Planet Geek

25 de Setembro, 2016

Reconhecimento facial ao serviço do sexo via webcam

24-09-2016 | 20:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A indústria do sexo gera "biliões", e não tem pudor em adoptar as mais recentes tecnologias. Agora, há um motor de pesquisa que recorre ao reconhecimento facial para encontrar um parceiro sexual parecido com a pessoa que se deseje.

A internet permitiu o crescimento exponencial dos serviços de sexo via webcam, onde mulheres e homens se exibem para o mundo em troca de "donativos" e procurando alguém disposto a pagar para ter direito a uma sessão privada mas, entre milhares e milhares de pessoas e dezenas de sites, será uma autêntica lotaria encontrar a pessoa com o aspecto com que sempre se sonhou.

O Megacams quer resolver o problema, disponibilizando a pesquisa por reconhecimento facial, em que basta enviar uma foto da pessoa pretendida, e ele indicará as pessoas mais parecidas que estão disponíveis nestes serviços.

É a oportunidade ideal para uma sessão de sexo à distância com alguém que seja parecido com a actriz/actor com que fantasiam, ou até simplesmente para descobrir se existe alguém nesses serviços parecido com vocês ou com alguém vosso conhecido. Os resultados variam bastante, mas em muitos casos é possível encontrar pessoas com bastantes parecenças com o que se pretende...

Não deixa de dar que pensar no tipo de potencialidades que algo assim possibilita. Imagine-se que encontram um autêntico sósia de um jogador de futebol, ou político, e divulgam umas determinadas gravações de vídeo mais "ousadas" (como a nossa comunicação social muito gosta de usar). Até que tudo seja desmentido e clarificado, já se encheram páginas e páginas de jornais e revistas com o assunto...

Nota: tendo em conta o tipo de serviço, não será má ideia usarem um endereço de email descartável caso o queiram experimentar.

topo

ideias parvas, estúpidas e sem sentido - Note 7

24-09-2016 | 17:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Hoje em dia assistimos a ideias realmente estúpidas, sem qualquer sentido prático. A única parte de se pode aproveitar é uma gargalhada ou a noção que é mesmo algo que não se deve fazer.

Fruto da enorme quantidade de más ideias, decidimos criar uma nova rubrica para as partilhar, trazendo-vos uma delas sempre que se justifique.

Hoje temos o quentíssimo Galaxy Note 7, que vai assar um "bife". Ora bem:
  • Já se sabe que a câmara faz o equipamento aquecer. Assim, qual a razão para envolver o equipamento em prata?
  • Bife? Mais parece uma fatia de fiambre!




topo

Óculos do Snapchat com câmara apanhados em vídeo publicitário

24-09-2016 | 17:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Depois da Google muito nos ter falado das vantagens de ter uma câmara nos óculos (do seu Project Glass) e ter falhado completamente em cumprir o prometido, eis que o Snapchat se prepara para preencher esse vazio com uns óculos com câmara integrada.

O mega-falhanço do Google Glass é algo que só poderá, eventualmente, ser perdoado à custa da chegada de algo verdadeiramente revolucionário - como se espera que sejam os Magic Leap - mas até lá há todo um mercado por explorar, que o Snapchat parece estar prestes a aproveitar com os seus "Spectacles".

Há muito que se fala de que o Snapchat estará a preparar uns óculos com câmara integrada, mas agora surge um vídeo publicitário, apanhado antes do lançamento oficial, e que nos permite ver aquilo que deverá ser a versão final dos seus óculos que deverão ser revelados oficialmente em breve.

A câmara fica posicionada perto da haste esquerda dos óculos, e equipada com um círculo luminoso bem visível que indica quando a câmara está em funcionamento (certamente para evitar a polémica que se gerou em torno do Glass sobre a possibilidade de estar a ser usado para gravar coisas de forma discreta.) De resto, vemos o mesmo tipo de situações que a Google também publicitou, de captar imagens que seriam muito complicadas de captar usando um smartphone, pelo simples facto de com os óculos ficarmos com as mãos livres e podermos fazer todo o tipo de actividades em que não nos arriscaríamos a tentar manter um smartphone nas mãos.

Parece-me a receita ideal para um produto de sucesso... e só precisa de um preço adequado para que se possa vir a tornar num verdadeiro fenómeno.

topo

Empresa turca cria um Transformer em escala real

24-09-2016 | 15:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Para todos os que cresceram a acompanhar as aventuras dos Transformers na televisão - e mais recentemente no cinema - há uma pergunta que ocorre de tempos a tempos: quando é que teremos Transformers na vida real? Parece que não será preciso esperar mais...


A empresa turca Letvision pegou num BMW e transformou-o num "Letron", um verdadeiro transformer à escala real, e que impressionará tudo e todos assim que iniciarem o processo de transformação (envergonhando aqueles que pensassem que o mecanismo de um tejadilho rígido retráctil num cabriolet dava "espectáculo").

O automóvel é capaz de circular, mas infelizmente não pode levar passageiros, já que os mecanismos de transformação ocupam praticamente todo o seu espaço interior. Na prática acaba por ser uma réplica em tamanho real dos brinquedos transformáveis telecomandados que existem para as crianças; o que o torna num brinquedo adequado apenas para quem tiver carteiras de tamanho "real" (de realeza; leia-se: sultões e príncipes das arábias...)

... Resta-nos esperar que um eventual Letron 2.0 já tenha espaço suficiente no interior para transportar alguém... assumindo que alguém se arriscaria a sentar-se numa máquina que potencialmente o pudesse esmagar durante o processo de transformação! :)





topo

UMi promete Android 7.0 já em Dezembro

24-09-2016 | 15:21 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Smartphones "bons e baratos" há muitos, mas muitas vezes se coloca a questão de como se comportarão a nível das actualizações. A UMi já se fez notar pelos seus smartphones (embora precise de melhorar o controlo de qualidade) e agora também se quer fazer notar nas actualizações, prometendo a chegada do Android 7.0 Nougat este Natal.

Os possuidores de UMi Super, UMi Plus e UMi Max já têm direito a utilizar o Android 6.0, mas daqui por três meses terão direito a uma prenda extra na véspera de Natal. A marca chinesa anunciou que será essa a data em que irá disponibilizar a actualização para Android 7.0 Nougat para os seus smartphones mais recentes, e que os tornará ainda mais atractivos.

O UMi Plus é o mais recente smartphone que vem continuar o sucesso obtido pelo UMi Max e pelo bem conhecido UMi Super, e traz-nos características de luxo a preço ainda mais convidativo: ecrã Full HD de 5.5", CPU Helio P10, 4GB+32GB (+microSD até 256GB), câmaras de 13MP e 5MP, bateria de 4000mAh, USB Type-C, sensor de impressões digitais na frente e Android 6.0.

Podem encontrá-lo a 200 euros em compra directa, ou então tentar apanhar as flash sales e alguns descontos nesta fase de lançamento. E se a UMi cumprir a promessa e disponibilizar o Android N na data indicada, sem "surpresas" indesejadas de última hora, sem dúvida que contribuirá para melhorar a sua reputação junto dos consumidores - embora seja igualmente essencial trata do controlo de qualidade, para resolver as críticas frequentes sobre questões como a qualidade de recepção GPS.

Publicado originalmente no AadM

topo

Como criar um projecto de Realidade Aumentada

24-09-2016 | 13:30 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


É incrível a facilidade com que, hoje em dia, se podem encontrar exemplos para tudo na internet; e a criação de um projecto de realidade aumentada não é excepção.

O projecto que vos trago hoje mostra como, até para um iniciante com pouca (ou nenhuma) experiência em programação, é relativamente simples criar o seu próprio projecto de realidade aumentada, que permitirá dar vida virtual a elementos do mundo real.

Este tutorial foi feito de forma a ser facilmente percebido e seguido por pessoas que não tenham qualquer experiência em realidade aumentada, e embora utilize o Unity também não é necessário que já saibam como trabalhar com ele (grande parte do trabalho é feito com a ajuda de um SDK adicional, da Vuforia).

Neste caso não só temos um projecto que cria uma cena em realidade aumentada, como também vai mais longe e adiciona interactividade criando botões "virtuais" que podemos tocar para interagir com o que se passa no mundo virtual. (E assim não têm a desculpa de que só vos trago projectos de electrónica que obrigam a pegar num ferro de soldar. :)


topo

Disco da Voyager vai ser replicado por projecto no Kickstarter

24-09-2016 | 11:01 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A Voyager já saiu do nosso sistema solar e a bordo leva um dos mais famosos discos de sempre; um disco dourado que pela primeira vez vai ser replicado em vinil graças a um projecto do Kickstarter.

É difícil não ficar sem palavras quando nos lembramos que uma sonda lançada em 1977 continua a funcionar passados 40 anos, sendo neste momento o mais distante objecto feito pelo Homem. Dos seus onze instrumentos, cinco continuam a funcionar e a enviar dados para a Terra, e espera-se que assim continue a fazer até cerca de 2025, altura em que deverá - finalmente - ficar sem energia, mas continuando a sua viagem em direcção ao espaço profundo (daqui por 40 mil anos, passará a apenas 1.6 anos luz da estrela Gliese 445).

Mas o que nos traz aqui hoje é algo que leva a bordo: uma colecção de discos dourados contendo informações sobre a Humanidade e a Terra, e que Carl Sagan equiparou a uma verdadeira cápsula do tempo para nos dar a conhecer a quem, eventualmente a viesse a descobrir. São sons de todo o planeta (também lá está uma amostra de português) e também imagens, que serviriam como cartão de apresentação a uma outra raça extra-terrestre... assumindo que teriam capacidade para decifrar as instruções que seguem com os discos, sobre como os reproduzir e interpretar os seus dados (interrogo-me se fossemos nós a receber algo idêntico, o conseguiríamos fazer. ;)


Para celebrar o 40 aniversário, um projecto no Kickstarter pretende recriar estes discos numa versão em vinil acessível a todos e, sem grandes surpresas, já superou amplamente o valor pretendido (neste momento já se aproxima do meio milhão de dólares).

Se estiverem interessados, este pedaço de História está à distância de 98 dólares, e uma espera até Agosto de 2017.


topo

A Terra está a perder oxigénio e ainda não se sabe porquê

24-09-2016 | 10:01 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


O nosso planeta está a perder oxigénio, e os cientistas não sabem ainda porque motivo isso estará a acontecer. Mas antes que entrem em pânico, importa referir que se trata de uma perda de 0.7% ao longo dos últimos 800 mil anos.

Não há motivo para alarmes quanto à perda de oxigénio (muito mais grave e urgente será controlar as emissões de CO2), mas os cientistas estão intrigados sobre o que poderá estar a causar esta perda de oxigénio da atmosfera.

Importa referir que durante os primeiros milhares de milhões de anos do nosso planeta a sua atmosfera nem sequer tinha oxigénio, sendo necessário agradecer a umas pequenas algas que, graças à fotosíntese, começaram a "despejar" oxigénio para a atmosfera. Foi o que se poderá considerar um verdadeiro desastre ambiental, dizimando todos os organismos incapazes de resistir ao oxigénio... mas foi um desastre que permitiu a evolução seguir o curso que seguiu, e fazer com que aqui estejamos hoje.

Infelizmente, também já está mais que visto que temos feito um péssimo trabalho a nível da cuidar desta nossa casa, pelo que não me parece que esteja fora das possibilidades um dia destes (leia-se: daqui por mais alguns milhões de anos) esses organismos que originalmente por cá habitavam, ainda possam regressar e ficar a rir-se por último. ;P

topo

Plutão pode ter um oceano com mais de 100km de profundidade

24-09-2016 | 09:01 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A passagem da sonda New Horizons por Plutão permitiu-nos este ver este planeta anão com melhor qualidade que nunca, e essas imagens parecem dar credibilidade à possibilidade de nele se esconder um imenso oceano, com 100km de profundidade, que envergonharia aqueles que temos na terra.

Os investigadores acreditam que por baixo da sua superfície, Plutão esconde um imenso oceano de água líquida com mais de 100 quilómetros de profundidade. Os cálculos e simulações vão mais longe, ao ponto de até indicarem uma salinidade de 30%, idêntica à que temos no Mar Morto (e que, portanto, não estaria fora do reino das possibilidades credíveis.)

Embora seja fascinante pensar que este pequeno planeta nos confins do sistema solar possa ter um oceano de água líquida, não menos assustador será tentar imaginar o que será um oceano com 100km de profundidade. Na Terra, o ponto mais profundo que temos situa-se na fossa das Marianas no Oceano Pacífico, com quase 11 mil metros de profundida - e para ajudar a perceber o quão inacessível é, bastará referir que houve mais pessoas a pousar os pés na Lua, do que a visitar este fundo do Oceano (o último dos quais sendo, nada mais nada menos que o próprio James Cameron.)

O desafio de tentar atingir uma profundidade de 100km, bem... digamos que seria certamente interessante - e não tenho dúvidas de que haveria alguém a (tentar) encontrar formas de o fazer...

topo

sim, não quero nada que seja menos do que amor com a maiúsculo

24-09-2016 | 08:22 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



Não quero amor tipo exportação, bom para terceiros. Não quero amor que fica bonitinho nas redes sociais e uma tristeza entre quatro paredes.

Ler o artigo completo

topo

não se conforme com o que pode ser bem melhor

24-09-2016 | 08:21 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



Não se conforme com agressões gratuitas, amizades fajutas, relacionamentos doloridos, amor incompleto, desprezo disfarçado, assédio diário. Não podemos receber menos do que merecemos, nem em casa, nem no trabalho, nem na rua, tampouco aqui dentro de nós.

Ler o artigo completo

topo

prova ou convicção?

24-09-2016 | 08:20 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



Vivemos em um mundo no qual opiniões parecidas são replicadas e opiniões divergentes são deletadas. Onde absorvemos idéias que representam nosso modo de pensar e desprezamos as que são contrárias. Onde nos tornamos cada vez mais iguais aos que pensam de forma parecida e menos tolerantes com os que tem uma visão de mundo diferente.

Ler o artigo completo

topo

a aurora de novos tempos

24-09-2016 | 08:19 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



Diz o poeta Ovídio que “enquanto fores feliz, contará com numerosos amigos. Se vierem tempos sombrios, ficarás sós”. Na realidade, Ovídio está enganado. É no infortúnio e na desgraça que encontramos os verdadeiros amigos. Que serão poucos.

Ler o artigo completo

topo

confissões de adolescente e a geração que não liga para protocolos sociais

24-09-2016 | 08:18 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



Os assuntos são abordados com texto direto, mostra uma geração de pessoas que sabem se relacionar de forma mais livre, menos dramática e com menos firulas do que as gerações anteriores, e isso acontece porque assim como na vida real, os protocolos sociais estão sendo quebrados.

Ler o artigo completo

topo

anuviada

24-09-2016 | 08:17 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



Em Goiás a maior utilidade de um Guarda-chuva e ser uma Sombrinha

Ler o artigo completo

topo

às vezes, somos nós a pessoa errada

24-09-2016 | 08:16 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



Num relacionamento qualquer, a gente precisa se perguntar muitas vezes se somos a pessoa certa. Se combinamos, se estamos nos sentindo bem com o que acontece, se a pessoa ao nosso lado realmente nos aceita como somos, se estamos no lugar em que devemos. Porque muitas vezes não é isso o que acontece.

Ler o artigo completo

topo

ode às palavras

24-09-2016 | 08:15 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



"Quem não vê bem uma palavra, não pode ver bem uma alma” Fernando Pessoa

Ler o artigo completo

topo

da nova série verdades de sexta-feira

24-09-2016 | 08:14 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



Nada é mais prejudicial do que o desequilíbrio.

Ler o artigo completo

topo

Prisma aplica efeitos sem net

23-09-2016 | 22:28 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A app Prisma veio relançar o interesse das apps que aplicam efeitos às fotos, recorrendo a efeitos artísticos alimentados por inteligência artificial, mas tinha um grande inconveniente que agora fica resolvido: a necessidade de uma ligação à internet.

Os efeitos que a app Prisma aplica às fotos são super-interessantes, mas infelizmente isso era algo que era feito remotamente nos servidores do serviço - e que muitas vezes resultava em atrasos prolongados com existiam muitos pedidos (como aconteceu quando a app ficou disponível para Android.) A solução era simples... implementar o sistema de modo a que corresse nos próprios smartphones, e foi finalmente isso que foi feito, permitindo que a app aplique os efeitos em modo offline, sem necessitar de uma ligação à internet.

Por agora só irão estar disponíveis metade dos efeitos existentes, com os restantes a estarem prometidos "para breve"; e como vantagem adicional, à custa desta libertação de recursos nos servidores, os responsáveis dizem que passa a ser possível implementar a aguardada capacidade de aplicar estes efeitos a vídeos (sendo isso feito remotamente, já que mesmo num smartphone topo de gama cada frame demorará vários segundos a ser processado - o que torna o processo inviável mesmo para um clip de 5 ou 6 segundos de vídeo, que potencialmente demoraria cerca de meia hora a ser processado no smartphone).

Esta versão offline do Prisma já está disponível no iOS, devendo chegar em breve também aos Android.

Publicado originalmente no AadM

topo

AT&T espera que o streaming seja o canal principal de TV em 2020

23-09-2016 | 20:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Há muito que dizemos que faz cada vez menos sentido pendurar a "internet" num serviço de fornecimento de TV, e agora é a própria AT&T que também o diz, referindo que em 2020 o streaming será a sua principal plataforma de televisão.

Em vez dos operadores nos obrigarem a subscrever um serviço de TV para se ter acesso à internet, o que deveriam fazer era precisamente o contrário: disponibilizarem o serviço de internet e, em opção, adicionar o serviço de TV. É que são cada vez mais os operadores que disponibilizam os seus canais via streaming, usando as suas próprias apps (como por cá também acontece), e há um número crescente de pessoas que vai tirando partido da comodidade acrescida de poder ver TV no dispositivo que quiser, quer seja no televisor, ou computador, ou tablet, ou smartphone, ou até no smartwatch (poderá servir para "desenrascar" numa qualquer situação mais específica).

Para a AT&T esta transição é algo que não vai demorar muito, e estima que o streaming já se assumirá como plataforma principal de distribuição de TV em 2020.

Imagino que por essa altura também os nossos operadores já tenham feito grandes mudanças nas suas ofertas. Afinal, já vemos alguns operadores a começarem a dar a prioridade à internet e a tratar a TV como "extra", enquanto outros nos vão aliciando com velocidades de 1Gbps a preços altamente tentadores que tornam irrelevante estar a fazer streaming de múltiplos canais mesmo que seja em resoluções Ultra HD 4K.

Em suma. a televisão não vai morrer, vai apenas... mudar de canal.

topo

A nova ordem chilena dança-se aqui

23-09-2016 | 18:20 | Gonçalo Sá | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

denver

 

Se os Pet Shop Boys ou os New Order tivessem filhos ou netos chilenos, podiam muito bem ser os DËNVER. Este duo ele & ela é, ao lado de Javiera Mena ou Gepe, uma das maiores exportações da pop electrónica do país, que se tornou ainda mais sintética no último álbum, "Sangre Cita" (2015), já o quarto de uma discografia iniciada há dez anos.

 

Entre o alinhamento está aquele que é também o novo single, além de uma óptima porta de entrada para a banda de Mariana Montenegro e Milton Mahan. "EL FONDO DEL BARRO", rebuçado dançável com embalo house, é um lamento amoroso cantado, como sempre, na língua materna da dupla, inspirado por desilusões adolescentes que também passam para o videoclip a preto e branco - protagonizado por um grupo de amigos a procurar no karaoke o escape possível para corações partidos, explicou o grupo.

 

Apontado às pistas de dança, o tema não vai nada mal como hino de fim de Verão e serve de pretexto para (re)descobrir um álbum a guardar outras surpresas, melancólicas mas docinhas, em canções como "Yo para ti no soy nadie" ou "Noche profunda". Vale?

 

 

topo

ZenFone 3 já tem preço para o mercado ocidental

23-09-2016 | 17:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Enquanto se espera pela chegada dos novos ZenFone 3, há mercados que já têm preço definido para os terminais e como previsto, a coisa não tem muito bom aspecto.

A Asus decidiu baralhar as contas, apostando num alargado leque de equipamentos para inundar o mercado. A estratégia não é nova, mas está longe de ser eficiente, como os resultados da Samsung e Sony neste campo têm vindo a resultar.

A marca de Taiwan pensa de forma diferente, e depois de apresentar os ZenFone 3, ZenFone 3 Ultra  e ZenFone 3 Deluxe, deu a conhecer os  ZenFone 3 Laser e ZenFone 3 Max.

O ZenFone 3 que representava o topo de gama, vê agora este lugar ocupado pelo ZenFone 3 Deluxe. Para baralhar as contas, a Asus criou mais um modelo, o Ultra. Ficamos assim com o Snapdragon 625 para o  ZenFone 3, Snapdragon 652 para o ZenFone 3 Ultra e o topo poderoso Snapdragon 820/821 para o  ZenFone 3 Deluxe.

O  ZenFone 3 acaba assim por perder terreno, tornando-se pouco interessante face à proposta do  ZenFone 3 Ultra. O Deluxe é interessante, mas como no caso dos outros dois modelos, tudo vai depender do preço a que chegar ao mercado.

E quanto a preços, poderemos ter novidades na próxima semana numa apresentação que vai ter lugar em Lisboa. A concretizar-se será uma excelente novidade face ao fraquíssimo desempenho que a Asus tem tido na colocação dos terminais à venda em Portugal.

Nos EUA, onde tradicionalmente a Asus pratica preços muito agressivos, temos o ZenFone 3 Deluxe a 472€ na Amazon. Por cá vai por certo para os 520-550€, o que o colocará numa posição muito pouco confortável face a terminais como o S7, Huawei P9, LG G5, idol 4S e a nova gama Xperia da Sony.

topo

Facebook e Intel são os mais habilitados para criar robots assassinos

23-09-2016 | 17:32 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Se estão preocupados com cenários apocalípticos à "Exterminador Implacável" (não) vão querer saber que o Facebook e Intel estão muito bem posicionadas para criar a inteligência artificial capaz de gerir máquinas assassinas imparáveis... felizmente, apenas em versão virtual e a jogar o clássico Doom.

O VizDoom é uma competição que recorre a um método simples e prático para avaliar as prestações de sistemas de inteligência artificial: deixando-as combater até à morte no jogo Doom.

A maior parte dos pessoas já terá jogados jogos em que tem que combater oponentes que são controlados pelo computador (habitualmente designados por "bots"), e muitas vezes esses bots não têm qualquer pudor em nos trucidar completamente sem dó nem piedade. No entanto, muitas vezes isso é conseguido com "batotas", dando informação privilegiada ao bot (como a nossa posição, nível de energia e armas, etc.), coisa que não acontece nesta competição. Aqui os bots têm que jogar o jogo apenas e somente com a informação que seria visível para um jogador humano; apenas com a excepção de que numa das modalidades o bot vai jogar num mapa pré-determinado, e noutra das modalidades o bot nem sequer conhece o mapa em que vai jogar.

As diferentes equipas recorreram a sistemas diferentes, mas no final os vencedores foram as inteligências artificiais criadas pelo Facebook e pela Intel (nas respectivas modalidades); embora seja de realçar que também os sistemas criados por alguns alunos obtiveram excelentes resultados e dando bastante luta. Um dos concorrentes teve um acidente informático que impediu que a sua inteligência artificial fizesse a totalidade do treino para auto-aprendizagem, e mesmo assim conseguiu acabar na terceira posição... deixando no ar o que teria acontecido se tivesse conseguido fazer o seu treino completo (até aprendeu a fazer spawn camping... técnica que tanto irrita os jogadores humanos, ficando à espera perto do local onde os jogadores se materializam para os matar imediatamente.)

Enfim... muitos avanços na área da inteligência artificial... mas que esperamos que se fiquem apenas pelo mundo dos jogos de computador. :)


topo

MediaTek garante negócio com a Samsung

23-09-2016 | 16:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Abrem-se umas portas, fecham-se outras. É uma constante no mundo dos negócios.

 A  MediaTek é conhecida por conseguir apresentar processadores muito competitivos para as gamas média e de entrada dos smartphones. Ainda sofre de algum mau nome, muito por culpa de uma série de processadores que tinham um comportamento lastimoso em termos de GPS, levando os utilizadores ao desespero.

Esta fase parece ultrapassada e as séries P e X são uma forte aposta da MediTek para conseguir uma fatia do mercado de gama média, chegando mesmo à média-alta.

Se olharmos para o mercado, é comum ver os processadores da MediaTek em terminais das grandes marcas. Huawei, Sony, Lenovo, LG e HTC são alguns dos OEM que têm smartphones no mercado com cpu MediaTek.

A Asus que apostou na Intel viu-se agora obrigada a mudar de ares, passando a sua escolha a dividir-se entre a Qualcomm e MediaTek. Em sentido inverso foi a espanhola BQ que decidiu prescindir dos processadores MediaTek, supostamente para melhorar a sua prestação no campo das actualizações.

Pois bem, no meio disto tudo, aparece agora a Samsung, que tinha na Qualcomm e nos seus Exynos o portefólio de processadores para os tablets e smartphones. Num fórum de tecnologia, Tsai Ming-kai ,Chairman da MediaTek, declarou que a Samsung era um cliente, pelo que não poderia comentar o assunto que estava em debate.

Não deixa de ser uma situação interessante. Será que esta aposta na MediaTek significa um reforço dos Exynos para a gama alta, ou pelo contrário, a aposta passará apenas para a dupla MediaTek - Qualcomm?

topo

Elon Musk vai revelar telhado solar a 28 de Outubro

23-09-2016 | 16:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Elon Musk não quer que a sua revolução eléctrica se limite aos automóveis, e promete revelar o seu telhado solar já a 28 de Outubro.

O fundador da Tesla já tinha revelado as suas intenções de dedicar mais um pouco de atenção ao sector doméstico, criando uma solução para telhados solares mais atractiva e eficiente que todas as existentes. Desde então que a curiosidade tem sido muita sobre o que ele estará a preparar (mais correctamente, a SolarCity) sabendo-se apenas que será uma solução que se integrará também com o Powerwall 2.0 da Tesla (baterias domésticas) e um sistema de carregamento rápido para os carros.

É preciso não esquecer que, assumindo um futuro preenchido com carros eléctricos, será necessário também repensar toda a rede de distribuição de energia, que passaria a ter que lidar com uma enorme sobrecarga para fazer o seu recarregamento, ou em opção, apostar em soluções como esta, em que cada habitação se tornaria num mini posto de geração de energia solar, criando uma rede de geração distribuída que teria um impacto reduzido (ou nulo) na rede.

Claro que isto não iria agradar aos actuais fornecedores de energia, se vissem que os cidadãos afinal conseguiam ser quase auto-suficientes em termos de electricidade... mas, é praticamente garantido que alguém se lembraria de inventar umas novas taxas para garantir que a factura que pagamos ao final do mês continuará a subir, mesmo que se gaste cada vez menos electricidade.

Antes de mais, é preciso conhecer como este telhado solar do Elon Musk irá funcionar (e quanto irá custar), e para isso há que esperar até ao dia 28 de Outubro...

topo

Notícias do dia

23-09-2016 | 15:30 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

A Yahoo já confirmou o roubo dos dados de 500 milhões de utilizadores; que tal se comporta o novo "botão" do iPhone 7; o Galaxy Note 7 vai ter actualização para identificar versões inseguras; os fabricantes de TVs estão a ser acusados de enganar os testes de eficiência energética; e a Amazon acaba com armazenamento ilimitado para fotos e passa clientes para modalidade mais cara.

O nosso meeting mensal é já amanhã; e antes de passarmos às notícias do dia, não se esqueçam de participar no passatempo do gadget da semana que vos pode oferecer uma Lua LED luminosa (e já agora, deixar mais um voto no AadM para os Blogs do Ano. :)

App de encontros Bumble pede aos utilizadores selfies com poses como validação



Já todos sabemos que não se pode confiar em tudo o que se vê na internet, e isso aplica-se ainda mais aos registos feitos em apps de "encontros". Para lidar com perfis falsos que usam fotos de outras pessoas, a app Bumble vai passar a pedir aos utilizadores que validem a sua identidade tirando uma selfie a fazer um de entre uma centena de gestos, o que deverá eliminar 99% dos casos de contas falsas.

... Em alternativa, poderá fomentar o trabalho de editores de photoshop freelancers...


Apple prepara o seu concorrente ao Echo para as casas



Já tinha sido revelado que a Apple estava a preparar num concorrente ao Echo da Amazon, que permita colocar a Siri em nossas casas e também servir como ponto central de controlo para o HomeKit (deixando controlar as luzes e todos os demais dispositivos compatíveis com o sistema da Apple), e agora prece que esse lançamento está mais perto que nunca. Há um produto "mistério" que já obteve o necessário registo na FCC, e outras fontes também referem que esta "Siri doméstica" está prestes a ser apresentada.

... Tudo coisas que teriam muito mais interesse para nós se a Siri já falasse em Português de Portugal... (por muito fã que eu seja do sotaque brasileiro, né!?!)


Facebook inflacionou o sucesso dos seus vídeos publicitários



Na internet do momento a publicidade é rainha, e muitos terão estranhado o imediato caso de sucesso dos vídeos publicitários no Facebook. Afinal, foi um sucesso conseguido à custa de um "pequeno" erro que inflaccionou em 80% o tempo de visualização dos mesmos.

O Facebook disse, ao longo dos últimos dois anos, que os seus utilizadores gostavam de ver os seus vídeos e que por isso eram um formato bastante recomendado para os anunciantes... só se esqueceu de referir que convenientemente tinha ignorado por completo todos os utilizadores que não perdem sequer 3 segundos a ver esses vídeos...

É caso para dizer que 100% das pessoas que vê publicidade, vêem publicidade!


YouTube recorre aos "heróis" para moderar os conteúdos e comentários



Como é que se pode manter a ordem num site em que, a cada segundo, são adicionadas horas de vídeo que pode conter coisas impróprias? O YouTube conta com sistemas automáticos de validação e moderação, mas como isso não resolve tudo, volta a recorrer à ajuda (gratuita) dos próprios utilizadores.

Com o YouTube Heroes o serviço desafia os fãs a terem um papel mais activo na manutenção de um YouTube saudável e correcto. Estes utilizadores irão ganhando capacidades acrescidas à medida que forem evoluindo no programa, podendo reportar vídeos e comentários impróprios, e até sugerir legendas e traduções.

Se por um lado uns criticam o YouTube de se estar a aproveitar do trabalho gratuito dos utilizadores, por outro lado penso que não haja outra forma de lidar com serviços em tão larga escala... E como sempre, só ajuda quem quer.


Curtas do dia



Resumo da madrugada

topo

Google disponibiliza versão melhorada do seu sistema de reconhecimento de imagens

23-09-2016 | 14:30 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


O sistema de inteligência artificial da Google que se dedica a descrever fotografias usando linguagem natural já era capaz de fazer coisas impressionantes,mas agora a Google disponibiliza uma nova versão que o faz ainda melhor.

Já muitas vezes discutimos a imensa dificuldade que um computador tem em interpretar os pixeis de uma imagem. Aquilo que para nós é uma paisagem, ou rosto, ou animal, etc. para um computador é apenas uma sequência de números, que vão variando, mas sem qualquer significado implícito. Mas nos últimos anos muitos têm sido os avanços na área da inteligência artificial, com resultados que permitem fazer coisas fascinantes e que já podem ser sentidas por todos os utilizadores: pesquisem por qualquer termo no Google Photos, e descobriram que a Google é capaz de vos apresentar as vossas fotos de flores, carros, pessoas, e muitas outras coisas.... e em breve será ainda melhor.

A Google disponibilizou a mais recente versão do seu sistema de reconhecimento de imagens como open-source, e a sua capacidade de descrever o que está numa foto é realmente surpreendente.

Se anteriormente o sistema era capaz de identificar um comboio nos carris, agora consegue ir ao detalhe de dizer que se trata de um comboio azul e amarelo.



E não menos curioso, é a sua capacidade de pegar em exemplos dados por pessoas (que usa para "aprender") e depois detectar e aplicar atributos de imagens diferentes numa mesma imagem.

Quer isto dizer que não deverá estar longe a capacidade de não apenas pesquisarmos por imagens que contenham "cães", mas se possa ir especificar que se procura uma foto de "um cão grande ao lado de um cão pequeno sentado na praia."

Impressionante. :)

topo

PHP and JavaScript Innovation Award Report September 2016 Edition - June 2016 nominees

23-09-2016 | 13:51 | Manuel Lemos | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

By Manuel Lemos
This is the September edition of the Innovation Award podcast hangout recorded by Manuel Lemos and Arturs Sosins to comment on the outstanding features of all the past month nominees and winners PHP and JavaScript packages, the prizes that the authors earned, starting with the nominees from the month of June 2016.

Listen to the podcast, or watch the hangout video to learn why the nominated packages were considered to be innovative, as well the current rankings of the Innovation Award Championship by author and by country.

topo

Ketchapp Tennis

23-09-2016 | 13:34 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Ainda há dias vos falei acerca do Ketchapp Summer Sports, um jogo que reunia algumas modalidades do atletismo, e hoje voltamos com mais um jogo desta editora, também dedicado ao desporto, desta vez ao ténis.


O Ketchapp Tennis apresenta gráficos bem ao estilo daquilo a que esta editora já nos habituou, com tenistas estranhos e muito quadradões e ao contrário do que são as regras deste desporto, aqui o que interessa é dar o maior número possível de raquetadas seguidas na bola.


Quantas mais pancadas na bola conseguirem dar mais moedas vão ganhar para conseguirem obter novos personagens (existem 65 personagens disponíveis), um "esquema" já habitual neste tipo de jogos.


Infelizmente é um daqueles jogos que, pelo menos para mim, ao fim de pouco tempo começa a aborrecer, principalmente devido à enorme quantidade de publicidade, que nem mesmo durante a partida de ténis desaparece da parte inferior do ecrã.


topo

Fabricantes de TVs acusados de enganar testes de eficiência energética

23-09-2016 | 13:14 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Depois do escândalo das emissões poluentes da VW é agora vez de também os fabricantes de televisores serem acusados de manipularem os testes de forma a obterem consumos de energia mais reduzidos nos seus produtos, que depois não se reflectem em utilização real.

Muitas pessoas poderão não ligar ao consumo dos seus televisores, mas esse é um aspecto que não deve ser descurado. Os televisores LCD e OLED são muito mais eficientes que os antigos plasma e CRTs, mas ainda assim há necessidade de ser o mais poupado possível para obter as desejadas classificações de "produto eficiente" - só que há um grupo ambiental norte-americano que vem acusar os fabricantes de estarem a manipular esses testes, e que o consumo real dos seus televisores acaba por ser o dobro do que é anunciado aos consumidores.

Segundo o grupo, televisores de marcas como a Samsung, LG, e Vizio recorrem a sistemas de ajuste automático da luminosidade que tiram partido do facto do vídeo usado para os testes de consumo energético consistir na apresentação de 260 cenas de curta duração em sequência. Nestas circunstâncias o televisor mantém uma luminosidade mais reduzida do que teria caso se estivesse a ver cenas mais longas, como acontece na maioria dos conteúdos televisivos.

As marcas defendem-se dizendo que não estão a fazer nada de errado, pois esses modos vêm activados de fábrica e permitem poupar energia em diversas condições; e que os utilizadores podem sempre desactivá-los se assim o entenderem. Mas, sem dúvida que é pertinente perguntar se este sistema de poupança não terá sido "afinado" especificamente para o teste em questão.


... O que é certo, é que tal como acontece com os consumos médios dos automóveis, já chegamos a um ponto em que se considera perfeitamente normal que os produtos consumam mais que o anunciado, o que destrói por completo o propósito de ter a indicação do consumo (para os consumidores que se preocupam com esses detalhes.)

topo

Galaxy Note 7 vai ter actualização para identificar versões inseguras

23-09-2016 | 11:01 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

Com os novos Galaxy Note 7 com baterias corrigidas prestes a chegar ao mercado, a Samsung tem agora que lidar com o problema de facilitar o processo de distinguir os Galaxy Note 7 seguros dos potencialmente explosivos.


O Galaxy Note 7 da Samsung continua a ser notícia e como se sabe, infelizmente, não é por boas razões. A Samsung tinha elevadas expectativas para este smartphone, tendo até adiantado a data de lançamento, com o intuito de aproveitar a boa recepção dos Galaxy S7 e S7 Edge. Mas, a pressa resultou em problemas de produção nas baterias (por parte da própria Samsung) que vieram a resultar em dezenas de acidentes "explosivos" que resultaram num pedido de recolha e troca dos milhões de unidades já vendidas.

O caricato é que no meio de tanta notícia, há quem ainda nem sequer saiba que deverá devolver o seu Note 7, sujeitando-se a riscos desnecessários.

A Samsung preparou um conjunto de medidas para que o cliente possa identificar os Note 7 seguros. Um icon de bateria verde marca um equipamento do novo lote de produção; e no menu de reiniciar e desligar o smartphone também é exibida a bateria a verde como marca de equipamento seguro.


A Samsung resolveu aplicar estas alterações aos equipamentos que estão no mercado mediante uma actualização, que no caso dos equipamentos problemáticos (que continuarão a mostrar o icon da bateria a branco) apresentará também uma mensagem a informar o utilizador do processo de recolha e troca.

A grande questão é saber se esta medida terá algum efeito prático, uma vez que há milhões de utilizadores que parecem não ter receio em continuar a utilizar os seus Galaxy Note 7 e ainda não os entregaram (Ed. pode dar-se o caso de não os quererem entregar até saberem que a Samsung teria os novos modelos para fazer a substituição de forma imediata...)

Seja como for, há que estar atento e ajudar a espalhar que, Galaxy Note 7, só se tiver o icon da bateria a verde!

Actualização: a Samsung diz que já substituiu metade dos Galaxy Note 7 vendidos nos EUA. Ficamos a aguardar informações sobre o ponto da situação relativamente a Portugal.


Por: Luis Costa

topo

Huawei reforça parceria com a Leica

23-09-2016 | 10:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


O P9 marcou o início de uma parceria entre a Huawei e a Leica, passando as duas marcas a trabalhar em estreita colaboração no desenvolvimento das câmaras que equipam os smartphones do gigante chinês.

Aquando da apresentação do P9 a Huawei deixou bem clara a sua intenção em prolongar a parceira, sendo por isso natural que terminais como o Mate 9 venham a apresentar câmaras desenvolvidas pelas duas marcas.

Para que estes trabalhos possam ser efectuados de uma forma mais eficiente, as duas marcas abriram um centro de investigação e desenvolvimento na Alemanha, tendo em vista os seguintes aspectos:

  • Novos sistemas ópticos
  • Imagem computacional
  • Realidade virtual
  • Realidade aumentada



Ren Zhengfei, CEO da Huawei (à direita) e Dr. Andreas Kaufmann, acionista maioritário e presidente do conselho consultivo da Leica Camera AG (à esquerda), no momento da assinatura do acordo do ‘Max Berek Innovation Lab’

“No futuro, mais de 90 por cento do tráfego de dados virá de imagens e vídeos”, disse Ren Zhengfei, CEO da HUAWEI. “O Max Berek Innovation Lab favorece o estabelecimento de uma parceria mais estreita com a Leica que poderá promover contínuos melhoramentos na qualidade de imagem e de vídeo. Como resultado, vamos fornecer as mais avançadas inovações no mercado das câmaras para smartphones e oferecer mais valor aos consumidores.”

“A HUAWEI e a Leica partilham não só o enorme poder de inovação e os anos de experiência de investigação, mas também toda a dedicação associada ao fornecimento dos mais elevados padrões de qualidade. O Max Berek Innovation Lab oferece-nos a oportunidade histórica de combinarmos os recursos e a extensa experiência de ambas as empresas para darmos origem a tecnologias realmente revolucionárias” confirmou Markus Limberger, Chief Operating Officer (COO) da Leica Camera AG e diretor do Max Berek Innovation Lab.

O nome do centro de I&D foi escolhido em memória de Max Berek (1886 – 1949), pioneiro alemão da microscopia e criador das primeiras lentes Leica. Foi também responsável pelo design ótico de mais de 20 lentes para a lendária câmara de 35mm, inventada e construída por Oskar Barnack. Foi graças ao seu excecional desempenho de imagem, à perfeita harmonização das lentes e à engenhosa construção de Barnack que a Leica conseguiu alcançar sucesso mundial na fotografia de 35mm.

topo

App Lisboa Horizontal já disponível para facilitar a vida aos ciclistas na capital

23-09-2016 | 10:01 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Lisboa pode ser a cidade das sete colinas, mas com a app Lisboa Horizontal o objectivo é planificá-la o mais possível para facilitar a vida a quem circula de bicicleta.

A maioria das apps de navegação foca-se em encontrar as rotas mais curtas ou mais rápidas, mas com a nova app Lisboa Horizontal há outro aspectos que passam a ser considerados: o declive do traçado, o grau de segurança das vias, e até a preparação física do ciclista.

Não sei se será a primeira app de navegação a ter em conta a topografia do terreno (sendo que existem outros casos de apps de navegação que permitem seleccionar certos factores, como peso e dimensões de viaturas, para evitar que alguém com um camião ou auto-caravana seja direccionado através de uma ruela estreita onde ficaria "encravado") mas sem dúvida que será de utilidade, particularmente para que desejar circular de bicicleta pela cidade de Lisboa sem a conhecer - daí ser especialmente atractiva para turistas, mas não só.



Também não nos surpreende que esta app tenha sido idealizada por um arquitecto belga, Kobe Vanhaeren, habituado a terrenos mais planos e a uma maior utilização da bicicleta como meio de transporte, e que depois de viver uma temporada em Lisboa achou que seria interessante facilitar a vida a todos os que quisessem pedalar por Lisboa sem terem que enfrentar declives "sobrenaturais" (a app tenta manter um declive máximo de 4º ao longo das suas rotas). Juntou-se ao Pedro Fernandes e ao Diogo Simões, e o resultado foi esta app, que  já venceu a competição BIG smart cities 2015 da Vodafone e que teve lançamento oficial ontem, no  Dia Europeu Sem Carros (22 de Setembro).


Por agora a app Lisboa Horizontal está disponível apenas para iOS, e prepara o lançamento de versões para outras cidades europeias ainda este ano. Esperemos que não fique esquecida uma versão para Android. :)

topo

Ecopilhas lança app para mostrar a localização dos 20 mil Pilhões em Portugal

23-09-2016 | 09:38 | A Minha Alegre Casinha | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A Ecopilhas aproveitou o Dia Europeu da Reciclagem de Pilhas para lançar uma aplicação que facilita encontrar o Pilhão mais próximo em Portugal, e também reportar os pilhões cheios ou vandalizados que necessitem de intervenção.

A aplicação para tablet e smartphone permite identificar o Pilhão mais próximo da rede nacional de recolha, composta por cerca de 20.000 Pilhões. Esta aplicação tem ainda outras funcionalidades, tais como reportar um pilhão cheio ou vandalizado, solicitar um Pilhão para casa ou para o trabalho, ou saber tudo sobre como são recicladas as pilhas.

Eurico Cordeiro, Diretor-Geral da Ecopilhas refere “Existem mais Pilhões do que multibancos, mas ainda assim muitos portugueses referem ter dificuldade em encontrar o Pilhão mais próximo de si. A partir de hoje, já não há desculpas para não se fazer a reciclagem de Pilhas.” No ano passado em Portugal foram recicladas 527 toneladas de pilhas e baterias, um valor que se espera ver superado este ano.

A App Ecopilhas está disponível para Android e para iOS e tem como objetivo divulgar a localização dos Pilhões, promover a sua correta utilização e convidar o cidadão a participar ativamente na recolha de pilhas e baterias usadas.

topo

Pimax lança óculos VR 4K a €318

23-09-2016 | 09:01 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Um dos maiores problemas dos óculos VR da actualidade é a resolução dos ecrãs utilizados, que ainda faz notar bastante os pixeis, mas este novo Pimax 4K promete resolver isso com uma resolução 4K... e a preço  mais reduzido que a concorrência.

Se o segmento VR tem sido dominado por produtos como os Oculus Rift, HTC Vive, Gear VR (e em breve o PlayStation VR) não há falta de outras empresas e produtos desejosos de se destacarem neste segmento. Será esse o caso deste Pimax VR 4K.

O sistema anuncia características técnicas impressionantes, como uma resolução 4K, giroscópios duplos a funcionar a 1000Hz, ângulos de visão de 110º, e também anuncia compatibilidade tanto com os jogos para os Rift como com o SteamVR. Por 318 euros, menos de metade do que custam uns Rift ou Vive, parece uma proposta tentadora... até se começar a pesquisar mais um pouco e a reparar nos detalhes.

Algumas das características técnicas apresentadas não fazem qualquer sentido (como o filtro anti-laser azul, que se pode assumir que seja um simples erro de tradução); e também se pode criticar o facto do sistema não usar nenhuma câmara para garantir a precisão do sistema de posicionamento. Tal como a primeira geração dos Rift demonstrou, é indispensável, nesta fase, recorrer a câmaras para evitar a acumulação progressiva dos erros de leitura dos giroscópios e acelerómetros.

Não menos importante, não é explicado como é que a marca espera fazer chegar vídeo 4K a 90fps aos óculos, quando utiliza uma ligação HDMI que suporta apenas resoluções 4K a 30fps, insuficientes para uma experiência VR aceitável. E também não ajuda que, quem já experimentou o sistema diga que o processo de instalação do seu software e drivers, de modo a conseguir a compatibilidade com jogos para o Rift e SteamVR, seja uma enorme confusão. (Há ainda relatos de que a imagem apresentada tem nitidez tão reduzida que nem permite tirar partido da suposta resolução 4K.)

Enfim... há que valorizar o esforço feito, mas há que esperar que a Primax resolva (e explique) todos estes detalhes, para demonstrar que estes óculos VR 4K estão à altura do que se esperaria.

topo

pensamentos de luc ferry em sua obra aprender a viver: filosofia para novos tempos

23-09-2016 | 08:32 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



Lutamos contra a ilusão e construímos um novo humanismo que se baseia no amor.

Ler o artigo completo

topo

pode demorar, mas quando digo 'chega', é para nunca mais

23-09-2016 | 08:22 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



Quando tomamos a decisão de sair dali, de nos libertarmos daquele vazio que suga e achata a nossa essência, nada mais importará, nada mais nos fará tentar de novo, porque o cansaço então terá varrido qualquer afetividade de dentro de nós.

Ler o artigo completo

topo

obrigada por não ter desistido de mim

23-09-2016 | 08:21 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



Quando o tema é um amor não correspondido não existem caminhos fáceis nem indolores. Sim, tudo gera dor. Tudo nos deixa meio despedaçados. E entre a intolerável decisão de ficar ou partir , despencamos em inúmeros abismos.

Ler o artigo completo

topo

reflexões sobre a morte

23-09-2016 | 08:20 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



Sócrates especulava binariamente que “A morte é uma de duas coisas… Ou é aniquilação, e os mortos não têm consciência de qualquer coisa; ou, como nos é dito, é realmente uma mudança: uma migração da alma de um lugar para outro.” Apostas?

Ler o artigo completo

topo

o percevejo e a inspiração...

23-09-2016 | 08:19 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



Nem sempre a inspiração é romântica e convencional, como estamos acostumados... Nem sempre os eventos de sobrevida que sucedem ao coma são sobrenaturais... Mas sempre há uma forma inexplicável de conectar eventos que nos possibilitem ser felizes sem muitos porquês.

Ler o artigo completo

topo

o holocausto brasileiro

23-09-2016 | 08:18 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



Foram cerca de 60 mil vidas ceifadas, pessoas comparadas com lixo social, escórias, impuros desregrados, a margem da sociedade, portanto, era necessário segregá-los para manter a paz e a ordem social.

Ler o artigo completo

topo

não vou sofrer o que você sofreu, você não é eu

23-09-2016 | 08:17 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



Não existe manual para superar os problemas. Existe você e como você quer que sua vida seja. Somos nossos próprios professores em algumas lições dessa escola.

Ler o artigo completo

topo

vamos falar sobre ansiedade. eu sinto, e você?

23-09-2016 | 08:16 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



Este é meu segundo relato pessoal. Dessa vez quero discorrer sobre um transtorno que atinge 33% da população mundial (me incluindo, óbvio!). Ao contrário do que você pode estar imaginando, esse aqui não vai ser um artigo científico ou com um passo a passo de como se curar. Na verdade, espero que você não se identifique com nada do que será exposto. Mas, se você sentir qualquer resquício de semelhança, não se preocupe, é sinal de que você não está sozinho!

Ler o artigo completo

topo

lutar para fugir

23-09-2016 | 08:15 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



Quando enfrentamos um dilema, estamos presos num sistema de crenças, estamos perto demais e não conseguimos nem considerar outras opções. Existe sempre uma terceira alternativa.

Ler o artigo completo

topo

Produtos da semana

23-09-2016 | 08:15 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

A nossa rubrica de Produtos da Semana agrupa uma lista de produtos e notícias que vamos compilando ao longo da semana e que achamos que será do interesse geral.

ASUS lança ZenBook UX330UA



Quem procurar um portátil ultra-compacto e que não tenha medo de enfrentar todo o tipo de tarefas poderá querer espreitar o novo ZenBook de 13,3" da Asus. O ZenBook UX330UA de 13,3" é 15% mais fino (13.5mm) que o seu antecessor — o premiado ZenBook UX305 — e é também um dos portáteis de 13,3" mais finos do mundo nesta gama de processadores, pensando apenas 1.2kg e oferecendo uma autonomia até 12h.

Este ZenBook vem equipado com um CPU Intel Core™ i5 6200U a 2.8GHz, ecrã de 13.3" Full HD, 8GB de RAM, SSD de 512GB, e teclado retro-iluminado. Está disponível em Portugal com um PVP recomendado de 999 euros


iEAST: Multiroom para todos



A iEAST, a nova marca distribuída em Portugal pela Esotérico, promete uma verdadeira revolução: oferecer um sistema multiroom que tira partido do equipamento que o utilizador já possua e que é ao mesmo tempo extremamente flexível, fácil de instalar e… acessível. São três os primeiros produtos da gama iEAST a chegarem a Portugal: o Audiocast, o SoundStream e o SoundStream Pro. Qualquer um destes produtos é compatível entre si e é capaz de criar um sistema de áudio multiroom a partir de equipamentos de som já existentes – desde cadeias hi-fi até pequenas colunas amplificadas.

Todos os dispositivos iEAST funcionam através da rede doméstica Wi-Fi e são compatíveis com as principais normas usadas para reprodução de música (DLNA, UPnP, Apple AirPlay…) e serviços de streaming – incluindo Spotify, Tidal, Pandora, TuneIn e iHeartRadio. Além disso, são também suportados ficheiros de áudio de alta resolução até 24bit/192kHz e formatos de compressão sem perdas, como FLAC Lossless, graças à utilização de um potente DAC ESS Sabre (nos modelos SoundStream).

A Esotérico, distribuidor oficial da iEAST em Portugal, tem os primeiros dispositivos já disponíveis no mercado. O Audiocast tem um preço de apenas 49€. O SoundStream custa 99€ e o SoundStream Pro fica por 139€.


Mega Bloks lança série de figuras Kubros



Os "bonecos" não são só para as crianças, e a demonstrá-lo estão os novos Kubros da Mega Blocks, que contam com personagens emblemáticas inspiradas na cultura pop/geek da década de 80. Nesta colecção podemos encontrar representações ao estilo 8-bits de personagens como Spock, para os fãs de ‘Star Trek’, He-Man e Skeletor, protagonista e vilão de ‘Masters of the Universe’, Master Chief, da série de jogos ‘Halo’, ou ainda o bem conhecido Terminator T-800 Guardian, da saga ‘Terminator’.

Com um design retro, as figuras são constituídas por peças para os colecionadores montarem. Os braços e a cabeça são dinâmicos e movimentam-se para uma maior interação com a figura. As seis primeiras figuras têm um custo aproximado de 11,99€, e encontram-se à venda nas lojas FNAC.


Pro-ject lança edições limitadas de vinil de alta qualidade




A Pro-Ject Audio Systems, a empresa austríaca que é líder mundial na produção de gira-discos, acaba de lançar uma série de edições especiais limitadas em prensagens de vinil de alta qualidade, já disponíveis em Portugal. O catálogo inclui a edição com holograma da banda sonora do último Star Wars, até Miles Davis, passando por Supertramp e Yusuf / Cat Stevens e incluindo nomes como Henry Mancini, Ricky Lee Jones, Dire Straits, Eric Clapton, Billy Joel ou Deep Purple, garantindo um pouco de tudo e para todos os gostos.

Um dos principais destaques do catálogo vai para o duplo vinil com uma gravação totalmente nova – e 100% analógica – da 2ª Sinfonia de Mahler da Orquestra Sinfónica de Viena, um absoluto exclusivo Pro-Ject.

A série de edições limitadas em vinil de alta qualidade da Pro-Ject está já disponível em Portugal com preços que variam entre 18 € e 92 €.

topo

doe-se

23-09-2016 | 08:14 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



"Um presságio eu vi também, arrastou o céu numa conjuração. Corpos ébrios em confusão, a sustentação é que a manhã já vem, logo mais a manhã já vem."

Ler o artigo completo

topo

Controladores Oculus Touch vão custar €230

23-09-2016 | 07:41 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Os Oculus Rift podem ter a grande desvantagem de não incluir controladores 3D (como acontece com o HTC Vive) mas isso está prestes a ficar resolvido... embora à custa de mais um pagamento avultado de cerca de 230 euros.

Com base no preço que já surge nalgumas lojas no Reino Unido, os controladores Oculus Touch vão custar £189.99 (cerca de 230 euros). Um preço que virá aumentar ainda mais a polémica do custo excessivo dos Rift, anda para mais quando o seu rival HTC Vive já inclui este tipo de controladores.

No pacote base dos Oculus Rift os utilizadores têm apenas direito a um gamepad da Xbox One, o que impede o acesso imediato a todo o tipo de apps imersivas em VR onde seja necessário utilizar as mãos, e que é algo que no caso dos HTC Vive pode ser assumido como estando incluído no pacote base. Com este atraso na chegada dos Touchs, e com o este preço elevado que atira o custo do conjunto para perto dos 1000 euros, os Rift ficam ainda mais em desvantagem no campo do VR para o público.

Há também que referir que se aproxima a data de chegada dos óculos PlayStation VR, que para além de serem mais baratos, dão uso aos PS Move que muitos jogadores já terão, e também evitarão os gastos acrescidos na actualização do hardware do PC... a não ser que optem por trocar a PS4 pela PS4 Pro.

topo

Amazon acaba com armazenamento ilimitado para fotos - passa clientes para modalidade mais cara

22-09-2016 | 20:39 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Se a ideia de ter espaço ilimitado para fotos por $11.99 por ano na cloud da Amazon vos parecia boa demais para ser verdade, eis que efectivamente assim é. A Amazon terminou esta modalidade, e está a passar automaticamente os clientes para a modalidade mais cara de $59.99/ano.

No início do ano passado apresentamos estas opções de armazenamento ilimitado da Amazon como sendo bastante atractivas, particularmente no caso das fotos, em que tal era feito por apenas $11.99. Sabendo-se que as fotos são dos bens digitais mais preciosos, e que mais espaço ocupam, era uma proposta irresistível para quem quer manter um backup das fotos em formato original (senão podem dar uso ao espaço ilimitado do Google Photos, com compressão das imagens).

Só que também a Amazon parece ter chegado à conclusão que este serviço era demasiado bom, e por isso está informar os clientes de que o mesmo ficará inacessível, e transferindo-os para o serviço de armazenamento ilimitado total, que pode acomodar todo o tipo de ficheiros e não apenas fotos, mas que custa $59.99 por ano, oferecendo os 3 primeiros meses gratuitos.




Não fica explícito o que acontecerá a quem que não quiser aderir a esta modalidade mais cara, mas parece-me ser lógico que terá que tratar de descarregar tudo o que lá tem (no caso de não ter backups locais das suas fotos) e procurar uma alternativa.

Actualização: contrariamente ao que é dito no email que enviam, parece que a Amazon está a oferecer 1 ano de serviço ilimitado gratuito, que os utilizadores poderão activar através da sua conta... sempre ajuda a amenizar a situação.


Na verdade, o serviço de fotos ilimitadas continua a estar disponível... mas agora de forma exclusiva para clientes Amazon Prime. E se é certo que o espaço ilimitado total continua a ser um bom negócio (é a modalidade que uso), é também inevitável pensa que, tal como a Amazon decidiu mudar de ideias quanto à modalidade das fotos ilimitadas, nada a impede de, daqui por um ano, voltar a mudar as condições do serviço e aplicar limites, aumentar o preço, ou obrigar a que se seja cliente Amazon Prime para se poder usufruir da sua cloud.

... São estes os riscos da cloud... em que de um momento para outro descobrimos que a volatilidade das clouds é bem real e que se podem desvanecer a qualquer momento. (Neste caso é ainda mais caricato que o email de aviso tenha sido enviado no dia 22 de Setembro a informar que o serviço deixou de estar disponível 3 dias antes!)

topo

Google Play chega oficialmente aos Chromebooks

22-09-2016 | 17:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Depois de muito tempo de indefinição, a Google lá resolveu unir os caminhos do Android e ChromeOS. Não foi da forma que muitos esperavam, mas acaba por ser uma solução que poderá ter pernas para andar.

Não será o Android a tomar o lugar do ChromeOS, nem tão pouco os dois se irão fundir. O que está neste momento a acontecer é a chegada do Google Play ao ChromeOS, com a possibilidade de instalar e correr as aplicações Android.

Esta funcionalidade vai estar disponível num alargado leque de equipamentos, mas para já apenas os  Acer Chromebook R11 e Asus Chromebook Flip têm oficialmente este acesso.

Falta ainda muito caminho para percorrer, mas estão lançadas as fundações para que o ChromeOS possa ter o sucesso que a comunidade tech lhe antevê. Será esta mesma comunidade através dos developers que terá grande parte da responsabilidade em conseguir obter bons resultados, pois só com aplicações preparadas para funcionar em ecrãs maiores e sem toque é que a plataforma poderá ser funcional.

topo

O novo "botão" do iPhone 7

22-09-2016 | 17:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


O novo iPhone 7 adopta, pela primeira vez, um botão sensível ao toque (e pressão) em substituição do antigo botão "clicável". A alteração não irá agradar a todos, mas demonstra a intenção da Apple de, eventualmente, o fazer desaparecer completamente.

Se ignorarmos o desaparecimento da ficha dos headphones e a estreia do módulo com duas câmaras no iPhone 7 Plus, a maior novidade desta geração de iPhones é a evolução do característico "home button" que tem sido imagem de marca desde o primeiro iPhone, e que agora deixa de ser um botão.

O botão do iPhone permaneceu inalterado desde o primeiro iPhone até ao iPhone 5S, altura em que sofreu a primeira evolução, passando a contar com o sensor de impressões digitais integrado (Touch ID). O iPhone 7 volta a marca nova alteração, abandonando o botão físico e passando a recorrer à tecnologia 3D Touch para detectar a pressão efectuada, tal como acontece no resto do ecrã - o que significa que, por muito que carreguem nele, ele não mexe.

Isto é, não mexe fisicamente, mas o iPhone 7 é capaz de criar uma sensação bastante satisfatória de um "clique" usando o seu Taptic Engine (que basicamente é um sistema de vibração mais evoluído). Os utilizadores podem optar por 3 níveis de intensidade para esse feedback do botão, e contrariamente ao que eu previa, fiquei surpreendido pela positiva com o resultado conseguido, em qualquer uma das intensidades. Comparativamente com a vibração que se faz sentir noutros smartphones que usam botões touch, o iPhone 7 consegue aproximar-se mais da sensação de "clique" de um botão, e não me custaria nada adaptar-me a este novo botão. Mas, há uma excepção...

Se o efeito do clique está particularmente bem conseguido quando seguramos o iPhone na mão, se o tivermos pousado numa mesa esse efeito desaparece por completo, tornando-se bem evidente que o "botão" afinal não mexe mesmo - e neste caso irá obrigar a um maior período de adaptação. Para quem quiser usar o iPhone com luvas, também terá que se certificar que utiliza luvas apropriadas para utilização com touchscreens, pois de outra forma o sensor de pressão não se activa e não faz o reconhecimento do "clique".



Resta-nos agora esperar mais um ano, para ver se no iPhone do 10º aniversário a Apple sempre irá fazer o que se espera, fazendo a integração do Touch ID directamente no vidro frontal do iPhone (possivelmente até por trás do ecrã, já que existem patentes que demonstram a capacidade de fazer o reconhecimento da impressão digital nessa situação) e assim apresentar-nos uma superfície ininterrupta na frente. E se assim for, e nos trouxer um iPhone com área frontal 100% ecrã... é fácil antecipar que será novo recordista de vendas.

topo

Página 1 de 5141

Subscrever

Autores

Disclaimer

O Planet Geek não é responsável pelos seus conteúdos, apenas os replica a partir de cada blog.
Os artigos são da exclusiva responsabilidade dos seus autores.