Planet Geek

17 de Agosto, 2017

Censura automática do YouTube está a eliminar vídeos com crimes de guerra

17-08-2017 | 20:21 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


O problema de criar ferramentas para detecção automática de conteúdos indesejados é o de que, inevitavelmente, se vão remover conteúdos que necessitam ser vistos, e isso volta a acontecer com o novo sistema de censura automática no YouTube.

A Google implementou recentemente um novo sistema que tenta identificar e remover vídeos extremistas, mas o problema é que também está a remover vídeos que documentam crimes de guerra. Têm desaparecido do YouTube vídeos que mostram o ISIS a destruir património da humanidade, assim como vídeos que até foram usados como provas no julgamento de Chelsea Manning.

O mais frustrante, para quem vê estes vídeos serem removidos, ou até a suspensão das suas contas do YouTube, é que os pedidos para que os casos sejam reanalisados resultam invariavelmente numa resposta do tipo "analisamos o caso novamente, mas continuamos a achar o mesmo e por isso fica tudo bloqueado" (eu que o diga, que num artigo relativo a questões de privacidade - do vibrador bluetooth que enviava dados para o fabricante sem consentimento dos utilizadores - a Google continua a penalizar-me por achar que se trata de um artigo pornográfico; e um pedido de re-análise do mesmo também veio com a mesma resposta que nos faz perder as esperanças de que alguém humano olhe para o assunto com olhos de ver.)

Claro que neste caso do YouTube as coisas são bem mais preocupantes, pois este crivo dos conteúdos indesejados arrisca-se a apagar do conhecimento público todo o tipo de situações que deveriam permanecer documentadas.

... Imagine-se que por altura do massacre de Santa Cruz em Timor, também se tinha um sistema automático que considerasse o vídeo extremista e impróprio para ser divulgado?...

topo

Asus apresenta os novos Zenfone 4 e Zenfone 4 Pro

17-08-2017 | 17:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Com toda a pompa e circunstância, a Asus apresentou não um, mas sim cinco novos smartphones da linha Zenfone:  ZenFone 4 Pro, ZenFone 4, ZenFone 4 Selfie Pro, ZenFone 4 Selfie e o ZenFone 4 Max Pro (tendo todos eles garantida a actualização para o Android O, resta saber é quando...). Já se sabia qual o mote para o lançamento dos novos smartphones da Asus, "We love photo" e agora percebe-se porquê, pois todos os modelos trazem uma dupla câmara traseira, com o pro a ter um zoom óptico de 2x e os restantes modelos utilizarem-na para imagens com maior abertura.





O ASUS Zenfone 4 Pro

O Zenfone 4 Pro é o novo topo de gama da marca de Taiwan,  no qual por certo estão depositadas muitas esperanças. Apresenta um corpo em metal com traseira em vidro. Na frente um ecrã 2,5D de 5,5", ainda com margens e uma resolução FullHD. Tem um processador Snapdragon 835, 6GB de RAM LPDDR4 e 64GB de armazenamento, expansível através do slot para micro SD.


Tem 7,6mm de espessura, que alberga uma bateria de 3600mAh. O botão frontal também tem um sensor de impressão digital. Para já, apresenta-se com Android 7.1.1., resta saber como será quando chegar ao nosso mercado.

Em termos de câmaras, o Zenfone 4 Pro tem um sensor de 12MP Sony IMX362 com aberuta f/1.7 e pixeis de 1.4um pixel.O segundo sensor é um Sony IMX351 de 16MP com zoom óptico 2X. A câmara frontal tem um sensor Sony IMX319 com 8MP e os mesmos 1.4um por pixel, abertura f/1.9 , e uma abertura angular de 88º.





O Zenfone 4 é um gama média, que se apresenta em duas versões, uma com processador Snapdragon 630, 4GB de RAM e 64GB para armazenamento e uma outra com 6GB de RAM e um muito interessante Snapdragon 660.

Ambas as versões têm um ecrã de 5,5" FullHD, bateria de 3300mAh, NFC e slot para cartão microSD.

Tal como o modelo Pro, também tem uma dupla câmara traseira, repetindo o sensor Sony IMX362, com pixeis de 1.4μm, mas a abertura passa para f/1.8. O sensor secundário é um OmniVision 8856 8MP, com abertura f/2.2 e pixeis de 1.12μm. Tem estabilização OIS e EIS. A câmara frontal tem 8MP, abertura angular de 84º e uma abertura f/2.0.

Em termos de preços, e apenas para referência, o Zenfone 4 Pro custa $599  e o Zenfone 4 $399.

Imagens via Engadget

topo

Cinera quer por um ecrã IMAX à frente dos nossos olhos

17-08-2017 | 17:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Óculos de realidade virtual com qualidade suficiente para enganar a nossa visão é algo que tem sido prometido para breve, mas antes disso temos este projecto Cinera, que pretende criar uma experiência semelhante ao IMAX nuns óculos relativamente compactos.

Quem já experimentou os óculos VR mais populares do momento (como os Oculus Rift ou os HTC Vive) sabe que a resolução da imagem ainda deixa bastante a desejar, sendo bastante notórios os pixeis que constituem a imagem. Isso é algo em que muitas empresas trabalham para resolver, umas apostando em óculos 8K (4K para cada olho), outras prometendo 20MP para cada olho, e outras ainda recorrendo a sistemas híbridos que combinam ecrãs de alta resolução apenas para onde se estiver a olhar.

Este Cinera aposta num formato que não é demasiado radical, optando por usar dois ecrãs de 2560x1440 para criar uma imagem ao estilo IMAX que ocupa 66º do campo visual, assim resultando numa densidade de pixeis de 39ppi, significativamente mais que os 9.8ppi do Vive e os 11.5 dos Rift. Este campo de visão poderá ser interessante para efeitos de quem quer ver filmes, mas parece-me que se tornará demasiado limitado para aplicações VR...

Para os interessados, o Cinera está disponível com preços a começar nos $399 e entrega prometida para Novembro deste ano. (Pessoalmente, acho que o ideal seria esperar pelos óculos com pelo menos 4K por olho... mas depois também se teria que ter uma máquina à altura para gerar imagens nessa resolução...)


topo

Xiaomi Redmi Note 5A deverá ser apresentado no próximo dia 21

17-08-2017 | 16:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


O Xiaomi Redmi Note 5A tem andado nas bocas do mundo e a sua passagem na TENAA, agência de certificação Chinesa, só veio agitar ainda mais as águas. A apresentação estará assim para breve e o convite que Lin Bin, co-fundador e presidente da Xiaomi agora divulgou, vem confirmar isso mesmo, com o evento a ter lugar no próximo dia 21, com transmitição via internet.



O Redmi Note 5A deverá chegar em dois modelos. De acordo com a informação obtida através da TENAA, o smartphone terá um ecrã de 5,5" com resolução HD e um processador Snapdragon 425, 2GB de RAM e 16GB para armazenamento. A câmara traseira deverá apresentar  os habituais 13MP e a frontal poderá ficar pelos 5MP. A bateria com 3000mAh, suficiente para este nível de hardware.

É expectável que seja ainda apresentado um novo modelo, com um processador Snapdragon 430, 3GB de RAM e 32GB para armazenamento. A câmara traseira deverá passar para os 16MP e a frontal sobre para os 13MP. Em termos de preço na China, deverá custar $179, ficando a versão com hardware mais modesto pelos $149.

Numa das imagens divulgadas, há um equipamento com sensor de impressão digital na traseira, pelo que é possível que o modelo com o Snapdragon 430 apresente este sensor.

Segundo Lei Jun, este será um equipamento com "alta qualidade a custo reduzido, que irá estar disponível em cores vibrantes", bem ao gosto das gerações mais novas. O corpo não será em metal, mas o policarbonato deverá apresentar um acabamento metálico.

topo

Blackview BV8000 Pro a ‚ā¨200

17-08-2017 | 16:30 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Nem sempre é fácil combinar o desejo de ter um smartphone topo de gama com a necessidade de o utilizar em todo o tipo de ambientes mais agrestes, mas o Blackview BV8000 Pro não tem problemas em enfrentar todo o tipo de abusos, sem descurar o que tem no seu interior.

O Blackview BV8000 Pro vem equipado com um ecrã Full HD de 5", CPU MTK6757V octa-core a 2.3GHz, 6GB de RAM, 64GB de espaço + microSD, câmaras de 16MP e 8MP, bateria de 4180mAh, sensor de impressões digitais na parte lateral, dual SIM e Android 7.0. Mais importante - e diferenciador face a outros smartphones - é o facto de contar com resistência "tri-proof" contra quedas, água e pó (IP68).


É um tipo de smartphone bastante específico, para quem procura modelos mais robustos que não se estatelem à primeira queda ou tenham receio em ser usados em ambientes onde não seria conveniente utilizar um topo de gama convencional; mas que ao mesmo tempo não abdique de incluir tudo o que se esperaria de um topo de gama (e ainda por cima num formato de 5", resultando num modelo mais compacto do que seria possível com os mais habituais smartphones de 5.5").

Habitualmente este BV8000 Pro tem um preço de 239 euros, mas usando-se o código de desconto BLV0007 (válido até final do mês) o preço é reduzido para os 200 euros.

topo

Notícias do dia

17-08-2017 | 15:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

O Galaxy Note 4 também tem "baterias explosivas" mas desta vez a culpa não é da Samsung; a DJI prepara um modo privado para drones que dispensa a ligação à internet para total privacidade; temos a mini-scooter eléctrica Xiaomi M365 a €319 (com portes gratuitos e livre de alfândega); o iOS 11 deverá vir com navegação em Realidade Aumentada; e o Qualcomm Spectraadiciona um Kinect aos smartphones.

Antes de passarmos às notícias, não se esqueçam que é o último dia para participarem no passatempo Leagoo Kiicaa Max sem margens e que também temos exemplares do livro FCA dedicado ao Swift para oferecer ao longo desta semana.

Google Maps ganha perguntas e respostas




Se já usam o Google Maps para descobrir informação sobre locais e estabelecimentos vão gostar de saber que a partir de agora poderão fazer perguntas directas que poderão ser respondidas por outros utilizadores (ou responsáveis dos devidos locais).

Desta forma, em vez de se limitarem ao que foi dito nos comentários ou avaliações, podem tirar as dúvidas de forma mais imediata e sem terem que recorrer a outro serviço ou plataforma. Obviamente que isto também será uma forma de pressionar os donos de estabelecimentos a terem uma presença mais activa no Google Maps (e também manterem os dados actualizados sobre os seus estabelecimentos)... mas esperemos que o Google Maps não se comece a diversificar tanto, que torne necessário o lançamento de um Google Maps "Lite".


Google compra Fabby



A Google comprou os criadores da app Fabby, que aplica efeitos a imagens, mas cuja tecnologia recorre a inteligência artificial para detectar e individualizar rostos, melhorar a qualidade das imagens, ou até aplicar alterações como mudança de cor do cabelo.

Um dos efeitos mais imediatos é facilitar a criação do efeito de profundidade de campo reduzido, como tentam fazer muitos smartphones com câmara dupla (muitos deles a não terem bons resultados)... pelo que isto poderá ser uma indicação do que a Google pretenderá fazer no futuro.


Investigadores usam som para detectar impressões 3D maliciosas



Com a importância crescente da impressão 3D na indústria, há quem já vá imaginando uma nova vertente de ataque, em que malware consiga alterar a peça impressa, parecendo ser uma peça idêntica à pretendida mas sem a resistência pretendida.

Em vez de recorrer a dispendiosos testes de verificação da peça usando raios-X ou equivalentes, alguns investigadores dizem que bastará usar um microfone para escutar o processo de impressão, e que isso será suficiente para detectar se a peça impressa foi adulterada.


G Suite com novas ferramentas colaborativas



Os diversos programas da Google que constituem o G Suite (Docs, Sheets, Slides) já contam com múltiplas funcionalidades colaborativas para trabalhos em equipa, mas agora contam com alguns pedidos de longa data dos utilizadores, como a possibilidade de aceitar / rejeitar todas as alterações propostas aos documentos, e dar nomes às diferentes versões dos documentos.

Estas sugestões de alterações também podem ser feitas a partir das apps mobile, algo que estranhamente estava ausente. E os templates de documentos também passam a poder incluir add-ons, para acelerar o processo de criação de novos documentos "típicos" para cada situação. Pesquisar por outros documentos (e não só) também passa a estar acessível a partir da coluna lateral, evitando ter que sair da janela em que se está a trabalhar para procurar algo.


Curtas do dia


Resumo da madrugada


topo

Pixel 2 virá com margens sensíveis ao toque

17-08-2017 | 15:21 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Os rumores de que o próximo Pixel 2 iria sofrer de influências da HTC parecem ficar confirmados, com a referência de que um dos novos topo-de-gama da Google irá contar com as margens sensíveis ao toque, tal como acontece com o HTC U11.


Graças a informações derivadas da certificação na FCC, ficamos a saber que o Pixel 2 irá ter um "Active Edge" que permitirá lançar o Assistant quando se "espreme" o equipamento, à semelhança do que a HTC implementou no seu U11. Também fica descoberto que o modelo base deverá ter 64GB em vez de 32GB, e recorrer a um Snapdragon 835 - o que já seria esperado para qualquer topo de gama nesta altura.

Pessoalmente, parece-me que a aposta no "Active Edge" acabará por ser contraproducente, a começar pelo facto de que a Google se parece estar a deixar distrair por curiosidades em vez de se concentrar em disponibilizar uma experiência unificada de utilização. E sinal disso será esta funcionalidade estar disponível no Pixel 2 feito pela HTC, mas (ao que tudo indica) não no Pixel 2 XL feito pela LG. Isto, numa altura em que no Android ainda nem sequer se tem uma forma standard para suportar touchscreens com sensibilidade à pressão (como já se tem no iOS há alguns anos).

Parece-me que haveria coisas bem melhores em que apostar, do que numa funcionalidade que apenas estará disponível num dos seus topo de gama para este ano... (e mesmo que estivesse nos dois, também não me parece que fosse critério preferencial para ser incluído...)

Publicado originalmente no AadM

topo

Tablet e-paper reMarkable fica pronto a 29 de Agosto

17-08-2017 | 14:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

Depois de muita espera, o curioso tablet e-paper reMarkable que pretende ser um substituto do papel real começará finalmente a ser enviado para os primeiros clientes a 29 de Agosto.

O reMarkable é um tablet com ecrã e-paper que quer substituir uma folha de papel tradicional, contando com um ecrã e-paper de tamanho generoso (10.3" com 1872x1404 pixeis), mas mais importante ainda é o facto deste ecrã ter um tempo de resposta de 55ms, o que lhe permite reagir imediatamente aos "rabiscos" que se desenharem. Para além disso, a própria textura do ecrã foi concebida para replicar a mesma sensação de escrever com um lápis numa folha de papel.

Foi o tipo de gadget que me deixou verdadeiramente tentado a comprá-lo (com a auto-justificação de que com ele regressaria aos meus tempos de juventude em que passava horas a desenhar em papel)... mas que o preço de $379 (na altura) acabou por me fazer reconsiderar.

Ainda assim, é daqueles projectos que muito desejo ver ser bem sucedido... e que eventualmente se torne tal sucesso que a produção em volume permita baixar o preço para valores mais comportáveis para quem procurar um tablet secundário para efeitos de desenho.

... Para ser perfeito, só precisava ser compatível com o lápis digital da Staedtler. :)





topo

iOS 11 virá com navegação em Realidade Aumentada?

17-08-2017 | 13:14 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Chegar até ao destino é algo que será ainda mais simples com a chegada do iOS 11, pois o sistema de navegação do Apple Maps deverá tirar partido do ARKit para apresentar as informações directamente sobre o mundo real.

Temos visto inúmeras demonstrações sobre o que se pode fazer com o ARKit, mas para que esta tecnologia seja mais que uma mera curiosidade será necessário fazer algo útil de forma mais bem conseguida do que se já tem actualmente - e daí que a navegação usando realidade aumentada, a pé, e até em interior de edifícios, seja um dos potenciais trunfos que a Apple está a preparar para o iOS 11.

As referências a tal foram encontradas nas versões beta do iOS 11, e apenas vêm confirmar aquilo que muitos já suspeitariam. Fazer este tipo de navegação em realidade aumentada é algo que já muitos têm tentado fazer (há muito) mas, como é tradição da Apple, a mesma limitou-se a esperar pelo momento certo para fazer a sua entrada nesta área, com a tecnologia refinada e de forma bastante mais prática. Por exemplo, era habitual que as apps de realidade aumentada necessitassem de um marcador para que o smartphone pudesse reconhecer a posição e orientação do objecto digital a inserir - coisa que com o ARKit se torna desnecessária.

A Google bem que tentou a sua sorte apostando no Tango, capaz de fazer isto e mais, mas que recorre a hardware especializado - o que o deixa apenas ao alcance de alguns poucos que decidam investir nos poucos equipamentos disponíveis (algo que poderá mudar no próximo ano). A Apple, apostou em fazê-lo via software, o que permitirá disponibilizar esta tecnologia a centenas de milhões de utilizadores sem necessidade de fazerem qualquer investimento extra (para além do que fizeram ao comprar um iPhone).

Com o iOS 11, preparem-se para que o pedido de uma rota até qualquer local possa ser apresentado assim:

ARKit + CoreLocation, part 2 pic.twitter.com/AyQiFyzlj3
— Andrew Hart (@AndrewProjDent) July 21, 2017

topo

Galaxy Note 4 também tem "baterias explosivas"

17-08-2017 | 11:01 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A última coisa que a Samsung quer é ouvir falar de problemas com baterias dos Galaxy Note (ainda mais, a poucos dias da revelação do Note 8) mas é isso mesmo que volta a acontecer com algumas baterias do já velhinho Galaxy Note 4.

Felizmente, desta vez o problema não é da responsabilidade da Samsung, já que o problema se deve a um lote de 10 mil baterias "falsificadas" que foram utilizadas em reparações dos Galaxy Note 4 vendidos pela AT&T; pelo que todos os restantes utilizadores podem ficar descansados.

A recolha das baterias afecta modelos que foram distribuídos entre Dezembro de 2016 e Abril de 2017. Ainda assim, até ao momento apenas houve um incidente de um utilizador que se queixou de aquecimento excessivo, mas sem ter causado danos (e tratando-se de um smartphone que já foi lançado há três anos, se tivesse havido algum problema em larga escala, por esta altura já teria sido descoberto!)

... Seja como for, quer utilizadores quer fabricantes irão saber dar valor ao facto do Galaxy Note 4 ter bateria substituível, pelo que qualquer problema com bateria pode facilmente ser resolvido trocando-a por outra sem problemas.

topo

Huawei volta a bater a Apple nas vendas em solo Europeu

17-08-2017 | 10:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Depois de recuperar o primeiro lugar nas vendas na China, a Huawei consegue agora bater a Apple em solo Europeu, algo que não será propriamente inesperado, pois o crescimento que a marca Chinesa registou no primeiro semestre, já fazia antever bons resultados.


Aposta que a Huawei tem vindo a fazer no brand awareness, está a dar os seus frutos, com o público a reconhecer a qualidade dos produtos que a marca tem vindo a apresentar nos últimos anos.



Os objectivos traçados por Richard Yu, CEO do Consumer Business Group da Huawei não poderiam ser mais ambiciosos, com o número 1 a ser o alvo a ser atingido. Depois de um terceiro lugar consolidado, a Huawei tem ainda pela frente dois pesos pesados, Samsung e Apple. De acordo com os dados agora publicados pela Canalys, a Huawei voltou a ultrapassar a Apple nos mercado da Europa Central e de Leste.



Quem também registou um excelente resultado foi a Xiaomi, com a particularidade da marca não ter uma presença oficial nestes mercado.

Numa altura em que se aguarda a chegada do novo iPhone, será interessante verificar qual o papel que o Huawei Mate 10 terá nestas contas, pois foi o próprio CEO da marca Chinesa a colocar o desafio em cima da mesa. Outubro tem tudo para ser um mês (mais) quente.

topo

HMD revela Nokia 8 de 5.3" com c√Ęmara dupla e dual-sight

17-08-2017 | 10:02 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A HMD continua empenhada em fazer regressar os smartphones de marca Nokia numa nova era dedicada ao Android, e o mais recente dos quais é o Nokia 8, que não poupa nos argumentos para quem procurar um Nokia Android topo-de-gama.

O Nokia 8 vem equipado com um ecrã QHD de 5.3", um Snapdragon 835, 4GB+64GB, câmara dupla traseira com sensores de 13MP (Cor + OIS) + 13MP (Mono), e câmara frontal de 13MP, contando com parceria com a Zeiss para garantir a máxima qualidade das lentes (e das imagens que se poderão captar), bateria de 3090mAh com Quick Charge 3.0, Android 7.1.1, sensor de impressões digitais na frente, e USB 3.1 Type-C (de 5Gbps).

A HMD não apostou num ecrã sem margens como os que estão na moda, mas mesmo tendo optado por um LCD em vez de um OLED, criou um modo que permite ter um modo "always-on" mantendo apenas uma pequena secção do ecrã activa para poupar energia.

De resto, a maior aposta surge na parte das câmaras com o modo dual-sight que permite fazer o streaming simultâneo das câmaras traseira e frontal para o Facebook e YouTube. Temos também o Ozo Audio, que aproveita os algoritmos desenvolvidos para a sua câmara 360º profissional para permitir que o Nokia 8 grave som "surround" a 360º através dos seus três microfones. E, não menos importante, a utilização de um Android puro, sem apps desnecessárias, e com a promessa de ter actualizações de segurança assim que as mesmas sejam disponibilizadas pela Google.

O Nokia 8 estará disponível em quatro cores: Azul polido, Cobre polido, Azul temperado e Prateado; e chega à Europa em Setembro com um preço de referência de 599 euros.


Hello #Bothie! The world’s first smartphone to broadcast live with both cameras simultaneously. Meet the #Nokia8. pic.twitter.com/nMLl8h6YZe
— Nokia Mobile (@nokiamobile) August 16, 2017

topo

FrontRow quer ser a "life-cam" de referência

17-08-2017 | 09:01 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Para aqueles que acham que o smartphone não chega para documentar e partilhar o seu dia a dia, chega a FrontRow, uma câmara para quem quiser manter um registo quase contínuo de tudo o que faz.

A FrontRow não é a primeira "lifecam" - câmaras wearable cujo objectivo é documentar visualmente tudo aquilo que se for fazendo ao longo do dia - mas penso que será a primeira a adoptar um ecrã circular como os que vemos nos smartwatches, e que resulta num design bastante apelativo.

Dito isto, e embora tecnicamente não haja nada de demasiado milagroso, há muitos aspectos desta câmara que aconselham alguma cautela, a começar pelo facto de descreverem com algum detalhe os aspectos técnicos da mesma... mas depois nem sequer fazerem referência à capacidade da bateria, dizendo apenas que tem autonomia para 16h - que na prática se traduz em apenas 1h50 em gravação de vídeo ou streaming.

Infelizmente, parece-me que a maioria das pessoas nem sequer chegará ao ponto de equacionar se ainda assim seria útil... pois a FrontRow tem um preço de $399 - um preço que me parece exagerado para aquilo que faz. Esperemos pelos clones chineses de baixo custo, já que isto seria o tipo de "brinquedo" que, por um valor bastante mais reduzido, até poderia ser interessante.

topo

Aí esta o Nokia 8 - Tudo o que precisa de saber sobre este smartphone

17-08-2017 | 08:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Aguardado com elevada expectativa, o Nokia 8 foi ontem apresentado em Londres. Num final de tarde escaldante (pelo menos por cá), a HMD deu-nos a conhecer o seu novo topo de gama.

A HMD Global, a casa dos telemóveis Nokia, anunciou hoje o Nokia 8, um smartphone de topo com uma performance elevada e um design elegante. O Nokia 8 apresenta três novidades únicas no mundo dos smartphones Android, incluindo a estreia das lentes ZEISS. Focado no desempenho e em oferecer uma experiência de Android pura, assim como oferecendo o design em corpo de alumínio mais avançado até à data, o Nokia 8 apresenta todas as características de um verdadeiro smartphone Nokia.


Menos Selfies e mais Bothies: O Nokia 8 apresenta uma novidade a nível mundial, permitindo fazer vídeos Dual-Sight para serem transmitidos em direto e em tempo real nas redes sociais, como o Facebook e o Youtube. A opção Dual-Sight utiliza em simultâneo a câmara frontal e a câmara traseira, apresentando o ecrã dividido tanto para fotografias como para vídeos. Com apenas um toque, esta opção de livestream em estreia mundial oferece uma experiência imersiva maior para todos aqueles que gostam de criar e partilhar memórias especiais.


O Nokia 8 é também o primeiro smartphone a apresentar o áudio Nokia OZO, colocando tecnologia exclusiva de Hollywood na palma da mão dos utilizadores. O áudio OZO 360º oferece uma experiência de áudio totalmente imersiva para os vídeos 4K. A captura de áudio 360º assegura que a reprodução dos vídeos permite reviver os momentos captados de forma única, para que as memórias nunca se desvaneçam.


4,6mm de espessura na borda e apenas 7,3mm em média, o corpo do Nokia 8 foi trabalhado com precisão a partir de um único bloco de alumínio da série 6000 e o seu design puro foi aperfeiçoado através de um processo de 40 etapas de usinagem, anodização e polimento. Os modelos seleccionados apresentam um espelho de alto brilho cujo acabamento demorou mais de 20 horas a completar, para atingir um visual impecável. Este smartphone conta com o poderoso processador da Qualcom SnapdragonTM 835 e juntamente com o Android mais recente, seguro e atualizado oferece um desempenho fantástico.



Menos Selfie, mais #Bothie

Há sempre dois lados da história e a funcionalidade Dual-Sight do Nokia 8 foi desenvolvida para ajudar os utilizadores a criar e partilhar a imagem completa. As câmaras frontal e traseira foram desenvolvidas em conjunto com as lentes ZEISS, para uma experiência “all round” de topo. Os utilizadores podem transmitir as suas histórias #Bothie nas redes sociais através da funcionalidade Dual-Sight localizada na app da câmara. É também possível fazer uploads ilimitados[i] de fotografias e vídeos para o Google Photos.


Uma nova dimensão de som com o Audio OZO

Com o Áudio OZO, o Nokia 8 combina três microfones com algoritmos acústicos Nokia exclusivos, para capturar áudio com som espacial 360º imersivo. É possível partilhar os vídeos 4K com Áudio OZO em qualquer lado - os codecs binaural permitem a reprodução com qualidade alta mesmo em dispositivos sem Áudio OZO.




Engenharia de inovação e precisão

Com um processador Qualcomm® SnapdragonTM 835, o Nokia 8 não compromete em termos de desempenho.


O Nokia 8 foi projetado desde o início com o utilizador em mente, para oferecer uma captura de conteúdo única e partilhar experiências. Isto obriga o dispositivo a ser desenvolvido meticulosamente tanto no interior como no exterior. Para garantir o funcionamento do telemóvel durante mais tempo, as equipas de design, inovação e engenharia trabalharam em conjunto. O resultado é um tubo de resfriamento de cobre coberto por grafite, que dissipa o calor gerado pelo sistema de alto desempenho em todo o comprimento e largura do aparelho. O Nokia 8 consegue manter a temperatura arrefecida mesmo nas situações mais exigentes.


O Nokia 8 é compatível com o Qualcomm® Quick Charge 3.0, o que significa que, quando a bateria do aparelho está a acabar, os utilizadores podem voltar rapidamente ao que estavam a fazer.


Juho Sarvikas, Chief Product Officer da HMD Global, afirmou:

“Sabemos que as pessoas estão cada vez mais a criar e partilhar conteúdo em direto, com milhões de fotografias e vídeos partilhados a cada minuto nas redes sociais. As pessoas são inspiradas pelo conteúdo que consomem e procuram novas formas de criar o seu próprio conteúdo. São estas pessoas que nos inspiraram a criar um smartphone de referência que equilibra na perfeição um design premium, uma experiência fantástica e um desempenho estrondoso.”


Android puro

Os smartphones Nokia oferecem sempre uma experiência de Android pura, sem apps desnecessárias a abrandar o desempenho do aparelho. No Nokia 8, um Android puro combinado com os processos de engenharia inovadores da HMD permite libertar todo o potencial do Processador SnapdragonTM 835. Com atualizações de segurança mensais, o Nokia 8 está sempre seguro e atualizado. O aparelho conta com autenticação de impressão digital biométrica, aumentando a segurança do Nokia 8 e fazendo deste um dispositivo versátil, independentemente das necessidades do utilizador. 


Acessórios

A HMD oferece uma vasta gama de acessórios adequados para o estilo de vida ativo dos detentores do Nokia 8. O Nokia 8 funciona na perfeição com o auricular Nokia Active Wireless Headset– um auricular premium leve à prova de água, suor e terra. Esculpido em alumínio para a combinação perfeita, este auricular apresenta um elegante design de corte de diamante. O portfolio completo de acessórios Nokia inclui auriculares, microfones portáteis, carregadores para o carro, capas  e protetores de ecrã.


Disponibilidade

O Nokia 8 estará disponível em quatro cores: Azul polido, Cobre polido, Azul temperado e Prateado.


Especificações técnicas do Nokia 8[ii]

·        Redes:

    • GSM: 850/900/1800/1900

    • WCDMA: 1, 2, 5, 8

    • TDS-CDMA: 34, 39

    • LTE:1, 2, 3, 4, 5, 7, 8, 20, 28, 38, 39, 40, 41

  • Velocidade da rede: LTE Cat. 9, 3CA, 450Mbps DL/50Mbps UL

  • Disponível nas variantes single SIM e dual SIM

  • Sistema operativo: Android Nougat 7.1.1

  • Processador Qualcomm® Snapdragon™ 835

    • MSM8998 (4* 2.45GHz Qualcmm® Kryo™ + 4* 1.8GHz Kryo)

  • RAM: 4GB

  • Armazenamento: 64GB[iii] memória interna com ranhura de cartão MicroSD (suporta até 256 GB)

·        Forma: splashproof IP54  Monobloco touch com teclas de Sistema capacitivas

  • Ecrã: 5.3” IPS LCD QHD 2560 x 1440, brilho de ecrã de 700nts, Ecrã de vidro esculpido Corning® Gorilla® 5, 2.5D

  • Câmara com lentes ZEISS:

    • Câmara primária: 13MP (Cor + OIS) + 13MP (Mono), 1.12um, f/2.0, 76.9˚, PDAF, IR procura de alcance, flash duplo

    • Câmara frontal: 13MP PDAF, 1.12um, f/2.0, 78.4˚, flash de ecrã

  • Conetividade e Sensores: Type C, USB3.1 Gen 1 (5Gbps), plug do auricular 3.5mm, Sensor de luz ambiente, Sensor de proximidade, Acelerómetro, E-compass (bússola eletrónica), Giroscópio, Sensor de Impressão Digital, Sensor Hall, Barómetro, 802.11 a/b/g/n/ac (MIMO), BT 5.0, GPS/AGPS+GLONASS+BDS, NFC, ANT+

  • Bateria: Bateria integrada de 3090 mAh[iv] com Qualcomm® Quick Charge™ 3.0 (18W, 5V/2.5A, 9V/2A, 12V/1.5A)

·        Áudio: MP3,M4A, AAC,OGG,WAV,AMR,AWB(AMR-WB),FLAC,MIDI(MID,MIDI,XMF, MXMF,IMY,RTTTL,RTX,OTA)

·        Vídeo: MP4, 3GP, 3G2, AVI, MKV, WEBM

  • Dimensões: 151.5 x 73.7 x 7.9mm (saliência da câmara de 0.4mm)

Peso: 160g



[i] For images under 16MP (as they are on Nokia 8)

[ii] Todas as especificações, funcionalidades e outras informações de produto fornecidas estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

[iii] O software de Sistema e as aplicações pré-instaladas utilizam uma parte significativa do espaço de memória.

[iv] A Bateria tem ciclos de carregamento limitados e a sua capacidade diminui com o passar do tempo. Eventualmente a bateria terá de ser substituída.




topo

"imaginação sociológica": sociologia, sim!

17-08-2017 | 08:22 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



Qual a importância da Sociologia? Para explanar sobre isso, o sociólogo Charles Wright Mills (1916 - 1962) se utiliza da expressão "imaginação sociológica", de fundamental importância para a compreensão da existência dentro da perspectiva social, para além da importância desta disciplina no currículo escolar.

Ler o artigo completo

topo

DJI prepara modo privado para drones

17-08-2017 | 08:16 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Depois das preocupações com o envio / recolha de dados dos drones da DJI, a empresa apressa-se a lançar uma actualização que disponibiliza um modo "local" que evita qualquer envio de dados pela internet.

A DJI não quer arriscar que a proibição do uso dos seus drones pelo exército dos EUA, contagie outros clientes, e por isso já revelou estar a preparar uma actualização que permitirá aos utilizadores desligar completamente a ligação à internet, para que o drone funcione apenas em modo local sem enviar dados para a DJI.

A preocupação parecia estar relacionada com o envio de imagens captadas pelos drones da DJI, algo que à partida só acontece quando o utilizador dá permissão para tal; mas assim a DJI espera sossegar os mais desconfiados, com a promessa de que não haverá qualquer transmissão de dados para fora.

... Claro que, como qualquer bom desconfiado seguramente pensará: faltará agora comprovar que realmente não há qualquer envio de dados, e que não se trata apenas de uma opção cosmética sem efeitos práticos (algo que não me parece que a DJI ousasse arriscar, sob pena de perder toda a credibilidade junto dos seus clientes e fãs).

topo

Staedtler Noris digital é um lápis "clássico" para tablets

17-08-2017 | 07:46 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Usar um lápis pode estar a cair em desuso entre os que passam o dia a teclar num computador ou a usar um tablet, mas a Staedtler apela à nostalgia e combina o tradicional com o moderno, no novo lápis Noris digital para tablets.

Já está disponível em Portugal o novo lápis Staedtler Noris digital, um lápis electrónico que adopta o design bem conhecido com formato hexagonal tradicional dos lápis Staedtler, as típicas listas Noris (amarelo e preto), o bico em preto e a superfície em madeira originária de florestas alemãs.

O lápis digital é compatível com vários dispositivos Samsung, incluindo vários smartphones da família Samsung Galaxy Note, para além dos tablets Galaxy, e alguns chromebooks e notebooks da marca. Integra a tecnologia S Pen e a tecnologia EMR passiva, não havendo necessidade de recarregar o mesmo.

Será uma excelente forma de reviver algumas memórias de tempos passados (para quem deixou de usar lápis nas últimas décadas), e que também afastará as más experiências de tentar escrever ou desenhar num tablet usando um stylus de tamanho reduzido e pouco ergonómico.

... Só não se esqueçam de que este não precisa de ser afiado! :)

topo

SonicSpy é o mais recente spyware a chegar à Play Store

16-08-2017 | 20:13 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

Vão sendo cada vez mais frequentes os casos de malware que conseguem chegar a apps na Play Store, e desta vez temos mais um spyware que conseguiu enganar os sistemas de detecção da Google.


A segurança é um tema que devido à sua importância, abordamos com frequência. Desta vez temos uma notícia relacionada com spyware, o qual já chegou a ser detectado em algumas apps que estão disponíveis no Google Play.

Segundo a Lookout, esta variante denominada "SonicSpy" foi encontrada na aplicação Soniac - um clone do popular Telegram que já contavam com 1000 a 5000 downloads - que para além de actuar como app de mensagens também era responsável por recolher informação dos equipamentos onde estava instalada.


Depois de instalado, o SonicSpy é capaz de executar 73 operações remotamente, entre as quais se encontram a capacidade de gravar áudio, tirar fotografias, efectuar chamadas, enviar sms para números específicos e obter informação de chamadas, contactos, e informação sobre ligações WiFi.

Como é habitual, a recomendação vai para os cuidados que devem ter ao instalar aplicações, evitando a todo o custo instalar apps que não sejam de developers conhecidos e com boa reputação.


por: Luis Costa

topo

Google Now mostra previsão do pólen... para os EUA

16-08-2017 | 17:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Quem sofre de alergias, sabe que em determinadas alturas do ano tem uma luta a travar com os lenços de papel. É inevitável fazer-se acompanhar deste acessório, pois o mesmo revela-se indispensável para a sobrevivência do nariz.
O pólen é para muitos um problema, com os espirros a serem uma inevitabilidade. Não há volta a dar, podemos tomar todas as medidas preventivas, mas é garantido que temos sempre uma árdua batalha pela frente.

A Google está ciente da dimensão deste problema e associou-se ao Weather channel para disponibilizar um alerta através do Google Now, sempre que os níveis de pólen ultrapassem os limites estabelecidos como seguros.


Esta é uma excelente notícia, pelo que tratei logo de ir testar a funcionalidade, mas depois de muito procurar, tive de aceitar a triste realidade, não está disponível para cá. Pelo que percebi, o serviço está limitado aos EUA. Não chega Google, vamos lá alargar o suporte a todo o mundo, que há por aí muito nariz a sofrer.

topo

Qualcomm Spectra adiciona um "Kinect" aos smartphones

16-08-2017 | 17:32 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Depois da moda das câmaras duplas é natural que o próximo passo nos smartphones seja a utilização de câmaras realmente "3D", e a Qualcomm já tem várias opções que permitem adicionar um "Kinect" aos dispositivos mobile.

Como parte do seu Spectra Module Program a Qualcomm disponibiliza aos parceiros opões para integração de câmaras 3D em smartphones e tablets, sendo que a versão de topo recorre a um sistema em tudo idêntico ao que era utilizado pelo Kinect, com um iluminador IR que projecta um padrão de pontos invisíveis à vista humana que permitem ao sistema determinar a distância dos objectos com alta resolução.

Ao contrário do sistema de duas câmaras actual, em que a informação 3D é estimada com precisão reduzida (suficiente para algo como a simulação do efeito de profundidade de campo, mas pouco mais) aqui temos uma imagem realmente 3D em tempo-real, que poderá ter vantagens em múltiplas áreas, como realidade aumentada / virtual, etc.

Deveremos começar a ver este módulo chegar ao mercado no próximo ano, sendo que o ponto crítico será ter uma plataforma de software que facilite a sua utilização (a Google terá o Tango, se o decidir ampliar a mais dispositivos; a Apple poderia integrar isto no ARKit).


... Outro módulo interessante desta família Spectra da Qualcomm é uma câmara frontal para reconhecimento de íris que até consegue funcionar quando o utilizador está a usar óculos escuros...



topo

Pacote de Apps gratuitas - 16/08

16-08-2017 | 16:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Mais um pacote de jogos, apps e ícones, que estão grátis por tempo limitado. Aproveitem!























































topo

Xiaomi M365 mini-scooter a ‚ā¨319

16-08-2017 | 16:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

Enquanto se aguarda que os automóveis eléctricos (e autónomos) fiquem mais baratos, que tal uma alternativa eléctrica bastante mais económica e que também permitirá devorar quilómetros sem esforço?

A Xiaomi M365 é uma mini-scooter eléctrica com rodas de 8" e estrutura em alumínio, que pode ser dobrada para transporte compacto. Pode transportar pessoas com até 100kg de peso e é capaz de atingir uma velocidade máxima de 25km/h, tendo uma autonomia anunciada para 30km e tempo de recarregamento total de 5h. Tem um motor de 250W, mas podendo atingir momentaneamente potências de 500W de pico.


Sem dúvida que esta "trotinete eléctrica" já nada tem a ver com as trotinetes de outros tempos, e nem sequer falta uma app com a qual se podem monitorizar e ajustar todos os parâmetros de funcionamento da mesma.

A M365 está actualmente disponível por apenas 319 euros, e a melhor parte é que conta com transporte especial gratuito e com todas as questões alfandegárias já tratadas. (como aliás deveria acontecer com todas as compras de fora do espaço comunitário, para nos livrar, de uma vez por todas, de todas as incógnitas do nosso sistema alfandegário que funciona "sabe-se lá como"!)

topo

Notícias do dia

16-08-2017 | 15:26 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

Facebook renova design da News Feed; o Pixel 2 virá com margens sensíveis ao toque; Samsung e Huawei arrecadam prémios EISA nos smartphones; nas promoções temos o Leagoo T5 a €68; e ainda a má notícia de que o Opera Max VPN chega ao fim.

Antes de passarmos às notícias, não se esqueçam que temos um Leagoo Kiicaa Max com ecrã sem margens para oferecer e que também temos exemplares do livro FCA dedicado ao Swift para oferecer ao longo desta semana.

Camera do Facebook ganha "live mode", GIFs de 2s, e posts de texto




A câmara tem cada vez mais importância no dia a dia das pessoas que gostam de partilhar o que fazem com os seus amigos, e por isso o Facebook adicionou mais algumas capacidade ao que se pode fazer com a câmara no Facebook, incluindo o streaming de vídeos em directo, criar GIFs animados, ou até partilhar imagens de excertos de texto com fundos coloridos, como se tem tornado cada vez mais popular nas redes sociais.



Com estas funcionalidades, a câmara no Facebook acaba por replicar tudo aquilo que se podia fazer no Instagram...


LinkedIn começa a mostrar que utilizadores estão online


Quem usar o LinkedIn poderá gostar de saber (ou não gostar) que o serviço passou a mostrar o seu estado, que revela se está online ou não, a todos os seus contactos - de forma automática, a não ser que opte por desligar este novo "Active Status".

É compreensível que a Microsoft queira que o LinkedIn se torne numa plataforma de comunicação para assuntos de trabalho... mas por outro lado, há que relembrar que já tem o Skype que já faz isso e será muito mais adequado para comunicação.


CPUs Intel Ice Lake serão feitos em 10nm+



A Intel continua com dificuldades em fazer a migração para o processo de fabrico de 10nm (e vai fazê-lo apenas para os seus CPUs mais pequenos, destinados a portáteis, mantendo os mais potentes nos 14nm) mas isso não a impede de já ir anunciando que a próxima geração Ice Lake deverá começar recorrer a um processo melhorado (10nm+) que já permitirá que todos os CPUs sejam feitos neste processo.

Embora exista ainda uma significativa diferença de desempenho... importa referir que no sector mobile a evolução parece continuar a alta velocidade, e que a Samsung até já anunciou que teria chips de 4nm em 2020.


Cloudflare usa "neutralidade" para defender sites neo-Nazis



Nos EUA vivem-se tempos conturbados, com os incidentes em Charlottesville a demonstrarem um preocupante ressurgimento completamente descarado de ideais Nazi (e que ainda por cima têm sido "desculpados" por Trump). Desde então várias empresas têm apertado o cerco a sites que promovem estes ideais, com a GoDaddy a ter recusado manter os domínios desses sites, e a Google a fazer o mesmo, obrigando estes sites a refugiarem-se na Dark Web - mas a Cloudflare tem-se escusado a tomar posição, dizendo que não se quer envolver com os conteúdos, e que trata todos os sites da mesma forma.

... Cara Cloudflare, quando se tratam de ideologias destas, não há neutralidade possível, ou se está a compactuar com elas ou - de preferência - se opta por combatê-las: não há meio termo.


Curtas do dia


Resumo da madrugada

topo

Opera MAX: Game Over

16-08-2017 | 15:21 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Numa altura em que se descobre que o Facebook usa a VPN da Onavo para espiar os serviços rivais chega-nos a infeliz notícia de que a Opera vai por um ponto final no seu serviço de VPN Opera Max.


O Opera Max não só nos oferecia uma camada adicional de segurança via VPN, como também nos permitia poupar dados ao efectuar compressão de forma automática e transparente, ideal para lidar com sites que abusam do tamanho das imagens e da qualidade de vídeo sem necessidade.

Era um serviço excelente, mas o facto de ser gratuito também já fazia antecipar de que eventualmente algo teria que mudar. O ano passado o Opera Max começou a "chatear" os utilizadores para regressarem regularmente à app para acumularem tempo de utilização, e isso já poderia ser visto como um sinal de que as coisas não estariam a correr da forma que a Opera desejava. E agora, chega a notícia que se temia, de que o Opera Max chega ao fim.

As apps já foram removidas das app stores, mas quem estiver a utilizar o serviço ainda poderá continuar a utilizá-lo por mais algum tempo, embora seja algo que inevitavelmente vá terminar numa questão de semanas / meses; pelo que os actuais utilizadores melhor começarão a procurar por serviços alternativos desde já.


... O ideal mesmo é que a Google se deixasse de tretas e disponibilizasse o seu serviço de VPN gratuito e com compressão de dados para todos, pois afinal até já o faz nalguns países através do WiFi Assistant e Project Fi.

topo

Apple Watch 3 manter√° design mas chega com vers√£o LTE

16-08-2017 | 14:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Quem esperasse um Apple Watch renovado para acompanhar o seu futuro iPhone 8, terá que continuar a aguardar, pois ainda não deverá ser desta que a Apple altera significativamente o mais popular smartwatch do mercado.

Em equipa vencedora não se mexe, e parece ser isso mesmo que a Apple pretende fazer com a terceira geração do seu Apple Watch, que contará com novidades significativas a nível de hardware - incluindo uma versão LTE que dispensará a presença de um iPhone por perto - mas que o analista Ming-Chi Kuo da KGI diz que não irá ter qualquer alteração significativa a nível de design exterior.

Continuaremos a ter o Apple Watch em dois tamanhos (38mm e 42mm), e seguramente poderemos esperar um desempenho ainda mais rápido e autonomia mais prolongada, mas visualmente... continuará a ser um Apple Watch praticamente indistinguível do primeiro modelo lançado em Abril de 2015.

Parece que neste produto a Apple não tenciona lançar modelos renovados a cada par de anos, como tem feito nos iPhones... o que não deixa de ser uma opção interessante até chegar um momento em que a Apple acha que necessita de revitalizar este segmento (onde, por enquanto não tem grande concorrência).

topo

App "Nossa Freguesia" conta com SOS para animais abandonados

16-08-2017 | 13:29 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Não há nada mais frustrante, para quem gosta de animais, do que perder um dos seus animais de estimação, ou encontrar algum de quem não seja possível encontrar o dono legítimo. Agora há uma app que pode dar uma ajuda: a "Nossa Freguesia".




A app "Nossa Freguesia" passa a ter a opção de reportar animais perdidos e abandonados, sendo que neste momento procura também a cooperação de instituições amigas dos animais para maximizar a sua eficiência.


Nesta plataforma, promover a participação cívica é a maior preocupação: através de um sistema de geolocalização, a aplicação permite sinalizar problemas como buracos na estrada, falta de caixotes de lixo e equipamentos públicos danificados, por exemplo. Questões como estas e muitas outras são identificadas na aplicação e reportadas à autarquia correspondente.

Agora, para além desses problemas de infraestrutura, é também possível dar uso ao "SOS Abandonado", com o qual todos os cidadãos podem igualmente reportar situações de animais perdidos e ou abandonados, agilizando o processo do reencontro com os devidos donos.


Para além de contar com a contribuição dos utilizadores na participação das ocorrências, a plataforma pretende atribuir a gestão de ocorrências do SOS Abandonado a Instituições amigas dos animais que possam monitorizar e seguir o processo das ocorrências submetidas; e desta forma também minimizar o registo de incidentes repetidos ou já resolvidos.


topo

Pixel 2 virá com margens sensíveis ao toque

16-08-2017 | 13:14 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Os rumores de que o próximo Pixel 2 iria sofrer de influências da HTC parecem ficar confirmados, com a referência de que um dos novos topo-de-gama da Google irá contar com as margens sensíveis ao toque, tal como acontece com o HTC U11.

Graças a informações derivadas da certificação na FCC, ficamos a saber que o Pixel 2 irá ter um "Active Edge" que permitirá lançar o Assistant quando se "espreme" o equipamento, à semelhança do que a HTC implementou no seu U11. Também fica descoberto que o modelo base deverá ter 64GB em vez de 32GB, e recorrer a um Snapdragon 835 - o que já seria esperado para qualquer topo de gama nesta altura.

Pessoalmente, parece-me que a aposta no "Active Edge" acabará por ser contraproducente, a começar pelo facto de que a Google se parece estar a deixar distrair por curiosidades em vez de se concentrar em disponibilizar uma experiência unificada de utilização. E sinal disso será esta funcionalidade estar disponível no Pixel 2 feito pela HTC, mas (ao que tudo indica) não no Pixel 2 XL feito pela LG. Isto, numa altura em que no Android ainda nem sequer se tem uma forma standard para suportar touchscreens com sensibilidade à pressão (como já se tem no iOS há alguns anos).

Parece-me que haveria coisas bem melhores em que apostar, do que numa funcionalidade que apenas estará disponível num dos seus topo de gama para este ano... (e mesmo que estivesse nos dois, também não me parece que fosse critério preferencial para ser incluído...)

topo

Notable PHP package: CYMAPGT Console

16-08-2017 | 12:54 | Manuel Lemos | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

By Manuel Lemos
One way to structure better the components of an application is to build service components that can be called to provide separate services.

This package provides a means to use service components to implement different functionality for a console application.

Different components can be called based on the options that the user passed in the command line.

Read this article to learn more details about how this notable PHP package works.

topo

An√°lise ao Sonoff 4CH da Itead

16-08-2017 | 11:40 | A Minha Alegre Casinha | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Ter uma casa inteligente já não obriga a investir milhares de euros, e módulos como este Sonoff de quatro canais, permitem que qualquer pessoa controle remotamente diversos equipamentos e circuitos por menos de 15 euros.

A ideia de que a domótica e automação doméstica é cara tem sido posta em causa nos últimos anos por um número crescente de fabricantes, e os módulos Sonoff da Itead vieram revolucionar o sector, com preços absolutamente irresistíveis.

Se a ideia de ligar/desligar coisa em casa a partir do smartphone, mesmo quando se está fora de casa, era algo que, no passado, obrigaria a investir centenas de euros e a recorrer a múltiplos serviços e fazer configurações complicadas, hoje em dia é algo que pode ser feito por qualquer pessoa, por menos de duas dezenas de euros (ou até menos de 5 euros, se só quiser controlar uma coisa).


O Sonoff 4CH



O Sonoff 4CH é um módulo WiFi que permite controlar quatro canais individuais, concebido para ser montada numa calha DIN, mas que podem colocar em qualquer local (como num tecto falso, etc.) Podemos usá-lo para controlar luzes, motores, ou qualquer outra coisa que possa ser controlada com o ligar/desligar de um interruptor.


A nível de ligações temos três blocos de cinco conectores rápidos (basta pressionar a patilha em cima, inserir o cabo, e soltar) dedicados à fase, neutro e terra; com um dos grupos a servir para a alimentação, e os restantes quatro a serem as saídas controladas pelo módulo. Para além do controlo remoto via app ou temporizações programadas, também temos quatro botões que permitem controlar manualmente o estado das quatro saídas, com indicação a ser dada por LEDs que ficam debaixo do plástico.

No caso deste 4CH, aceita tensões de alimentação de 90-250V, sendo recomendável para controlar cargas de até 2200W por circuito e 2500W no total.




Na caixa, para além das especificações, temos também QR Codes que nos redireccionam para informação adicional e a app de controlo EWelink, disponível tanto para Android como para iOS.


Por dentro



Uma das vantagens dos módulos Sonoff - para além do seu custo reduzido - e a de que são também facilmente "hackáveis", uma vez que recorrem a um dos famosos ESP8266 que vieram trazer o controlo WiFi a equipamentos que até então se limitavam a usar controlos remotos RF.




Temos ali todos os pinos "à mão" para reprogramar o ESP8266 com um firmware alternativo - se assim o desejarem - havendo um número crescente de opções, em função daquilo que quiserem (ou até podem criar o vosso próprio, ou alterar um dos já existentes, que são invariavelmente open-source).


Em Funcionamento



Depois de tudo ligado (como sempre, certifiquem-se de que o quadro está desligado antes de fazerem qualquer ligação - no meu caso, feito numa tomada e com quatro lâmpadas para melhor ilustrar o funcionamento) o primeiro passo é o de instalar a app EWelink e adicionar o módulo.

Confesso que esta configuração inicial foi um pouco mais confusa do que esperava. A app limita-se a dizer para colocarmos o módulo em modo de emparelhamento carregando no botão de emparelhamento por cinco segundos, mas não dizia qual era esse botão (só temos os 4 botões de controlo de cada circuito). Lá tive que recorrer ao Google para descobrir que o botão do canal 1 também serve para esta função... e depois de o pressionar por vários segundos lá ficou um dos leds a piscar de forma acelerada, como era suposto.

Infelizmente, também não conseguiu emparelhar assim. O que me obrigou a repetir o processo, desta vez usando a app na sua versão iOS, onde o processo é um pouco mais complicado (obriga a ligar manualmente à rede WiFi criada pelo módulo a meio do processo), mas finalmente lá ficou tudo a funcionar. Neste processo de emparelhamento, o módulo Sonoff passa a ficar ligado à nossa rede WiFi, permitindo o seu controlo de onde quer que se tenha rede - e até quando se está fora de casa.


A app tem um aspecto bastante básico, mas disponibiliza tudo aquilo que se precisa, incluindo a criação de grupos, temporizações para os módulos, actualização do firmware dos mesmos, e até automatização com a criação de regras (e compatibilidade com a Alexa da Amazon).

No ecrã principal temos acesso directo aos módulos que tivermos (podemos criar grupos diferenciados), e com possibilidade de fazer o controlo directo de cada um dos quatro canais - com o tempo de resposta a ser praticamente instantâneo.



Se entrarmos dentro do módulo, temos acesso a um interface mais "artístico" (se é bonito ou não, dependerá do gosto de cada um) onde, para além de também se poder controlar os quatro canais, temos também a possibilidade de criar temporizadores para ligar/desligar cada canal, ou fazer a programação de ligar/desligar para determinada hora/dia, incluindo repetições diárias/semanais.





Um pormenor sempre interessante, nas definições do módulo podemos definir qual o estado em que queremos que fique cada canal quando o mesmo é ligado (por exemplo, após uma falha de electricidade), podendo ser: ligado, desligado, ou manter o estado em que estava anteriormente.



E sim... no caso de desligarem/ligarem manualmente num dos botões do módulo, o estado é actualizado na app de forma instantânea.

Outra surpresa agradável, quando se liga o módulo, o mesmo fica apto a ser controlado pela app numa questão de 4 ou 5 segundos. Não é que isso fosse problemático, uma vez que se tratam de módulos que à partida estarão ligados continuamente, mas é bom saber que não se tem que esperar "minutos" para ter os módulos operacionais após uma falha de energia.


Apreciação final



É simplesmente impossível não ficar apaixonado por este módulo (e outros) da Sonoff, que por um valor verdadeiramente ridículo nos permitem controlar remotamente tudo o que se deseje em nossas casas, e de uma forma praticamente "pronta a usar". Quem tiver confiança para mexer na instalação eléctrica poderá, em poucos minutos controlar lâmpadas e outros equipamentos, mesmo de fora de casa, sem se preocupar com qualquer tipo de configuração complicada - por menos do que poderá pagar por uma única lâmpada LED (neste momento, este Sonoff 4CH está a apenas 12.50 euros).

Para os utilizadores mais avançados, a possibilidade de instalar diferentes firmwares e de poder integrar estes módulos em sistemas como o HomeAssistant, torna-os também absolutamente irresistíveis. Ou seja, nem há muito mais para dizer, a não se que este é um produto verdadeiramente, escaldante!




Sonoff 4CG
Escaldante

Prós:
  • Preço super-reduzido
  • Facilidade de alteração do firmware
  • Solução pronta a usar sem configurações complicadas

Contras:
  • Processo de emparelhamento inicial um pouco confuso



[Análise originalmente publicada no Aberto até de Madrugada]

topo

Facebook renova design da News Feed

16-08-2017 | 11:01 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


É sempre arriscado mexer em algo que é utilizado por milhares de milhões de utilizadores, mas é isso mesmo que o Facebook já está habituado a fazer, e nas próximas semanas todos os utilizadores irão deparar-se com uma news feed ligeiramente retocada.

Toda e qualquer alteração que o Facebook faz já terá passado por muitas variações e testes para avaliar a reacção dos utilizadores, pelo que, mesmo que surjam vozes críticas (que as há sempre) a maioria das pessoas deverá adaptar-se rapidamente às alterações de visual na news feed - que logo à partida me parecem ser para melhor.

Se na apresentação das notícias se adopta um design mais limpo e que passa a dar um pouco mais de destaque ao nome do site (mas que não apresenta alterações radicais), uma das alterações mais visíveis surge nos comentários, que adopta um design com "balões de conversação" ao estilo do que temos no Messenger.
É uma alteração visual que pretende promover uma maior interacção por parte dos utilizadores, aproximando-se daquilo que já estão habituados nos serviços de mensagens.

Este novo News Feed irá chegar aos utilizadores iOS e Android ao longo das próximas semanas.


topo

Xiaomi Mi 5S Plus 6GB+128GB em promoção

16-08-2017 | 10:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



O Xiaomi Mi 5S foi um dos mais bem sucedidos smartphones da marca chinesa, havendo quem considere que é um equipamento mais interessante que o Mi 6. Para quem pretende um smartphone recheado com hardware de elevado desempenho, a versão Plus do Mi 5S pode ser uma boa opção.
O Mi 5S Plus apresenta-se com uns generosos 6GB de RAM, ao que se juntam 128GB para armazenamento, pelo que neste smartphone não deverão ter problemas de falta de espaço para as fotos e vídeo.

Tem um processador Snapdragon 821 a 2,35GHz, GPU Adreno 530, um ecrã de 5,7" FullHD 1920x1080 com 386 PPP e uma bateria de 3800mAh com suporte para quick charge 3.0.

Em termos de câmaras, tem uma frontal de 4.0MP, com abertura f/2.0 e uma câmara traseira com 13MP, também com abertura  f/2.0, focagem automática, flash duplo tom. Esta câmara tem um sensor 1/3" com pixels de 1.12 µm.


Com o código de desconto" XMP815", podem comprar este Xiaomi Mi 5S Plus por um valor na casa dos 325€. Não esquecer no checkout de solicitar o envio sem taxas.

topo

Google app e Gboard ganham reconhecimento de voz para 30 novas línguas

16-08-2017 | 10:01 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Há muitas situações em que falar é mais prático que escrever, especialmente num smartphone quando se está em movimento, e a Google adiciona 30 novas línguas ao reconhecimento de voz na Google app e no seu teclado Gboard.

O reconhecimento de voz da Google é daquelas coisas que, por si só, praticamente faz justificar a utilização do Gboard (pena não suportar dois dicionários simultâneos!) e felizmente que há muito que é capaz de entender português, tanto de Portugal como do Brasil (não confundir com os comandos de voz , cujo suporte em português continua a deixar bastante a desejar face ao inglês).

Esta actualização soma 30 novas línguas e dialectos, elevando o total de línguas suportadas para mais de uma centena, que poderão ser acedidas tanto pelos utilizadores do Google Cloud Speech API, como pela pesquisa de voz na app da Google ou no seu teclado Gboard (disponível para Android e iOS).

Quem usar o reconhecimento de voz em inglês dos EUA também terá direito a poder encontrar o emoji pretendido através da voz, dizendo coisas como "winky face emoji" para o mesmo ser introduzido no teclado Gboard sem necessidade de pesquisar (ou desenhar). Funcionalidade que a Google espera expandir a mais línguas em breve.

topo

Ganha livros Desenvolvimento em Swift para iOS da FCA

16-08-2017 | 09:01 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Este mês temos para oferecer exemplares do livro Desenvolvimento em Swift para iOS da FCA.

Já sabem como tudo se processa, durante os próximos dias iremos fazer várias perguntas dia, sendo os exemplares disponíveis atribuídos aleatoriamente entre todos os que responderem correctamente a cada pergunta. Ou seja, bastará uma resposta certa para ficarem habilitados a um livro, mas quantas mais respostas derem mais probabilidades terão de ganhar um dos livros que temos para oferecer.


Esta oferta está disponível para todos os que tenham morada em território nacional (Portugal)* e não se esqueçam de espreitar os livros da FCA sempre que precisarem de alguma ajuda para se iniciarem, ou aprofundarem, os vossos conhecimentos sobre qualquer matéria tecnológica. Embora seja verdade que muita coisa se encontra na Internet, há coisas para a qual não há substituto de um bom livro em papel que podemos folhear, marcar as folhas, ou até rabiscar nas suas páginas (e que nunca fica sem bateria! :)

A pergunta será actualizada diariamente neste mesmo post... pelo que se não querem perder nenhuma o mais simples será criarem um aviso recorrente na vossa agenda/calendário para cá regressarem nos próximos dias. De qualquer forma, também eu vos irei recordando diariamente para cá voltarem.

Não se esqueçam de fazer um like, +1, retweet, e partilharem com os vossos amigos, para mostrarem à FCA que apreciam esta iniciativa (e um like na página da FCA também será sempre simpático ;).

Loading...



Passatempo aberto a todos os participantes com morada em território nacional (Portugal).
* - no caso de se tratar de um ebook, está aberto a participantes de todo o mundo.

topo

Galaxy S8 recebe prémio EISA smartphone do ano

16-08-2017 | 08:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Os prémios EISA reconhecem a excelência em diferentes áreas da tecnologia, estando nesta altura divididos em 6 grupos, sendo o dos dispositivos móveis aquele que mais nos interessa.
A European Imaging and Sound Association considerou o Galaxy S8/S8+ (isto agora é aos pares) como o melhor smartphone do ano, conseguindo assim a Samsung bater a forte concorrência  restantes das marcas.

Quem também teve uma boa prestação, foi a Huawei, que arrecadou 3 prémios, um deles particularmente interessante, com o Huawei P10 a ser considerado o smartphone com a melhor câmara, mostrando que a colaboração com a Leica esta a dar os seus frutos.

O Huawei Watch 2 arrecadou o prémio de melhor wearable e o Honor 8 Pro, o de melhor smartphone de consumo, o que demonstra bem a qualidade de produtos que podemos encontrar no segmento online, onde os smartphones Honor se enquadram.

topo

o círculo: a busca pelo monopólio da informação.

16-08-2017 | 08:32 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



O futuro digital e fascista que o filme imagina é intrigante ao contemplar em sua abordagem principal algo teoricamente do futuro, mas que já está aqui e é alimentado por todos nós, que nos empolgamos e nos fascinamos pelo poder de conexão vindo da tecnologia, e com a falsa sensação de completude. Afinal, você nunca está sozinho. E aí onde mora o ponto alto do longa ao questionar: Qual sociedade estamos construindo para nós mesmos? Até onde vai o ego, a necessidade de auto afirmação e a carência? Partindo do pressuposto que é na ânsia de sanar nossas mazelas que buscamos desesperadamente atenção alheia.

Ler o artigo completo

topo

a filosofia empirista de david hume

16-08-2017 | 08:22 | Obvious | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos



O filósofo David Hume, causou grandes impactos na filosofia moderna ao tecer suas premissas numa perspectiva empirista, em que as leis naturais são meros frutos de crenças e hábitos, não sendo um conhecimento seguro.

Ler o artigo completo

topo

Samsung e Huawei arrecadam prémios EISA nos smartphones

16-08-2017 | 08:14 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

Galaxy S8, Huawei P10, Honor 8 Pro e Huawei Watch 2 venceram alguns dos desejados prémios EISA da secção mobile.


Os prémios EISA reconhecem a excelência em diferentes áreas da tecnologia, estando nesta altura divididos em seis grupos, sendo os prémios dos dispositivos móveis aquele que mais nos interessa.

A European Imaging and Sound Association considerou o Galaxy S8/S8+ como o melhor smartphone do ano, conseguindo assim a Samsung bater a forte concorrência das restantes das marcas. Mas a Huawei também motivos para estar satisfeita, pois o Huawei P10 recebeu o prémio do smartphone com a melhor câmara (mostrando que a colaboração com a Leica esta a dar os seus frutos), sendo acompanhado pelo prémio de melhor smartphone de consumo para o Honor 8 Pro, e pelo de melhor wearable para o Huawei Watch 2.

Bons resultados que seguramente contribuirão para que todas as marcas se continuem a esforçar para nos trazer os melhores equipamentos possíveis, ano após ano.

por: Luis Costa

topo

A evolução dos icons da MIUI 1 à MIUI 9

16-08-2017 | 07:49 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

O tempo passa a voar, e a MIUI da Xiaomi já vai na sua versão 9. O nosso Luis Costa leva-nos numa viagem que revisita a evolução dos icons deste interface que vai conquistando adeptos por todo o mundo.


A MIUI é alma dos smartphone da Xiaomi, sendo responsável pelo aspecto que se atribui aos seus equipamentos e que tem vindo a ganhar fãs por este mundo fora. A Xiaomi já lançou a versão 9 da MIUI, estando nesta altura a trabalhar na versão Global destinada ao mercado Ocidental.

Olhando para evolução ao longo de 9 gerações deste interface, os ícones da MIUI acabam por se manter constantes, não havendo lugar a grandes alterações, ano após ano.


Houve um processo de evolução até à MIUI 5, mas a partir desta versão as alterações têm sido meros retoques e refinamentos, quase imperceptíveis. A Xiaomi parece por isso ter encontrado a sua imagem de marca com este tema padrão, dando depois a possibilidade ao utilizador de escolher inúmeras outras opções de personalização através dos temas que são colocados à sua disposição.


por: Luis Costa

topo

Quando um regresso é um exílio

15-08-2017 | 22:44 | Gonçalo Sá | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

ema

 

Não é preciso esperar pela rentrée para ouvir alguns dos regressos mais promissores do ano. Um bom exemplo é "Exile in the Outer Ring", o quarto álbum de EMA, que chega já esta sexta-feira, 18 de Agosto, e traz a mais recente colecção de canções de Erika Michelle Anderson desde o óptimo "The Future's Void", de 2014 (se não incluirmos nestas contas a banda-sonora instrumental do filme "#Horror", de 2015).

 

Tal como os anteriores, o disco é uma experiência de catarse que musicalmente promete retomar a folk e o noise dos primeiros registos da norte-americana, dando menos protagonismo às contaminações electrónicas da fase mais recente - a produção de Jacob Portrait, dos Unknown Mortal Orchestra, terá alguma coisa a ver com isso, e um tema mais sintético, como o já revelado "Breathalyzer", estará entre as excepções.

 

A nível temático, o ponto de partida foi um retrato dos subúrbios e do interior da América de Trump (mesmo que a cantautora saliente ter trabalhado muitas faixas antes das eleições), colocando em confronto a gentrificação do centro e a ansiedade da classe operária, a alienação e a resiliência.

 

Mas mais do que o mote, interessa sobretudo o resultado, que até agora tem sido encorajador. "Blood and Chalk", divulgada há poucos dias, é uma digna descendente da faceta intimista de "Past Life Martyred Saints" (2011), comandada por uma voz que não perdeu a força nem o encanto. Mais imediata, "Down and Out" (videoclip abaixo) transforma um relato sobre a frustração ("Everyone thinks you're worthless when you're down and out") numa delícia indie pop com potencial de hino. Venha então o álbum e, já agora, um concerto por cá - sobretudo quando EMA tem agendada uma digressão com os também regressados The Blow.

 

 

topo

Android Wear 2.0 continua com bugs no Assistant e eventos recorrentes

15-08-2017 | 20:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A chegada do Android Wear 2.0 sofreu inúmeros atrasos, mas nem todo esse tempo extra parece ter sido suficiente para garantir uma utilização livre de problemas.


Se o fácil acesso ao Google Assistant a partir do pulso é um dos exemplos que a Google e fabricantes de smartwatches Android Wear mais gostam de dar, isso torna-se quase caricato quando se considera que para muitos utilizadores o Google Assistant nem sequer funciona correctamente nos seus smarwatches; e, igualmente preocupante, é o de um bug já conhecido - e supostamente corrigido - que marca eventos recorrentes como tendo sido finalizados (acabando com a "recorrência") continuar a atormentar utilizadores e a estragar os seus alertas e planeamentos.

A ideia de se ter um smartwatch deveria ser encarado como algo que facilitaria a vida aos utilizadores, e não como algo que lhes venha dar dores de cabeça acrescida. Mesmo se se agradece que a Google tenha feito chegar o Android Wear a um número considerável de smartwatches, este tipo de bugs, aliado à aparente incapacidade de os resolver em tempo útil, em nada promove a confiança na plataforma... e não será necessário frisar que o tempo que demorará a reconquistar a confiança dos utilizadores é muitíssimo superior à que basta para perder essa mesma confiança.

Esperemos que a Google coloque o Android Wear 2.0 em ordem em tempo útil... ou arrisca-se a que, por altura da apresentação do Android Wear 3.0, já ninguém esteja por cá para o utilizar.

Publicado originalmente no AadM

topo

Opera Max VPN chega ao fim

15-08-2017 | 20:13 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Numa altura em que se descobre que o Facebook usa a VPN da Onavo para espiar os serviços rivais chega-nos a infeliz notícia de que a Opera vai por um ponto final no seu serviço de VPN Opera Max.

O Opera Max não só nos oferecia uma camada adicional de segurança via VPN, como também nos permitia poupar dados ao efectuar compressão de forma automática e transparente, ideal para lidar com sites que abusam do tamanho das imagens e da qualidade de vídeo sem necessidade.

Era um serviço excelente, mas o facto de ser gratuito também já fazia antecipar de que eventualmente algo teria que mudar. O ano passado o Opera Max começou a "chatear" os utilizadores para regressarem regularmente à app para acumularem tempo de utilização, e isso já poderia ser visto como um sinal de que as coisas não estariam a correr da forma que a Opera desejava. E agora, chega a notícia que se temia, de que o Opera Max chega ao fim.

As apps já foram removidas das app stores, mas quem estiver a utilizar o serviço ainda poderá continuar a utilizá-lo por mais algum tempo, embora seja algo que inevitavelmente vá terminar numa questão de semanas / meses; pelo que os actuais utilizadores melhor começarão a procurar por serviços alternativos desde já.


... O ideal mesmo é que a Google se deixasse de tretas e disponibilizasse o seu serviço de VPN gratuito e com compressão de dados para todos, pois afinal até já o faz nalguns países através do WiFi Assistant e Project Fi.

topo

SonicSpy - uma ameaça para ser levada muito a sério

15-08-2017 | 17:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A segurança é um tema que devido à sua importância, abordamos com frequência. Desta vez temos uma notícia relacionada com spyware, o qual já chegou a ser detectado em algumas apps que estão disponíveis no Google Play.

Segundo a Lookout, uma empresa que trabalha na área da segurança, este variante denominada "SonicSpy" foi encontrada na aplicação Soniac, um clone do Telegram, que além de servir para trocar mensagens, era também responsável por recolher informação dos equipamentos onde estava instalada.


Depois de instalado, o SonicSpy é capaz de executar 73 operações remotamente, entre as quais se inclui a capacidade de gravar áudio, tirar fotografias, efectuar chamadas, enviar sms para números específicos e obter informação de chamadas, contactos e informação sobre ligações WiFi.

Como é habitual, a recomendação vai para os cuidados que devem ter ao instalar aplicações, evitando a todo o custo instalar apps de fontes desconhecidas.

topo

Leagoo T5 a ‚ā¨68

15-08-2017 | 17:30 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


O Leagoo T5 é o mais recente modelo da marca, contando com 4GB e dupla câmara, e chega com um preço irresistível... para os mais rápidos.

Como parte da fase promocional de lançamento do Leagoo T5, as primeiras 5 unidades vendidas a cada dia ficam disponíveis por um preço de apenas 68 euros em vez dos 110 euros da promoção normal.

É um preço verdadeiramente de arromba, considerando que se trata de um smartphone com ecrã Full HD de 5.5", CPU MT6750T octa-core, 4GB+64GB, câmara dupla de 13MP+5MP, câmara frontal de 13MP, sensor de impressões digitais na frente, corpo em metal, bateria de 3000mAh, Quick Charge 5V2A, e Android 7.0.

A Leagoo não tem receio de o comparar ao Redmi Note 4 da Xiaomi, sendo que, a este preço ainda mais reduzido, nem sequer há lugar para "comparações".


Como sempre, a grande dificuldade será apanhar uma das cinco unidades a preço reduzido, mas temos alguns leitores que já se tornaram em verdadeiros campeões das promoções que têm conseguido apanhar alguns destes negócios ultra-rápidos.

... Se algum deles conseguir apanhar um destes Leagoo T5 a mais a preço reduzido, não me importo de ficar com ele! :) Esta promoção decorre até 19 de Agosto, pelo que ainda terão alguns dias para ir tentando.

topo

How to Implement a Year 2038 Problem Fix in PHP Applications that Are Using Unix Timestamps

15-08-2017 | 17:09 | Manuel Lemos | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

By zinsou A.A.E.Moïse
Many PHP applications use Unix timestamps to make calculations with the dates and times of events.

However using Unix timestamps for these purposes will lead to a very big problem well known as the bug of year 2038.

Read this article to know more about the bug of year 2038 and how fix the issue with an alternative way to manipulate times and dates.

topo

Google Allo chega ao browser do PC

15-08-2017 | 16:32 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


O facto de a Google andar meio perdida entre aplicações para chat, não é propriamente novidade, pois basta lembrar a embrulhada do Google +, para facilmente nos apercebermos da confusão que vai naquela casa. O Allo e Duo (logo duas!) são as últimas apostas da Google para a troca de mensagens e vídeo, com o gigante americano a apostar nesta apps em detrimento de outras, como o Hangouts.

Foi precisamente este último que deixou de fazer parte das apps obrigatórias em cada equipamento Android, tendo o mesmo sido substituído pelo Duo, app para chat de vídeo e não pelo Allo, como faria mais sentido. A confusão só aumenta com o anúncio da chegada do Allo ao desktop, pois a aposta tinha sido no Duo.




Pois bem, a partir de agora, já podem utilizar o Duo na janela do vosso browser. Para isso, têm de na app Android, aceder às definições no canto superior esquerdo e depois escolher a opção Allo para a web. Depois só têm de abrir o endereço allo.google.com/web e fazer scan do QRCODE que vos será apresentado no ecrã do PC.


O processo de configuração é simples e rápido, pelo que ficam logo habilitados a utilizar o Allo no desktop. Será que é desta que o Allo ganha popularidade?

Se tivermos em conta que os Hangouts continuam a funcionar na mesma janela do GMail, diria que o Allo continua a ter a vida muito difícil.


topo

Google Allo chega ao browser

15-08-2017 | 16:30 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

A Google tem-se afastado do Hangouts para promover o Duo e Allo, mas agora lembrou-se de trazer o Allo para o browser... sendo que continuará a ser necessário ter um smartphone associado.


O facto de a Google andar meio perdida entre aplicações para chat, não é propriamente novidade, pois basta lembrar a embrulhada do Google+, para facilmente nos apercebermos da confusão que vai naquela casa. O Allo e Duo (logo duas!) são as últimas apostas da Google para a troca de mensagens e vídeo, com o gigante americano a apostar nesta apps em detrimento de outras, como o Hangouts.

Foi precisamente este último que deixou de fazer parte das apps obrigatórias em cada equipamento Android, tendo o mesmo sido substituído pelo Duo, app para chat de vídeo e não pelo Allo, como faria mais sentido. A confusão só aumenta com o anúncio da chegada do Allo ao desktop, pois a aposta tinha sido no Duo.




Pois bem, a partir de agora, já podem utilizar o Duo na janela do vosso browser. Para isso, na app Android, temos que aceder às definições no canto superior esquerdo e depois escolher a opção Allo para a web. Depois só têm de abrir o endereço allo.google.com/web e fazer scan do QRCODE que será apresentado no ecrã do PC.

O processo de configuração é simples e rápido, pelo que ficam logo habilitados a utilizar o Allo no desktop. Mas se tivermos em conta que os Hangouts continuam a funcionar na mesma janela do GMail em vez de numa janela separada como acontece com o Allo (que continua a estar dependente de se ter um smartphone com número de telefone associado), parece-nos que continuará a ter a vida muito difícil.


por: Luis Costa

topo

Notícias do dia

15-08-2017 | 15:31 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

O Facebook Marketplace chega a Portugal para compra e vendas entre utilizadores; o próximo Android O poderá chegar já na próxima semana; app "Nossa Freguesia" conta com SOS para animais abandonados; temos em promoção o Xiaomi Power Bank 2 de 20000mAh a €24; e o Facebook usa VPN da Onavo para espiar rivais.

Antes de passarmos às notícias, não se esqueçam que temos um Leagoo Kiicaa Max com ecrã sem margens para oferecer e que também podem / devem votar no livro FCA que iremos oferecer ao longo desta semana.

Portugal em 29º lugar na velocidade de internet (52º em mobile)




O popular serviço de teste de velocidade de internet Speedtest já actualizou o seu ranking de velocidades por países, e se nas velocidades de internet por acesso fixo conseguimos ficar no top 30, nas velocidades mobile ficamos muito mais abaixo na tabela com um mero 52º lugar.

Nas ligações fixas Portugal teve uma média de 42.44Mbps, bastante longe dos 154.38Mbps de Singapura no primeiro posto; nas ligações mobile ficamos com 19.86Mps, com a Noruega a ficar na primeira posição com 52.59Mbps.


App de mensagens anónimas Sarahah é refúgio para os elogios?



Poderia pensar-se que uma app de mensagens anónimas se tornasse num local para os mais descarados insultos, mas a app do momento - Sarahah - parece estar a demonstrar o contrário e a revelar que ainda há muitas pessoas decentes neste mundo, capazes de usar o manto do anonimato para deixar mensagens inspiradoras e elogios.

... Dito isto, há também quem já vá relatando experiências menos positivas e referindo que será inevitável que a plataforma se torne no ambiente perfeito para bullying e trolls... Pelo que, será melhor esperarem o melhor, mas prepararem-se para o pior.


MIT quer reduzir pausas de vídeos em streaming com machine learning


A inteligência artificial é a ferramenta do momento e tem sido aplicada a tudo, até à aparentemente simples tarefa de fazer streaming de vídeo da forma mais eficiente, para evitar as pausas quando a ligação é incapaz de manter o vídeo fluído.

O seu sistema é capaz de prever quando um vídeo e ligação de rede poderá ser mais "crítico", e antecipar a mudança dos parâmetros de forma a ajustar o vídeo para que possa ser visto sem pausas. Algo que seguramente o YouTube, Netflix e muitos outros irão querer aproveitar assim que possível.





LinkedIn obrigado a deixar que se faça "scraping" das suas páginas públicas



Boas notícias para as startups que dependem de "roubar" dados de sites mais populares: os tribunais ordenaram que o LinkedIn removesse os sistemas anti-scraping que tinha implementado, dizendo que a informação publicamente disponível deverá estar disponível para todos, até para os bots de scraping (que fazem a recolha de informação automática de páginas web).

Vamos lá ver se, em resultado disto, a LinkedIn não irá passar toda essa informação para "privada"...


Curtas do dia


Resumo da madrugada


topo

C√Ęmara com HDR+ do Pixel j√° funciona noutros Android

15-08-2017 | 15:21 | Apps do Android | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


Um dos segredos para as fotografias excelentes do Google Pixel é o software exclusivo que a Google criou para os seus smartphones, mas o mesmo fica agora disponível para outros smartphones, desde que usem um processador compatível.



O Google Pixel pode ter um dos melhores sensores de imagem do momento, mas a verdadeira magia é feita pelo software que permite captar as imagens HDR+, captando múltiplas imagens de baixa exposição para as combinar numa imagem de alta qualidade. O único problema é que a Google optou por limitar este sistema aos seus próprios Pixel... coisa que um developer ucraniano resolveu, criando uma versão modificada da app da câmara, que a engana e a faz pensar estar a correr num Pixel 2.

A app já foi inspeccionado pelos especialistas do XDA, que confirmam que a mesma não contém código malicioso e que as alterações se limitam a disfarçar o equipamento de modo a que seja considerado um Pixel 2 e tenha acesso a estas funcionalidades; mas o maior problema é que mesmo assim, isto só irá funcionar em smartphones que estejam equipados com um ISP Hexagon 680 - ou seja, smartphones equipados com CPUs Snapdragon 820, 821 ou o mais recente 835.

Se tiverem smartphones como o OnePlus 3, OnePlus 5, LG G6 ou Galaxy S8 (na versão Snapdragon) poderão experimentar a app para, em teoria, terem acesso ao mesmo sistema que permite ao Pixel tirar as suas fotos de alta qualidade... para os restantes... há que esperar, ou ir recorrendo a outras apps que tentam replicar o mesmo efeito.

Google HDR+ Camera

Edit LC: No Xiaomi Mi 6, Redmi Note 4, Huawei Mate 9 e Honor 9 não funcionou, mas no BQ Aquaris X Pro, a aplicação funcionou correctamente, como se pode ver nas imagens em cima.

topo

ZenFone 4 Pro com 6GB de RAM e Snapdragon 835

15-08-2017 | 14:33 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos

A família ZenFone da Asus já tem tido alguns campeões de vendas (lembram-se de quando o ZenFone 2 apareceu a preço de saldo?) e em breve ficaremos a conhecer o novo ZenFone 4 Pro que pretende estar no topo das características mas com um preço competitivo.


No final da semana iremos ficar a conhecer oficialmente os novos Zenfone 4. Oficialmente, porque oficiosamente já sabemos quase tudo sobre a nova série do Zenfone da Asus, fruto dos sucessivos rumores que têm sido revelados.

No Zenfone 3, o topo de gama ficou a cargo do Zenfone 3 Deluxe, uma versão com Snapdragon 821, 6GB de RAM e ecrã de 5,7" com resolução Full HD, algo curto para o segmento de preço em que este smartphone foi enquadrado.
Here's what I can confirm for the ASUS ZenFone 4 Pro ZS551KL US model: 5.5in 1080p display, SD835, 6/64GB, 3600mAh, 7,6mm. pic.twitter.com/yAPkRwpIkA
— Roland Quandt (@rquandt) August 13, 2017

No rumor agora revelado, aparece uma nova designação, um modelo Pro, algo que não existiu na série anterior. Este Zenfone 4 Pro aparece com hardware de topo, mas mais uma vez com um ecrã Full HD, mas que poderá ser uma excelente opção de compromisso para maximizar a autonomia e desempenho (sendo que a maioria dos utilizadores nem notará a diferença para ecrãs de resolução superior).

Mais notório será o facto da Asus não optar (ainda) por um ecrã sem margens, o que poderá penalizar este ZenFone 4 Pro junto dos consumidores que procurarem um novo smartphone que seja visualmente diferente e mais marcante... Mas... se o preço for competitivo, não deverá ser um factor crítico.

Saberemos no final da semana.


Por: Luis Costa

topo

Android Wear 2.0 continua com bugs no Assistant e eventos recorrentes

15-08-2017 | 13:14 | Aberto até de Madrugada | Sapo Tags del.icio.us Adiccionar aos Bookmarks / Favoritos


A chegada do Android Wear 2.0 sofreu inúmeros atrasos, mas nem todo esse tempo extra parece ter sido suficiente para garantir uma utilização livre de problemas.

Se o fácil acesso ao Google Assistant a partir do pulso é um dos exemplos que a Google e fabricantes de smartwatches Android Wear mais gostam de dar, isso torna-se quase caricato quando se considera que para muitos utilizadores o Google Assistant nem sequer funciona correctamente nos seus smarwatches; e, igualmente preocupante, é o de um bug já conhecido - e supostamente corrigido - que marca eventos recorrentes como tendo sido finalizados (acabando com a "recorrência") continuar a atormentar utilizadores e a estragar os seus alertas e planeamentos.

A ideia de se ter um smartwatch deveria ser encarado como algo que facilitaria a vida aos utilizadores, e não como algo que lhes venha dar dores de cabeça acrescida. Mesmo se se agradece que a Google tenha feito chegar o Android Wear a um número considerável de smartwatches, este tipo de bugs, aliado à aparente incapacidade de os resolver em tempo útil, em nada promove a confiança na plataforma... e não será necessário frisar que o tempo que demorará a reconquistar a confiança dos utilizadores é muitíssimo superior à que basta para perder essa mesma confiança.

Esperemos que a Google coloque o Android Wear 2.0 em ordem em tempo útil... ou arrisca-se a que, por altura da apresentação do Android Wear 3.0, já ninguém esteja por cá para o utilizar.

topo

Página 1 de 5516

Subscrever

Autores

Disclaimer

O Planet Geek não é responsável pelos seus conteúdos, apenas os replica a partir de cada blog.
Os artigos são da exclusiva responsabilidade dos seus autores.