e o interruptor serve apenas para sinalizar o módulo wireless de quando está ligado ou desligado. Como podem ver no gif animado ali em cima, o tempo de resposta do acender da luz continua a ser instantâneo... com a vantagem de que o actuar do interruptor poderá sinalizar muitas outras acções que desejem fazer e estejam acessíveis via "casa inteligente" (por exemplo, acender múltiplas lâmpadas ou fitas LED, mesmo noutras divisões; apagar tudo, baixar a luminosidade se estivermos numa certa hora, etc. etc.)

Para além disso, e tendo em conta que o módulo é wireless (e tem autonomia para um ano ou mais) nada vos impede de replicar esta ideia em qualquer outro local, mesmo que não seja num interruptor de parede. Por exemplo, com um pouco mais de trabalho até o transformam num sensor de pressão que detecta quando estão sentados no sofá... e que possa parar o filme que estejam a ver na TV caso se levantem para ir buscar alguma coisa à cozinha... :)

topo

Uber escondeu roubo de dados de 57 milhões de clientes

22-11-2017 | 12:01 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Os fantasmas da Uber da era Kalanick continuam a fazer-se sentir, agora com a descoberta que a empresa escondeu o roubo de dados de 57 milhões de clientes, tendo pago 100 mil dólares aos hackers para que não revelassem o caso publicamente.

A imagem da Uber tem sofrido imenso devido às atitudes e postura do seu fundador e ex-CEO Travis Kalanick, mas esperava-se que o futuro fosse mais calmo com Dara Khosrowshahi aos comandos da empresa e prometendo uma "revolução" na forma como iria operar. Infelizmente, parte desta prometida fase de transparência passa ainda por ter que resolver algumas (muitas?) das coisas que permaneciam escondidas, e entre as quase se encontra mais este triste episódio da tentativa de esconder o roubo de dados de 57 milhões clientes e condutores.

O roubo foi efectuado por dois hackers, que exigiram um resgate de 100 mil dólares à Uber, que aceitou pagar esse valor. Mas, mais que isso, a empresa também se deu ao trabalho de os identificar e obrigar que assinassem um acordo NDA (Non-Disclosure Agreement) para que falassem sobre o assunto, e também disfarçou o pagamento de modo a que parecesse uma recompensa por descoberta de uma falha de segurança (bug bounty).

Isto coloca a Uber em muitos maus lençóis, não só perante o público e os seus clientes, como também perante as autoridades, já que a empresa seria obrigada por lei a revelar publicamente o roubo de dados, caso estes contivessem dados não encriptados sobre os utilizadores; como também estaria proibida de destruir dados relacionados com o caso - como aconteceu ao exigirem que os hackers apagassem os dados após o pagamento do resgate.

... Resta agora saber quantos mais "esqueletos" restam ainda por descobrir no armário do sr. Kalanick...

topo

MIUI 9 vai ser o fim da linha para alguns smartphones da Xiaomi

22-11-2017 | 11:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Quem compra um smartphone da Xiaomi, sabe por norma o que o espera. Esta marca aposta num conjunto sólido de especificações para os seus equipamentos, sempre com um preço ultra competitivo.


A chegada da Xiaomi à Amazon Espanha, foi por isso uma excelente notícia para todos os fãs da marca chinesa, que passam assim a poder comprar estes smartphones a bom preço, ao mesmo tempo que usufruem de suporte e garantia oficial.

A interface MIUI é a imagem de marca da Xiaomi. Amada por uns, odiada por outros tantos, a MIUI acaba por se sobrepor ao Android, disponibilizando uma experiência de utilização bem diferente daquela que é a ideia da Google. Não é assim de estranhar, que a Xiaomi ande sempre atrasada na versão do Android, por norma uma versão face que a Google disponibiliza.

Nesta altura a MIUI 9 está a ser distribuída para uma imensidão de equipamentos, numa autentica lição de como se deve manter um smartphone actualizado. Os Xiaomi Mi 2, Mi 2S, Redmi Note 4G, Mi 4i, Redmi 2, Redmi 2 Prime e o Mi Note ainda estão com a MIUI 8, mas têm garantida a MIUI 9, que sabe-se agora será a última versão da MIUI que irão receber.

Tendo em conta que estes são smartphones que foram lançados entre 2012 e 2015, acaba por ser uma decisão que se aceita com naturalidade. Os fãs da marca por certo que não vão ficar desiludidos com esta decisão.


topo

MIUI 9 será a última actualização para alguns Xiaomi

22-11-2017 | 11:01 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A Xiaomi tem tido uma boa prestação na disponibilização de actualizações, mas tudo tem um fim, e a mais recente MIUI 9 marca o fim da linha para alguns dos seus smartphones lançados antes de 2016.

A interface MIUI é a imagem de marca da Xiaomi. Amada por uns, odiada por outros tantos, a MIUI acaba por se sobrepor ao Android disponibilizando uma experiência de utilização bem diferente daquela que é a ideia da Google. Não é assim de estranhar, que a Xiaomi ande sempre atrasada uma versão face à que a Google disponibiliza.

Nesta altura a MIUI 9 está a ser distribuída para uma imensidão de equipamentos, numa autêntica lição de como se deve manter um smartphone actualizado. Os Xiaomi Mi 2, Mi 2S, Redmi Note 4G, Mi 4i, Redmi 2, Redmi 2 Prime e o Mi Note ainda estão com a MIUI 8, mas têm garantida a MIUI 9, que, sabe-se agora, será a última versão da MIUI que irão receber.

Tendo em conta que estes são smartphones que foram lançados entre 2012 e 2015, acaba por ser uma decisão que se aceita com naturalidade. Sendo que para os fãs da marca que quiserem manter o seu smartphone actualizado daqui para a frente, não terão falta de alternativas não oficiais que lhes permitam ir acompanhando as futuras versões do Android.


topo

HMD prepara Nokia 2 com 2GB de RAM

22-11-2017 | 10:01 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A HMD tem feito todos os possíveis por revitalizar a marca Nokia com smartphones Android bem interessantes, e agora revisita o segmento mais económico com uma variante do Nokia 2 que passa a ter 2GB de RAM.

O Nokia 2 tem um processador quad-core Snapdragon 212 da Qualcomm a 1.3GHz, 1GB de RAM, 8GB para armazenamento, ecrã de 5" com resolução HD, câmaras de 8 e 5MP, rádio FM e uma simpática bateria de 4100mAh.

Sendo verdade que o processador não irá competir com modelos mais potentes, o ponto mais crítico deste modelo é ter apenas 1GB de memória RAM, assim como os reduzidos 8GB de armazenamento, que são manifestamente insuficientes hoje em dia. A HMD parece reconhecer isso mesmo, ao disponibilizar para o mercado Indiano uma versão deste Nokia 2 com 2GB de RAM e 16GB de armazenamento, o que irá permitir um desempenho bem mais simpático.

Os 99 euros pedidos por este smartphone é que ainda nos parecem um pouco exagerados, especialmente quando nesta gama de preço já se podem encontrar smartphones com 3GB de RAM e ecrãs Full HD... Mas, também há que considerar que a HMD quer fazer dos smartphones Nokia uma marca de confiança, e é de esperar que a qualidade do hardware e da montagem estejam acima dos de outros modelos nesta gama de preço.

topo

Nokia 2 ganha versão com 2GB de RAM

22-11-2017 | 09:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A Nokia, neste seu regresso ao mundo mobile, está a trabalhar de uma forma muito interessante, com uma aposta abrangente, chegando a todos os segmentos de mercado, desde a gama de entrada, até aos topo de gama.

O  Nokia 2 tem um processador quad-core Snapdragon 212 da Qualcomm, com velocidade até 1,3GHz, 1GB de RAM, 8GB para armazenamento, ecrã de 5" com resolução HD, câmaras de 8 e 5MP, rádio FM e uma simpática bateria de 4100mAh.

Sendo verdade que o processador é fraquinho, a grande limitação está na memória RAM e no armazenamento. Ao apresentar apenas 1GB de RAM, este Nokia 2 vai obrigatoriamente estar muito limitado em termos de desempenho. A HMD parece estar a reconhecer isso mesmo, ao disponibilizar uma versão deste Nokia 2 para o mercado Indiano, com 2GB de RAM e 16GB de armazenamento, o que irá permitir um desempenho bem mais simpático.

Os 99€ pedidos por este smartphone são um factor que por certo vai pesar muito aquando da sua aquisição, mas havendo a possibilidade de optar pela versão com 2GB de RAM, não há muito que enganar. Agora resta esperar pela chegada deste smartphone ao nosso mercado, para se verificar qual a configuração que será disponibilizada.

topo

Xiaomi Redmi Note 5 plus aparece na internet

22-11-2017 | 09:15 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A gama Redmi Note é uma das mais bem sucedidas da Xiaomi, e parece que o novo Note 5 Plus já está muito perto de chegar ao mercado, com mais fotos a revelarem este novo modelo.

Já muito se falou sobre este smartphone quando passou pela entidade regulador chinesa. Em termos de especificações apenas o processador continua a levantar dúvidas, não se sabendo se a Xiaomi irá optar por um Snapdragon 630, que seria o sucessor esperado do Snapdragon 625, mas mantém-se a possibilidade da utilização de um Snapdragon 617, o que seria uma opção decepcionante. Há ainda a a possibilidade de ser lançado também um modelo "Plus", com um Snapdragon 660.

Tendo em conta a imagem agora publicada e ainda as disponibilizadas no regulador chinês, é possível que a Xiaomi esteja mesmo a trabalhar em duas versões do Redmi Note 5, ambas com um ecrã de margens reduzida e relação 18:9, opção que começa a tornar-se no "normal" para todos os novos smartphones.

O preço é também ainda uma das incógnitas, mas é de esperar que a Xiaomi mantenha o seu característico preço altamente competitivo, que lhe tem permitido ir subindo nas tabelas de vendas e conquistando clientes, não só na China, como no resto do mundo - e a chegada oficial a Espanha também contribui para isso.















topo

Projector LED de Natal por €22

22-11-2017 | 08:35 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A época natalícia contagia tudo e todos, e para quem gostar de deixar transparecer a energia festiva para o exterior poderá querer recorrer a este mini projector LED que pode "pintar" uma casa com diferentes elementos luminosos.

Concebido para ficar no jardim a apontar para a fachada da casa (mas nada vos impedindo de o usar em qualquer outro local, incluindo dentro de casa) este mini projector LED consiste num sistema de lentes rotativas que projectam imagens adequadas para todo o tipo de eventos, vindo com 12 lentes com elementos diversos: Natal, Halloween, floco de neve branco, corações, trevos de sorte, elementos femininos, pombas da paz, folhas, elementos de aniversário, borboletas, estrelas, e palhaços.


O próprio projector tem temporizador integrado, fazendo com que funcione durante 6 horas (durante a noite) e depois se desligue durante 18 horas - assim evitando a necessidade de um temporizador adicional para o controlar. É também possível configurar a velocidade de rotação dos elementos carregando sucessivamente no botão e alternando entre as velocidades: lento, rápido, fixo e desligado.

Usando-se o código de desconto CYJLED este projector LED temático, ideal para o Natal (e não só) fica por apenas 22 euros.

topo

Sites espiam tudo o que os visitantes fazem nas suas páginas

21-11-2017 | 21:21 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A ideia de que apenas a informação enviada para um site é que poderá ser vista por eles é uma ilusão, com vários sites a recorrem a sistemas que espiam toda e cada tecla pressionada e movimento do rato feito enquanto estiverem nas suas páginas.

Um dos segredos para maximizar a eficiência das vendas online é analisar o comportamento dos visitantes, e as capacidades das tecnologias web a este nível tornam esse processo verdadeiramente simples e com uma abrangência assustadora. Posto de forma simples, qualquer site tem a capacidade de poder gravar detalhadamente tudo aquilo que um visitante está a fazer, mesmo que este nem sequer preencha qualquer formulário ou pense estar a enviar qualquer informação, e isto inclui tudo aquilo que potencialmente até estivessem a escrever num campo (username, password, comentário, etc.) mas que depois venham a eliminar sem enviar.



Um estudo revelou que quase 500 sites entre os 50 mil sites com mais tráfego recorrem a este tipo de scripts de "espionagem" dos utilizadores, sendo que a percentagem deverá ser significativamente superior entre sites fora desta lista. Não menos animador é que quase nenhum site faz referência clara quanto à utilização destes scripts e da recolha de dados que está a fazer. Uma recolha de dados que pode por em risco a segurança dos utilizadores, já que podem registar dados como números de cartões de crédito e outra informação privada - e, para tornar tudo isto mais grave, alguns destes scripts permite rever tudo o que o utilizador fez usando ligações inseguras que podem ser interceptadas, mesmo que o utilizador estivesse a visitar um site HTTPS que o faria pensar estar em segurança!

Neste momento nem memo os ad-blockers ou modos "do no track" são capazes de impedir o funcionamento de todos estes scripts, pelo que o melhor é assumir que, em todo e qualquer site que visitam, tudo aquilo que fazem poderá estar a ser monitorizado e registado... sabe-se lá para que fim.

topo

Notable PHP package: PHP LGCF Loader

21-11-2017 | 19:54 | Manuel Lemos | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

By Manuel Lemos
Autoloading allows PHP to load classes using configurable rules, so developers do not have to write too much code to load all the class scripts they need.

This package not only can autoload classes, but also can cache the code of the classes to be loaded in session variables, so class loading can be done faster from memory.

Read this article to learn more details about how this notable PHP package works.

topo

O fantasma

21-11-2017 | 19:37 | Gonçalo Sá | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

Ghostpoet

 

Os universos de GHOSTPOET e dos Massive Attack já se tinham cruzado quando o músico londrino deu voz a uma das canções mais recentes da banda de Bristol - "Come Near Me", no ano passado. Agora, Daddy G colabora no novo single retirado de "Dark Days + Canapés", o quarto álbum do projecto de Obaro Ejimiwe, editado este Verão.

 

Ponto de encontro entre ecos blues e a vertente mais taciturna do trip-hop, "WOE IS MEEE" é um dos episódios mais intrigantes do disco e sugere contaminações do clássico "Mezzanine" (1998), sobretudo a partir do momento em que a voz convidada entra em cena. Mas está longe de ser a única faixa sombria de um alinhamento ambicioso, que mergulha em questões como a imigração, o consumismo ou a dependência da tecnologia através de uma moldura sonora que vai do hip-hop ao pós-punk.

 

No videoclip do tema, o desnorte identitário abordado na letra surge ilustrado pela noite de um idoso entregue a si próprio, que confronta finalmente os seus fantasmas sexuais já perto do amanhecer. "As the night draws in/ We're all seeking love", vai entoando a dupla:

 

 

topo

Xioami cria programa para trocar de smartphone

21-11-2017 | 18:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Os avanços que a tecnologia tem registado nos últimos anos, tem permitido melhorar substancialmente a qualidade dos equipamentos, o que acaba por se repercutir na longevidade dos mesmos. Trocar de smartphone é algo que acontece com cada vez menos frequência, acabando os utilizadores por manter o seu equipamento por dois ou mais anos.

Um dos problemas com que o consumidor se depara na hora de mudar de smartphone, é o destino a dar ao equipamento que tem estado a utilizar. Uma rotação familiar é sempre boa opção, mas não será solução para todos os casos.

A Xiaomi está a apostar forte no mercado Indiano, com a abertura de uma segunda fábrica e o lançamento de novos smartphones. O investimento de mil milhões de dólares em 100 startups ao, longo dos próximos 5 anos, é outra vertente da aposta neste país.

Chegar ao primeiro lugar nas vendas no mercado Indiano não é suficiente para esta marca chinesa. A Xiaomi quer reforçar esta posição e para isso criou um programa de trocas em parceria com a empresa Cashify. Esta vai avaliar os smartphones na loja Mi ou em alternativa, pode ser o cliente a enviar o mesmo via postal. O valor da avaliação será descontado na aquisição de uma novo smartphone Xiaomi, ou no caso do envio, devolvido à posteriori.


Nestes sistemas de trocas não é de esperar grandes milagres, mas não há nada como se verificar qual a oferta que é apresentada. Fiz uma simulação com um Redmi Note 4 em bom estado, com 1 ano de utilização. 66€ acaba por ser um valor interessante face ao custo de aquisição deste terminal (~140€), pelo que este sistema poderá ser interessante para quem gosta de trocar de smartphone com frequência, mas não gosta de se preocupar com a venda de material usado.

topo

Kindle Paperwhite a €109 na Amazon Espanha

21-11-2017 | 18:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Em semana de Black Friday não faltam promoções, mas para quem estivesse interessado num Kindle para oferecer este Natal poderá querer aproveitar o Kindle Paperwhite a 109 euros na Amazon Espanha (eu aproveitei! :)

Quer se queira quer não, os Kindle da Amazon continuam a ser os leitores de ebooks de referência e são sempre uma aposta segura para quem quiser ler livros em formato digital sem ter que lidar com um ecrã LCD ou OLED. Aproveitando a semana de descontos, temos em promoção o Kindle básico por €79.99 e o Kindle Paperwhite a €109.99 (nota: não se deixem enganar pela versão de 99 euros, que é a versão com publicidade e que não está disponível para envio para Portugal).

Para quem passar mesmo muito tempo em leituras, até se pode justificar a compra do novo Kindle Oasis... mas por 249 euros, já não me parece tão apelativo como este modelo mais económico. A não ser que a Amazon esteja a preparar alguma oferta especial para este modelo para a época mais "quente" dos descontos, na sexta-feita (mas por muito desconto que apliquem, duvido que venha para menos dos 199 euros...)

Depois basta adicionar uma capa de protecção para o Kindle por menos de 7 euros, e fica o conjunto completo e pronto para oferecerem a alguém especial este Natal... nem que seja uma auto-prenda. :)

topo

Animal Crossing: Pocket Camp já chegou ao Android

21-11-2017 | 17:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


E cá temos mais um jogo da Nintendo a chegar Android, depois de Super Mario Run, temos agora o famoso Animal Crossing: Pocket Camp que está a partir de hoje disponível completamente grátis no Google Play, um jogo onde podemos criar o nosso próprio acampamento, fazer amigos, coleccionar todo o tipo de coisas, etc.



Prontinhos para umas merecidas férias, eis que chegamos ao local onde vamos acampar por uns dias, e recebemos de imediato a notícia que iremos ser o gerente do acampamento. Lá se vai o tão desejado descanso não é? Mas as tarefas que temos pela frente são muito positivas, pois iremos fazer muitos amigos, que é o mais importante neste mundo dos animais.

No início começamos por conversar com alguns dos animais que estão no acampamento, e a partir daí podemos fazer amizade com eles, visitar o seu próprio acampamento, convidá-los a visitarem o nosso, e fazer pequenas tarefas que nos pedem, em troca de alguns items que podem ser úteis para fabricar algumas mobílias e outros objectos.

Cada animal tem a sua preferência no que toca a gostos, e como tal teremos que ir colocando certas peças de mobília no nosso acampamento para que estes nos venham visitar. Para mandar construir a mobília teremos que obter coisas como madeira, lã, metal, etc, que nos são entregues pelos amigos sempre que lhes entregamos coisas como fruta, peixe, insectos, etc.

As tarefas que temos de fazer são mesmo essas, ir até à praia pescar algum peixe, apanhar conchas e côcos, passar pelo rio e pescar outros tipos de peixe, enveredar pela floresta para apanhar insectos nas árvores, e ao mesmo tempo ir até às árvores de fruto e abaná-las para apanhar a fruta que cai no chão. Os animais pedem-nos estas coisas, e em troca dão-nos items importantes para a construção das coisas que precisamos.

O jogo vai renovando as tarefas que os nossos amigos têm para nós, e à medida que a amizade vai crescendo, também os seus pedidos vão ficando mais refinados, assim como as coisas que podemos mandar construir. Mobilar o nosso acampamento ao nosso gosto é uma das coisas que podemos fazer com gosto neste jogo, e depois podemos andar a visitar os acampamentos dos nossos amigos (reais ou outros) para ver como é que eles organizaram o espaço deles.

Com vários locais diferentes para visitar, incluíndo a zona dos 3 corvos pretos que são uma espécie de mecânicos, que estão ao nosso dispôr para melhorar a nossa caravana, pintando-a, aumentando o seu espaço e mobília interior (por um preço, claro), etc, há aqui muita coisa para fazer, e muito tempo a perder durante dias e dias.

É possível gastar dinheiro real com o jogo, mas a julgar pelas críticas de quem tem vindo a jogar o jogo já há algumas semanas na Austrália (onde foi lançado previamente), este é um daqueles jogos onde não é mesmo necessário gastar qualquer dinheiro, pois tudo se pode conseguir com algum tempo investido no jogo. Vejam aqui em baixo o vídeo de apresentação desta belíssima versão do Animal Crossing para telemóveis, e divirtam-se a competir com os vossos amigos pelo melhor acampamento.

Nota: De momento está o mundo inteiro a tentar ligar-se aos servidores da Nintendo e podem aparecer por vezes erros de conexão. É tentar novamente carregando no botão respectivo, ou então jogar mais tarde quando tudo estiver mais calmo.




topo

Vernee Mix 2 com 6GB a €170

21-11-2017 | 17:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Desde o lançamento do Xiaomi Mi Mix que todas as outras marcas se têm apressado a replicar smartphones com margens reduzidas, e a Vernee também tem o seu próprio Mix 2 com o qual aposta neste segmento.

Equipado com um ecrã de 6", este Vernee Mix 2 não é propriamente pequeno mas, considerando que se trata de um modelo com margens reduzidas, acaba por não se distanciar muito de smartphones com ecrãs de 5.5" e margens "à moda antiga", com 157.8x76.2mm. O ecrã 18:9 tem uma resolução de 2160x1080 pixeis, acompanhado por um CPU MTK6757 (Helio P25) octa-core a 2.5GHz, 6GB de RAM, 64GB, câmara dupla traseira de 13MP+5MP, câmara frontal de 8MP, sensor de impressões digitais na traseira, dual SIM, Android 7.0, e bateria de 4200mAh com carregamento rápido 9V/2A.


De forma idêntica aos Mi Mix, também neste Mix 2 da Vernee temos a opção da margem mais volumosa ter ficado na parte inferior do ecrã, onde fica alojada a câmara frontal - o que faz com que, nos casos em que queiram dar uso a esta câmara, seja conveniente usar o smartphone "de pernas para o ar" para que o ângulo da câmara se mantenha numa posição mais favorável. Poderá ser um inconveniente, ou não, dependendo do tempo que passarem a dar uso à câmara frontal - e eu pessoalmente prefiro a ausência de margens na parte superior, que dá um aspecto bastante mais futurista a estes smartphones.


De momento podem apanhar o Vernee Mix 2 com 6GB de RAM por apenas 170 euros por conta da Black Friday, sendo que se já chegarem tarde e estiver a preço mais elevado poderão tentar a sorte com o código de desconto "MIX26", válido até 10 de Dezembro, que o deverá fazer baixar para este valor.


topo

Notícias do dia

21-11-2017 | 16:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

Europa quer usar blockchain para impedir manipulação da quilometragem nos automóveis; o domínio Ethereum.com está à venda por 10 milhões de dólares; nos EUA a Walmart enfrenta a Black Friday subindo os preços online para promover a ida às lojas físicas; e Alemanha manda os pais destruírem smartwatches para crianças que permitam escutas remotas; e a Google foi apanhada a recolher localização de smartphones Android mesmo que tenham o serviço de localização desligado.

Esta semana temos para vos oferecer um kit 10-em-1 de fotografia para maximizarem as capacidades fotográficas do vosso smartphone, e não se esqueçam que o nosso habitual meeting mensal é já este sábado. :)

Discos de 14TB estão para breve



Se muitas pessoas já se renderam à conveniência da cloud para guardarem os seus dados, há aqueles que não dispensam o armazenamento local para terem total controlo sobreos seus dados, e será para esses que estes futuros discos de 14TB se poderão tornar atractivos.

A Toshiba já começou a utilizar os pratos de última geração que permitem criar discos de 2.5" de 7mm com 1TB de capacidade, e estes mesmos pratos, aplicados a discos normais de 3.5" permitirão elevar a capacidade destes até aos 14TB - e sem recorrer às técnicas de gravação de sectores parcialmente sobrepostos que tem sido usado nalguns discos para aumentar a sua capacidade.

Se estiverem a pensar criar um mega-NAS para 2018... já sabem com que capacidades irão poder contar (um NAS de 4 baías poderá potencialmente ter capacidade para 56TB de dados!)


Modo "Privado" do Firefox acelera carregamento das páginas



O novo e renovado Firefox "Quantum" tem estado a surpreender pela sua velocidade e baixo consumo de memória, e para quem quiser acelerar ainda mais o carregamento das páginas web poderá querer experimentar o seu modo Privado. Neste modo o Firefox aplica a filtragem de todo o tipo de sistemas de tracking, fazendo com que o carregamento das páginas possa ser reduzido para menos de metade.

Quem ficar fã deste modo pode aplicar as mesmas definições de filtragem à navegação em modo normal, mas depois também terá que aprender a viver sem os botões de like, tweet, partilhas nas redes sociais, etc. (Mas, felizmente, podem sempre definir uma lista de sites que devem ser excluídos dessa filtragem... pelo que é um caso a considerar. :)


Uber vai comprar 24 mil carros autónomos à Volvo



Os carros autónomos podem ainda não ser perfeitos mas, depois do programa piloto inicial, a Uber parece achar que já é tempo de trazer estes carros para a estrada, anunciando a intenção de comprar 24 mil Volvos autónomos até 2021.

Embora ainda seja uma "gota no oceano" (para referência, só em Nova Iorque a Uber tem mais de 46 mil carros a operar), não deixa de ser um sinal significativo da aposta neste sector, e que tem o potencial para rapidamente evoluir de forma exponencial, à medida que obriga a reequacionar todo o sistema de transportes "públicos" e a própria necessidade de ter carro próprio - esta última, mais a longo prazo, pois ainda irá demorar algum tempo para que estes carros autónomos consigam aventurar-se em todo o tipo de estradas...


OnePlus 5T já está à venda



O novo OnePlus 5T já está disponível para compra, e quem quiser aproveitar este dia de lançamento tem direito a algumas promoções especiais, como a possibilidade de adicionar um "Early Bird Bundle" com vidro e capa de protecção por metade do preço habitual, ficando por 22.10 euros.

Quando aos smartphones em si, o modelo de 6GB+64GB tem um preço de 499 euros; a versão de 8GB+128GB fica por 559 euros. Neste momento já estão com 4 e 7 dias de espera para a entrega, respectivamente.

... Interrogo-me é se o anterior OnePlus 5 ainda se vai tornar numa raridade, procurado por quem prefere manter o sensor de impressões digitais à frente! :)


Curtas do dia


Resumo da madrugada

topo

Google ameaça retirar Cerberus da Play Store por se esconder dos utilizadores (e ladrões)

21-11-2017 | 16:21 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


O popular programa anti-roubo Cerberus para Android está em risco de ser expulso da Play Store por a Google considerar que viola algumas das suas condições.


Se é certo que a Google há muito que implementou e disponibiliza um serviço de "find my phone" que permite localizar e bloquear remotamente um smartphone Android, por outro lado há quem prefira ter acesso a capacidades bastante mais avançadas, como as disponibilizadas por apps como este Cerberus, que incluem coisas como tirar fotos remotamente (ou no caso de engano na password) e enviá-las para o dono legítimo, simular um shutdown do equipamento (mas mantendo-o ligado), entre muitas outras funcionalidades.

Uma delas, e que é usada pela Google como motivo para este pré-aviso de potencial remoção da Play Store, é a possibilidade da app se esconder dos utilizadores, para dificultar a detecção por um ladrão; para além de que a Google também exige que uma app deste tipo tenha obrigatoriamente que apresentar uma notificação persistente, a informar o utilizador que está em funcionamento.


Ou seja, segundo a lógica da Google, a app que tem por objectivo permanecer indetectada por por potenciais ladrões, deverá apresentar continuamente uma notificação que indica que está em funcionamento, sinalizando isso de forma imediata para os mesmos!

... Não vai ser simples para o criador do Cerberus tentar dialogar com a Google, e também não ajudará que muitos dos seus antigos fãs ainda se sintam traídos por conta do cancelamento das contas gratuitas vitalícias, e agora vejam esta remoção como uma espécie de "vingança". Saberemos daqui por uma semana qual o desfecho desta situação; sendo que, o que me parece mais provável, é que a app passe a ficar disponível apenas para instalação directa, de fora da Play Store (mas com isso perdendo parte considerável de futuros clientes, que assim ficarão menos inclinados a confiar na app).

topo

OnePlus 5T resiste aos abusos do JerryRigEverything

21-11-2017 | 15:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Sempre que um novo smartphone é apresentado é habitual que o mesmo seja alvo de todo o tipo de testes abusivos, e o novo OnePlus 5T não é excepção, sendo posto à prova pelo bem conhecido JerryRigEverything. E os resultados... não são nada maus.

O resto do mundo só a partir de hoje é que poderá por as mão neste novo smartphone da OnePlus, mas já temos um vídeo que demonstra que a OnePlus tentou criar um smartphone capaz de resistir aos abusos do dia a dia. O ecrã 2.5D com vidro Gorilla Glass 5 riscou ao nível 6 da escala de Mohs, se bem que apenas ligeiramente, pois só no nível 7 é que se notam os riscos com maior facilidade.

O sensor de impressão digital resistiu muito bem às inúmeras investidas de maus tratos, não tendo registado qualquer risco. O mesmo se passou com o vidro que protege as câmaras traseiras. Já o flash não teve a mesma sorte, ficando riscado com alguma facilidade. O corpo em metal apresentou uma excelente capacidade de resistência à flexão e os botões em metal mantêm o mesmo nível de qualidade. Já o aro plástico que se encontra em redor do ecrã já não oferece a mesma capacidade de resistência do metal, mas o seu propósito também é outro (proteger o vidro) pelo que não deverá ser motivo de preocupação em utilização normal.

O OnePlus 5T acabou assim por passar com distinção nos testes do JerryRigEverything, o que poderá servir como atestado de qualidade para utilização "sem abusos" por parte dos futuros compradores.




topo

Google apanhada a recolher localização de Androids mesmo com serviço de localização desligado

21-11-2017 | 14:13 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Que a Google tem acesso aos dados da localização da maioria dos dispositivos Android, isso já todos sabem; o que não sabem é que a Google também recolhe essa informação mesmo nos casos em que os utilizadores desliguem os serviços de localização e nem sequer tenham um cartão SIM instalado.

Numa situação normal, os utilizadores de smartphones não têm problemas em partilhar a sua localização com a Google, nem que seja para terem acesso ao Google Maps, navegação, sugestões de coisas nas proximidades, e até para localização do seu smartphone em caso de roubo. No entanto, alguém que desligue os serviços de localização e nem sequer utilize um cartão SIM poderia imaginar que a sua localização se manteria protegida do olhar da Google... mas tal não é o caso.

Foi descoberto que desde o início do ano a Google está a recolher informação sobre as torres celulares ao alcance do smartphone, de todos os smartphones Android, mesmo quando os utilizadores não têm um cartão SIM instalado e desactivaram expressamente os serviços de localização.


A Google já confirmou esta recolha, dizendo no entanto que são dados que não ficam guardados nas suas bases de dados e que se destinariam apenas a melhorar o envio das notificações para os smartphones - uma explicação que não parece convencer os especialistas, nem todos aqueles que consideram isto (mais) um abuso de poder e uma flagrante violação da privacidade dos utilizadores.

A recolha destes dados específicos sobre as torres celulares deixará de ser feita já no próximo mês, mas isso não impede que continuem a ser recolhidos outros dados que continuem a permitir obter a localização aproximada dos utilizadores, nomeadamente, o endereço IP e redes WiFi a que estejam ligados ou que estejam nas imediações. E uma vez que esta recolha de dados é feita a propósito do sistema de gestão de envio das notificações, é algo que continuará a ser feito independentemente do serviço de localização ser desligado pelos utilizadores.


Nota: não esquecer que também os operadores de telecomunicações podem saber por onde anda qualquer smartphone, mesmo que não tenha um cartão SIM instalado, já que os smartphones e telemóveis continuam a estar ligados à rede para poderem efectuar chamadas de emergência.

topo

Europa quer usar blockchain para impedir manipulação da quilometragem nos automóveis

21-11-2017 | 12:01 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Desconfiar da quilometragem indicada num automóvel pode em breve tornar-se numa coisa do passado, graças à ajuda da tecnologia do momento: o blockchain.

O blockchain pode actualmente ser associadas às criptomoedas, mas na verdade esta tecnologia tem potencial para ser aplicada em muitas outras áreas onde seja desejável manter um registo descentralizado e à prova de tentativas de manipulação - algo que pode assentar que nem uma luva no registo da quilometragem dos veículos.

Se bem implementado (leia-se: não ser um blockchain que fica sob controlo de uma única entidade, em cujo caso será o equivalente a ter uma mera base de dados que continua a estar sujeita a manipulações) isto garantirá que os dados apresentados são realmente de confiança, podendo ser comprovados por qualquer pessoa. Dito de outra forma, um automóvel que apresente uma quilometragem de 100 mil quilómetros, terá garantidamente essa quilometragem, sem risco de 100 mil quilómetros adicionais terem "milagrosamente" sido apagados por via das artes digitais.

Será uma tecnologia bem vinda, mas penso que já chega tarde demais, e com potencial benéfico reduzido: isto assumindo que o mercado estará a transitar para um modelo de utilização de veículos partilhados (eventualmente autónomos) e que isso poderá acontecer mais depressa do que se imagina - a Uber acaba de encomendar 24 mil Volvos autónomos para expandir a sua frota autónoma, assim evitando as polémicas questões relacionadas com motoristas humanos (que felizmente é coisa que em Portugal não temos com que nos preocupar).

Nesta situação, em que estas frotas de carros pertencem a empresas de transportes, as "virtudes" da falsificação de quilómetros deixam de fazer sentido, pois será do interesse das próprias empresas manter esse registo detalhado, tanto para efeitos de controlo, como para análise de custos, manutenção preventiva, etc. etc. Ainda assim, poderá ser uma forma de garantir a transparência desses dados... pelo que não se perde nada em aplicá-la.

topo

Novo Trojan procura roubar acessos às contas bancárias

21-11-2017 | 11:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Estão recordados do BankBot? Este perigoso trojan está de volta para provocar elevados estragos, tendo conseguido obter dados das contas bancárias de utilizadores em vários países, Portugal incluído. Chase, Citibank e WellsFarg são algumas das instituições que foram afectadas por esta nova versão do BankBot.

A equipada da Avast, em cooperação com a ESET e SfyLabs, esteve a estudar uma nova versão do BankBot, e de acordo com a informação agora divulgada, este malware dirigido às aplicações para acesso às contas bancárias, poderá ter infecto milhares de clientes em países como os EUA, Austrália, Alemanha, Holanda, França, Polónia, Espanha, Turquia, Rússia,Singapura e Portugal. As aplicações que distribuíam o malware já foram removidas do Google Play, mas até ao passado dia 17 de Novembro, estiveram activas várias versões, o que garantidamente deu origem ao furto dos dados de muitos utilizadores menos prevenidos.

Segundo a Avast, a nova versão do BankBot não foi detectada pelo algoritmo que a Google implementou no Google Play, para detectar este tipo de ameaças. Aplicações como "lanterna", Solitaire foram as preferidas dos hackers para distribuir o malware.

Como já referimos em cima, as aplicações que distribuíam o malware já foram removidas do Google Play, mas como aconteceu agora com esta segunda versão do BankBot, é muito provável que novas ameaças voltem a aparecer na loja da Google. Para se protegerem de futuras ameaças, a Avast apresenta algumas sugestões:

  • Confirmem sempre que estão a usar uma app fidedigna para a aceder à vossa conta bancária;
  • Usem dois sistemas de autenticação;
  • Apenas utilizem lojas de confiança (este ponto é curioso, pois esta ameaça teve origem no Google Play...);
  • Tenham atenção às permissões que as apps solicitam acesso;
  • Se tiverem root, não dêem acesso ao mesmo a toda e qualquer app.

topo

Domínio Ethereum.com à venda por $10 milhões

21-11-2017 | 11:01 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Se pensavam que a oportunidade para ficar milionário por conta de um simples domínio na Internet já tinha passado, eis que fica demonstrado que também a loucura das criptomoedas se alastrou a este campo, com o Ethereum.com a ser posto à venda por 10 milhões de dólares.

As criptomoedas têm sido a "loucura" do momento, com o célebre Bitcoin a já ter superado a marca dos 8000 dólares e o Ethereum, mesmo com os seus altos e baixos, também parece estar bem encaminhado para atingir novos valores recorde e superar os 400 dólares muito em breve. Mas, melhor sorte terá a pessoa que detém o domínio Ethereum.com e que o disponibiliza pela módica quantia de 10 milhões de dólares.

Se acham que é loucura, importa relembrar que o domínio ETH.com terá sido vendido por 2 milhões de dólares no mês passado, tornando-o no segundo domínio mais caro de sempre - o Fly.com, vendido por $2.89 milhões em Maio. Ainda assim, se alguém pagar $10 milhões por este Ethereum.com, fará com que se torne no mais caro de sempre por uma margem considerável. Isto sem ignorar que mesmo domínios mais básicos, ainda relacionados com criptomoedas, possam render bastante: o domínio BitcoinWallet, já em 2014, foi vendido por 250 mil dólares.

Mas se calhar, mais vale pegar nesses 10 milhões que estão a ser pedidos pelo domínio e comprar Bitcoins ou Ethereum... e daqui por uns anos (ou até uns dias) poderão já ter 10 milhões extra que possam dispensar para comprá-lo. :)

topo

Ganha um kit de fotografia 10-em-1 para smartphone

21-11-2017 | 10:01 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Todas as semanas temos gadgets para vos oferecer, e desta vez a escolha recai sobre um kit de fotografia que permitirá ampliar as capacidades de qualquer smartphone.

Os smartphones actuais vêm equipados com câmaras capazes de nos surpreender com as fotografias que tiram, mas há situações em que isso não basta para se fazer aquilo que se desejava. Com este kit de fotografia 10-em-1 essas potencialidades poderão ser levadas ainda mais longe, pois transforma um smartphone numa espécie de mini-DSLR onde podemos aplicar lentes diferentes.

Este kit (que está disponível por apenas 10 euros) contém:
  • lente telefoto
  • lente grande angular/macro
  • lente fisheye
  • tripé
  • selfie stick
  • controlo remoto bluetooth
  • bolsa e outros acessórios

Já sabem como funcionam os nossos passatempos semanais: ao longo dos próximos dias iremos colocando diferentes perguntas no formulário que se segue, e no final o mesmo será oferecido aleatoriamente entre os participantes que tiverem acertado correctamente pelo menos numa delas (sendo que mais respostas certas melhorarão as vossas probabilidades de ganharem - mas atenção, pois apenas conta a primeira resposta que derem a cada pergunta.)

Loading...



Passatempo aberto a todos os participantes com morada em Portugal.

topo

Blackview BV9000 Pro vai ser um smartphone para os duros

21-11-2017 | 09:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Hoje em dia, o vidro é um dos materiais que as marcas preferem utilziar nos seus topo de gama. É inegável que o smartphone fica com um look premium, mas torna-se bastante mais frágil, podendo partir-se com facilidade numa queda.

A Blackview é uma marca que se tem especializado no desenvolvimento de smartphones com elevada capacidade de resistência, vulgarmente conhecidos por rugged phones. O BV9000 Pro vai ser um dos seus próximos equipamentos a ser lançado e terá uma particularidade curiosa.



O Blackview BV9000 Pro vai ser o primeiro rugged phone com ecrã 18:9, ou seja resistente, mas sempre com grande estilo. O ecrã terá protecção Gorilla Glass e o corpo numa liga de alumínio-magnésio estará rodeado pela habitual protecção de de borracha, que lhe irá conferir uma camada extra de protecção contra quedas.



topo

Blackview BV9000 Pro vem com ecrã 18:9

21-11-2017 | 09:14 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A Blackview é uma marca que se tem especializado no desenvolvimento de smartphones com elevada capacidade de resistência, vulgarmente conhecidos por rugged phones. O BV9000 Pro vai ser um dos seus próximos equipamentos a ser lançado e terá uma particularidade curiosa: o ecrã 18:9.

Hoje em dia, o vidro é um dos materiais que as marcas preferem utilizar nos seus topo de gama. É inegável que o smartphone fica com um aspecto premium, mas torna-se bastante mais frágil, bastando uma queda para que o "bonito" se torne num painel quebrado nada estético e dispendioso de reparar. Daí a atracção de algumas pessoas por modelos que ofereçam uma capacidade de resistência acrescida.


O Blackview BV9000 Pro vai ser o primeiro rugged phone com ecrã 18:9, ou seja, resistente mas sempre com grande estilo. O ecrã terá protecção Gorilla Glass e o corpo numa liga de alumínio-magnésio estará rodeado pela habitual protecção de de borracha, que lhe irá conferir uma camada extra de protecção contra quedas.

O preço deverá manter-se bastante concorrencial (o BV7000 está disponível por pouco mais de 100 euros) e pelo menos servirá para que os fãs destes smartphones resistentes não se sintam discriminados face aos modelos com ecrãs 18:9 que vão chegando ao mercado em número cada vez maior.



topo

OnePlus 3 e 3T recebem Android 8.0 Oreo

21-11-2017 | 08:42 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Depois da apresentação do novo OnePlus 5T em Nova Iorque, a OnePlus cumpre agora outra promessa feita aos seus clientes, disponibilizando o Android 8 Oreo para os OnePlus 3 e OnePlus 3T.

Como raramente as boas notícias vêm so, vamos primeiro às más notícias. Esta actualização para Android 8 Oreo vai ser a última grande actualização destes dois smartphones, que assim irão "morrer" oficialmente com esta versão do Android. Claro está, não irá demorar muito tempo para que a comunidade de developers trate de disponibilizar uma versão da próxima versão do Android, o que poderá ser uma solução para quem não pensar comprar um novo smartphone tão cedo. Mas, passando às boas notícias, eis a lista de alterações mais importantes no OxygenOS 5.0:

Sistema

  • Actualização para Android O (8.0)
  • Parallel Apps
  • Picture in Picture
  • Preenchimento automático de campos
  • Selecção inteligente de texto
  • No design nos atalhos rápidos
  • Actualização do security patch para Setembro

Launcher

  • Novos ícones de notificação
  • Pastas de apps com novo design
  • Upload directo de fotografias para o Shot on OnePlus

A actualização está a ser distribuída via OTA, de forma gradual, pelo que ainda poderá demorar algum tempo até que recebam esta actualização no vosso smartphone.

topo

Alemanha proíbe smartwatches para crianças que permitam escutar remotamente

20-11-2017 | 21:15 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Equipar uma criança com um smartwatch, que permita saber por onde anda e ouvir o que se passa, pode ser uma medida de descanso para os pais... mas na Alemanha é ilegal.

Uma entidade reguladora alemã proibiu a venda de smartwatches para crianças com a funcionalidade de escuta remota, e alerta os pais para que destruam quaisquer produtos equivalentes que já tiverem comprado. Isto porque na Alemanha é ilegal possuir ou vender "equipamentos de vigilância disfarçados de outros equipamentos", e foi considerado que estes smartwatches se enquadram nesta categoria, ao permitirem que os pais escutem remotamente os filhos... incluindo quando estes estão nas salas de aulas, para saberem de que forma os professores os estão a tratar.

Também as escolas e professores foram alertadas, para que estejam vigilantes e destruam estes aparelhos caso sejam detectados... o que não deixará de ser curioso se, por outro lado, permitirem que as crianças andem com smartphones, que poderão ser utilizados para esta funcionalidade e muito mais (como vão atestando os vídeos de gravações nas salas de aula que vão surgindo na internet de tempos a tempos).

Deveriam os pais terem o direito de poderem ouvir tudo o que se passa em redor dos seus filhos, a qualquer momento e em qualquer local; ou será que estes deverão ter o direito à sua privacidade assim como aquilo que se passa dentro de uma sala de aulas?

topo

OnePlus lança Android 8 Oreo para os OnePlus 3 e 3T

20-11-2017 | 18:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Nestes últimos dias a OnePlus tem estado literalmente "on fire". Primeiro apresentou o novo OnePlus 5T em Nova Iorque, agora cumpre um objectivo que tinha assumido com os seus clientes, ao disponibilizar a actualização do Android 8 Oreo para os OnePlus 3 e OnePlus 3T.

Como isto não pode ser só festa e celebração, vamos primeiro às más notícias. Esta actualização para Android 8 Oreo vai ser a última grande actualização destes dois smartphones, que irão assim "morrer" oficialmente com esta versão do Android. Claro está, que não irá demorar muito tempo para que a comunidade de developers trate de disponibilizar uma versão "cozinhada" da próxima versão do Android, o que poderá ser uma solução para quem dá particular atenção a este aspecto.

Passemos às boas notícias. A lista de alterações mais importantes no OxygenOS 5.0 é a seguinte:

Sistema

  • Actualização para Android O (8.0)
  • Parallel Apps
  • Picture in Picture
  • Preenchimento automático de campos
  • Selecção inteligente de texto
  • No design nos atalhos rápidos
  • Actualização do security patch para Setembro

Launcher

  • Novos ícones de notificação
  • Pastas de apps com novo design
  • Upload directo de fotografias para o Shot on OnePlus

A actualização está a ser distribuída via OTA, de forma gradual, pelo que ainda poderá demorar algum tempo até que recebam o update no vosso smartphone.

topo

Walmart sobe os preços online para promover lojas físicas

20-11-2017 | 18:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Em semana de Black Friday, a Walmart norte-americana enfrenta este período de saldos e descontos com uma táctica diferente da que seria esperada: vai aumentar os preços dos produtos na sua loja online para promover a ida às suas lojas físicas.

Com 2.2 milhões de funcionários, é natural que a Walmart queira tirar partido daquela que é a sua maior vantagem face aos impérios online: as suas mais de 11 mil lojas físicas espalhadas por mais de 20 países. No entanto, não sei até que ponto é que a táctica de aumentar os preços na sua loja online será realmente a melhor forma de o fazer.

Penso que nesta fase é inegável o peso crescente que as vendas online têm (o gigante chinês Alibaba vendeu mais de 25 mil milhões de dólares no passado dia 11/11) e, quando um potencial cliente descobrir um preço elevado no Walmart Online, a sua primeira reacção irá ser simplesmente procurar noutra loja online e não em fazer o trajecto até à loja Walmart mais próxima... Possivelmente seria mais atractivo ter um preço concorrencial na loja online, mas oferecer algum incentivo adicional a quem optasse por fazer a compra na loja física... e aí sim, parece-me que seria uma medida com mais eficácia.

Mas, daqui por mais uma semana já saberemos se a táctica funcionou... Sendo que, de uma forma ou de outra, será sempre praticamente garantido ver-se no frenesim nas lojas com as as pessoas a correrem (e até lutarem) para conseguirem as melhores promoções - mais uma das vantagens de comprar online. :P


P.S. Não esquecer que muitas lojas, online e físicas, praticam nesta altura as "pseudo-promoções" em que os descontos acabam por ser virtuais, aplicados sobre produtos com preços inflacionados nos últimos dias, e que acabam por ficar ao mesmo preço de sempre ou com desconto efectivo bastante mais reduzido do que tentam fazer passar.

topo

OnePlus 5T passa com nota 20 nos testes do JerryRigEverything

20-11-2017 | 17:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Com o OnePlus 5T oficialmente apresentado, seria expectável que o famoso JerryRigEverything sujeitasse este smartphone ao seu habitual leque de testes extremos. O facto de este youtuber ter estado no evento de aprestação do OnePlus 5T, deve ter facilitado os seus trabalhos, pelo que já temos os resultados dos mesmos para vos mostrar.

O ecrã 2.5D Corning Gorilla Glass 5 riscou ao nível 6 da escala de Mohs, se bem que apenas ligeiramente, pois só no nível 7 é que se notam os riscos com maior facilidade.

O sensor de impressão digital resistiu muito bem às inúmeras investidas de maus tratos, não tendo registado qualquer risco. O mesmo se passou com o vidro que protege as câmaras traseiras. Já o flash não teve a mesma sorte, ficando riscado com alguma facilidade.

O corpo em metal apresentou uma excelente capacidade de resistência à flexão e os botões em metal são garante de qualidade. O anel em plástico que se encontra à volta do ecrã já não oferece a mesma capacidade de resistência do metal, mas o seu propósito também é outro, pelo que não é motivo de preocupação.

O OnePlus 5T acabou assim por passar com distinção nos testes do JerryRigEverything. Podem verificar isso mesmo no vídeo em baixo.




topo

Apple adia lançamento do HomePod para 2018

20-11-2017 | 17:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Criar uma coluna com Siri parece ser mais complicado do que a Apple imaginava, e o HomePod não chegará a tempo de dar música de Natal este ano.

Revelado em Junho com a promessa de que chegaria às lojas em Dezembro (sem Spotify), o HomePod da Apple deveria ser a resposta da Apple a produtos como o Echo da Amazon e o Home da Google, mas num segmento de som superior - tal como seria de esperar pelo seu preço também substancialmente mais elevado, de $349.

Mas quer seja devido a problemas de hardware ou de software, o que é certo é que trazer este HomePod para o mercado tem provocado algumas dores de cabeça à Apple, com a empresa a ter dito que iria ser necessário mais algum tempo para garantir que esta coluna esteja pronta para ser entregue aos clientes, agora passando a ter uma data de lançamento prevista para o início de 2018, mais de meio ano após ter sido apresentado ao público. Mas que não será propriamente novidade... já o lançamento dos AirPods teve direito a atraso em relação à data inicialmente prometida...

Se não houver imprevistos, ficamos até perante a situação de mais depressa se poder comprar o Google Home Max, que também aposta numa capacidade sonora ao nível (ou superior) à do HomePod, e que continua a indicar uma data de lançamento a tempo deste Natal.

topo

Notícias do dia

20-11-2017 | 16:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

O novo iMac Pro virá com coprocessador A10 Fusion do iPhone 7; sistema de abertura de portas Amazon Key vulnerável a entradas indesejadas; o OnePlus 5T mostra Lisboa no seu email de apresentação oficial (e também chega sem "jelly scrolling" no ecrã); para quem não quiser gastar €799 na versão oficial LEGO, Millennium Falcon da Lepin custa €185; a Xiaomi expande a família de equipamentos disponíveis oficialmente em Espanha com a chegada do Redmi Note 5A à Amazon; o impressionante vídeo de uma travagem de emergência de camião Volvo que salvou a vida a uma criança; o alucinante Tesla Roadster com autonomia para 1000Km (e que chega aos 100Km/h em 1.9s - na sua versão base); e ainda o cartão MoviePass que permite ir ao cinema todos os dias por $7 por mês... nos EUA.


Antes de passarmos às notícias do dia, não se esqueçam que é o último dia para participarem no passatempo do gadget da semana que desta vez vos pode valer uma micro-câmara Quelima SQ12.

Canadiano apanhado a conduzir com tablet e smartphone presos no volante



Em Vancouver, um polícia foi surpreendido ao ver o "sistema" que um condutor tinha implementado no seu carro para o tornar mais moderno, prendendo um tablet e o smartphone no volante.

O homem tinha sido mandado parar por estar a utilizar earphones enquanto conduzia, mas acabou por conseguir beneficiar da tradicional boa disposição canadiana, tendo recebido apenas uma multa de cerca de 53 euros por não trazer a carta de condução, em vez dos 244 euros que teria que pagar por condução com elementos de distracção.

... Penso que esta seria uma daquelas situações em que não deveria ter havido qualquer favor; quem se deu ao trabalho de prender um tablet *e* um smartphone ao volante merecia mesmo ter levado uma multa, a duplicar!


Razer lança earphones Hammerhead com USB-C



Depois das versões Bluetooth e Lightning, a Razer lança uma nova versão dos seus earphones Hammerhead com ficha USB-C. Os earphones contam com encaixe magnético, para que se mantenham juntos quando não estão a ser usados, e o cabo não vai deixar margem para dúvidas de que se trata de um produto da Razer... pois ostenta a sua nada discreta cor verde fluorescente.

Para ser melhor, só mesmo se fosse com cabo iluminado usando aquele material da Corning. :)
... Ainda assim, faz-nos pensar se realmente o fim da ficha de 3.5mm dos headphones terá sido a melhor opção para os consumidores. Por agora temos o USB-C como sendo "o futuro", mas será que daqui por mais 10 ou 20 anos, ainda o será? Ou será que teremos novos headphones com uma nova ficha?


Amazon Music Unlimited oferece €10 em compras na Amazon



Em semana de promoções "loucas" da Black Friday, a Amazon reforça a aposta no seu serviço de música ilimitado - o Amazon Music Unlimited - com a oferta de 10 euros para compras na Amazon para quem aderir até ao próximo dia 23 de Novembro.

O serviço custa €9.99/mês, com a possibilidade dos membros Prime poderem pagar anualmente €99 o que equivale a um desconto de dois meses. No mínimo, vale sempre a pena experimentar os 30 dias grátis para ver que tal se comporta face aos serviços concorrentes, sem necessidade de gastarem um euro que seja.

... E seguramente vai dar jeito poupar os euros para as promoções que surgirem lá mais para o fim da semana. Mas para quem não quiser esperar, têm hoje o SSD Samsung 850 EVO de 250GB a €85.95, o Samsung 960 EVO M.2 250GB a 119 euros, e o Seagate Barracuda de 4TB (com 256MB cache) a €101. :)


Bitcoin passa os 8000 dólares


Depois da "mini-queda", os Bitcoin voltam a frustrar as previsões pessimistas e volta a subir para novo máximo histórico, tendo superado a marca dos 8000 dólares... isto quando, há apenas 7 dias, estavam no patamar dos 6000 dólares. São 2000 dólares de lucro por cada Bitcoin... numa única semana.

... E isto sem contar com a valorização "escandalosa" que tiveram no Zimbábue, onde chegaram a valer 13500 dólares devido ao golpe de estado. Sendo que, numa aposta mais tradicional e "segura", há uma empresa que está a apostar que os Bitcoin irão valer mais de 10000 dólares daqui por um ano...


"Made in Paris" - uma curta filmada apenas com um iPhone X


O que se pode fazer com um smartphone actual? Coisas impressionantes quando se sabe como tirar o melhor partido dele como câmara, como demonstra esta curta "Made in Paris".





Curtas do dia


Resumo da madrugada





topo

Galaxy S9 já é mais lento que iPhone X?

20-11-2017 | 16:21 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

Com o próximo topo de gama da Samsung esperado para o início de 2018, há quem já esteja a antever que mesmo esse novo Galaxy S9 não conseguirá apanhar o iPhone X e iPhones 8... nos benchmarks.


Muitos novos modelos têm sido revelados de forma antecipada mediante os resultados de testes de benchmarks enviados para os sites, e parece que também o futuro Galaxy S9 terá sido vítima desse deslize com o surgimento de um misterioso Samsung SM-G960F nos resultados do Geekbench.

É uma referência que se pensa ser do futuro Galaxy S9 - e o facto de aparecer neste momento coincide com os rumores de que o seu lançamento estará a ser preparado potencialmente já para Janeiro - e que revela uma melhoria das prestações face ao S8 e Note 8, com resultados de 2680 e 7787 (single-core e multi-core, respectivamente) face aos 2000 e 7600 dos modelos deste ano.

Mas claro, a comparação com os mais recentes modelos da Apple era inevitável, e a vantagem que os iPhones têm tido neste campo continua a manter-se, já que nem mesmo este potencial Galaxy S9 se consegue aproximar dos 4100 e 10000 obtidos pelo iPhone X neste benchmark.


De referir que o geekbench é um benchmark onde os equipamentos iOS sempre têm tido vantagem face aos Android (e que nalguns casos até os colocam à frente de portáteis e desktops) e deverá ser visto como mero indicador. Aqui parece-me ser bem mais positivo que este novo CPU usado pela Samsung tenha conseguido uma melhoria de 30% no processamento single-core (neste benchmark), face à geração anterior, o que demonstra um salto evolutivo bem significativo.

... Agora é só aguardar para ver como é que a Samsung vai lidar com a questão das câmaras e sensores na frente, caso pretenda reduzir as margens do ecrã ainda mais.

Por: Carlos Martins
Publicado originalmente no AadM

topo

Será este o Xiaomi Redmi Note 5 Plus?

20-11-2017 | 15:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Um dos modelos mais famosos da Xiaomi, é o Redmi Note, um smartphone que consegue oferecer um bom desempenho, por um preço bastante competitivo. Note 3 Pro, Note 4(X), são dois exemplos de verdadeiros sucessos de vendas, o que por si só justifica toda a curiosidade em volta no seu sucessor, o Redmi Note 5.

muito se falou sobre este smartphone, tendo o mesmo passado no regulador chinês. Em termos de especificações, apenas o processador continua a levantar dúvidas, não se sabendo ainda qual a decisão da Xiaomi. O Snapdragon 630 seria o sucessor esperado do Snapdragon 625, mas há ainda a possibilidade de ser lançado um modelo "Plus", com Snapdragon 660.

Há contudo uma possibilidade em aberto, que passa pela utilização do Snapdragon 617, o que seria uma opção verdadeiramente decepcionante, pelo que se espera que a Xiaomi opte pelo muito mais interessante Snapdragon 630.

Tendo em conta a imagem agora publicada e ainda as disponibilizadas no regulador chinês, é possível que a Xiaomi esteja mesmo a trabalhar em duas versões do Redmi Note 5, ambas com um ecrã de margem reduzida e relação 18:9.

O preço é também ainda uma das incógnitas, mas é de esperar que a Xiaomi aposte em valores competitivos, que sempre foram associados a este modelo.


















topo

Análise ao Neffos X1

20-11-2017 | 15:30 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

A TP-Link decidiu aventurar-se no mundo dos smartphones com a sua sub-marca Neffos, e hoje o nosso Luis Costa mostra-nos que tal se comporta o seu X1.


O nome TP-LINK é por norma associado a equipamentos de rede, modems, routers, powerline e afins, mas esta marca tem um portefólio bem mais alargado de produtos, como já tivemos de apresentar. O powerbank que testámos em 2015 é disso exemplo, sendo este um produto ideal para acompanhar todos os que fazem uma utilização intensiva do smartphone - um segmento onde a TP-LINK também tem estado a apostar, com a sub marca Neffos.

O Neffos X1


O Neffos X1 é um dos mais recentes smartphones lançados pela TP-LINK e apresenta-se como uma opção consistente e equilibrada para quem procura um equipamento competente, mas não quer gastar muitas centenas de euros na sua aquisição.


Este smartphone, é apresentado num empacotamento com um nível de qualidade pouco habitual nos equipamentos no segmento de preço onde o Neffos X1 se insere.


Na caixa, do lado esquerdo, encontramos o smartphone, por baixo deste, o cabo USB. Do lado direito da caixa, o carregador e os auriculares. Por norma, ficamos por aqui, pois à partida não haverá mais nada para retirar da caixa, mas curiosamente, no caso deste Neffos X1, temos uma surpresa que poderá passar despercebida a alguns utilizadores, como acabou por ser o meu caso na primeira vez que abri a caixa.


Se retirarem as estruturas de suporte dos acessórios, vão encontrar um folheto de boas vindas e uma protecção para o ecrã, sempre útil para evitar riscos indesejados.


Primeiras impressões



Este Neffos X1 é um terminal que se insere na gama média-baixa, segmento onde se registam muitas das vendas de smartphones. Vem equipado com um processador MediaTek MT6755, mais conhecido no mercado pela designação Helio P10, tendo sido o primeiro CPU da série P. É um octa-core, com dois grupos de cores Cortex A53, quatro a 1,8GHz e outros 4 a 1,0GHz, valores curiosamente inferiores aos apresentados pelo CPU de referência da MediaTek. Os Cortex A53 não disponibilizam a capacidade de processamento dos Cortex A72, mas conseguem ser bastante mais poupados em termos energéticos.

Tem um GPU ARM Mali-T860 MP2 a 550MHz e duas configurações de RAM/armazenamento com 2GB/16GB e 3GB/32GB, tendo esta última sido a versão testada. O ecrã de 5" tem resolução HD 1280 x 720 com 293.7PPP. A câmara traseira tem um sensor SONY IMX258 com 13MP e abertura f/2.0, a frontal 5MP e a bateria uns algo curtos 2250mAh. Mede 142mm x 71mm x 7.95mm e pesa 135g. Corre Android 7, com uma interface que apresenta poucas alterações. Como curiosidade, o facto de ter rádio FM, facto que poderá interessar a alguns utilizadores.


O vidro frontal apresenta-se rodeado de um anel em plástico, que lhe confere maior resistência ao choque. Em cima a grelha de som, com sensores de um lado e câmara frontal do outro. Em baixo, os botões capacitivos, que podem ter a ordem alterada, permitindo ao utilizador escolher aposição da função voltar atrás e das apps a correr em segundo plano.

É nestes botões que está  aspecto mais negativo deste Neffos X1, com os botões capacitivos a não serem iluminados. Num ambiente com pouca luz, os utilizadores menos experimentados poderão andar um pouco perdidos, sem dar com o botão pretendo à primeira.


O Neffos X1 tem um corpo em metal, que se estende à traseira do equipamento, sendo que a zona superior e inferior, são em plástico. Tem um acabamento arredondado, o que lhe confere bom conforto em utilização. Nesta zona encontramos a câmara, flash e o sensor de impressão digital, que não sendo dos mais rápidos na detecção, é na grande maioria das vezes capaz de detectar a impressão digital à primeira tentativa.


Em termos de botões e ligações, em cima temos o jack de 3,5mm, em baixo uma porta microUSB.


Do lado direito, botões de volume a power, do lado esquerdo, a entrada para o adaptador de cartões e um sempre útil botão para alteração rápida do perfil de som.


Em utilização



Um dos aspectos que por norma é alvo de menor atenção por parte das diferentes marcas, acaba por merecer uma referência neste TP-LINK Neffos X1, smartphone que nos últimos dois meses recebeu duas actualizações, algo que naturalmente se saúda.



O patch de segurança tem nesta altura data de Agosto, o que não sendo ideal, está bem mais actualizado que na grande maioria dos smartphones que temos no mercado. Já a versão do Android, ainda está na 7.0, não se sabendo neste momento as intenções da marca quanto a uma potencial actualização para o 8.0 Oreo.



O Helio P10 já tem nesta altura mais de dois anos de mercado, mas continua a ser uma opção para muitas marcas, que não pretendem apostar na série X da MediaTek. Esta última acabarou por não ter tido o sucesso que a Mediatek gostaria, facto que levou esta marca a congelar o desenvolvimento do Helio X, passando a concentrar as suas atenções na série P.

Em termos de desempenho, é um processador que acaba por não comprometer, muito graças aos 3GB de RAM e sobretudo à resolução HD do ecrã de 5". Jogar não será um problema, mas não esperem tempos de carregamento equivalentes ao de um topo de gama. É um conjunto pensado para os utilizadores que procuram um smartphone para aceder às redes sociais, com uma utilização pouco intensiva.

A interface do Android acaba por não ser pesada e por isso mesmo não prejudica o desempenho. Para quem quiser experimentar outras opções, o Pixel 2 Launcher dá-lhe um novo encanto, passando a suportar o feed da Google.

A câmara



Estamos na presença de um equipamento de baixo custo, pelo que não é de esperar grandes milagres das câmaras. O conjunto de 13/5MP consegue cumprir os serviços mínimos, desde que em ambientes com boa iluminação.

Há contudo um aspecto que devem ter em conta, pois a câmara tem tendência para puxar em demasia pela luz de fundo, o que muitas vezes leva a que as imagens sejam captadas com tons demasiado claros, o que acaba por estragar o resultado final.


Apreciação final


O Neffos X1 é um smartphone muito equilibrado, não apresenta um desempenho elevado, mas também nunca compromete numa utilização moderada. Tem um excelente nível de acabamentos, com especial destaque para o corpo em metal e o ecrã, que apesar de HD, apresenta cores vibrantes, bastante agradáveis à vista.

O hardware é competente para quem pretende navegar na internet, consultar o email, ou aceder às redes sociais. O sensor de impressão digital é bastante preciso e o botão lateral para alterar o perfil de som, por certo que será bastante útil. As câmaras são suficientes para uma utilização descomprometida, mas sempre com resultados limitados.

Com um preço na casa dos 165 euros, este Neffos X1 acaba por se constituir como uma oferta mais interessante que as propostas de outras marcas para o mesmo segmento, pelo que merece ser distinguido com um muito honroso Quente.



TP-LINK Neffos X1
Quente

Prós
  • Leve
  • Corpo em metal com bons acabamentos
  • Ecrã com cores vibrantes
  • Botão lateral para controlo do perfil de som

Contras
  • Botões capacitivos não são iluminados
  • Porta microUSB

topo

Faraway 2: Jungle Escape

20-11-2017 | 14:29 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Lembram-se do jogo Faraway: Puzzle Escape, do qual falei aqui há uns meses? Pois bem, a Snapbreak Games lançou agora o também gratuito Faraway 2: Jungle Escape, que deixa para trás as paisagens do deserto e nos leva para as misteriosas paisagens da floresta profunda, onde muitos puzzles nos esperam para ser resolvidos.


Não consigo deixar de jogar estes jogos estilo Room Escape, e com títulos belíssimos das consolas como The Witness, a fasquia ficou bem alta para todos os outros que apareçam na Play Store. No entanto estes Faraway têm muita pinta, com os seus puzzles simpáticos e banda sonora relaxante, e com 9 cenários grátis para experimentar o jogo, parece-me um fantástico negócio.


O primeiro jogo, Faraway: Puzzle Escape foi jogado por mais de 1 milhão de pessoas (só na plataforma Android), o que revela um grande sucesso, e tendo em conta que estamos a falar de resolver quebra cabeças, é muito positivo, e o cérebro agradece a ginástica mental extra.

Neste segundo jogo continuamos à procura do nosso pai, onde vamos encontrando as habituais notas que este foi deixando para trás, onde vai contando a aventura que viveu, e dando-nos algumas pistas do que aí vem para a frente.


Temos 18 templos para explorar, e cenários 3D bonitos na selva carregados de pistas e dispositivos para manipular, vários quebra cabeças que temos de resolver para ultrapassar os labirintos e chegar ao portal final de cada cenário.

Agora temos disponível uma muito prática câmara fotográfica, que nos permite tirar fotos às pistas, para que sirvam de memória futura quando estivermos em frente ao dispositivo onde queremos usar essa mesma pista.


O jogo é bastante intuitivo, e com cenários bem simples de serem resolvidos, pelo que podemos até jogá-lo com uma criança ao nosso lado. Como é óbvio alguns cenários têm puzzles bem mais complexos de serem resolvidos, mas nada que não seja ultrapassado com muita atenção e observação.

Seja como for, está disponível um sistema de dicas, que podem ser activadas visualizando um vídeo com publicidade. Se conseguirem concluir os 9 cenários gratuitos iniciais, e acharem que o jogo vale a pena, é só investir numa compra in-app para desbloquear o resto do jogo, e já está.



Por: Bruno Ramalho

topo

MacBookWarmer transforma computadores em aquecedores - usando o Coinhive

20-11-2017 | 14:14 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Há que dar crédito à originalidade com que algumas pessoas conseguem "dar a volta" a um assunto, e agora temos um site que transforma algo polémico num "benefício" para os utilizadores.

Aplicar o script da Coinhive a um site para gerar a criptomoeda Monero à custa dos utilizadores é algo que invariavelmente dá origem a reclamações por parte dos mesmos, vendo o CPU do seu computador ficar ocupado a 100% e as ventoinhas a acelerarem ao máximo para tentarem manter a temperatura dentro de níveis aceitáveis. Mas agora surge um site que anuncia isso como sendo uma vantagem para os visitantes!

O site MacBookWarmer promete ajudar os utilizadores com mãos frias, transformando o seu MacBook (ou qualquer outro computador) num verdadeiro aquecedor... precisamente através do script Coinhive afinado para usar o máximo do CPU, e assim gerando o máximo de calor possível.

Sem dúvida que os veteranos dos computadores bem conhecerão a sensação de entrar numa sala cheia de computadores e sentir o calor agradável (caso se esteja no Inverno - já que no Verão se tornará num calor bem mais desagradável) mas a verdade é que haverá formas bem mais eficientes de usar electricidade para gerar calor do que manter um computador a trabalhar a 100%... sendo que, no limite, ao menos gastaria-se o CPU a gerar Monero a favor do próprio utilizador e não a favor de outros.

Mas como disse no início, há que dar os parabéns a quem criou este site... é a prova de que a criatividade humana não conhece limites! :)

topo

Fechadura inteligente Xiaomi Aqara

20-11-2017 | 13:08 | A Minha Alegre Casinha | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A família de dispositivos inteligentes para a casa da Xiaomi não pára de aumentar, e para além dos sensores e controladores, temos também fechaduras electrónicas.

Embora confiar o acesso a nossa casa a uma fechadura inteligente seja um passo difícil de dar, é apenas natural que, para quem já tiver automatizado as luzes, estores, porta de garagem, e até o alarme... inevitavelmente começará a pensar porque motivo ainda continua a ter que usar as chaves "à moda antiga" sempre que quer entrar ou sair de casa.

Esta fechadura Xiaomi Aqara oferece praticamente tudo o que se possa pedir de uma fechadura electrónica: temos a possibilidade de a abrir usando a app, impressões digitais, um código PIN, um cartão wireless, ou ainda uma chave física (obviamente, como último recurso).


Na parte do código PIN a fechadura suporta o sistema "anti-cópia" em que podemos introduzir números aleatórios antes e depois do código correcto, para dificultar o processo a quem estiver a tentar espreitar o código.

Obviamente temos acesso a todos os registos de quem entrou e saiu, e podemos também definir acessos separados para diferentes pessoas e dizer que determinado código só funciona em determinada hora... e tudo mais que se possa querer fazer e que seria impossível com uma fechadura "tradicional" - incluindo a possibilidade de confirmar que a porta ficou efectivamente trancada quando já estão a quilómetros de casa (e mesmo que não estivesse, poderão trancá-la remotamente.)

Com um preço de 202 euros, confesso que - mesmo não imaginando tão depressa trocar a fechadura da porta de casa para uma fechadura electrónica - fico tentado a explorar que tal é que uma coisa destas se comportaria...  :)

topo

iMac Pro virá com coprocessador A10 Fusion

20-11-2017 | 12:01 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Há muito que se fala da possibilidade da Apple apostar nos seus próprios CPUs para os Macs, tal como tem feito nos iPhones e iPads, e no novo iMac Pro dá mais um passo nesse sentido.

Referências no código fonte do BridgeOS 2.0 dão a entender que o futuro iMac Pro também irá contar com um CPU A10 Fusion como o que a Apple utiliza nos iPhones 7 e 7 Plus. Ou seja, abre-se todo um novo mundo de possibilidades (tecnicamente até seria possível ter este iMac a correr apps iOS) embora, por agora, pareça que o objectivo será apenas dar a este computador a capacidade de aceder à Siri a qualquer momento, mesmo quando se tem o computador "desligado".

Seguramente a Apple terá ambições bem mais vastas que apenas isso, pois seria um desperdício ter um chip destes apenas para fazer essa função. Mas, considerando toda a complexidade de integração dos dois sistemas, é algo que também não deverá ser feito "de um dia para o outro", e daí ser bem mais lógico uma abordagem passo a passo, começando por algumas funcionalidades... e depois ir crescendo ao longo do tempo.

... Tecnicamente este não é o primeiro chip ARM num Mac, pois a Apple já tinha utilizado um para controlar a TouchBar nos MacBook Pro, mas é a primeira vez que é utilizado um chip "de topo". Aliás, dá-se até o caso curioso de que este A10 é o chip responsável por fazer boot do sistema e activar o CPU x86 da Intel, pelo que, tecnicamente, se pode considerar que o CPU da Intel é que é o "co-processador" e este A10 é o CPU principal do iMac Pro.

topo

Página 1 de 5607

Subscrever

Autores

Disclaimer

O Planet Geek não é responsável pelos seus conteúdos, apenas os replica a partir de cada blog.
Os artigos são da exclusiva responsabilidade dos seus autores.