Planet Geek

27 de Abril, 2015

Google vai adicionar "colec√ß√Ķes" ao Google+

27-04-2015 | 16:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


O Google Plus parece ter ficado completamente perdido com a saída de Vic Gundotra (ou ele próprio poderá ter saído em antecipação ao rumo que o Google estava a dar ao serviço), mas parece que afinal o serviço ainda tem algumas novidades para apresentar.


No início de Maio espera-se a chegada das Google+ Collections, com o qual o Google esperará reavivar o interesse no Google+ e facilitar ainda mais a sua utilização para partilha de conteúdos. Actualmente, qualquer pessoa pode partilhar o que quiser na sua conta do Google+, ou de criar a sua própria página. No entanto, haverá quem não queira ter tanto trabalho, e é para elas que estas Collections estarão bem à medida.

Na prática, trata-se de facilitar a criação de conteúdos temáticos com base em conteúdos que nos pareçam interessantes, ao estilo do que tanto o Pinterest como o Flipboard (e outros) já fizeram. Se gostam de algo como "Futebol", podem facilmente criar uma "colecção" dedicada a esse tema, para onde enviam todos os artigos sobre futebol que acharem interessantes. Obviamente, essa mesma colecção poderá ser pública, para que amigos e outras pessoas com interesses semelhantes a possam seguir.

Pessoalmente, parece-me que a diferença, na prática, não seja assim tão distante de criar uma página... mas, poderá ser menos intimidativo. No próximo mês já saberemos, se o Google realmente lançar esta nova funcionalidade no G+.

topo

Notícias do Dia

27-04-2015 | 15:32 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

Envia direcções e apontamentos do Google para o teu Android; o Bodyprint usa o touchscreen como sensor biométrico; a DARPA quer software que continue a funcionar após um século de evolução de hardware; para combater a pirataria a MPAA criou um site que mostra onde ver filmes legalmente... que não funciona para fora dos EUA; o Couchlet adiciona portas USB a qualquer sofá ou cama; nova técnica nos emails de spam e phishing adoptam os alertas reset de passwords; e como o Uber te leva até ao destino, quer seja de tuk-tuk ou de Lamborghini.

Seguem-se as notícias do dia, após mais um fantástico fim-de-semana com direito a meeting (no final do mês há mais) e também mais haverá amanhã... com um novo gadget da semana para vos oferecermos.


Apple Watch aprova no tracking


Com tanto investimento que fez no Apple Watch, era de esperar que funcionasse bem, mas agora que chegou às mãos dos utilizadores já começam a surgir provas concretas - como neste caso, que o coloca em confronto directo com um GPS Watch da Garmin, e onde as suas prestações são bem melhores do que se poderia imaginar: com os valores da distância percorrida e frequência cardíaca a coincidirem quase exactamente.


... Só não o deixem cair... :)


Sony lança app para tirar fotos sem tocar na câmara


Em muitas situações, o próprio acto de carregar num botão para tirar uma fotografia pode fazer com que a mesma fique "tremida". Para resolver isso a Sony disponibiliza uma engenhosa app "touchless shutter" para as suas câmaras digitais, que recorre ao sensor de proximidade do viewfinder (que habitualmente é usado para ligar o ecrã quando vamos espreitar por ele) para tirar uma foto, bastando passar a mão na proximidade dele, sem ter que lhe tocar.


uBeam continua com a promessa de electricidade wireless a grandes distâncias


Carregamentos wireless são algo que por agora está associado a pousar um dispositivo numa base de carregamento, mas poderá em breve mudar e tornar-se verdadeiramente wireless - ou assim pretende a uBeam e o seu sistema de carregamento por ultra-sons. Desde 2013 que temos estado a aguardar, mas a empresa diz que tem tido cada vez mais entidades interessadas na sua tecnologia, mantendo o plano de chegar ao mercado brevemente.

Com esta tecnologia, será supostamente possível enviar energia suficiente para recarregar smartphones e portáteis e vários metros de distância.


Rede social para famílias eliminou década de memórias


Embora se olhe para a cloud como sendo um forma de manter os nossos dados em segurança, importa também relembrar a facilidade com que os mesmos podem desaparecer sem deixar rasto. No caso do MyFamily, uma rede social orientada para as famílias, o seu encerramento deixou os utilizadores descarregarem os seus dados - ou assim pensavam eles. É que embora o serviço tenha prometido exportar as fotos, vídeos e discussões... estas últimas ficaram aparentemente esquecidas - deixando famílias sem o registo de uma década de conversas que tinham tudo.


Curtas do Dia

Resumo da Madrugada




topo

Como o Uber se adapta às diferentes realidades do mundo

27-04-2015 | 14:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


O Uber é um serviço que tem originado uma autêntica revolução na área dos transportes, e que também já vai conquistando clientes cá em Portugal - mas é igualmente interessante ver como se sabe adaptar às diferentes realidades dos diferentes países, que faz com que tanto opere "tuk-tuks" na Índia... como Lamborghinis em Singapura.

Cá em Portugal, o Uber limita-se a actuar como um serviço de Táxis "normal" (mas com carros novos e condutores simpáticos), deixando de fora a modalidade mais polémica de permitir que qualquer pessoa pudesse usar o seu próprio carro como táxi. Mas noutros países, o Uber tem também sabido adaptar-se às necessidades e especificidades locais.

Na Índia, o Uber tem serviços UberAuto e UberGo, onde os clientes podem pagar usando dinheiro ou "créditos" (a taxa de utilização de cartões de crédito na Índia é bastante reduzida); enquanto que na Colombia, o serviço UberAngel permite que um condutor que tenha bebido uns copos a mais possa requisitar um condutor do Uber que o venha buscar e o conduza a casa no seu próprio automóvel (as multas são pesadas, e o elevado custo de ter carro faz com que sejam normalmente pessoas com rendimentos mais elevados).

Mas, nada baterá o UberSuperCar em Singapura - onde os clientes poderão requisitar um Lamborghini, Maserati e outras super-máquinas para chegarem ao destino com estilo... desde que estejam dispostas a pagar bem por isso (preço entre 125 e 150 euros para os primeiros 15 minutos). Uma modalidade promocional que no entanto deverá terminar já no próximo mês.

Bem... pode ser que um dia destes se lembrem de fazer o mesmo cá por Portugal... mas enquanto isso, vamos dando uso às viagens a preços mais convidativos - e esperar que o Uber vá aumentando a frota no nosso país (a maioria das "reclamações" que tenho ouvido é a de que por vezes é complicado arranjar carro nas horas mais movimentadas.)


Se ainda não experimentaram, façam-no... que a primeira viagem é por nossa conta. :)

topo

Acer Liquid X2 é triple-SIM e tem bateria de 4000mAh

27-04-2015 | 13:16 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Enquanto alguns fabricantes investem nos phablets e modelos cada vez mais finos, há outros que parecem estar atentos aos que continuam a preferir modelos mais compactos, e que não se importam de trocar alguns milímetros por uma bateria mais generosa - como demonstrado por este novo Acer Liquid X2.


Bem, para dizer a verdade não podemos considerar o Liquid X2 verdadeiramente compacto, uma vez que recorre a um ecrã de 5.5" (sem a resolução especificada, mas esperemos que seja no mínimo Full HD). Também o CPU é descrito apenas como sendo um octa-core de 64 bits, e a câmara é de 13MP... tanto para trás como para a frente (para quê discriminar, certo?)

Mais interessante para alguns será o facto deste smartphone ser triple-SIM, que cá em Portugal acabaria com os problemas de terem que decidir entre um cartão SIM da NOS, Vodafone, ou MEO (podem usar um de cada simultaneamente); e mais interessante para todos será o facto deste Liquid X2 vir equipado com uma bateria de 4000mAh!


Para referência, mesmo equipamentos como o Nexus 6 ou o Galaxy Note 4 vêm equipado com baterias de "apenas" 3220mAh, pelo que já se poderá ficar com uma ideia da autonomia que este smartphone permitirá (embora por outro lado se possa dizer que toda esta bateria será bem necessária se decidirem dar realmente uso aos três cartões SIM em simultâneo.)

topo

Twitter post ‚Äď April 27, 2015 at 02:01PM

27-04-2015 | 12:16 | Eduardo Balsa | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

Audi has successfully made diesel fuel from carbon dioxide and water http://bit.ly/1z5s1La

— drcursor (@drcursor) April 27, 2015

topo

Amazon Free App: DoubleTake

27-04-2015 | 11:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A app gratuita de hoje da Amazon é o DoubleTake, um clássico dos jogos tipo puzzle, onde temos de combinar duas peças iguais.


Aparentemente, o DoubleTake é grátis no Google Play.

topo

Bodyprint usa o touchscreen como sensor biométrico para orelhas e mãos

27-04-2015 | 11:01 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


São cada vez mais os smartphones que integram sensores de impressões digitais, mas este Bodyprint opta por recorrer a algo que todos eles têm para efeitos de autenticação biométrica: o próprio touchscreen.

Os touchscreen capacitivos actuais não têm (ainda) a capacidade de ler as impressões digitais, mas este Bodyprint contorna esse problema utilizando-os para ler outras partes do corpo que não necessitam de tanta resolução: como as mãos, dedos, e até as orelhas.


Poderá não ser um sistema tão seguro quanto uma impressão digital, mas considerando que todos somos diferentes, será um sistema que poderá dar alguma segurança adicional - sem que seja necessário investir num novo smartphone. A parte do reconhecimento da orelha parece-me algo extremamente interessante e que seria bastante prático de se fazer para se atender um telefonema autenticando a nossa identidade.

... Portanto, não estranhem se um dia destes começarem a ver apps que a certo ponto vos peçam "por favor encoste a orelha ao ecrã" (embora seja previsível que logo de seguida comecem as investigações que revelam a falta de segurança que será uma qualquer outra app poder registar o formato da vossa orelha enquanto estão a fazer uma chamada.)

topo

Does not Commute

27-04-2015 | 10:05 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Começamos esta semana com uma das novidades que vos apresentámos na passada sexta-feira, o Does not Commute, um jogo criado pela Mediocre, a editora responsável por títulos como Sprinkle, Granny Smith ou Smash Hit.


A acção deste Does not Commute passa-se nos anos 70, numa pequena cidade, em que é necessário conduzir (ou melhor, orientar) alguns veículos até aos seus destinos. Todos os veículos vão estar em acção em simultâneo e terão necessidade de cruzar os seus caminhos, pelo que é necessário garantir que não há acidentes e que todos chegam em segurança ao seu destino.


Entre os veículos que é necessário orientar até ao seu destino encontramos desde o carro que a dona de casa conduz para ir às compras, até ao autocarro escolar, passando pelo camião do lixo e por carros desportivos, e é claro que conforme o tipo de veículo, assim este se desloca com maior ou menor velocidade e tem mais ou menor facilidade em fazer curvas, entre outros pormenores.


À medida que aumenta o número de veículos a circular em simultâneo, a nossa terefa de orientar o trânsito também se vai tornando mais complicada.


Durante cada nível existe um tempo que vai diminuindo conforme é necessário recomeçar a orientação de cada um dos veículos, mas também a possibilidade de aumentar o tempo disponível através de bónus que vão aparecendo pelas ruas e caminhos da cidade.


A progressão no jogo só é "gravada" no final de cada nível, mas se quiserem ter a possibilidade de o fazer em qualquer altura, terão que fazer o upgrade para a versão premium, que custa €2,23.


Os gráficos do Does not Commute levam-nos de volta aos anos 70, recriando o ambiente da época, onde não falta um menu inicial que faz lembrar os rádios dessa altura.



topo

Envia direc√ß√Ķes, apontamentos e alarmes do Google para o teu Android

27-04-2015 | 10:02 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Depois de ter trazido a função de procurar os nossos androids directamente para o seu motor de busca, o Google volta a melhorar essa interacção para outra funções que se revelarão bem práticas para os utilizadores: como o envio de direcções para navegação, apontamentos, ou até alarmes.

Se já se sentiram frustrados por planear uma rota no Google Maps no vosso computador, e depois terem que repetir a tarefa no smartphones, agora deixarão de se chatear com isso. Se escreverem "send directions" no Google, poderão planear uma rota e enviá-la directamente para o vosso smartphone.


De forma idêntica temos o "note to self", que nos permite enviar uma mensagem que surgirá como notificação no nosso smartphone (com a opção para ser guardada) - e que evitará recorrer a apps de terceiros que permitem funcionalidades idênticas (ou de ter que enviar um email para nós próprios.)


E se isto não chegar, temos também a possibilidade de definir um alarme - "set an alarm" - que será enviado automaticamente para a hora pretendida. (No caso de alguém conseguir entrar numa conta do Google, já estou a imaginar as potencialidades para chatear o utilizador legítimo... definindo-lhe alarmes para as 4AM, e enviando-lhe um apontamento a dizer que a sua conta foi hackada... :)


É de prever que o Google vá aumentando este tipo de integração entre a web e os seus Android... sendo que por mim, acho que seria simpático podermos executar um "take a picture" e receber uma fotografia do smartphone (ao estilo do que alguns programas anti-roubo permitem fazer.)

topo

Empresa italiana de óculos irá comercializar o Google Glass v2.0?

27-04-2015 | 09:01 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


O Google Glass foi um dos projectos mais falados do Google, mas que acabou por ter um desfecho inglório sem que tivessem sido dadas grandes explicações. Agora, voltam a surgir rumores de que o Glass se poderá estar a preparar para um regresso no próximo ano, por intermédio de um fabricante italiano de óculos.

Depois de uma das mais alucinantes apresentações de produto de todos os tempos, que incluiu a transmissão em directo de um Google Glass de para-quedistas, tudo parecia estar a correr a favor do Glass - que nos era apresentado como o dispositivo do futuro que nos ia livrar de andar continuamente de cabeça baixada sobre os ecrãs dos nossos smartphones.


Mas o tempo foi passando, e o Glass sendo adiado sucessivamente - pelo meio de acusações do potencial para "invasão da privacidade" - até que muito mais tarde lá foi finalmente posto à venda com um preço bastante exagerado, e sem que tivessem sido resolvidos os problemas que se conheciam: especialmente o da autonomia bastante reduzida. Por fim, lá foi anunciado o "fim" do Google Glass, dizendo que o projecto iria ser revisto e reformulado para um lançamento para o público.

Não sabemos se será isto que estavam a pensar, mas uma empresa italiana de óculos, a Luxottica, parece estar a trabalhar numa nova versão do Glass que chegará às lojas no início do próximo ano. Uma nova versão que terá um ecrã melhor, maior autonomia, e que também será mais barato que o modelo original.


... Vão desculpar-nos, mas depois da forma como lidaram com o Glass original, esta será uma das coisas em que vamos ter que esperar para ver - pois o Google já gastou a "paciência" de todos os que esperaram ansiosamente pelo Glass.

topo

muito além do entretenimento

27-04-2015 | 09:00 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


O mundo das artes e o poder do conhecimento são temas da animação “Os Fantásticos Livros Voadores do Sr. Morris Lessmore”.


Ler o artigo completo

topo

vida adulta: o que n√£o nos contaram

27-04-2015 | 09:00 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A ideia que se tem é que os adultos são seres superiores, de inteligência inatingível e respostas pra tudo; que são bem-resolvidos, dirigem, frequentam restaurantes descolados, são experts em cuidar da casa e das finanças, têm controle emocional e o principal: são bem sucedidos na maioria das coisas que se propoem a fazer. Pelo menos era isso o que eu pensava aos quinze anos – e isso é uma falácia que só a descobrimos como tal quando nos tornamos adultos e nos pegamos perdidos, duvidando de muitas coisas e insatisfeitos com a profissão que escolhemos aos dezoito.


Ler o artigo completo

topo

vingadores: a era de ultron

27-04-2015 | 09:00 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Continuação tenta ser mais madura, mas esbarra em seus próprios pés.


Ler o artigo completo

topo

a volta do nomadismo na era digital

27-04-2015 | 08:50 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Entenda por quais motivos o estilo de vida dos nômades digitais vem conquistando cada vez mais destaque na atualidade.


Ler o artigo completo

topo

as pílulas da felicidade e a eterna busca pela vida perfeita

27-04-2015 | 08:50 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A cobrança excessiva por uma vida perfeita e plenamente feliz desencadeia mais frustrações e até mesmo distúrbios mentais. As chamadas "pílulas da felicidade" deixaram de ser apenas alternativas de tratamentos psiquiátricos e são procuradas como a solução ideal para a criação de uma felicidade ilusória.


Ler o artigo completo

topo

somos todos incríveis!

27-04-2015 | 08:40 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Às vezes nos esquecemos do quanto nós mesmos somos os heróis e de como simplesmente "a arte imita a vida", não o contrário. Este texto é para nos ajudar a lembrar disso!


Ler o artigo completo

topo

as fraquezas do poder com o superhomem

27-04-2015 | 08:40 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Em que medida somos obrigados a nos esconder, a fingir ser o que não somos? Entre os super heróis com identidade secreta, Super Homem é o que melhor simboliza como o tecido social se encarrega de mutilar capacidades.
Ler o artigo completo

topo

App Gratis: Crystalux puzzle game

27-04-2015 | 08:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A "App Gratis" de hoje é Crystalux, um jogo tipo puzzle com peças hexagonais, onde temos de combinar cores para acender a linha entretanto formada.



A versão sem anúncios do Crystalux custa 2,32€, e para a poderem usar gratuitamente, só têm que aceder ao App Gratis e fazer a instalação a partir da app.

topo

Google termina a venda do Nexus 7

27-04-2015 | 08:15 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


O Nexus 7 foi um dos mais bem sucedidos Nexus de todos os tempos, tornando-se no primeiro tablet Android de muitas pessoas - e que agora chega ao fim da sua comercialização, numa altura em que se começam a levantar preocupações quanto à sua longevidade.

Se o Nexus 7 original foi um mini-tablet interessante, o Nexus 7 de 2013 veio resolver os principais problemas (como a ausência de uma câmara), subindo a resolução do ecrã e mantendo um preço absolutamente imbatível, tornando-o simplesmente irresistível.

Agora, uma visita à Google Store revela que o Nexus 7 deixa de estar disponível para venda, e o Google não dá qualquer informação quanto à possibilidade de estar para breve a chegada de um novo modelo, preferindo dizer que neste momento a sua atenção se centra no Nexus 9. O "pequeno" problema é que o Nexus 9, tal como o Nexus 6, deixou de ter o preço hiper-competitivo que o Nexus 7 (e Nexus 5) tinham - e por isso não têm qualquer hipótese de alcançarem o seu sucesso.

No entanto, também vão surgindo rumores de que o Google prepara novas parcerias com a LG e a Huawei, potencialmente para novos Nexus... pelo que ficaremos a aguardar se ainda será possível regressarmos aos Nexus que não sejam apenas "bons"... mas que também sejam "baratos".

topo

Turing Phone promete smartphone seguro e "indestrutível"

27-04-2015 | 07:51 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A questão da segurança é algo que tem dado origem a smartphones que apostam na garantia da privacidade das suas comunicações, este Turing Phone é mais um... mas que também faz levantar algumas suspeitas.

É que este Turing Phone da Turing Robotic Industries não só aposta em coisas como um sensor de impressões digitais e serviços de comunicação 100% encriptados, como surge com uma construção feita num material a que chamam "liquidmorphium" - que supostamente será mais resistente que aço e titânio (mas cujo nome parece ter sido retirado de um qualquer livro de banda desenhada.)

Também não ajuda o facto do seu sistema de segurança ser sumariamente descrito sem grandes detalhes, referindo apenas que os Turing Phones serão capazes de se "autenticar entre si" para comunicações seguras sem necessidade de intermediários, e que tem sido recebido com enorme desconfiança pelo comunidade que se dedica a essas coisas da segurança.

De resto, se acharem que isso não é motivo para estranheza, o resto das características não impressionam mas são mais que adequadas, com um ecrã Full HDde 5.5", Snapdragon 801, 3GB de RAM, 64/128GB de Flash, LTE, e câmaras de 8MP e 13MP com flash duplo. O que impressionará certamente (pela negativa) é o preço, que começa nos $740 (64GB) e vai até aos $870 (128GB).

... Imagino que o "liquidmorphium" não seja barato. ;P

topo

DARPA quer software auto-actualizável que resista a um século de evolução

26-04-2015 | 20:51 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


O mundo moderno está repleto de coisas boas, mas no mundo da informática a rápida evolução tem também algumas consequências preocupantes. A DARPA tem um projecto com o qual espera conseguir garantir a longevidade do software, de forma a que possa sobreviver a um século de evolução.

A rápida evolução do software não é um problema para aquelas pessoas que vão acompanhando esses avanços... mas bastará deixarem-se ficar um pouco para trás para verem como rapidamente as coisas mudam. Os sistemas operativos deixam de ser suportados ao final de poucos anos; as actualizações do software passam a exigir que se faça upgrade para sistemas mais recentes (que muitas vezes obrigarão a que se invista em novo hardware); etc. Outra das consequências é que software concebido para esses sistemas mais antigos se torne incompatível com sistemas mais recentes... coisa que a DARPA quer resolver com este BRASS (Building Resource Adaptive Sofware Systems).

Um programa feito hoje pode tomar como garantidos a existência do TCP/IP, de um sistema de ficheiros, e outras coisas que quase seguramente não existirão (nesta forma actual) daqui por 50 ou 100 anos. Com o BRASS o objectivo é criar tecnologias que permitam que o software se possa manter funcional ao longo das décadas, adaptando-se de forma automática às alterações que forem ocorrendo.

São situações que têm que ir sendo consideradas (e quanto mais cedo melhor), sob pena de eventualmente ficarmos perante autênticos "apocalipses" digitais - veja-se por exemplo o caso do Java, que deixará de funcionar no Chrome antes do final do ano; e que obrigará a que muitos serviços tenham que rever sistemas bem complexos (como o do serviço dos impostos).

Mas como é normal... continuará a haver muitas pessoas que optarão por enfiar a cabeça na areia... até que não mais se possa adiar o insustentável. Esperando que depois entre em acção a habitual capacidade de "desenrasque" à MacGyver, que tantas vezes é o que vai mantendo as coisas em funcionamento.

topo

VirtualBox to Hyper-V

26-04-2015 | 20:13 | Edgar Durão | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

This is like more a cookbook which was searched because of a need: after some trouble with hardwares, the old Windows Server virtualized in Virtualbox box didn’t run – and for that reason was documented here to use in the future.

Since most of my things are now beeing virtualized, and in my day Job i already use Hyper-V to use my virtual os’es didn’t find a reason to do this in other pcs.

So it’s pretty easy to convert the image. Just open the Virtualbox folder, open a command prompt there and throw some commands like this:

vboxmanager.exe internalcommands converthd -srcfromat vdi “C:\\original\\old.vdi” -dstformat vhd “C:\\newVHD\\new.VHD”

It will take some time, but after that you just have to create a new Virtual Machine in Hyper-V, configure it, and boot it up.

Works like a charm.

topo

A trabalheira de voar um caça da 2ª Guerra Mundial

26-04-2015 | 17:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Com toda a tecnologia que temos actualmente, por vezes olham-se para as "máquinas" do passado como sendo autênticas peças de museu, rudimentares. Mas desenganem-se se pensam que isto se traduz em simplicidade de operação, como se pode ver pelo que implica pilotar um P-51 Mustang.

O P-51 Mustang é um dos aviões de combate mais icónicos de todos os tempos, estando na lista de aviões como o Spitfire britânico, o Messerschmitt Bf 109 alemão, ou o Mitsubishi A6M Zero japonês.

Olhando para a tecnologia disponível há 80 anos atrás, poderíamos pensar que estas máquinas voadoras eram pouco mais do que "motores com asas", e que por isso não seriam complicadas de controlar - mas a verdade é que se trata precisamente do oposto. Sem a assistência de todas as ajudas electrónicas que hoje consideramos normais, voar um destes aviões é uma experiência verdadeiramente única - (e obviamente que não será para todos.)

De certa forma, é precisamente o que se passa com algum condutor que se aventure a tentar conduzir um automóvel do início da era automóvel... sendo que provavelmente nem seria capaz de fazer arrancar o seu motor. :)






topo

Resumo da semana

26-04-2015 | 16:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

Esta foi a semana em que tivemos privilégio de poder brindar um dos nosso leitores com o Moto E gentilmente cedido pela Motorola.
O vencedor foi encontrado durante o almoço do AadM que ontem teve lugar. O Nuno Rocha foi o vencedor. Parabéns.

Mais uma vez tivemos a OnePlus em aventuras, primeiro a cancelar a distribuição do CM 12S, e a retomar a mesma passado uns dias com a adição de correcções e uma nova funcionalidade.
A OnePlus decidiu também dar por finalizado sistema de convites para aquisição do One. Tal facto não significa que o Two não vá ter os mal afamados convites.

A Nokia parece estar mortinha por 2016 para dar início a uma investida no Android. Procurará com isto a empresa recuperar o terreno perdido? O que seria da Nokia, Microsoft, Samsung, do Android e do Windows Phone, entre outros, se a marca Finlandêsa tivesse optado por deixar o Symbian e outros que tal, e apostado em força no Android?

Fiquem com o nosso resumo semanal.


Circuit Jam

O Circuit Jam é um jogo diferente do habitual, que também serve para aprender alguns princípios básicos de circuitos electrónicos.

Este jogo apresenta mais de 100 puzzles que introduzem gradualmente alguns conceitos básicos da electrónica, como voltagem, corrente e resistência, sem a "chatice" das fórmulas e equações.

O objectivo é criar circuitos que consigam gerar sinais com uma determinada forma, e para isso será necessário colocar as mãos à obra e fazer ligações, determinar os valores correctos para alguns componentes ou até mesmo ligar e desligar interruptores.

Existe ainda um modo "sandbox" em que é possível criar os vossos próprios circuitos e inventarem à vossa vontade ;-)




O Dragon Hills foge ao que por norma acontece nas histórias de princesas. Neste caso, a nossa alteza pega na sua armadura, monta o dragão e sai colina fora, destruindo (quase) tudo o que lhe aparece pela frente.

Os comandos não podiam ser mais simples. Apenas um toque no ecrã para fazer o dragão mudar de direcção, subindo ou descendo, conforme a necessidades.

A lava não é nossa amiga, pelo que temos de evitar. Armadilhas espinhosas e peões com escudos igualmente com picos são outros dos pontos a evitar.
O mais interessante na parte dos peões é que eles podem fugir, mas caso nos enfrentem com o escudo, temos problemas. O facto de ser inesperado, torna a coisa ainda mais interessante.

Com muita cor, efeitos sonoros de qualidade e um ambiente frenético, estão encontrados os ingredientes para um jogo que nos cativa e nos distrai sempre que necessário.



Neste jogo temos que controlar um macaco que se movimenta pela selva saltando entre as árvores, sempre com o objectivo de apanhar bananas para se alimentar.

Controlar o Benji (o nome do "nosso" macaco)é fácil, bastando tocar no ecrã com um dedo, o que faz com que ele salte ou se agarre a uma liana.

Ao todo são mais de 100 níveis que terão que ser superados mas para além de apanhar as bananas também há que ultrapassar e evitar alguns perigos que espreitam na floresta.

Divirtam-se a saltar de galho em galho e a apanhar bananas.




Se se lembram do Ready, o gestor de contactos e chamadas para Android que gere as coisas de forma mais inteligente, vão gostar de saber que já está disponível a sua nova versão, completamente remodelada.

O Ready era uma app que se distinguia não só pelas suas funcionalidades mas também pelo seu design cuidado, mas que agora o abandona para se render ao "material design" (numa opção que não é consensual: há quem prefira este novo estilo, há quem ache que assim perdeu a sua identidade e diferenciação face a apps concorrentes.)

Mas para além do aspecto visual, o Ready 2.0 tem novidades funcionais, como integração com outras apps (permitindo enviar mensagens e fazer chamadas no WhatsApp, Viber, etc. directamente a partir da lista de contactos), ou as call bubbles, que funcionam um pouco a estilo dos chatheads que temos no Messenger do Facebook.

De resto, continuam a estar presentes as funcionalidades apreciadas, como mostrar as últimas mensagens de alguém que nos esteja a telefonar; ou as opções pós-chamada que permitem acelerar o processo de gestão das mesmas.




Estamos em pleno século XXI, mas a forma como fazemos e recebemos chamadas telefónicas permanece praticamente inalterada face ao que se tinha nos primeiro telemóveis com lista de contactos. Uma coisa que vários têm tentado modificar, e na qual o Facebook se aventura com este Hello.

O Hello do Facebook funciona como um sistema de Caller ID mais avançado, pesquisando os números para os quais ligamos (ou que nos ligam) no Facebook e apresentando informação detalhada sobre eles - desde que os respectivos utilizadores tenham dado permissões para que sejam visíveis publicamente.

Para grupos de amigos será uma forma de poderem ter acesso aos contactos actualizados e informação relevante (um amigo que vos telefone e cujo aniversário seja nesse dia ficará logo com essa referência no ecrã, evitando que sejam apanhados de surpresa, por exemplo); para estabelecimentos comerciais será uma forma fácil de serem identificados de forma a que as pessoas atendam o número (que de outra forma seria "desconhecido").

O Hello também ajuda a fazer chamadas para pessoas, lojas, restaurantes, etc. que não estejam na vossa lista de contactos, acabando por ser uma autêntica "lista telefónica global" (embora o Google também já tente fazer algo idêntico).

Estranhamente, o Facebook optou por fazer o lançamento desta app Hello apenas nos EUA, Brasil e Nigéria, pelo que cá em Portugal teremos que continuar à espera - ou recorrer a métodos de instalação não oficiais.




O Bank Bluffer - Fake Bank é uma app que simula ser uma app de home banking e que apresenta um saldo e movimentos de conta (definidos por vocês) que vão fazer inveja aos vossos amigos.

O único "problema" é que a app está disponível apenas em inglês, mas isso até poderá ser utilizado para dar ainda mais credibilidade ao vosso estatuto de "novos-ricos", uma vez têm a vossa fortuna num banco estrangeiro (por exemplo, nas ilhas Caiman).




Passemos às notícias da semana.


Notícias do mundo Android:

Outlook para Android lançado em versão final
NX ROM ganha funcionalidades do Cyanogen
Android Wear prestes a funcionar sem smartphone por perto via WiFi
Project Fi do Google combina redes celulares e WiFi
Google aposta numa internet "a pagar" com menos anúncios
Sony revela o Xperia Z4 com câmara frontal estabilizada

topo

Guinness dá recorde póstumo a relógio com 250 anos

26-04-2015 | 15:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Hoje em dia poucos são aqueles que dão valor ao "tempo", mas os que o fazem gostarão de saber que foi feita justiça e dado um recorde do Guinness a um relógio que durante mais de dois séculos foi ignorado.

Saber as horas certas é hoje algo que qualquer pessoa pode ter num relógio digital (ou mais certamente no ecrã do seu smartphone), mas noutros tempos um relógio era uma ferramenta bem mais valiosa... pois era também essencial para a navegação - sim... nem sempre se pode recorrer ao GPS para se saber onde está. Essa necessidade levou a que fossem criados relógios mecânicos cada vez mais elaborados e precisos, e um fabricante de relógios britânico chamado John Harrison disse ter conseguido criar o relógio "perfeito", que teria maior precisão do que qualquer outro.

O problema é que John Harrison era um velho excêntrico que morreu pouco depois deste seu anúncio, e os seus rivais simplesmente se limitaram a desacreditar o seu projecto, que na altura era considerado impossível e absurdo. Harrison há muito que tentara provar o seu valor, tendo respondido a um desafio da Royal Navy e criado um relógio que cumpria os seus requisitos de precisão - mas que embora o fizesse, foi sempre alvo de críticas e reclamações por parte dos relojoeiros "tradicionais".

Harrison continuaria a trabalhar no melhoramento dos relógios, até finalmente anunciar o tal relógio "perfeito", que dizia ser capaz de perder menos de um segundo a cada 100 dias, sendo mais preciso do que tudo o que existia na época. Mas a sua morte meteu um ponto final neste projecto que todos consideravam impossível... até que dois séculos mais tarde, em 1970, os planos deste seu relógio foram reencontrados e outro relojoeiro decidiu construí-lo.

E agora, fica definitivamente provado de que Harrison tinha realmente razão, com o seu relógio a perder apenas 0.625 segundos em 100 dias, merecendo um recorde do Guinness do relógio mecânico mais preciso do mundo (com pêndulo oscilante).

topo

Ar condicionado a energia solar

26-04-2015 | 14:38 | A Minha Alegre Casinha | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


O tempo quente está a chegar, e o preço crescente da energia faz antever contas igualmente crescentes para quem quiser manter a sua casa fresca. Então, porque não juntar o útil ao agradável e recorrer a um sistema que permita usar energia solar para manter o ar condicionado em funcionamento?

Não será preciso relembrar que o ideal será recorrer a todo o tipo de sistemas passivos para garantir uma climatização o mais confortável possível (isolamentos, caixilharias, controlo da exposição solar, circulação de ar, etc.) mas chegando-se ao ponto em que se opta, ou se é obrigado a optar, por um sistema de ar condicionado, o que interessará será reduzir o seu custo de operação.

O próprio conceito de alimentar um ar condicionado usando energia solar é daquelas coisas que "faz sentido". Se temos Sol em excesso para aumentar as temperaturas, teremos também Sol suficiente para maximizar a produção de energia solar - e então para quem passar o dia em casa, será da forma que poderá utilizar a energia directamente, sem ter que se preocupar com sistemas de baterias para acumular energia e utilizá-la durante a noite.

Neste caso, o sistema que nos é apresentado para este ar condicionado a energia solar é efectivamente completo, com um sistema de baterias que permite manter o ar condicionado durante 6h durante a noite - o que infelizmente também aumenta bastante o custo, para valores que economicamente não são atractivos (face a ir gastando a electricidade da rede.) Mas é uma questão de fazerem algumas simulações e verem se encontram uma opção que seja atractiva... com sistemas muito mais pequenos e económicos será possível fazerem-se coisas como suportar consumo "contínuo" que se tenha em casa (frigorífico, computadores, etc.)

E watt a watt... lá se vai conseguindo fazer com que a conta de electricidade não aumente no final do mês.

topo

Disney consegue fazer dobragens automáticas visualmente imperceptíveis

26-04-2015 | 13:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Fazer dobragens de filmes é uma tarefa que não é nada fácil, mas a Disney criou um sistema que é capaz de analisar o que é dito, e aplicar palavras completamente diferentes que batem certo com o movimento dos lábios.

Temos a sorte de viver numa país que recorre à legendagem e nos evita os horrores das dobragens como vemos em Espanha e França; mas não é por isso que as dobragens deixam de ser uma técnica interessante para muitos casos - e a Disney bem sabe disso.

A Disney Research criou um sistema que analisa os fonemas que são ditos, e cria uma lista de possíveis alternativas que poderão ser aplicadas ao vídeo de modo a que tudo bata certo. Alguém que diga algo como "clean swatches" poderá ver essas palavras substituídas por algo como "yes rots", ou "need no pots", sem que isso seja perceptível visualmente.

Agora só falta ver este sistema aplicado num caso real, como nos filmes dobrados de Kung Fu, onde as dobragens nem se preocupavam em que as vozes batessem certo com os movimentos dos lábios! :)

topo

o zelador do mundo

26-04-2015 | 11:10 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


O homem que virou pássaro.


Ler o artigo completo

topo

por que ler?

26-04-2015 | 11:10 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Uma prática extremamente antiga. Seja poesias, romances, ensaios, notícias. Seja livro, jornal, revista, e-book. Seja Shakespeare ou Machado de Assis. A variedade é enorme, mas a dúvida é a mesma: por que nós lemos, afinal?


Ler o artigo completo

topo

Sistema Brain4cars prevê as manobras dos condutores

26-04-2015 | 11:01 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Em grande parte dos acidentes de viação, a causa é a distracção dos condutores. Enquanto não chegam os automóveis sem condutor que não se distraem, investigadores estão a estudar sistemas que poderão minimizar os acidentes, antecipando as manobras que os condutores se preparam para fazer e alertando-os caso sejam perigosas.

Este Brain4Cars consiste num sistema que usa uma câmara para monitorizar o condutor, a par de radares e outras câmaras para vigiar a zona envolvente do veículo, e consegue antecipar com elevada precisão (mais de 77%) qual a manobra que o condutor vai realizar, com vários segundos de avanço.

Sabendo-se que grande parte dos acidentes acontecem quando se muda de faixa ou se vai fazer uma manobra, com este pré-aviso torna-se muito mais eficiente alertar o condutor para o potencial risco dessa manobra, recorrendo aos restantes dados sobre o que se passa ao redor do veículo. Por exemplo, se o sistema antecipar que o condutor vai mudar para a faixa à sua esquerda, poderá desde logo ver se há outros veículos que se aproximem, dando sinais de alerta - mesmo que o condutor não tenha feito a sinalização para a mudança da faixa.

Enquanto temos que ser nós a conduzir... todos os sistemas que ajudem a evitar acidentes serão bem vindos. :)

topo

relacionamentos - o sentido da palavra

26-04-2015 | 11:00 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Buscar compreender o significado daquilo o que se diz é também estar atento para o fato de que as mesmas palavras, para outro, podem carregar diferentes interpretações. Essa compreensão pode revelar a linha limítrofe entre a integridade da RELAÇÃO com o outro ou sua ruína.


Ler o artigo completo

topo

você sempre será bom, mas nunca excelente: 5 sinais de que você é um underachiever

26-04-2015 | 11:00 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Você sempre foi ambicioso, impulsionado, faminto e trabalhador? Se sim, pare de ler. Nada disso vai te atingir. Se você é uma pessoa razoavelmente inteligente, que às vezes luta com preguiça e motivação interna, este texto é para você.


Ler o artigo completo

topo

que est√ďria √Č essa de que deus est√Ā morto?

26-04-2015 | 10:40 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Seria o progresso científico experimentado na contemporaneidade incompatível com a fé num Ser Supremo? Se a resposta fosse positiva, em que medida poderíamos resgatá-la? A crença em Deus e em Deuses vem regendo a humanidade durante milênios. A criação do universo e do homem sempre foi atribuída aos poderes divinos, cabendo a cada indivíduo reverenciar seu criador ou criadores através dos rituais religiosos. No que toca ao mundo Ocidental, essa [...]


Ler o artigo completo

topo

wikipédia, a enciclopédia de luta livre

26-04-2015 | 10:30 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A morte do escritor mais conceituado da cidade revela que no ringue digital só contam os golpes baixos Guilherme era o escritor mais conceituado da sua cidade. Para muitos, o principal favorito a renovar um lugar na Academia Brasileira de Letras, essa organização conceituada, antigo complô de Machado de Assis para invadir o Brasil. Apesar da corrida pender para seu lado, Guilherme cometeu um erro básico, morreu, impedindo uma tomada [...]


Ler o artigo completo

topo

entre jardins e margens

26-04-2015 | 10:30 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


O que nos faz caminhar à terceira margem do Rio? Os sentimentos que lapidam nossa identidade ou a atrofia provinda de um cotidiano que soterra o indivíduo com tantos padrões? A música é mais do que um ritmo a movimentar corpos. A música transcende nossos pensamentos, sonhos e flagelos. Ela é capaz de nos libertar, ferir e confortar; compreender e questionar. Em alguns dias, ela pode até mesmo transportar nossa mente para longe de uma realidade exaustivamente sufocante.


Ler o artigo completo

topo

precisamos falar sobre os príncipes

26-04-2015 | 10:30 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Em tempos em que remakes buscam novas formas de retratar as clássicas princesas, um elemento nessa fórmula vem sendo muito pouco discutido: os príncipes. Será que a imagem que se consagrou a respeito deles perdeu a utilidade para uma nova geração de crianças e animações?


Ler o artigo completo

topo

sorria! você está sendo manipulado!

26-04-2015 | 10:30 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


As estratégias midiáticas estão cada vez mais transformando pessoas em máquinas de compras e comportamento. Comportamento esse que seria visto até pouco tempo atrás como artificial e empolado, hoje é aceito como natural e, mais do que isso, obrigatório. Como será que isso acontece?


Ler o artigo completo

topo

o mito do f√ļtil ao redor de marilyn monroe

26-04-2015 | 10:30 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Uma mulher culta? Leitora voraz? Escritora?
Mas não era um símbolo sexual? Só um bichinho bonito?

Com 36 anos de idade Marilyn estava tão cansada disso que morreu. Os problemas de Norma Jean (seu verdadeiro nome) sempre foram muito sérios, mas o problema maior talvez seja o fato de que nunca a tenham levado a sério, como muitos fazem até hoje.


Ler o artigo completo

topo

Ford patenteia caixa de 11 velocidades

26-04-2015 | 10:01 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Para muitos condutores, a caixa de velocidades é algo que lhes dá aquela sensação de controlo absoluto sobre o carro; para outros é apenas mais um empecilho que gostariam de evitar se pudessem ter optado por um carro com caixa automática - mas em qualquer um dos casos, o número de mudanças tem vindo a aumentar.

Duas, três, quatro, cinco, seis... o número de mudanças nas caixas de velocidades não tem parado de aumentar ao longo das décadas - e principalmente nos anos mais recentes - como forma de aumentar a eficiência dos motores. Actualmente, vários automóveis recorrem já a caixas de 7 e 8 velocidades, e a Ford parece querer estar preparada para o futuro, com uma patente para uma caixa de 11 velocidades.

Embora pareça um número absurdo de velocidades disponíveis, não será nada demais para os camionistas e condutores de outros veículos pesados, que já estão habituados a caixas com dezenas de velocidades.

A minha maior preocupação é tentar perceber se será este efectivamente o melhor caminho a seguir para o futuro, ou se se deverá apostar precisamente no caminho oposto. Com os motores eléctricos é possível revolucionar a forma como as transmissões trabalham, apostando até em coisas como carros com uma única velocidade, como faz o Koenigsegg Regera.

topo

Chevrolet-FNR é um protótipo que nos faz sonhar

26-04-2015 | 09:01 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Há dois tipos de apreciadores de automóveis: aqueles que se focam apenas nos carros reais que podem percorrer as estradas; e aqueles outros que ficam fascinados pelos protótipos que nos fazem sonhar com o que poderá um dia ser possível. E é a estes últimos que dedico este Chevrolet-FNR.

O Chevrolet-FNR é uma automóvel autónomo onde não foram poupadas as tecnologias: luzes laser; radar; carregamento wireless; identificação por reconhecimento ocular; rodas magnéticas com motores eléctricos; e não menos importante, um design que por si só faz esquecer tudo o resto.

Como muitos outros protótipos, é pouco provável que o design deste veículo chegue a curto prazo a modelos comerciais, embora as tecnologias nele utilizadas possam eventualmente vir a sê-lo.

De qualquer forma, deixo a mesma pergunta que já nos tempos de criança me atormentava quando olhava para estes carros: "porque motivo não fazem os fabricantes carros com design assim, mesmo que recorram apenas a tecnologias já existentes e disponíveis?" Até podem por lá dentro um motor que não dê para passar dos 80Km/h, que não me importo. :P

topo

MPAA cria site para evitar pirataria internacional... inacessível fora dos EUA

25-04-2015 | 20:51 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

Por mais que se tente ter uma boa dose de paciência para a forma absurda como certas entidades "anti-pirataria" abordam esta questão, parece que não há forma de aprenderem. E se dúvidas houvesse, bastará olhar para mais este caso de uma iniciativa que se quase poderia considerar positiva.

A MPAA está consciente que um dos factores que incentiva à pirataria é a dificuldade de obtenção dos conteúdos legais. Muitos utilizadores internacionais apressam-se a descarregar séries e filmes que surgem na internet, porque provavelmente teriam que esperar meses até que chegassem ao seu país (se é que chegariam.) Isto levou à criação de um site onde a MPAA pretendia informar os interessados onde poderia ver os conteúdos que desejavam de forma legal: o WhereToWatch.

Mas depressa a "boa intenção" nos puxa de volta para a realidade, pois mostrando a sua (falta) de sensibilidade para lidar com todas estas questões, o próprio site que deveria mostrar onde se podem ver os conteúdos desejados de forma legal... está bloqueado para visitantes que acedam de fora dos EUA!

Não é que tenha ilusões de que o site nos desse algum resultado de interesse (provavelmente direccionar-nos-ia para sites que continuariam a não disponibilizar os conteúdos para fora dos EUA ou um número reduzido de países), mas assim fica mais que demonstrado o ponto absurdo a que se chegou na mania de tentar atrasar ao máximo as alterações - mais que necessárias - de modernização dos conceitos de direitos de autor, partilha legal de conteúdos, e a proibição de restrições geográficas neste mercado global em que vivemos. Se algum dia se espera aspirar a que todo o planeta possa viver em paz, porque não começar por abolir as fronteiras digitais que nos tentam impingir na internet?

topo

Couchlet - portas USB para esconderes no sof√°

25-04-2015 | 17:32 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


As portas USB já se tornaram no standard mais comum para recarregarmos os nossos dispositivos mobile, e agora surge no Indiegogo um projecto que é um daqueles "porque é que eu não me lembrei disto antes?" Um hub USB concebido para ficar escondido no sofá.

A maioria das pessoas não terá falta de carregadores com portas USB espalhados por casa, mas a verdade é que quase nunca temos um por perto no sítio onde (provavelmente) se passa mais tempo: no sofá. E isso obriga a ter que lidar com problemas como cabos cujo comprimento reduzido nos obriga a fazer acrobacias se quisermos recarregar smartphones ou tablets enquanto lá estamos sentados, ou no mínimo ter que lidar com cabos a atrapalhar quem lá estiver sentado.


Este Couchlet é basicamente um hub USB que foi pensado para ficar escondido no sofá, instantaneamente transformando-o num posto de recarregamento para todos os nossos gadgets, e facilitando o processo de utilização dos mesmo sem que se tenha que olhar para o nível da bateria a descer rapidamente quando se passa o tempo a jogar um jogo mais intensivo.

É certo que podem obter o mesmo efeito usando um qualquer hub USB de baixo custo e tamanho reduzido (não faltam opções) mas correm o risco do mesmo poder estar sempre a "fugir" (embora também se possa resolver isso com um pouco de fita adesiva ou outra técnica artesanal de fixação). Seja como for, a ideia é excelente, e caso não se atrasem muito, poderão apanhar dois "couchlets" por apenas 16 dólares (mais portes, ainda não indicados).


topo

Terna é a noite

25-04-2015 | 15:33 | Gonçalo Sá | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

health

 

"Get Color", o segundo álbum dos HEALTH, editado em 2009, tem finalmente sucessor à vista. "Death Magic", o próximo registo dos californianos, chega a 7 de Agosto e já conta com uma primeira amostra. "NEW COKE" é tão rude e frenética como seria de esperar e reforça a aproximação ao electro e industrial, palpável no disco anterior e mais acessível do que a muralha noise da estreia.

 

A julgar pelos títulos das outras novas canções - "Dark Enough", "Hurt Yourself", "Drugs Exist" ou "Victim" -, este disparo sintético é apenas o rastilho para um disco pouco dado ao sossego. O videoclip do single também avança por aí, ao retratar uma noite entre a festa e o caos, com escatologia em slow motion e uma participação especial (e muito curta) de Alice Glass, talvez a celebrar a saída dos Crystal Castles:

 

 

topo

Digistump Oak - um micro Arduino com WiFi por $10

25-04-2015 | 15:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Os criadores do Digispark estão de regresso ao Kickstarter com mais um projecto - o Oak - que se torna irresistível para todos os que queiram criar módulos de baixo custo com conectividade WiFi e à cloud (a dita Internet of Things).

Tal como os anteriores Digisparks, este Oak ;é um módulo de tamanho reduzido, e que já inclui WiFi que o  liga directamente e automaticamente à cloud. E esta ligação não é usada apenas para o acesso a um Oak já programado, mas também para todo o seu desenvolvimento e debug - que é feita inteiramente através do browser sem necessidade de instalação de programas adicionais (mas se quiserem, poderão usar o IDE do Arduino).

O Oak contém um micro-controlador de 32 bits a 80Mhz, com 64Kb de RAM e cerca de 300KB disponíveis para programas do utilizador (é pouco, mas lembrem-se que é dezenas de vezes mais potente do que um ZX Spectrum).

Como é habitual, temos váriios pinos de input/output, digitais e analógicos, PWM, UART, I2C, etc. E usando-se a RootCloud - serviço de cloud gratuito - torna-se extremamente simples criar coisas como um dashboard na web que mostra dados de um Oak em tempo real.

Com um preço de apenas $10... que mais se poderá pedir? (No meu caso foi fácil... em vez de pedir um, optei pelo pack de três. :)


topo

Oculus Rift permite simular aterragens de emergência de cortar a respiração

25-04-2015 | 13:30 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A rotineira demonstração dos procedimentos de emergência antes da descolagem de um avião é algo a que poucas pessoas prestam atenção. Mas se essa demonstração for feita recorrendo à Realidade Virtual, poucos serão os que não lhe darão mais atenção.

Um departamento de investigação de uma universidade italiana criou um simulador de aterragem de emergência no mar para o Oculus Rift, onde a esse tipo de procedimento é apresentado de uma forma que ficará bem presente na memória dos participantes.


A imersão proporcionada pela realidade virtual dá toda uma nova dimensão de realismo a coisas que, se fossem apenas vistas no monitor de um computador ou ecrã de um smartphone, não teriam qualquer impacto.

Para além de permitir criar o ambiente mais claustrofóbico e acanhado do interior de um avião, será praticamente impossível não começar a sentir "falta de ar à medida que se for vendo a água a encher o interior da fuselagem se não nos despacharmos a sair do avião.

... Neste caso trata-se de uma aplicação educativa deste tipo de tecnologia - mas facilmente se pode imaginar como os criadores de jogos irão tirar partido disto nos jogos e filmes para VR. (Só falta mesmo que o Facebook/Oculus VR avancem com uma data para o lançamento dos Rift... e de preferência com um preço que nem obrigue a que se pense duas vezes no assunto.)


topo

o olhar por detr√Ās do significado: a reifica√á√Éo de mim narc√ćsico

25-04-2015 | 13:20 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


No mundo das interações sociais vivemos o encontro de nós com os outros. E imersos em conflitos duais, vivemos relações a partir de nós mesmos. Mas, como materializar a busca por si sem transformar o outro como espelho? Como sobreviver à dualidade sem aniquilar nós mesmos e os outros?


Ler o artigo completo

topo

a apreens√£o do essencial em hilda hilst

25-04-2015 | 13:20 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Se estivesse viva, Hilda Hilst completaria 85 anos. Sua perseverança no combate à ditadura se esbatia em asilo aos elementos subversivos, mas também a uma estratégia simbólica que dinamitava a sociedade da época e todo o corolário preconceituoso que sustentava esse status desigual.


Ler o artigo completo

topo

uma série para chamar de minha

25-04-2015 | 13:20 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Girls me fez recalcular a rota. Superar perdas. Investir na minha sinceridade.


Ler o artigo completo

topo

50 anos de caravana farkas

25-04-2015 | 13:20 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A Caravana Farkas foi um conjunto de documentários feitos sobre as classes populares brasileiras, em tempos de Golpe Militar. Com um discurso de esquerda e entrando em lugares então inexplorados pelo cinema nacional, muitas dessas pérolas estão hoje no Youtube.


Ler o artigo completo

topo

a renovação é a lei da vida (o renovo da águia)

25-04-2015 | 13:00 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A existência humana passa por constantes atualizações, as quais não se pode fugir. A questão crucial são as constantes modificações que muitas vezes não acompanhamos. Quando isto acontece, nos tornamos incoerentes e contraproducentes, vivendo uma vida ultrapassada, sem sentido e significado. Precisamos evoluir, melhorar e progredir. A pior coisa que existe na vida é vivermos estacionados, em uma situação que passou ou que não existe mais. Precisamos ter a coragem de deixar para trás a bagagem que não nos serve mais. Chegou o momento de olhar para dentro de nós mesmos e questionarmos se é hora de renovarmos.


Ler o artigo completo

topo

Página 1 de 4352

Subscrever

Autores

Disclaimer

O Planet Geek não é responsável pelos seus conteúdos, apenas os replica a partir de cada blog.
Os artigos são da exclusiva responsabilidade dos seus autores.