Planet Geek

18 de Fevereiro, 2018

Xiaomi Mi A1 ganha Google Camera com HDR e EIS sem root

17-02-2018 | 21:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



Para se me melhorar a câmara do Xiaomi Mi A1 com a app da câmara da Google, era necessário ter  root ou perder a possibilidade de instalar as actualizações automáticas, mas agora isso fica resolvido com o novo instalador do Google Camera.


O processo ainda obriga a ter algum trabalho, mas já realiza todo o processo de desbloquear o bootloader, instalar e rebloquear o bootloader de forma automática. Desta forma, os utilizadores ficam com acesso à app, com os seus modos HDR+ e estabilização electrónica, sem que isto afecte o acesso às actualizações oficiais do sistema.

O melhor de dois mundos, portanto :D

topo

Nova vaga de ataques está a gerar Monero nos smartphones

17-02-2018 | 21:12 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Os smartphones podem não ter o mesmo poder de processamento que os computadores desktop, mas isso não impede os atacantes de tirarem partido deles para os por a render criptomoedas em seu benefício.

Falámos recentemente do Worm ADB.Miner, um malware que utiliza a capacidade de processamento do smartphone para gerar moeda digital. Mas agora há uma nova vaga de ataques que nem precisa de infectar o smartphone e que está a afectar milhões de pessoas. De acordo com o Malwarebytes, esta nova vaga de ataques redirecciona o utilizador para sites que vão tirar partido do poder de processamento do smartphone para gerar a Monero, tal como já tem acontecido com vários sites destinados aos computadores desktop.


Segundo esta empresa de segurança, este é um dos maiores ataques do género, fazendo com que milhões de utilizadores, tivessem inadvertidamente contribuído para gerar esta criptomoeda a favor dos atacantes. O ataque tanto pode ter origem em sites infectados para este efeito, ou através de aplicações modificadas que visam o mesmo fim.

Para se manterem em segurança, nada melhor que seguirem as regras mais básicas, como só instalar apps certificadas do Google Play (e mesmo assim... com todo o cuidado) evitando a todo o custo aplicações de fontes desconhecidas.

topo

Constrói uma lâmpada LED com padrões dinâmicos

17-02-2018 | 18:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Já vimos inúmeros projectos referentes a iluminação LED, mas hoje trago-vos um que poderá ser inspirador para coisas mais criativas... e mesmo ao gosto dos fãs de iluminação decorativa.

Embora este projecto possa servir como "lâmpada normal" com tonalidade branca, vermelha (ou qualquer outra ao vosso gosto), esta Living Art LED Lamp destaca-se dos sistemas normais por recorrer a um painel de 16x16 LEDs RGBW endereçáveis individualmente (se quiserem expandir ainda mais, também há de 22x22 LEDs).

Isto permite que, em vez de se limitar a dar uma única cor em toda a sua superfície, também se possa criar uma infinidade de efeitos luminosos dinâmicos, que tanto poderão funcionar como um género de simulação de uma "lava lamp", como adoptar qualquer estilo de efeitos que preferiam, com uma simples alteração dos padrões pré-programados ou dos algoritmos de controlo.

Considerando a "resolução" do painel de LEDs, nada nos impede sequer de também o podermos usar para mostrar as horas ou até, com um pouco mais de trabalho, notificações de coisas importantes. Como sempre... basta ter imaginação!


topo

Barco na Garrafa em LEGO já disponível

17-02-2018 | 16:28 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

Para os mais distraídos, relembro que já está disponível o fantástico barco na garrafa em LEGO.

Este projecto nascido do LEGO Ideas e que se tornou realidade graças ao apoio dos fãs é uma das criações mais originais dos últimos anos, e já está disponível na loja da LEGO - ou melhor dizendo, estaria se não estivesse esgotado, com a estimativa de envio para 5 de Março.

Ainda assim, não faltam vídeos que nos mostram este set Ship in a Bottle (21313) incluindo um vídeo da sua construção, em tempo real, ao longo de 1 hora e 50 minutos; e outro que condensa esse processo em cerca de 90 segundos, com recurso ao time-lapse.

... Obrigatório, tanto para os fãs de LEGO como para os fãs das embarcações nas garrafas. :)







topo

Nokia 7+ e Nokia 1 com Android One e Go revelados antes do MWC

17-02-2018 | 16:21 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

A HMD não dá sinais de abrandar com o seu regresso em força dos smartphones Nokia ao mercado, e a sua já numerosa família irá aumentar em breve com a chegada do Nokia 7+ e Nokia 1, que têm a particularidade de virem equipados com Android One e Android Go.


A aposta da HMD em lançar uma gama diversificada de smartphones Nokia, para todos os patamares de preço, a par do seu empenho em disponibilizar actualizações, parece estar a resultar. Segundo as últimas estatísticas de vendas os smartphones Nokia já atingiram 1% de quota de mercado, superando as vendas de muitos outros fabricantes no último trimestre. E se isso já seria motivo de preocupação para esses concorrentes... eis que terão que se preocupar ainda mais com a chegada destes dois novos modelos.

Tanto o Nokia 7+ como o Nokia 1 deverão ser apresentados oficialmente no MWC, sendo que a principal novidade do primeiro será a utilização do Android One, e no segundo teremos muito provavelmente o Android Go para melhor tirar partido do seu hardware limitado


Esta aproximação da HMD/Nokia a um Android "inalterado" será certamente mais um ponto a seu favor, especialmente tendo em conta que o mercado bem tem demonstrado a sua apetência por Androids não modificados - mesmo quando há marcas a apagar os inquéritos.

Teria piada é se fosse à custa do sucesso destes Nokia que mais fabricantes - finalmente - começassem a deixar de perder tanto tempo a adulterar o sistema e disponibilizassem smartphones com Android One, disponibilizando as suas eventuais "melhorias" via apps que os utilizadores pudessem instalar (ou remover) conforme bem entendessem.

topo

Alcatel vai apresentar 3 novos smartphones no MWC

17-02-2018 | 14:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A Alcatel, agora nas mãos da TCL, é um dos nomes que habitualmente se apresenta no MWC de Barcelona. Depois de ter levantado a ponta do véu aquando do CES de Las Vegas, não perdeu mais tempo e já anunciou a data oficial de apresentação dos seus novos smartphones.

Procurando obter o seu tempo de antena antes da internet ficar inundada pelos lançamentos mais mediáticos, a Alcatel antecipa-se à apresentação do Galaxy S9 da Samsung e vai apresentar oficialmente os Alcatel 1x, 3v e 5 no próximo dia 24.

Get ready for the new global lineup of Alcatel smartphones - coming Feb. 24. #AlcatelMobile #MWC2018 pic.twitter.com/bhPytYQMG1
— Alcatel USA (@alcatelmobileus) February 15, 2018
Na imagem publicada no Twitter, a Alcatel EUA apenas mostra a parte frontal dos três smartphones, havendo um deles que se destaca pelas margens laterais, quase inexistentes - sem que também nos outros se poderá esperar a utilização de um ecrã 18:9.

O Alcatel 1x está destinado à gama de entrada e deverá apresentar um preço na casa dos 100 euros. O Alcatel 3v ocupa o patamar seguinte, devendo situar-se nos 200 euros. E a estrela da companhia, o Alcatel 5 deverá ter um preço de venda entre os 200 e os 300 euros. Quanto a especificações, ainda nada se sabe, havendo por isso que aguardar por mais novidades daqui por uma semana.

topo

Lâmpada de tecto Xiaomi Yeelight LED a €59

17-02-2018 | 13:22 | A Minha Alegre Casinha | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A Xiaomi tem uma longa lista de produtos de iluminação, mas quem procurar algo mais adequado para iluminar uma divisão irá certamente parar a uma destas Yeelight de tecto.

Embora a Xiaomi tenha algumas lâmpadas inteligentes interessantes - como é o caso da Yeelight RGBW - quando se procura algo para iluminar um quarto ou sala, faz mais sentido optar por algo que dispense a necessidade de candeeiros adicionais... mas que simultaneamente permita o seu controlo remoto e integração no restante sistema Mi Home da Xiaomi. É aí que entra esta Yeelight Smart LED de tecto.

Actualmente disponível por 59.69 euros, esta lâmpada conta com 240 LEDs OSRAM que proporcionam uma iluminação natural e difusa, consumindo 28W e produzindo 2000lm. Embora não tenha a capacidade de adoptar qualquer cor do espectro RGB, pode no entanto ser ajustada para variar entre a tonalidade branco frio e branco quente (dos 2700 aos 6500K).


A lâmpada pode ser controlada por um interruptor de parede convencional, mas será mais adequado que se utilize o controlo remoto (incluído) que nos dá acesso a todo o tipo de ajustes, tanto a nível de luminosidade, como da tonalidade de cor, assim como activar um modo "nocturno" de baixa luminosidade; ou então usando a app no smartphone.

Caso disponham de um gateway Xiaomi (recomendado), poderão ainda integrá-la com toda a restante gama de acessórios e sensores, e criar as regras de automação que desejarem: por exemplo, acender quando for detectado movimento por um sensor de movimento no local onde a instalarem; apagar automaticamente se não for detectado movimento durante determinado tempo; mudar a tonalidade a determinada hora da noite; etc. etc.


Se não tiverem interesse na parte da automação, também podem espreitar esta lâmpada LED de tecto mais económica, de 18W, por apenas 16 euros.

topo

ExperiĂŞncias Airbnb chegam Ă  cidade do Porto

17-02-2018 | 12:01 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Qualquer pessoa que ande pelas ruas do Porto poderá constatar que não há falta de turistas, e agora, quer seja para turistas ou para os próprios locais, ficam à disposição uma série de "Experiências no Porto" da Airbnb.

A Airbnb anuncia hoje o lançamento das Experiências no Porto, adicionando a possibilidade de reservar atividades locais às milhares de casas anunciadas na sua plataforma de partilha de alojamentos. Estas novas atividades permitirão aos portuenses tornarem-se microempresários e empreendedores, participando e beneficiando do turismo através da partilha dos seus interesses e paixões com turistas de todo o mundo. Para os visitantes, as Experiências são uma forma original de descobrir diferentes zonas da cidade, mergulhando nas comunidades locais, enquanto que para as cidades é uma forma eficaz de diversificar o turismo para longe dos centros urbanos sobrelotados. Estas atividades são também uma ótima maneira para os moradores locais descobrirem novas paixões e conhecerem novas pessoas.

A partir de hoje os visitantes e os moradores locais podem escolher entre mais de 30 Experiências baseadas no Porto, possíveis de reservar através da plataforma Airbnb e projetadas e lideradas por especialistas locais. Os anfitriões destas experiências - incluindo residentes locais, agências de viagens e guias turísticos profissionais - estão a registar-se com regularidade nesta plataforma, de modo a aderir aos padrões de qualidade da Airbnb.

Alguns destaques de Experiências já disponíveis na cidade do Porto, incluem:

Caminhe ao longo da Ponte ao Nascer do Sol:

Os viajantes irão subir 262 degraus para alcançar o topo da Ponte da Arrábida e desfrutar de um saboroso pequeno-almoço enquanto observa o nascer do Sol, com as vistas mais deslumbrantes da cidade.

Porto, uma viagem no tempo:

Um passeio inesperado pela cidade levará os hóspedes a uma degustação histórica através das especialidades gastronómicas trazidas pelos marinheiros desde 1415.

Bike & Bites Porto:

Passeie de bicicleta ao longo do rio para admirar a beleza histórica do Porto, enquanto segue por desvios para experimentar algumas das iguarias mais apreciadas da cidade.

Vila Piscatória:

Após um curto passeio num Peugeot 403 de 1959, os viajantes descobrirão os segredos de uma vila de pescadores no estuário do rio Douro e a beleza da sua reserva natural.


A comunidade do Porto, incluindo pessoas individuais, guias profissionais e agências de viagens dispostos a hospedar uma experiência única e exclusiva, pode solicitar a listagem em: www.airbnb.pt/host/experiences.

topo

Foto de um único átomo vence prémio

17-02-2018 | 11:01 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Os átomos costumam ser aquela coisa abstracta, que acreditamos que existem porque a ciência nos diz que estão lá: mas agora, temos mais uma fotografia que nos mostra isso mesmo.

Quem se sentir fascinando pela exploração do espaço microscópico já terá pensado em como seria ir espreitando coisas cada vez mais pequenas, indo para além das coisas no limite da nossa visão, passando por bactérias e vírus... até chegarmos aos próprios átomos que compõem a matéria.

É todo um estranho mundo onde as coisas nem sempre parecem comportar-se de forma "natural"... mas não menos impressionante é saber que há forma de se fazer com que um único átomo seja visível "à vista desarmada"... ou assim seria, se a sua ténue luz não obrigasse a uma exposição de longa duração para ficar registada na fotografia que se segue.


Aquele pequeno ponto luminoso que vemos suspenso entre dois eléctrodos é um átomo!

A foto, apropriadamente chamada de "Single Atom in an Ion Trap" foi captada por David Nadlinger, da Universidade de Oxford, e venceu uma competição organizada pelo Engineering and Physical Sciences Research Council (EPSRC) no Reino Unido. Só podemos dizer que é plenamente merecido. :)

topo

SETI também se queixa da falta de GPUs devido às criptomoedas

17-02-2018 | 10:01 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


E se o fenómeno das criptomoedas nos fizesse perder a oportunidade de reconhecer e identificar emissões de vida extra-terrestre? É isso mesmo que se queixa o SETI.

Não são só os jogadores nos PCs que têm sido afectados pela falta de placas gráficas no mercado, que têm sido compradas "em volume" por quem se dedica a gerar criptomoedas; também o SETI - o projecto que se dedica a procurar sinais de vida inteligente extra-terrestre - diz ter o mesmo problema.

Os mesmo GPUs que aceleram os gráficos 3D dos jogos e as complicadas equações matemáticas das criptomoedas também aceleram o processamento dos sinais de rádio recebidos pelos rádiotelescópios que escutam todas as emissões vindas do universo... mas para isso seria necessário conseguir encontrar as respectivas placas gráficas, coisa que continua a ser bastante difícil (e as que se encontram, muitas vezes têm preços exorbitantes.)

Infelizmente, suspeito que a maioria dos humanos estará mais interessada na perspectiva de ficar milionária por conta das criptomoedas, do que preocupada com sinais extra-terrestres - haverá até, certamente, quem acuse o trabalho feito pelo SETI de ser um desperdício de recursos, que melhor seriam dedicados a outras tarefas mais "terrestres", como o Folding@Home ou equivalentes.

topo

Asus lança novo ZenFone Max

17-02-2018 | 09:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Há muito que a Asus optou por inundar o mercado com smartphones para todos os gostos e feitios. Basta olhar para o seu portefólio para facilmente se identificar vários ZenFone para os mesmo segmento de mercado.

ZenFone Max, é esta a nova série de smartphones Asus, que se inicia com o lançamento do ZenFone Max Plus (M1). Como não poderia deixar de ser, este é um smartphone com ecrã "grande" e uma generosa bateria, imagens de marca dos ZenFone Max.


A ASUS anuncia a chegada do ZenFone Max Plus (M1), o primeiro modelo da nova série ZenFone Max – a única linha de smartphones que prima pela elevada capacidade de bateria. O ZenFone Max Plus é o primeiro smartphone ASUS com ecrã full-view de 5,7 polegadas num corpo incrivelmente compacto que não ultrapassa a largura dos smartphones standard de 5,2 polegadas.


Com uma área de visualização mais ampla, um tamanho reduzido, um sistema de duas câmaras traseiras, um sistema de segurança com reconhecimento facial, sensor de impressões digitais e uma bateria potente de 4130mAh – uma verdadeira referência desta nova série de smartphones – o ZenFone Max Plus tem características notáveis que pretendem abranger todas as aventuras da vida. Permite que os amantes de fotografia tenham uma visão mais ampla para desfrutarem de várias opções criativas – tudo isto num corpo metálico, design ergonómico e confortável de segurar.


A nova série ZenFone Max

A nova série ZenFone Max é uma gama dedicada a smartphones de elevada potência. As gerações antecedentes de modelos individuais ZenFone Max tornaram-se nos smartphones mais vendidos da ASUS, nomeadamente o ZenFone Max, ZenFone 3 Max, ZenFone 4 Max e ZenFone Max Pro conseguindo um volume de vendas correspondente a cerca de cinco milhões de unidades. A nova série ZenFone Max irá incluir produtos com vários tamanhos de ecrãs e processadores mas o ponto diferenciador será sempre as duradouras baterias de elevada potência.


Ecrã Max

O ecrã Full HD full-view de 5,7 polegadas do ZenFone Max Plus tem um rácio ultrawide de 18:9 e uma moldura super fina que proporciona um rácio estrutura/ecrã de 80%. Isto permite que o smartphone tenha um corpo compacto e ergonómico, que não ultrapassa a largura standard de um 5,2 polegadas.

A área de visualização ampla torna a experiência de visualizar fotografias e vídeos incrivelmente envolventes e reduz a necessidade de fazer scrolling. É possível abrir duas apps em simultâneo, uma vez que cabem lado-a-lado no ecrã.

O tamanho fino e elegante, o acabamento de metal premium e os cantos curvos frontais de 2,5D do ZenFone Max Plus tornam-no extremamente confortável de segurar, com menos volume comparativamente a um telemóvel standard de 5,7 polegadas. Está disponível em três cores deslumbrantes para combinar com o estilo do utilizador: preto profundo, dourado tipo sol e azul prata.


Fotos Max

Com o ZenFone Max Plus, os apaixonados por fotografia podem usufruir de possibilidades criativas imperdíveis. Para além da câmara de selfie de f/2,0, o ZenFone Max Plus vem equipado com um sistemas de duas câmaras traseiras para elevar o patamar das fotografias móveis. A sua câmara de 16MP PixelMaster vem com uma lente panorâmica de f/2,0 para captar fotografias mais brilhantes e um sistema de autofoco (PDAF) que consegue focar objetos em movimentos em apenas 0,03 segundos.

A câmara secundária ampla de 120º capta um cenário mais amplo em 200% comparativamente às câmaras standard de smartphones, permitindo incluir mais pessoas/elementos ou um quadro maior para conseguir as melhores fotografias de paisagem e uma experiência de fotografia mais conveniente em espaços interiores limitados.




Potência Max

A imagem de marca da série ZenFone Max é a sua elevada capacidade de bateria, pensada para viajantes e todos aqueles que requerem uma bateria altamente duradoura. O ZenFone Max Plus tem uma potência de bateria de 4130mAH que proporciona um enorme poder, contribuindo também para uma dimensão incrivelmente compacta.

Garante até 26 horas em standby, 26 horas de tempo de conversação 3G, até 21 horas de navegação na web com Wi-Fi, ou até 13 horas de visualização de vídeos. A sua capacidade estrondosa permite que seja utilizado como power bank para carregar outros dispositivos.

O sistema de bateria no ZenFone Max Plus é potenciado pela ASUS PowerMaster, uma tecnologia de gestão de potência inteligente que otimiza a vida da bateria, assegurando uma performance segura e a longo prazo, proporcionando a capacidade de carregamento de outros equipamentos e muito mais. 12 pontos de verificação – nomeadamente a monitorização de temperatura e proteção contra a sobretensão – juntamente com ferramentas de manutenção automáticas, mantêm a bateria do ZenFone Max Plus a funcionar de forma eficiente, resultando numa esperança de vida duas vezes mais longa comparativamente a outras baterias de smartphone.


Segurança Max

O ZenFone Max Plus é o primeiro ZenFone – e dos poucos da sua gama – com Face Unlock, que permite aos seus utilizadores uma alternativa rápida, segura e conveniente ao sensor traseiro de impressão digital para desbloquear o smartphone quando se está a usar luvas ou perante condições climatéricas desfavoráveis.


DISPONIBILIDADE E PREÇO

O ASUS ZenFone Max Plus já está disponível em Portugal por PVP recomendado de 299,99 euros.



ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

Design

Chassis de metal com vidro 2.5D-arc

Ecrã full-view com moldura fina de 2,47 mm

Ecrã Full HD de 5,7 polegadas num corpo de 5,2 polegadas

Ecrã

Ecrã Full HD (2160 x 1080) IPS de 5,65 polegadas

Rácio de aspeto 18:9

Luminosidade 400cd/m2

Rácio de estrutura/corpo de 79.8%

Painel touch de 5-point com suporte Glove Touch

CPU/GPU

Processador MediaTek MT6750T octa-core de 1.5GHz

Mali T860

Memória

Até 4GB RAM

Armazenamento até 64GB

Sistema de Duas Câmaras

Câmara Frontal: 16MP / f/2.0 lente panorâmica

Câmara Principal: 16MP / f/2.0 lente panorâmica com 0,03s PDAF

Câmara de Visão Ampla: 8MP / 120° de visão ampla de 6 elementos

Características da Câmara: ferramentas PixelMaster 4,0 incluindo: modo Auto com HDR / modo Pro / modo Beauty / Super Resolution / Panorâma / animações GIF / Time Lapse

GPS

GPS

A-GPS

GLONASS

BDS

Tecnologia Wireless

802.11b/g/n dupla banda Wi-Fi

Wi-Fi Direto

DC-HSPA+ (DL/UL): 42/5,76Mbps

LTE-Cat 6 (2CA)

Conectividade

Bluetooth® 4,0

Micro USB

Cartão SIM e porta SD

Três portas com dois SIM, duplo 4G + 3G standby

Porta 1: Nano SIM (2G / 3G / 4G)

Porta 2: Nano SIM (2G / 3G / 4G)

Porta 3: cartão Micro SD (até 256GB)

Segurança

Sensor de impressões digitais traseiro com 5 dedos, reconhecimento 360º e 0,5 segundos para desbloquear

Reconhecimento facial para uma maior conveniência e segurança

Sistema operativo

Android™ 7.0 with Zen UI 4.0

Bateria

Bateria de elevada potência de 4130mAh

Até 26 dias em standby

Até 26 horas em tempo de conversação 3G

Até 21 horas de navegação na internet com Wi-Fi

Até 13 horas de visualização de vídeos

2 vezes maior tempo de vida com o PowerMaster

Áudio

ASUS AudioWizard

Coluna 5-magnet

Dimensões e Peso

73 x 152,6 x 8,8mm

160gr



As especificações, conteúdo e disponibilidade de produto estão sujeitos a alterações sem aviso prévio e poderão diferir de país para país. O desempenho real pode variar dependendo das aplicações nível de uso, ambiente e outros fatores.

topo

Facebook promove utilização do Onavo (VPN) para "maior protecção"

16-02-2018 | 21:09 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A questão da confiança e privacidade voltam a ser postas em causa com a app do Facebook a recomendar a utilização do serviço de VPN da Onavo (que lhe pertence), e que sido equiparada à instalação de verdadeiro spyware no smartphone.

Eu não chegaria ao ponto de dizer que utilização do Onavo é spyware, mas a verdade é que nesta fase nem eu me sentiria confortável a utilizar esse serviço, por pertencer a quem pertence (Facebook). Para quem por cá anda há algum tempo, poderá recordar-se que o Onavo ganhou popularidade ao ser um dos primeiros serviços que permitia aos utilizadores iOS terem uma contabilização dos dados gastos discriminado por app - isto numa altura em que o iOS estava longe de disponibilizar isso de raiz (o que felizmente, já faz). Essa contagem era feita através do reencaminhamento dos dados mobile através da VPN da Onavo, o que lhes permitia analisar o tráfego para fazer essa contabilidade discriminada... o que por um lado podia ser encarado com uma medida de segurança adicional - ao se usar uma VPN - mas simultaneamente também estando a ceder dados sobre a utilização que fazemos de cada app.

Ora, quando o Facebook comprou a Onavo, facilmente se imaginar em qual das componentes estaria interessado. Aliás, o Facebook já foi acusado publicamente de usar os dados obtidos pela Onavo para espiar os seus rivais. Pelo que este novo incentivo a que os utilizadores do FB usem o Onavo para "estarem protegidos" tem tudo para fazer tocar todos os sinais de alerta que possam existir.

É que para além de tudo o que o Facebook já sabe dos utilizadores ao usarem a sua app e serviço (e também um pouco por toda a web, por conta dos scripts de tracking que existem em todas as páginas que tenham botões de like), com o Onavo o Facebook passa a saber também o que fazem a qualquer instante com o seu smartphone, mesmo quando não estão a usar a app do Facebook - nomeadamente, se estão a dar mais / menos uso a apps concorrentes, e se isso será motivo para preocupação.


Por várias vezes já alertamos para o facto de que, se por um lado é cada vez mais conveniente usar uma VPN para se ter um acesso mais descansado aos dados quando se está fora de casa, há que estar consciente que a escolha desse serviço requer que se confie plenamente no mesmo. Para quem não estiver disposto a isso, talvez o melhor seja explorar a criação da sua própria VPN em casa, para aceder através dela mesmo quando está fora, e assim será menos uma incógnita na longa cadeia de variáveis que nos permitem estar ligados ao mundo.

... E principalmente, não estando a usar uma que nos é sugerida pela rede social que mais dados vai recolhendo sobre os seus utilizadores!

topo

OpenSSL Serious Security Bug: Does it Affect Your PHP sites?

16-02-2018 | 20:55 | Manuel Lemos | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

By Manuel Lemos
Just a few days ago it was publicly announced a serious security bug called Heartbleed that affects secure sites based on the OpenSSL library.

Read this article to learn more about this security problem, how to test if your Web server or SSH server is vulnerable, how it may affect your PHP sites, what you should do to fix the problem.

topo

Nova vaga de ataques está a gerar Monero de forma ilegítima

16-02-2018 | 18:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Falar de malware e segurança é algo comum aqui no blog, nada melhor que debater os assuntos, para que se possa ao máximo evitar cair nos erros que por vezes até são das coisas mais simples de evitar.


Falámos recentemente do Worm ADB.Miner, um malware que utiliza a capacidade de processamento do smartphone para gerar moeda digital. Pese embora este mercado não esteja a passar por uma boa fase, continua a ser algo bastante apetecível para os amigos do alheio, pois nunca se sabe o que daqui poderá vir a sair.


De acordo com o Malwarebytes, esta nova vaga de ataques redirecciona o utilizador para sites que vão tirar partido do poder de processamento do smartphone, para gerar a Monero, uma das muitas moedas digitais actualmente no mercado.

Segundo esta empresa especializada em segurança, este é um dos maiores ataques do género, tendo já afectado milhões de utilizadores, que inadvertidamente se viram obrigados a gerar esta cryto-moeda. O ataque tanto pode ter origem em sites infectados para este efeito, ou através de aplicações modificadas que visam o mesmo fim.

Para se manterem em segurança, nada melhor que seguirem as regras mais básicas, como só instalar apps certificadas do Google Play, evitando a todo o custo aplicações de fontes desconhecidas.

topo

Snapdragon 845 supera largamente Snapdragon 835

16-02-2018 | 18:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

A cada ano espera-se que exista um "salto" na evolução dos SoC mobile, e para 2018 a Qualcomm aposta tudo no seu Snapdragon 845 para dominar no segmento dos smartphones topo de gama.


A Qualcomm ainda continua a deter uma posição muito confortável no mercado dos smartphones, mas o seu processador destinado aos topo de gama já foi ultrapassado pela Huawei. Em poucos anos, o processador Kirin foi alvo de uma evolução notória a todos os níveis, conseguindo nesta altura enfrentar os Snapdragon sem qualquer complexo.

Esta foi uma excelente notícia para os consumidores, que viram crescer o número de alternativas neste segmento de mercado. A presença de um concorrente de peso tem a vantagem de obrigar todos os outros fabricantes a se empenharem ao máximo, beneficiando os ditos consumidores.


Olhando para os resultados dos testes apresentados na imagem em cima, poderia pensar-se que os ganhos no processamento do CPU chegam ao 53%, mas este valor corresponde à soma do resultado do teste com um núcleo com o multi-núcleos. Assim, em single-core, no caso dos dados que supostamente são de um Mi Mix 2S, os ganhos são de 30% no single-core (as melhorias que mais se farão sentir no desempenho em utilização normal no dia a dia), e 22% no multi-core,.

Na GPU temos ganhos entre os 10 e 38%, na interface, chega a haver uma diferença de 58%, o que representa uma melhoria substancial relativamente ao Snapdragon 835. Esperamos poder confirmar estes resultados já no final do mês, com a apresentação de novos smartphones no MWC, mas tudo indica que o Snapdragon 845 será um excelente passo em frente face ao chip anterior.

topo

Alcatel 1x, 3v e 5 vĂŁo ser apresentados no MWC de Barcelona

16-02-2018 | 17:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A Alcatel, agora nas mãos da TCL, é um dos nomes que habitualmente se apresenta no MWC de Barcelona. Depois de ter levantado a ponta do véu aquando do CES de Las Vegas, a Alcatel EUA não perdeu mais tempo e já anunciou a data oficial de apresentação dos seus novos smartphones.


Dia 24, antecipando-se a enxurrada de apresentações dos dias seguintes, a Alcatel vai apresentar oficialmente três novos smartphones, os Alcatel 1x, 3v e 5.

Get ready for the new global lineup of Alcatel smartphones - coming Feb. 24. #AlcatelMobile #MWC2018 pic.twitter.com/bhPytYQMG1
— Alcatel USA (@alcatelmobileus) February 15, 2018
Na imagem publicada no Twitter, a Alcatel EUA apenas mostra a parte frontal dos 3 smartphones, havendo um deles que se destaca pelas margens laterais, quase inexistentes.

O Alcatel 1x está destinado à gama de entrada e deverá apresentar um preço na casa do 100€. O Alcatel 3v é um gama média baixa, ficando-se por isso pelos 200€. A estrela da companhia, o Alcatel 5 deverá ter um preço de venda entre os 200 e os 300€. Quanto a especificações, ainda nada se sabe, havendo por isso que aguardar por mais novidades.

topo

Kit de iniciação Arduino por €49.99

16-02-2018 | 17:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Criar os nossos próprios produtos electrónicos, a fazerem exactamente o que nós queremos, é algo que actualmente é mais acessível que nunca, e kits de iniciação como este que vos trago hoje são o ideal para dar o primeiro passo num caminho do qual provavelmente nunca irão querer sair.

Não será preciso recuar muito para que se chegue a um tempo em que criar um qualquer sistema electrónico era algo só acessível a quem tivesse acesso a formação específica e equipamento especializado. Hoje em dia, felizmente, não é o caso - e a internet veio facilitar o acesso a informação que antigamente obrigaria a ter comprado centenas e centenas de revistas e livros.

O Arduino é uma das pedras basilares para a criação de projectos electrónicos, e temos acesso a kits de iniciação bastante completos por um preço que me parece bastante aceitável (neste caso, 49.99 euros, mas havendo kits mais económicos para quem não quiser "tanta coisa", como este a 25 euros neste momento).

No caso deste kit completo, temos praticamente de tudo o que se possa precisar para todo o tipo de projectos: ecrã LCD, teclado de membrana, sensores de ultra-sons, sensores de movimento e luminosidade, tag NFC, relés, motores, enfim... material - e projectos exemplo - que serão suficientes para nos ocupar durante meses.

... Em jeito de alerta, aviso já que o maior problema deste tipo de kits é que inevitavelmente nos dará inspiração para fazer mais e mais coisas, e não têm necessariamente que ser mais ambiciosas. Por vezes os projectos mais recompensadores são aqueles que nos permitem resolver as coisas mais básicas e simples que nos possam "chatear" no dia a dia. Por exemplo, algo como criar um avisador que nos possa enviar uma notificação quando alguém colocou algo na nossa caixa do correio (nesse caso provavelmente optando por um ESP8266, mas que em nada invalida que estes primeiros passos sejam dados com um Arduino Uno).

topo

NotĂ­cias do dia

16-02-2018 | 16:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

Google remove "ver imagens" da pesquisa por imagens; os problemas com caracteres continuam a perseguir a Apple, com mais um que pode encravar iPhones, Macs e até o Apple Watch; a OnePlus repetiu o inquérito eliminado pela Xiaomi (mas sem o apagar); temos em promoção a Xiaomi Yeelight LED a €59; e o Facebook está a perder influência face ao Google - e isso explica muita coisa.

Antes de passarmos às notícias do dia, não se esqueçam que esta semana temos para vos oferecer uns headphones Bluetooth dobráveis.

Coinbase levantou dinheiro indevidamente das contas dos utilizadores




A Coinbase está a braços com uma situação muito desagradável, depois de alguns clientes terem descoberto que a empresa lhes tinha retirado dinheiro das contas sem qualquer justificação. A Coinbase já veio dizer que se tratou de um erro devido a uma alteração feita pelos bancos e empresas de cartões de crédito, que pretendem penalizar as transferências e pagamentos para serviços de criptomoedas; mas entretanto a VISA já veio dizer que não houve qualquer alteração e que a culpa será mesmo da Coinbase .

... Bem, o que interessa é que a situação fique rapidamente resolvida (a Coinbase diz estar a fazer todos os reembolsos) para quem foi afectado por isso; havendo pessoas que com estes débitos repetidos ficaram com as contas negativas e sem dinheiro para fazerem alguns dos pagamentos mensais que tinham agendados.


Apple ficou com 51% das receitas do mercado nos smartphones



A Apple pode não vender iPhones em volume capaz de competir com todos os seus concorrentes, mas isso torna-se irrelevante quando a marca consegue obter 51% das receitas do sector - isto para estimativas referentes ao último trimestre de 2017. Em segundo lugar temos a Samsung com 15.7%, e em terceiro lugar a Huawei com 7%.

Estamos a falar da receita... se formos ver os lucros, então essa percentagem será seguramente superior!


A praga dos vídeos estáticos com "chuva transparente" do Facebook



A minha reduzida utilização do Facebook ainda não me fez aparecer nenhum destes vídeos, mas aparentemente a rede social está a ser invadida por estranhos vídeos com uma imagem e elementos transparentes a mexerem-se sobre a mesma. Isto deu azo a inúmeras teorias, mas a verdade é que se trata apenas de uma forma dos promotores de conteúdos virais enganarem o Facebook.

O Facebook tem feito forte aposta no vídeo, e o seu algoritmo dá prioridade a esse tipo de conteúdos. Isso fez com que os promotores de "memes" começassem a divulgar as suas imagens em formato vídeo - coisa que o Facebook começou a detectar e a penalizar. Daí que agora se tenha um novo estilo de vídeo de imagens estáticas, onde os triângulos ou outros elementos transparentes servem apenas para enganar o sistema de detecção deste tipo de vídeos...


MIT cria sistema de navegação rápida de drones em ambientes cheios de obstáculos


Hoje em dia é possível ter drones a navegar autonomamente pelo meio de florestas e outros sítios complicados, mas isso é feito devagar, com o drone a tentar mapear cuidadosamente tudo o que tem à sua volta. Quando o objectivo é "andar depressa" as coisas torna-se mais complicadas, mas investigadores do MIT inventaram uma solução: o NanoMap.

O sistema assume desde logo que não conseguirá lidar com todos os potenciais obstáculos a cada instante, mas vai acumulando a informação recolhida a cada instante com aquela que já foi recolhida nos instantes anteriores, para se tentar manter dentro do "corredor de segurança" que pensa ser o que melhores probabilidades lhe dá de avançar sem colidir com nada. E assim consegue fazê-lo a velocidade bastante superior à de outros sistemas de navegação.




Curtas do dia


Resumo da madrugada

topo

Samsung suspende Android 8.0 para o Galaxy S8

16-02-2018 | 16:21 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


O lançamento das actualizações para o Android 8.0 parece estar difícil, e agora é a vez de também a Samsung suspender a actualização que já estava a ser disponibilizada para o Galaxy S8.


Foram já vários os fabricantes que começaram a lançar a actualização para o Android 8 para os seus equipamentos... para depois as suspenderem (mesmo quando se tratavam de versões que tinha tido direito a testes beta), demorando mais algum tempo até que as disponibilizassem de forma definitiva. E agora também a Samsung se junta ao clube, ao suspender o Android 8 para o Galaxy S8.

Embora não tenha sido dada qualquer explicação, o problema não parece ser grave ao ponto da Samsung recomendar que quem já tiver feito a actualização reverta para a versão anterior do Android, pelo que o mais provável é que seja apenas algum detalhe ou problema que ocorra com frequência reduzida - embora também se possa dar o caso da Samsung simplesmente ser supersticiosa e não querer lançar uma actualização com a referência: G950/G955-FXXU1CRAP.

É uma questão de esperar que o Android 8.0 volte a ser disponibilizado para os S8... e se possível acompanhado por uma explicação sobre o motivo desta suspensão inesperada.


topo

Análise BQ Aquaris V

16-02-2018 | 15:30 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


O Aquaris V inaugurou uma nova gama de equipamentos, estando nesta altura disponível em quatro versões, duas lançadas inicialmente, a V e V Plus e, mais recentemente, a VS e VS Plus. Todos eles com ecrã 2.5D, corpo metalizado, carga rápida e NFC. Tendo em conta que se tratam de equipamentos de gama média-baixa, este é um conjunto de especificações bastante interessante.


O Aquaris V


A BQ opta nesta gama Aquaris V por uma estratégia que já utilizou anteriormente, os quatro modelos partilham grande parte das características, havendo apenas algumas diferenças entres eles, o que permite aos utilizadores optarem por as funcionalidades/especificações que considerem mais importantes. O V Plus distingue-se do do V pelo ecrã, 5,5" Quantum Color FullHD no primeiro, 5,2" HD no segundo. Os dois smartphones da série V têm um processador Qualcomm Snapdragon 435, os VS têm Snapdragon 430.


Se a explicação foi pouco clara, o quadro resumo em cima poderá ajudar a esclarecer as possíveis dúvidas. A série VS perde um pouco no CPU mas ganha na memória e talvez mais importante ainda, no preço, que fica um pouco abaixo do praticado para os dois Aquaris V.



No caso da unidade de testes, temos a versão Aquaris V. Temos um ecrã HD de 5,2HD, processador Snadragon 435, 3GB de RAM e 32GB para armazenamento, expansível através de microSD, se utilizarem apenas apenas um cartão SIM, câmaras de 12MP e 8MP, e bateria 3100mAh. Corre Android 7.1.2 com actualização garantida para Android 8 Oreo.



Dentro da caixa, além do smartphone, encontramos o carregador, cabo USB (ainda micro USB...), documentação de referência e o clip para a instalação dos cartões SIM e microSD. Como tem sido hábito nos modelos mais recentes da BQ, os auriculares não fazem parte da lista de acessórios.



Na zona superior temos um microfone e a saída de som para um jack de 3,5mm, em baixo, outro microfone, porta microUSB e grelha para saída de som.


À esquerda, encontra-se o slot para os cartões SIM e microSD, à direita, botões de power e volume.




Na frente, encontramos ainda aquela que tem sido uma das imagens de marca da BQ. Não é por acaso que os ícones normalmente associados à barra de navegação (triângulo, círculo e quadrado) são substituídos por dois pontos a enquadrarem ao centro, o logótipo da BQ. O facto destes botões não serem retro-iluminados, pode dificultar a utilização do equipamento, especialmente em zonas com pouca luz.

Tendo em conta que os ecrãs FullView com margens reduzidas estão a ser uma tendência, aguarda-se com curiosidade a opção que a BQ terá de fazer ao optar por um ecrã deste tipo, onde a ausência de espaço obriga forçosamente a que os botões físicos tenham de dar lugar aos virtuais. Será que o facto de o público espanhol preferir os botões físicos irá adiar a chegada dos ecrãs FullView aos smartphones da BQ?

Em utilização



Comecemos pelo software, área em que a BQ tem posto em prática uma política muito interessante. Ao invés de andar a alocar recursos para o desenvolvimento de uma interface, a BQ prefere apostar num Android muito próximo daquilo que a Google disponibiliza no Android AOSP. Quem pretender um layout mais aprimorado, pode sempre optar por um dos muitos launchers que estão disponíveis no Google Play.




 Em termos de desempenho, não há lugar a surpresas. O Snapdragon 435 não faz milagres, mas também não compromete. É suficiente para uma utilização sem compromissos, mas sem lugar a grandes velocidades. O armazenamento é algo lento em escrita, pelo que vão ter de esperar mais algum tempo, sempre que instalarem novas aplicações.

O sensor de impressão digital é preciso, mas mais uma vez, dá a ideia que tem um atraso na resposta, com o ecrã a levar algum tempo a ligar. Estamos a falar de fracções de segundo, nada de muito importante, apenas é um atraso que se faz notar quando comparado com outros sensores de impressão digital.


A câmara




A interface da câmara é a que a BQ tem vindo a utilizar nos últimos anos. Em cima, os modos de operação, com panorâmica, fotografia, vídeo e fotografia "em movimento", com timelapse, câmara lenta e câmara rápida. Em baixo, duas zonas, uma primeira com o controlo do flash, temporizador, linhas de enquadramento, modo HDR e configurações e uma segunda com o atalho para as fotografias, botão de disparo e mudança entre câmara traseira e frontal. De salientar ainda a possibilidade de esconder a primeira linha de ícones e um modo manual para controlo dos diferentes parâmetros da fotografia.

Em termos de resultados, não se podem pedir milagres neste segmento de preço. Com boa iluminação, as imagens captadas apresentam resultados aceitáveis, com pouca luz, há que saber viver com o flash. Para os fãs das selfies, a presença de um flash frontal, pode ser uma opção a ter em conta, nos cenários com pouca luz.


Apreciação final



A série Aquaris V e VS da BQ constitui-se como uma opção interessante para quem procura um smartphone para uma utilização pouco intensiva, como será a grande maioria da população. Além de disponibilizar um desempenho agradável, tem ainda a vantagem de apresentar uma boa qualidade de construção. O corpo em metal dá-lhe uma solidez que transmite segurança, com um toque bastante agradável na mão, a fazer lembrar o OnePlus 5, que está num segmento de preço bem diferente deste Aquaris V. Como aspecto menos positivo, o peso, com as 20, 30g a fazerem-se notar face a outras propostas no mesmo segmento.

Com um preço a começar nos 209,90€, é uma aposta segura para quem procura um equipamento competente, por um preço sempre simpático. Com a chegada dos modelos VS, há que verificar qual o que melhor serve os interesses de cada um. Pelo acima exposto, este Aquaris V é merecedor de um distinto QUENTE.



BQ Aquaris V

Quente


Prós
  • Qualidade de construção
  • Relação qualidade/preço


Contras
  • Sensor de impressão digital algo lento
  • Peso 
  • Ligação microUSB

topo

A festa e a cidade

16-02-2018 | 14:53 | Gonçalo Sá | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

É uma das surpresas televisivas da temporada: "SUBSOLO", a nova websérie da RTP, traz um retrato da juventude lisboeta (ou parte dela) mais solto e credível do que grande parte da ficção nacional enquanto mostra como aliar o conceito ao formato. E nem pede muito tempo em troca...

 

Subsolo

 

"Verão Danado", o primeiro filme de Pedro Cabeleira, deu que falar no ano passado ao procurar novos olhares sobre jovens portugueses do aqui e agora, com o aqui a centrar-se no lado mais hedonista da noite de Lisboa. E partindo da espontaneidade do elenco e de uma energia visual invulgar no cinema que se faz por cá, conseguiu distinções fora de portas (como no Festival de Locarno), conquistando um espaço próprio no retrato de uma certa juventude urbana e contemporânea - e até aí sem muita expressão no grande ou pequeno ecrã.

 

Mas Cabeleira não parece estar sozinho, como o confirma a nova aposta da produtora Videolotion, à qual está associado. "SUBSOLO", a terceira websérie da RTP, aproxima-se de alguns ambientes desse filme e volta a mergulhar em alguns espaços da capital pouco frequentados por outras produções - elegendo os arredores da Avenida Almirante Reis como cenário. E até o faz com um equilíbrio que "Verão Danado" não era capaz de manter, já que passava de um arranque envolvente e com rasgo para uma segunda hora repetitiva e exasperante.

 

Subsolo João

 

Propondo cinco episódios de pouco mais de dez minutos cada, cada um centrado numa personagem diferente (e todas entre os 16 e os 26 anos), a websérie adopta um formato narrativo em mosaico que, não sendo original, serve bem o olhar amplo q.b. sobre a geração "millennial", nascida depois de 1990. A unir as histórias individuais está uma festa em casa de um dos protagonistas, momento-chave de todos os capítulos que contribuiu para a coesão do conjunto - embora cada episódio possa ser visto isoladamente.

 

O apelo da festa é, aliás, o motor dos retratos iniciais, o que chega a sugerir que "SUBSOLO" até está demasiado próximo de "Verão Danado", limitando-se a funcionar como mera variação. E, pior, que ameaça escorregar para a irreverência inconsequente de "Casa do Cais", a frustrante websérie anterior da RTP (vendida como a primeira série LGBTQ nacional mas no fundo a resultar numa colecção de estereótipos sem graça nem alma). "Amor Amor", o novo (e meritório) filme de Jorge Cramez, também é outro ponto de contacto possível, sobretudo nas cenas de celebração colectiva regadas a álcool, música e dança.

 

Subsolo Nazim

 

Mas como acaba por ir revelando, "SUBSOLO" está afinal pouco interessada em fazer a apologia de um hedonismo desenfreado, embora também se mantenha longe de um moralismo (muito televisivo) que procure condená-lo. Propõe antes um olhar justo e atento de uma Lisboa descrita como "marginal e alternativa", aceitando várias perspectivas narrativas mas também culturais, pessoais e emocionais - através de protagonistas com experiências e prioridades mais vastas do que o início da série dá a entender.

 

Essa abertura é especialmente conseguida nos dois últimos episódios, centrados num rapaz de ascendência indiana e numa dealer, respectivamente (e com ela, Diana Narciso, a impor-se como uma das presenças mais fortes de um jovem elenco promissor, defendendo uma personagem imune aos clichés de muitos filmes, séries e telenovelas).

 

Além dos actores e do argumento (que recusa assentar em picos dramáticos, mantendo-se verosímil), o mérito é dos cinco realizadores (Tiago Simões, Joana Peralta, Maria Inês Gonçalves, Victor Ferreira e Marta Ribeiro), cada um a cargo de um episódio mas todos a conseguirem traduzir um realismo à flor da pele, mais cinematográfico do que televisivo, visível na atenção ao elenco ou no lado sensorial dos espaços (sobretudo face a muitas outras apostas da ficção nacional do pequeno ecrã). O resultado talvez não vá mudar a vida de ninguém, mas não se sai nada mal a captar pequenos momentos que vão fazendo a diferença.

 

"SUBSOLO" pode ser vista na íntegra na RTP Play e no Youtube.

 

3/5

 

 

topo

Loner

16-02-2018 | 14:30 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Se gostam de jogos calmos, com ambiente zen, não podem deixar de experimentar o LONER, da Kunpo, que podem instalar de forma completamente grátis no vosso smartphone.


Neste LONER temos um jogo super descontraído para jogar enquanto vamos libertando o cérebro de quaisquer pensamentos, quase como se estivessemos a meditar. Para ajudar, a banda sonora que é a meu ver incrível, transporta-nos facilmente para esse estado meditativo, que tão bem faz ao nosso bem estar e ao ritmo cardíaco.


Apesar de no início o seu criador estar a pensar fazer um jogo estilo Flappy Bird, depressa percebeu que tinha algo bem diferente nas suas mãos, algo mais contemplativo, algo bem mais bonito e que acabou por ser inspirado por um grande filme chamado 2001: Odisseia no Espaço.

Neste jogo algo solitário, como tem que ser quando se quer meditar, vestimos a pele de um piloto, na sua viagem de avioneta através de um túnel sem fim. É uma viagem lenta e bela, muito por culpa da música lindíssima que nos acompanha, e a qual apenas é interrompida na sua calma pelos obstáculos que vão surgindo à nossa frente, obrigando-nos a manobrar a avioneta para os ultrapassar.


Obstáculos que são como uma autêntica ranhura de uma fechadura, na qual nós somos a chave, mas que temos de orientar para entrar na perfeição pelo buraco. Por vezes temos de evitar bater em pedras flutuantes, noutras temos de ir atrás da passagem que vai rodando à nossa frente, e noutras procurar não ser esmagado por uma espécie de porta que ora se abre ou fecha.

O jogo é diferente sempre que iniciamos, tudo gerado aleatóriamente, e vamos navegando este túnel interminável capítulo a capítulo, que podemos ir acompanhando cada uma das suas páginas num livro que nos conta a história do nosso piloto. Será esta a viagem infindável de um piloto a caminho do céu? Quem sabe...


Pelo que pude perceber o jogo conta com 3 modos de jogo, um onde vamos acompanhando a história do piloto capítulo a capítulo, um modo infinito livre, e um modo zen que é desbloqueado no final de todos os capítulos, ou através de uma compra in-app, para quem não tiver paciência para esperar, ou simplesmente quiser contribuir para a genialidade do criador do jogo.

Há que desbloquear todas as músicas incríveis disponíveis no jogo, contando com 2 modos de controlo absolutamente fantásticos, um onde usamos dois dedos no ecrã para rodar a avioneta para os lados e movê-la para cima e para baixo, e outro ainda mais intuitivo onde basta mover o smartphone para pilotar este pequeno avião.


Vejam aqui em baixo um vídeo que nos mostra o jogo em acção, e não deixem de experimentar este belíssimo jogo, que é perfeito para quem quer relaxar, e esquecer um pouco o stress do dia a dia. O cérebro e o coração agradecem.



Por Bruno Ramalho

topo

Facebook está a perder influência face ao Google - e isso explica muita coisa

16-02-2018 | 14:13 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Se têm ficado com a sensação de que o Facebook tem ficado cada vez mais agressivo no sentido nos fazer regressar e utilizar a sua plataforma, eis que poderá estar explicado o motivo de tal "desespero": a Google já os ultrapassou e eles parecem incapazes de inverter essa tendência.

Neste momento, já todos os utilizadores saberão que são eles próprios a "moeda" que sustenta estes gigantes tecnológicos, e que todos os serviços que nos oferecem gratuitamente são - na sua maior parte - apenas acessórios que utilizam para nos conhecerem cada vez melhor e nos direccionarem a publicidade que lhes seja mais lucrativa.

Há um ano atrás, o Facebook dominava no sector mobile, sendo a plataforma que mais enviava visitantes para sites dos seus parceiros, e tudo parecia correr bem - e não era difícil explicar isso, pois temos centenas de milhões de pessoas que praticamente passam o dia dentro da app do Facebook / Messenger / Instagram. No entanto, a partir de meados de 2017, a Google conseguiu iniciar uma recuperação que em poucos meses lhe permitiu ultrapassar o Facebook em termos de tráfego enviado para os parceiros - fazendo por isso que lhes seja muito mais compensador apostarem (pagarem) à Google do que ao Facebook.



Não admira portanto que o Facebook esteja numa fase de "desespero" a tentar regressar ao topo da tabela e a fazer diversas alterações ao seu "feed" esperando com isso cativar os utilizadores - mas até ao momento nada disso parece estar a funcionar, e nem me parece que isso seja fácil de conseguir. Uma visita rápida pela Facebook fez-me surgir uma dezena de pessoas que precisamente se sente enganada e traída pelo Facebook, pois estão plenamente conscientes que mesmo tendo milhares de seguidores e/ou amigos, cada coisa que publiquem irá chegar apenas a uma pequena percentagem... a não ser que paguem, como o Facebook também insistentemente faz questão de relembrar.

... Parece que a táctica se arrisca a acabar por sair mais cara ao próprio Facebook do que aos utilizadores...

topo

Google remove "ver imagens" da pesquisa por imagens

16-02-2018 | 12:00 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Quem usar frequentemente a pesquisa de imagens no Google Search terá a partir de hoje a vida mais complicada, com a remoção do botão de ver a imagem sem visitar o site original.

Recentemente descobrimos que a Google tinha chegado a acordo com a Getty Images a respeito de um processo que decorria entre ambas, e em que a Getty Images acusava a Google de contornar os direitos de autor ao exibir directamente as imagens nos resultados das pesquisas. O que não se esperava era que esse acordo viesse a resultar nesta alteração.

A partir de agora deixa de ser possível ver as imagens originais directamente na página da pesquisa, com a primeira opção a ser aquela que direcciona o utilizador para o site onde a imagem está colocada. Uma remoção que tem dado origem a um coro de protestos no Twitter, muitos deles não hesitando em recorrer a linguagem "colorida" para mostrar o seu desagrado; entre muitas outras ameaças de que assim passarão a utilizar outros motores de busca, como o Bing e Duck Duck Go.

É uma medida que penaliza os visitantes, é certo, mas por outro lado não me parece que seja assim tão dramática (embora noutros tempos se pudesse ter uma Google que perante este tipo de atitude, se limitasse a remover todas as imagens da Getty Images dos resultados da pesquisa... a ver se eles não mudariam de ideias). É que, para os utilizadores no desktop, continua a ser possível aceder à imagem pretendida com um simples "right click - copy" na imagem que é apresentada; e na app mobile da Google podemos fazer o download directo com um "long press" na imagem - pelo que na prática nada muda.

... Por outro lado, mesmo que assim não fosse, não me parece que fosse pedir demasiado que, em troca da gravação de uma imagem que se pretende utilizar, se tivesse que dar um salto ao site original para lhes valer "uma visita". Poderia ser frustrante para quem usasse a pesquisa de imagens da Google para gravar centenas de imagens por dia... mas se for essa a situação, provavelmente já estaria na hora de arranjar um método mais eficiente e automatizado de encontrar e gravar imagens...

topo

Sony cancela novo smartphone devido a mudança de design

16-02-2018 | 11:00 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Depois da promessa de uma reformulação do design para os futuros Xperia, a Sony confirmar aquilo que se temia, cancelando o lançamento dos equipamentos que já estavam em processo de certificação.

Um pedido da Sony à FCC norte-americana não deixa margens para dúvidas, solicitando o cancelamento das avaliações em curso com a justificação de que irá ser feita uma alteração ao design dos equipamentos.


Esta situação deixa a Sony numa posição idêntica à da LG, que abdicou do ciclo anual de lançamentos, preferindo apostar numa versão melhorada do seu V30.

O curioso nesta situação é o timing, pois estamos a poucos dias no início do MWC de Barcelona, onde todas as marcas do mundo mobile vão marcar presença e onde se espera que a Sony também tenha novos equipamentos para mostrar.

Com esta notícia, levanta-se uma dúvida. Será esta decisão relativa ao novo design que é suposto ser apresentado, ou será referente a um modelo das séries já no mercado que irá ser alvo de um "face lift"? Para já ficamos com a pergunta sem resposta, mas até dia 25 tudo se deverá esclarecer.

topo

Lâmpada de tecto Xiaomi Yeelight LED a €59

16-02-2018 | 10:00 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A Xiaomi tem uma longa lista de produtos de iluminação, mas quem procurar algo mais adequado para iluminar uma divisão irá certamente parar a uma destas Yeelight de tecto.

Embora a Xiaomi tenha algumas lâmpadas inteligentes interessantes - como é o caso da Yeelight RGBW - quando se procura algo para iluminar um quarto ou sala, faz mais sentido optar por algo que dispense a necessidade de candeeiros adicionais... mas que simultaneamente permita o seu controlo remoto e integração no restante sistema Mi Home da Xiaomi. É aí que entra esta Yeelight Smart LED de tecto.

Actualmente disponível por 59.69 euros, esta lâmpada conta com 240 LEDs OSRAM que proporcionam uma iluminação natural e difusa, consumindo 28W e produzindo 2000lm. Embora não tenha a capacidade de adoptar qualquer cor do espectro RGB, pode no entanto ser ajustada para variar entre a tonalidade branco frio e branco quente (dos 2700 aos 6500K).


A lâmpada pode ser controlada por um interruptor de parede convencional, mas será mais adequado que se utilize o controlo remoto (incluído) que nos dá acesso a todo o tipo de ajustes, tanto a nível de luminosidade, como da tonalidade de cor, assim como activar um modo "nocturno" de baixa luminosidade; ou então usando a app no smartphone.

Caso disponham de um gateway Xiaomi (recomendado), poderão ainda integrá-la com toda a restante gama de acessórios e sensores, e criar as regras de automação que desejarem: por exemplo, acender quando for detectado movimento por um sensor de movimento no local onde a instalarem; apagar automaticamente se não for detectado movimento durante determinado tempo; mudar a tonalidade a determinada hora da noite; etc. etc.


Se não tiverem interesse na parte da automação, também podem espreitar esta lâmpada LED de tecto mais económica, de 18W, por apenas 16 euros.

topo

Huawei distinguida como “Escolha do Consumidor” 2018 na categoria smartphones

16-02-2018 | 09:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A situação nos EUA não está a correr de forma favorável, mas por cá, a Huawei teve um ano muito positivo, como demonstra a “Escolha do Consumidor” 2018, com índice de satisfação acima dos 85% na categoria smartphones.

A Huawei, líder mundial em tecnologia, foi eleita “Escolha do Consumidor” na categoria smartphones 2018 pela Consumer Trends – Centro de Avaliação da Satisfação do Consumidor.  

Com um índice de satisfação de 85,7% e uma nota global de 86,4%, a Huawei foi escolhida entre outras marcas concorrentes. A qualidade de imagem, a duração da bateria, a rapidez do processador, o ecrã, a capacidade de memória e a qualidade do material, são alguns dos atributos dos seus smartphones aos quais se deve este reconhecimento.

Para Tiago Flores, Sales Director este é um marco muito importante para a marca que, segundo o próprio, tem no consumidor o seu foco principal: “Na Huawei estamos focados em oferecer a melhor experiência de utilização aos nossos consumidores. Desafiamos continuamente os limites da indústria com tecnologia de ponta o que facilita as tarefas diárias dos utilizadores e os ajuda a estarem um passo à frente”.


 Para a atribuição dos prémios, a Consumer Trends identifica numa primeira fase os atributos importantes e determinantes na avaliação da satisfação do consumidor, através de pequenos grupos de trabalho, seguindo-se a classificação da importância de cada atributo, através de consumidores que representam cada categoria. Por último, foi definido um ranking de satisfação e aceitação face aos atributos experimentados por cada consumidor. Foi avaliada a satisfação total dos consumidores após a avaliação das marcas por cada categoria. Nesta edição, foram distinguidas 124 marcas em 13 setores e quatro categorias, depois de um processo que durou mais de seis meses, desde as candidaturas até à entrega dos troféus.

topo

Produtos da Semana

16-02-2018 | 09:15 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

A nossa rubrica de Produtos da Semana agrupa uma lista de produtos e notícias que vamos compilando ao longo da semana e que achamos que será do interesse geral.

TP-Link apresenta o smartphone low cost Neffos C5A



A TP-Link anunciou a última adição à crescente linha móvel da sua nova marca de smartphones - o Neffos C5A.

O Neffos C5A foi criado para apresentar um ecrã LCD grande e vívido de 5 polegadas para acompanhar uma câmara de 5 megapixéis e uma bateria de 2,300mAh que promete durar todo o dia. Oferecendo uma câmara principal de 5 megapixéis com foco automático, o C5A permite capturar imagens detalhadas e nítidas, de dia e de noite. Para selfies e videochamadas, o dispositivo contém uma câmara de 2 megapixéis, que é adequada para fotos de alta resolução. Além disso, o telefone possui funcionalidade dual-SIM com modo de espera dupla, permitindo que confie em duas operadoras diferentes ao mesmo tempo e obtenha melhores taxas de cobertura e dados.

O Neffos C5A estará disponível no nosso mercado ainda no primeiro trimestre de 2018.


NEC apresenta o mais recente projector 4K UHD



A NEC Display Solutions Europe anunciou o mais recente projector 4K da série PX, o NEC PX1005Ql, uma novidade apresentada na ISE 2018 em Amesterdão.

O novo projector a laser oferece uma qualidade de imagem excepcional, resultando numa experiência de visualização atraente com alto brilho, sinal de entrada de até 4K e tecnologia única de processamento de cores e imagens com base no último chip NEC scaler. O resultado é uma imagem mais detalhada, "pixel free", com maior detalhe do que nunca, cumprindo a promessa da NEC de fornecer impressões infinitas que se conectam, envolvem e impressionam. O novo projector tem características de conectividade e processamento future-proof, com inúmeras entradas de resolução 4K incluindo Quad 3G SDI, dois DisplayPort e um HDMI cada, além de um slot opcional para 4K/UHD Open Pluggable Specification (OPS) Slot-in PCs. As séries PX fornecem visualizações pixel-free a grande escala, e conseguem demonstrar vários inputs ao mesmo tempo, como por exemplo, vídeos e PowerPoint. Com cerca de 20.000 horas de tempo de vida do laser, o PX1005QL reduz ainda mais o custo de propriedade, o que torna este projector extremamente acessível para organizações com espaços de grandes dimensões, desde espaços para eventos a universidades.

O novo projetor NEC PX1005QL estará disponível a partir de Junho de 2018.


ASUS apresenta dock XG Station Pro



A ASUS anunciou a chegada da XG Station Pro a Portugal, uma dock que liga as placas gráficas externas com um chassis de alumínio cheio de estilo e um sistema de arrefecimento avançado que proporciona uma performance de topo.

Engloba uma porta 2,5 para placa gráfica, no entanto, mantém um tamanho compacto que ocupa pouco espaço numa mesa ou escritório. Uma fonte externa de bateria de 330W potencia as placas gráficas mais exigentes, minimiza o aquecimento dentro do chassis e permite que a XG Station Pro tenha um tamanho ainda mais reduzido. A XG Station Pro tem diversas tecnologias de arrefecimento, para garantir um desempenho optimizado e confiável. Um sistema de ventilação topo de gama, com ventoinhas duplas In Win de 120mm, um espaço amplo dentro do chassis para uma maior circulação do ar e saídas de exaustão de grande dimensão nos dois lados para manter o interior da XG Station Pro limpa, assegurando a eficiência na performance da placa gráfica. A XG Station Pro vem equipada com três entradas Thunderbolt que proporcionam uma largura de banda de 40Gbps e é compatível com as mais recentes placas gráficas, nomeadamente a série NVIDIA GeForce GTX 10 e AMD Radeon RX Vega, o que permite aos utilizadores aproveitarem uma performance gráfica de desktop excepcional.

A ASUS XG Station Pro já está disponível em Portugal com um preço de venda recomendado de 425 euros.


Surface Book 2 disponível para pré-encomenda em Portugal



O mais poderoso Surface alguma vez construído já está disponível para pré-encomenda em Portugal. As versões de 13,5 e 15 polegadas podem, a partir de hoje, ser reservadas na Microsoft Store e junto dos parceiros habituais de retalho.

O Surface Book 2 tem tido uma receptividade extraordinária junto dos consumidores em todos os mercados onde já foi disponibilizado. Os dispositivos agora reservados chegarão aos consumidores a 15 de Março e a 6 de Abril (nas versões 13,5" e 15", respectivamente). O Surface Book 2 é um dispositivo potente, com até 17 horas de autonomia. Apresenta os mais recentes processadores Intel Core de 8ª geração e gráficos NVIDIA GeForce GTX 1050 e 1060, gerindo aplicações, jogos de computador e Windows Mixed Reality. Desta forma, o Surface Book 2 consegue cinco vezes mais desempenho gráfico que o Surface Book original e é duas vezes mais poderoso que o mais recente MacBook Pro. Tem a força de um portátil, a versatilidade de um tablet e a liberdade de um estúdio portátil – tudo, num equipamento com um design aprimorado. Consegue correr software profissional como Adobe, Autodesk e Dessault sem problemas, mas não só. Corre ainda jogos de PC a 1080p, com 60 FPS, incluindo jogos exigentes como o Forza Motorsport 7 e o Gears of War 4. O Surface Book 2 também suporta Surface Pen – com 4096 níveis de sensibilidade para uma excelente experiência com tinta digital.

Cada detalhe foi pensado para que liberte a sua criatividade, onde quer que esteja.


Neets MiniConnect MC1 organiza cabos nas mesas



Ter os cabos desorganizados é meio caminho andado para que em pouco tempo fiquem enrolados uns nos outros, comprometendo a sua vida útil porque estão mais sujeitos a quebras que danificam o seu interior.

Para dar resposta a esta questão a NEETS desenvolveu uma solução eficaz e fácil de instalar em qualquer mesa, para que possa ter cada cabo sempre à mão: o MiniConnect MC1. Com o MiniConnect MC1 pode organizar até 3 cabos com a garantia de que vão estar sempre operacionais quando precisar deles. Esta caixa é personalizável para se adaptar ao tipo de cabos que cada utilizador pretende e muito fácil de encastrar em qualquer mesa. De design simples e clean, o MiniConnect MC1 da NEETS é uma óptima solução para aplicar em salas de reunião, salas de conferência, salas de aula ou meros escritórios.

Já está disponível na Ésistemas, representante oficial da NEETS em Portugal.

topo

Samsung eleva expectativas para câmara do Galaxy S9

16-02-2018 | 08:49 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A Samsung tem feito da câmara um dos grandes destaques para o próximo Galaxy S9, que será revelado dia 25 no MWC em Barcelona e, com a data a aproximar-se, volta a reforçar esse aspecto.

A marca Sul-Coreana tem estado a preparar o terreno com todo o cuidado e atenção. Depois de um primeiro teaser a fazer alusão a uma câmara reinventada, a Samsung volta ao ataque com vídeos que, de forma subtil, mostram sequências difíceis de fotografar e que o Galaxy S9 deverá captar com facilidade.







Ambientes com pouca luz, sequências a alta velocidade e algo semelhante aos Animojis da Apple, são os aspectos em destaque nos vídeos. O presidente da Samsung Itália eleva ainda mais a fasquia, com um vídeo onde a câmara re-imaginada volta a estar em destaque.

Mancano ancora pochi giorni. Impareremo a immaginare tutto daccapo. Galaxy #Unpacked, il 25 febbraio in diretta su https://t.co/ntLsd6XgMS #TheNextGalaxy pic.twitter.com/eSeU6LaR6E
— Carlo Barlocco (@CarloBarlocco) February 14, 2018



Tudo aponta para uma câmara do outro mundo... mas, ao criar tantas expectativas, é melhor que a Samsung seja mesmo capaz de cumprir o que está a prometer.

topo

Finanças prolongam prazo de classificação de facturas por 24 horas

16-02-2018 | 08:29 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Manda a tradição que os portugueses deixem sempre tudo para a última hora, e mais uma vez o site das Finanças foi incapaz de suportar o número elevado de contribuintes que lá se dirigiu para comunicar e classificar as suas facturas, ou realizar outras operações cujo prazo terminaria ontem.

Em resposta a isso, as Finanças decidiram prolongar por mais 24 horas este prazo, pelo que os portugueses terão até ao final do dia de hoje para efectuarem as seguintes operações:


Prorrogação de prazos

Entrega da declaração periódica de IVA (4.º trimestre de 2017), comunicação e classificação das faturas, bem como a comunicação do agregado familiar.

Informa-se que foram prorrogados até amanhã, dia 16 de fevereiro, os prazos para:
  • Entrega da declaração periódica de IVA relativa ao 4.º trimestre de 2017.
  • Comunicação e classificação das faturas.
  • Comunicação do agregado familiar.

... Vamos lá ver se este prolongamento chega, ou se terá que ser prolongado até ao final do fim-de-semana...

topo

Caracter Indiano encrava iPhones e apps de mensagens

15-02-2018 | 21:12 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Há uma nova forma de chatear os amigos com iPhones, bastando enviar-lhes uma mensagem com um determinado caracter indiano para que a app de Mensagens fique inacessível, assim como diversas outras, e forçando um reiniciar do interface do iPhone.

As décadas vão passando, mas parece que não há maneira dos smartphones se livrarem de bugs relacionados com a apresentação de caracteres "estranhos". Ainda me recordo de, em tempos muito distantes, encravar alguns Nokias de amigos enviando-lhes um caracter a partir do meu fantástico Samsung SGH-600. Mais recentemente, e estando já do lado das "vítimas", não têm faltado casos em que links ou caracteres podem causar problemas nos iPhones... sendo este mais um caso.



O envio de um estranho (mas bastante artístico, diga-se) caracter indiano para iPhones poderá causar bastantes dissabores aos seus possuidores, pois pode crashar a app de Mensagens e impedir que a mesma seja utilizada - até que alguém envie uma nova mensagem e se tente apagar a thread contendo o caracter problemático. Mais preocupante é que este bug não afecta apenas a app de mensagens do iOS, mas também o WhatsApp, Facebook Messenger, e até o Outlook e o Gmail - pelo que o potencial para ficar sem acesso a estas apps se vai multiplicando.

A Apple já parece ter resolvido a situação no aguardado iOS 11.3, mas que até seja lançada publicamente, a solução passará por tentar eliminar a mensagem com o caracter em causa - algo mais simples de fazer no caso de serviços que também estejam acessíveis via web, mas que ainda assim poderão causar dores de cabeça a muitos utilizadores, especialmente se ocorrerem num momento em que até necessitavam de usar a app em questão com alguma urgência.

topo

Xiaomi Mi Mix 2 versão Global em promoção - 369€

15-02-2018 | 18:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



Se procuram um smartphone com excelente design, boa qualidade de construção e um desempenho de topo, então não podem perder esta oportunidade. O Xiaomi Mi Mix 2 está está em promoção por apenas 369€!


Sim, é provável que a Xiaomi lance em breve o Mi Mix 2S, mas se olharmos para o hardware deste Mi Mix 2 e para o preço a que ele está nesta altura, não há dúvidas que é uma excelente opção, até porque se trata da versão Global, com suporte para todas as nossas redes 4G LTE.

Para quem não esteja lembrado, o Mi Mix 2 da Xiaomi, tem um ecrã "completo" de 5,99" com resolução  FullHD+ 2160x1080, processador Qualcomm Snapdragon 835 e nesta versão em promoção, apresenta-se com 6GB de RAM e 64GB para armazenamento. As câmaras têm 12/5MP, a bateria 3400mAh. Corre MIUI 9 sobre o Android Nougat.

Neste momento está em promoção por 369€/$459,99, pelo que é uma proposta a ter em conta.



topo

OnePlus repete inquérito eliminado pela Xiaomi

15-02-2018 | 18:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Nestas coisas das redes sociais há que estar sempre atento para saber tirar o melhor partido dos acontecimentos do momento, e foi isso mesmo que fez a OnePlus em resposta ao inquérito eliminado pela Xiaomi, depois dos resultados darem preferência ao Android One em vez do MIUI.

A OnePlus, procurando um desfecho diferente ou simplesmente procurando aproveitar o mediatismo do momento, lançou um inquérito idêntico no Twitter, perguntando se os utilizadores preferiam um Android puro ou o OxygenOS que disponibilizam nos seus smartphones.

Um inquérito que inicialmente até parecia estar a correr bem, com a maioria dos votos a darem vantagem ao OxygenOS, e até merecendo uma resposta de Carl Pei, CEO da OnePlus a pedir que este inquérito não fosse eliminado - numa clara alusão ao incidente da Xiaomi. Mas, no final da votação as coisas inverteram-se, confirmando os resultados que já tinham sido obtidos (e eliminados) pela Xiaomi.


Com 10349 votos, 58% dos participantes disse preferir um Android Puro ao OxygenOS, o que mais uma vez poderá servir de sinal para que as marcas comecem a dar mais atenção ao lançamento de smartphones que venham com Android One - o que não só lhes permitiria libertar recursos, como viria ao encontro daquilo que os seus próprios clientes estão a pedir.

... Quantos mais inquéritos serão necessários para que os fabricantes percebam isso? (E penso que não será necessário referir que os resultados seriam idênticos, ou ainda mais drásticos, caso fosse a Samsung a perguntar se os clientes preferiam um Galaxy S9 com Android One ou com o seu launcher, pois não?) Depois não se queixem que foram ultrapassados por quem está a ouvir estes pedidos...

topo

Sony desiste de lançar smartphone devido a mudanças no seu design

15-02-2018 | 17:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Já sabemos que a Sony considera que o futuro do Mobile pode nem passar pelos smartphones, estando ainda em aberto qual ou quais os equipamentos que irão receber as preferências do público. Aquilo que se sabe nesta altura, é que o design cinzentão e ultrapassado dos Xperia tem os dias contados, se bem que apenas de forma limitada, pois a Sony vai continuar a apostar no OmniBalance para os novos smartphones da série X.



O que ainda não se sabia, é que a Sony tinha desistido de lançar um smartphone, tendo invocado alterações de design como justificação para esta decisão. Esta situação é semelhante à da LG, que abdicou do ciclo anual de lançamentos, preferindo apostar numa versão melhorada do seu V30.

O curioso nesta situação é o timing, pois estamos a poucos dias no início do MWC de Barcelona, onde todas as marcas do mundo mobile vão marcar presença e onde a Sony irá apresentar novos equipamentos.

Com esta notícia, levanta-se uma dúvida. Será esta decisão relativa ao novo design que é suposto ser apresentado, ou é apenas um modelo das séries já no mercado, que irá ser alvo de um "face lift". Para já ficamos com a dúvida no ar, mas até dia 25 teremos por certo mais novidades sobre este assunto.

topo

Headset Andoer LH-811 Bluetooth a €9.95

15-02-2018 | 17:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Libertarem-se dos cabos nos headphones pode ser feito por menos de 10 euros, mas estes headphones Bluetooth Andoer LH-811 vêm com algumas capacidades adicionais.

Para além destes Andoer LH-811 funcionarem como headphones Bluetooth (e permitirem também atende e realizar via BT (Bluetooth 4.1 com EDR), também não têm que se preocupar caso a sua bateria esteja descarregada. Nesse caso bastará ligar-lhe um cabo áudio convencional e usarem-no como se fossem uns headphones com cabo.

Mas... e se quiserem ouvir música sem levarem o smartphone? Também não há problema, pois podem simplesmente inserir um microSD com a vossa música favorita, e usarem os headphones como MP3 music player, dispensando uma fonte sonora externa.


Considerando que se pode apanhar estes headphones BT Andoer LH-811 por apenas 9.95 euros, não me parece que seja mau negócio - especialmente para quem for fã dos headphones on-ear face aos over-ear.

topo

NotĂ­cias do dia

15-02-2018 | 16:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

Tarifário Vodafone You dá mais um passo na internet "por canais"; Chrome começa a bloquear publicidade chata a partir de hoje; o Apple HomePod mancha móveis de madeira; cuidado com as compras na na Reebok Crossfit; HMD revela Nokia 7+ e Nokia 1 com Android One e Go; e França quer empresas a disponibilizar código fonte dos programas após fim do seu suporte.

Antes de passarmos às notícias do dia, não se esqueçam que esta semana temos para vos oferecer uns headphones Bluetooth dobráveis.

Windows 10 ganha modo de alto desempenho "Ultimate Performance" mas só no Windows 10 Pro for Workstations



Depois do "gaming mode" que optimiza o desempenho do Windows para os jogos, a Microsoft vai trazer-nos um modo de alto desempenho "Ultimate Performance", que promete tirar o máximo proveito do hardware disponível eliminando as muitas regras implementadas para poupar energia, mas que só ficará disponível no Windows 10 Pro for Workstations e em computadores desktop.

... Parece-me um pouco ridículo que uma opção como esta, para maximizar o desempenho do computador, fique limitada a uma versão específica do Windows 10... Mas quem sabe, talvez possa servir de incentivo para que os utilizadores procurem por alternativas que lhes dêem maior controlo sobre o seu hardware, sem ficarem dependentes do que uma determinada empresa acha que poderão, ou não, fazer.


Teste cego entre HomePod e concorrentes dá vitória ao Sonos One



O HomePod da Apple tem consistentemente recebido louvores pela sua qualidade sonora, mas um teste cego que o colocou lado a lado com um Amazon Echo, Google Home Max, e Sonos One, acabou por dar a vitória ao Sonos One e vantagem ao Google HomeMax.

Que o Home Max tivesse melhor som, seguindo a velha máxima das colunas de som de que "maior é melhor", não me surpreenderia; mas é interessante ver que o Sonos One conseguiu manter-se na liderança - isto não invalidando que todos eles têm som "suficientemente" bom para a maioria das pessoas. Bem... para além disso, quem optar pelo Sonos One ou Home Max não terá que se preocupar com móveis manchados.


Intel abre programa de recompensas a todos



Depois dos bugs Meltdown e Spectre que afectam todos os CPUs Intel (e não só) dos últimos anos, a Intel parece estar mais receptiva a reconhecer e recompensar quem se dedica a descobrir estas vulnerabilidades. Para isso o seu programa de recompensas vai deixar de estar limitado a um conjunto restrito de participantes convidados e passará a estar disponível publicamente.

A recompensa por vulnerabilidades graves, estilo a Spectre, pode chegar aos 250 mil dólares... pelo que se tiverem jeito para isto, bastará descobrir uma destas vulnerabilidades por ano e já ficam com um rico ordenado. :)


Facebook está a enviar "spam" para nº de telefone usado para autenticação 2FA



O Facebook parece continuar empenhado em se tornar a rede social mais anti-social de sempre, e para isso não hesita em usar o número de telefone que os utilizadores cederam para efeitos de autenticação 2FA (via SMS) para lhes enviar também o seu habitual spam de regresso ao Facebook ("Já viu o que fizeram os seus amigos?", "Já não faz login há muito tempo, eis o que está a perder!", etc.)

Obviamente que os utilizadores a quem isto tem acontecido não estão nada contentes, para além de que nalguns países, como os EUA, isto poderá mesmo ser ilegal por consistir em envio de mensagens não solicitadas. No mínimo, servirá para que se pense duas vezes antes de cederem o vosso número de telefone ao Facebook (ou outros).


Curtas do dia


Resumo da madrugada

topo

Developer adiciona Project Treble ao Xiaomi Redmi Note 4

15-02-2018 | 16:21 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Com muitas marcas a dizerem que é demasiado "complicado" adicionar o suporte para o Project Treble nas actualizações para o Android 8, um developer vem demonstrar que tudo é possível quando há vontade, adicionando-o ao Redmi Note 4 da Xiaomi.


O Project Treble é uma das maiores alterações feitas no Android 8, mas que passará completamente despercebida aos utilizadores (por agora). Trata-se de uma alteração profunda a nível interno que visa facilitar imensamente o processo de lançamento de actualizações de sistema futuras .

O problema é que, embora o suporte para o Project Treble seja um requisito nos dispositivos Android lançados com Android 8 (e que queiram manter a aprovação da Google), é opcional no caso de smartphones que tenham sido lançados com Android 7 e só depois recebam o Android 8 via actualização. Isso tem frustrado alguns utilizadores da Nokia e OnePlus, com a explicação para essa ausência a estar invariavelmente ligada à necessidade de alterar as partições do sistema, o que é uma operação "de alto-risco".

Pois bem, isso não impediu que um developer pusesse mãos à obra e fizesse chegar o Project Treble aos Redmi Note 4 da Xiaomi.


A forma como o fez foi engenhosa, aproveitando-se da existência de uma partição já existente e que é usada pela MIUI da Xiaomi, mas que se torna completamente dispensável no caso de se estar a utilizar um Android sem esses "extras".

Isto abre as portas a que mais equipamentos da Xiaomi possam vir a ser alvos de técnica idêntica para ganharem suporte para o Project Treble, com implicações que só se irão fazer sentir a longo prazo, aquando do lançamento dos futuros Android 9 e posteriores...

topo

Notable PHP package: AMP Remove unused CSS

15-02-2018 | 16:17 | Manuel Lemos | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

By Manuel Lemos
AMP (Accelerated Mobile Pages) is a initiative to make the Web user experience for mobile device users faster and smoother and overcome the limitations of bandwidth and latency that mobile networks have.

This package helps providing a better mobile user experience by reducing the need to load excessively large CSS style sheets removing unnecessary or unneeded CSS rules, thus making the necessary CSS rules faster to load and take less device CPU resources to process.

Read this article to learn more details about how this notable PHP package works.

topo

Nokia 7+ e Nokia 1 com Android One e Go revelados antes do MWC

15-02-2018 | 15:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

A HMD não dá sinais de abrandar com o seu regresso em força dos smartphones Nokia ao mercado, e a sua já numerosa família irá aumentar em breve com a chegada do Nokia 7+ e Nokia 1, que têm a particularidade de virem equipados com Android One e Android Go.

A aposta da HMD em lançar uma gama diversificada de smartphones Nokia, para todos os patamares de preço, a par do seu empenho em disponibilizar actualizações, parece estar a resultar. Segundo as últimas estatísticas de vendas os smartphones Nokia já atingiram 1% de quota de mercado, superando as vendas de muitos outros fabricantes no último trimestre. E se isso já seria motivo de preocupação para esses concorrentes... eis que terão que se preocupar ainda mais com a chegada destes dois novos modelos.

Tanto o Nokia 7+ como o Nokia 1 deverão ser apresentados oficialmente no MWC, sendo que a principal novidade do primeiro será a utilização do Android One, e no segundo teremos muito provavelmente o Android Go para melhor tirar partido do seu hardware limitado


Esta aproximação da HMD/Nokia a um Android "inalterado" será certamente mais um ponto a seu favor, especialmente tendo em conta que o mercado bem tem demonstrado a sua apetência por Androids não modificados - mesmo quando há marcas a apagar os inquéritos.

Teria piada é se fosse à custa do sucesso destes Nokia que mais fabricantes - finalmente - começassem a deixar de perder tanto tempo a adulterar o sistema e disponibilizassem smartphones com Android One, disponibilizando as suas eventuais "melhorias" via apps que os utilizadores pudessem instalar (ou remover) conforme bem entendessem.

topo

Gmail Go chega Ă  Play Store

15-02-2018 | 14:14 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Já chegou à Play Store a versão mais poupada do Gmail - o Gmail Go - e a pergunta que se coloca é: mas porque motivo o Gmail normal ocupa o dobro do espaço?


A família de apps "Go" da Google destina-se a ser usada em equipamentos com recursos mais limitados, ocupando menos espaço que as suas congéneres normais e sendo mais eficiente em termos de utilização. No entanto, no caso do Gmail Go, tanto o aspecto da app como as suas funcionalidades são em tudo idênticas à app do Gmail normal - não esquecendo que no caso do Gmail Go estamos a falar de uma app de 9MB (vs 20MB da normal), e que após instalada sobe para os 25MB (vs 47MB).



Quem estiver habituado a usar a app do Gmail não encontrará grandes diferenças, a não ser os contactos não apresentarem a foto e se limitarem a mostrar a letra inicial no "icon" visual; continuando a ter acesso a todas as funcionalidades, tanto dos gestos, como das labels, e até as respostas inteligentes automáticas, que tão práticas são para despachar certos emails rapidamente.

Dá mesmo que pensar o que é que na app normal justifica que a app passe para o dobro do tamanho...

... Claro que a grande parte negativa é que este Gmail Go só está disponível para equipamentos com Android 8.1, o que desde logo limita a sua utilização a 0.3% dos Androids activos.

topo

Homem constrĂłi elevador privado para chegar ao seu andar

15-02-2018 | 13:15 | A Minha Alegre Casinha | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Ninguém gostaria de subir diariamente escadas até ao 6º andar, mas poderá considerar-se um pouco exagerado que alguém tenha construído um elevador privado só para chegar ao seu aparamento, como aconteceu na China.

Para tentar resolver o problema de que nos prédios mais antigos não era obrigatório o uso de elevador, é agora permitido que os condóminos instalem elevadores posteriormente. E foi isso mesmo que fez este senhor na China... mas fazendo-o de forma a que o elevador apenas sirva para ir para o seu próprio apartamento no sexto andar!

Contrariamente ao que se poderia esperar, até se trata de um elevador com uma instalação "de luxo"... mas embora se possa criticar o facto de ter ignorado por completo o bom senso de considerar uma instalação que beneficiasse todo o prédio (ok, admito que poderá ser uma daquelas situações em que os restantes vizinhos "não quisessem") o plano arrisca-se por ir por água abaixo, uma vez que o homem se parece ter esquecido que continuava a precisar da aprovação do condomínio para instalar este elevador privado.


topo

Tarifário Vodafone You dá mais um passo na internet "por canais"

15-02-2018 | 12:01 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


O novo tarifário Vodafone You pretende ser um tarifário que cada cliente pode configurar à sua medida, não só em função da quantidade de dados e tempo de chamadas e mensagens que pretende, mas também em função dos serviços extra que queira aceder frequentemente.

Há algum tempo que os operadores têm vindo a "treinar" os clientes a terem contabilização diferenciada de dados nos tarifários mobile, e agora a Vodafone dá mais um passo no sentido de se ter a tão temida internet sem neutralidade de dados, onde os utilizadores têm que escolher a que serviços querem aceder.

Em tarifários como o Yorn X, a oferta do zero-rating - o nome técnico deste sistema em que algumas apps ou serviços não são contabilizados - é feita precisamente como isso, como "oferta", que inclui alguns gigabytes extra de dados para um determinado conjunto de apps. Agora, temos a Vodafone a ceder à concorrência e replicar um tarifário ao estilo do MEO Smart Net, onde também é proposto aos clientes que optem pelo pagamento extra mensal de pacotes de acesso a apps de mensagens, redes sociais, serviços de música ou serviços de vídeo.

Claro que mesmo estes "passes" extra não dão acesso a dados ilimitados. Indo ler as informações adicionais do Vodafone You descobrimos que também estes passes têm limites:
Política de utilização responsável dos Pass:
  • Chat Pass 10 GB,
  • Music e Social Pass 12,5 GB,
  • Video Pass 15 GB.
Depois de ultrapassado o limite de dados atribuído a cada Pass de apps aplica-se o tarifário base de internet do cliente ou a tarifa de internet móvel.

Se por um lado posso compreender a "necessidade" da Vodafone em ter um tarifário que se aproxime do que é oferecido pelos concorrentes, por outro lado acho que teria sido muito mais positivo a Vodafone (ou outro operador) demarcar-se deste caminho, passando a oferecer estes gigabytes adicionais para utilização indiferenciada.

Isto é, em vez de chamarem "chat pass" com 10GB para utilização em apps de mensagens, chamem-lhe pack "extra 10GB", e deixem que os clientes os utilizem como bem entenderem. Isso sim, seria inovar e forçar o mercado a andar para frente, e ao mesmo tempo demonstrando um maior respeito pelos clientes.

... Porque senão, passo a passo, lá vamos seguindo num sentido do qual dificilmente haverá retorno... bastando que um operador comece a oferecer um novo tarifário promocional, onde até dão 1GB de dados por apenas 1€... mas que apenas serve para aceder aos sites dos parceiros associados, sendo necessário pagar o pack "web" por mais 10€ para se ter acesso ao resto da internet...

topo

Novos vídeos da Samsung voltam a dar destaque à câmara

15-02-2018 | 11:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Caminhamos a passos largos para a apresentação daquele que será por certo um dos grandes destaques do MWC. Dia 25 deste mês, vai ter lugar o evento que nos dará a conhecer o Galaxy S9, o novo topo de gama da Samsung.


A marca Sul-Coreana tem estado a preparar o terreno com todo o cuidado e atenção. Depois de um primeiro teaser, fazendo alusão a uma câmara reinventada, a Samsung volta ao ataque, desta vez com vídeos que de uma forma subtil, mostram sequências que por norma são difíceis de fotografar.







Pouca luz, sequências a alta velocidade e algo semelhante aos Animojis da Apple, são os aspectos em destaque nos vídeos.



O presidente da Samsung Itália eleva ainda mais a fasquia, com um vídeo onde a câmara re-imaginada volta a estar em destaque.

Mancano ancora pochi giorni. Impareremo a immaginare tutto daccapo. Galaxy #Unpacked, il 25 febbraio in diretta su https://t.co/ntLsd6XgMS #TheNextGalaxy pic.twitter.com/eSeU6LaR6E
— Carlo Barlocco (@CarloBarlocco) February 14, 2018



Tudo aponta para uma câmara do outro mundo, Será que a Samsung vai conseguir surpreender?

topo

Google lança AMP para email e AMP Stories

15-02-2018 | 11:01 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

A Google continua a promover a adopção do formato AMP, e a sua última táctica consiste em fazê-lo chegar aos emails e também facilitar a criação de "stories".

O AMP (Accelerated Mobile Pages) foi criado com o intuito de acelerar o acesso à informação, consistindo num sub-conjunto restrito de elementos HTML que garantem que a página possa ter um tamanho reduzido e apresentado de forma quase instantânea - em oposição aos sites carregados de publicidade e scripts que tornam o seu carregamento bastante lento. No entanto, nem todos estão satisfeitos com o sistema, havendo também quem diga que as restrições impostas são demasiadas.

Talvez por isso a Google avance com os AMP Stories, que facilitam a criação de "stories" com elementos mais dinâmicos; enquanto simultaneamente também tente um novo flanco de ataque, promovendo as vantagens do AMP nos emails. A ideia é que em vez de emails estáticos, se passe a ter emails que podem apresentar informação sempre actualizada (por exemplo, informação de um voo) ou que sejam interactivos (permitindo fazer reservas, etc.) sem que se tenha que sair do próprio email.

Embora perceba a lógica por trás do AMP, continuo a não ser grande fã do mesmo e penso que estas alterações apenas me vêem dar razão: se se vai começar a "complicar" o AMP para permitir fazer tudo aquilo que já se pode fazer em HTML... qual o propósito da sua existência? Afinal, os developers e sites que optarem por usar o AMP já estarão, à partida, predispostos a criarem os seus sites em HTML de forma eficiente; e com isso têm a liberdade de fazer "stories" ou tudo mais que bem entenderem, sem limitações.

Embora não me pareça que a Google tenha hipóteses de fazer com que o AMP se torne uma ameaça ao HTML (bastando para isso que muitos continuem a recusar adoptá-lo e suportá-lo)... não me agrada nada ver esta insistência na sua utilização.


topo

Apple HomePod mancha mĂłveis de madeira

15-02-2018 | 10:01 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Manda a tradição que todo e qualquer novo produto da Apple tenha direito à sua dose de polémica, e o HomePod não é excepção, estando a manchar os móveis de madeira onde é pousado.

O HomePod da Apple chegou ao mercado tardiamente (inicialmente estava previsto para ficar disponível antes do Natal de 2017) mas o tempo extra parece não ter sido suficiente para que a Apple fizesse um controlo de qualidade ao nível das superfícies onde é colocado, com muitos clientes a descobrirem que, ao fim de poucos dias, os seus móveis de madeira exibem uns nada agradáveis círculos brancos.

Isto parece estar a ser provocado pelos óleos da base em silicone a reagirem com a madeira e, para complicar a situação, uma vez que o HomePod necessita de uma base rígida para efeitos acústicos, não poderá ser simplesmente resolvido colocando um pano por baixo - quando muito, será necessário colocar uma base rígida "descartável" que proteja o móvel. (Eu até sugeriria usar uma base em vidro, mas aparentemente o vidro afecta negativamente a qualidade sonora do HomePod.)

Por seu lado, a Apple limita-se a dizer que estas manchas são normais em produtos que usem bases de silicone... e por isso, que fica a cargo dos utilizadores colocarem os HomePods noutras superfícies mais apropriadas. Ou seja, uma nova versão do famoso "you're holding it wrong", que demonstra que nalgumas coisas a Apple se tem mantido inalterada ao longo dos anos... :P


Actualização: afinal já surgiram relatos que o Sonos também marca a mobília, embora em menor grau. Mais alguns dias e ainda vemos a Apple a dizer que o facto do HomePod marcar mais branco que a concorrência é sinal da melhor qualidade do seu silicone! :)


topo

Benchmarks do Snapdragon 845 prometem desempenho muito superior ao 835

15-02-2018 | 09:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A Qualcomm ainda continua a deter uma posição muito confortável no mercado dos smartphones, mas o seu processador destinado aos topo de gama, já se viu ultrapassado pela proposta apresentada pela Huawei. Em poucos anos, o processador Kirin foi alvo de uma evolução notória a todos os níveis, conseguindo nesta altura bater-se lado a lado com os Snapdragon.


Esta foi uma excelente notícia para o consumidor, que viu crescer o número de alternativas neste segmento de mercado, onde a oferta é cada vez mais reduzida. A presença de um concorrente de peso, tem a vantagem de obrigar quem outrora dominava a seu belo prazer, a ter que se empenhar ao máximo, mais uma vez, com vantagens para o consumidor.



Olhando para os resultados dos testes apresentados na imagem em cima, poderia pensar-se que os ganhos no processamento do CPU chegam ao 53%, mas este valor corresponde à soma do resultado do teste com um núcleo com o multi-núcleos. Assim, em single-core, no caso dos dados que supostamente são de um Mi Mix 2S, os ganhos são de 30%, e no multi-core, 22%.

Na GPU temos ganhos entre os 10 e 38%, na interface, chega a haver uma diferença de 58%, o que representa uma melhoria substancial relativamente ao Snapdragon 835.Esperamos poder confirmar estes resultados já no final do mês, com a apresentação de novos smartphones no MWC.

topo

Chrome começa a bloquear publicidade chata a partir de hoje

15-02-2018 | 09:15 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

Hoje em dia é praticamente indispensável utilizar um adblocker no browser ao navegar pela web, mas a Google espera conseguir inverter essa tendência... disponibilizando o seu próprio adblocker integrado no Chrome.

Hoje é o dia em que quem utiliza um adblocker no Chrome poderá experimentar desactivá-lo, para ver que tal funciona o novo sistema de bloqueio de publicidade do Chrome. Não é segredo que a Google depende da apresentação de publicidade para ganhar a maior fatia dos seus lucros milionários, e por isso mesmo há muito que iniciou manobras para se posicionar na área que parece ser contrária aos seus interesses: a do bloqueio de publicidade.

A "estratégia" da Google é a de convencer os utilizadores que o problema não está na publicidade mas sim na forma como alguns sites a utilizam de forma abusiva, e por isso mesmo este novo sistema do Chrome esperará convencer alguns utilizadores a abdicarem do seu adblocker "total" em favor de um que continuará a impedir a publicidade abusiva (como anúncios em popups ou em grande quantidade, etc.) mas que continuará a deixar passar publicidade considerada aceitável.


Quando um site for considerado abusivo surgirá uma janela no Chrome a indicar que a publicidade foi bloqueada, com a opção de permitir a sua apresentação caso o utilizador assim o entenda.


Para os fãs da eficiência, este adblocker do Chrome torna-se interessante pois o bloqueio é feito a um nível inferior ao que é acessível para os adblockers instalados via extensões, o que permite que o seu funcionamento seja mais rápido e eficaz. Certamente não deverá demorar muito para que surjam alguns testes comparativos a demonstrar a eficiência dele face aos adblockers tradicionais, como o uBlock Origin e outros, para tirar as teimas.

Até lá, nada como experimentar e tirarem as vossas próprias conclusões...


topo

Samsung suspende Android 8.0 para o Galaxy S8

15-02-2018 | 08:35 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


O lançamento das actualizações para o Android 8.0 parece estar difícil, e agora é a vez de também a Samsung suspender a actualização que já estava a ser disponibilizada para o Galaxy S8.

Foram já vários os fabricantes que começaram a lançar a actualização para o Android 8 para os seus equipamentos... para depois as suspenderem (mesmo quando se tratavam de versões que tinha tido direito a testes beta), demorando mais algum tempo até que as disponibilizassem de forma definitiva. E agora também a Samsung se junta ao clube, ao suspender o Android 8 para o Galaxy S8.

Embora não tenha sido dada qualquer explicação, o problema não parece ser grave ao ponto da Samsung recomendar que quem já tiver feito a actualização reverta para a versão anterior do Android, pelo que o mais provável é que seja apenas algum detalhe ou problema que ocorra com frequência reduzida - embora também se possa dar o caso da Samsung simplesmente ser supersticiosa e não querer lançar uma actualização com a referência: G950/G955-FXXU1CRAP.

É uma questão de esperar que o Android 8.0 volte a ser disponibilizado para os S8... e se possível acompanhado por uma explicação sobre o motivo desta suspensão inesperada.

topo

Notable PHP package: PHP Create Price Range

15-02-2018 | 03:54 | Manuel Lemos | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

By Manuel Lemos
Many sites need to display the prices of products that they exhibit for display and sell.

Often user need to know what products are available and they can afford.

This class can help generating price ranges for display, so they also can be used as filters to perform queries in the sites databases that they use to take the information about the products in their inventory.

Read this article to learn more details about how this notable PHP package works.

topo

França quer empresas a disponibilizar código fonte dos programas após fim do seu suporte

14-02-2018 | 21:14 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Temos assistido a casos flagrantes de falta de segurança em empresas de todas as dimensões, e em França começam a ser discutidas algumas opções que se poderão considerar "revolucionárias".

Em primeiro lugar, e ao estilo do que outros países também já vão ameaçando fazer, pretende criar-se legislação que responsabilize as empresas pelas vulnerabilidades de segurança nos seus produtos. Isto é, em vez de uma empresa se poder limitar a fazer um pedido de desculpa pública com um "ah, não sabíamos" quando alguém descobre que há forma de escutar remotamente um brinquedo com microfone que está ligado à internet, a empresa poderia ficar em muito maus lençóis - e no mínimo, passaria a levar a segurança dos seus produtos bastante mais a sério.

Mas a parte mais importante é outra das propostas, que dificilmente será aceite mas que merece ser discutida, em que é referido que as empresas deveriam disponibilizar o código fonte dos seus produtos após terminado o seu tempo de suporte.

É uma medida que se poderá achar completamente lógica e que faz todo o sentido: afinal, se o próprio fabricante já não tem interesse em manter o produto, seria simpático que esse código fosse disponibilizado, para que um qualquer interessado até pudesse prolongar o seu suporte de forma não oficial - ou eventualmente corrigir uma vulnerabilidade grave que tivesse sido descoberta, mesmo quando o fabricante original dissesse que o produto já era demasiado antigo para perderem tempo com isso.

O problema é que, para além de me parecer muito difícil que a maioria das empresas estivesse disposta a aceitar isso; muito software já tem tal nível de complexidade e um tal emaranhado de dependências de outros softwares, que o mais provável seria que a parte que fosse disponibilizada pelo fabricante acabasse por ser insuficiente para ter qualquer utilidade prática real.

Ainda assim, acho que seria um passo positivo e que, de forma indirecta, poderia servir para incentivar os fabricantes a manterem um período de suporte continuado aos seus produtos... como forma de evitar serem forçados a disponibilizar o seu código fonte - o que, mais cedo ou mais tarde, seriam obrigados a fazer de qualquer forma.

topo

Página 1 de 5677

Subscrever

Autores

Disclaimer

O Planet Geek não é responsável pelos seus conteúdos, apenas os replica a partir de cada blog.
Os artigos são da exclusiva responsabilidade dos seus autores.